sexta-feira, 31 de julho de 2015

Coluna do blog



Comeu capote arrotou peru
Diz o povo que quando a sabedoria é grande, cresce e come o dono. Aconteceu com o deputado federal Moses Rodrigues, marinheiro de primeira viagem, turbinada pela administração fecunda de pessoas que põe no mercado de trabalho com a faculdade INTA. Pois bem; o senhor Moses achou que haveria a fusão do PPS com o PSB. Entendeu que uma vez feito o acordo, ele tomaria a frente de onde está o padeiro Alexandre Pereira e assumiria o comando do que restasse. Contava como favas contadas ser candidato a vice Governador de Eunício Oliveira, em 2018. A fusão não houve. O homem caiu das nuvens. Mas não perdeu a pose. Foi pra cima de Alexandre despachando um tal de Herbert Lobo para percorrer serras e sertões do Ceará, anunciando aos presidentes de diretórios do PPS que Pereira, por decisão nacional havia deixado a presidência e que o novo homão era o deputado Moses. Então pedia que o presidente daquele pedacinho assinasse um papel para apoiar o federal pra presidente. Avisado por um aliado que ligou para agradecer pelo apoio recebido e tal, Alexandre se tocou e correu atrás. Descobriu a trama e levou o pepino pra Brasilia. O chefão botou panos mornos, mas hora nenhuma tirou os direitos e razões de Alexandre.  Minimizou o pepino por conta do arroubo de principiante do deputado e sugeriu que Alexandre desse a ele um bombom, quer dizer um ou outro delegado no sertão. Alexandre deu mas ficou com todo o comando do partido no Ceará, incluindo aí maioria de 5 a 2 na executiva estadual. O deputado botou a viola no saco e ainda ficou sem o Lobo auxiliar, de quem o comando partidário não quer nem ouvir falar.

A  frase: “Passarinho que come pedra...é doido”. Atualizando os adágios.



Educação corporativa (Nota da foto)
Fortaleza será sede do VI Encontro Técnico de Educação Corporativa dos Tribunais de Contas (Educorp). O evento, que terá como tema “Aperfeiçoamento profissional e efetividade das ações dos Tribunais de Contas”, acontecerá entre os dias 24 e 26 de agosto de 2015, nas sedes das Cortes de Contas do Estado (TCE Ceará) e dos Municípios (TCM-CE).

Agora vai
O deputado Moses Rodrigues, opositor ferrenho do Governo Dilma, faz tempo cerca a moita do Banco do Nordeste. Quer, porque quer, um dinheiro emprestado pra financiar uma fábrica de aviões.

Lei estúpidas
O MP e outras bandas da Justiça, por certo usando as leis vigentes no País, paralisaram tudo o que era de ativo da Delta, a construtora enrolada no Lava Jato e que fazia a BR 222.

Em Forquilha
Nas proximidades de Forquilha, na Zona Norte, há um canteiro com centenas de máquinas, caminhões pipa, carretas, caçambas, tratores enferrujando e se estragando ao sol.

Bom senso
Um atento político da região comentou com a coluna: Se alguém de bom senso arrumasse uma saída na Lei, e sempre há, os pipas (9 no total) e as moto niveladoras poderiam estar a serviços de municípios a soldo,ao invés de “morrerem” ao relento.

Pegou pesado
Anibal Gomes dizia em particular e agora disse em público: Se há alguém infiel no PMDB do Ceará, é Eunicio Oliveira que votou em Aécio contra Dilma,sendo o vice do PMDB. O senhor Eunício arrumou forma pro pé.

Fica quieto
O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por intermédio da promotora de Justiça da Comarca de Madalena, Alessandra Gomes Loreto, expediu uma Recomendação direcionada ao prefeito do Município.

Sem pão e sem circo
O documento orienta que a prefeitura se abstenha de realizar despesas com eventos festivos, inclusive com a comemoração do aniversário do Município, enquanto durar a crise pela qual a cidade passa.

Museu da Indústria
A partir de agosto, os cearenses e turistas terão uma nova opção de lazer aos domingos. O Museu da Indústria, equipamento do SESI/CE, abrirá com uma exposição sobre a história da indústria cearense e um passeio pelo prédio histórico onde está localizado o equipamento. Rua Dr. João Moreira, 143 – Centro – em frente ao Passeio Público-Horários de funcionamento: terça a sexta-feira, de 9h às 18h- sábados, de 9h às 17h-domingos, de 9h às 13h.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Editorial do Estadão

Linha vermelha O ministro da Educação, Abraham Weintraub, tem de ser demitido. Sua errática gestão já seria razão suficiente, ma...