quinta-feira, 31 de julho de 2014

Dificil é o quorum

Amanhã, primeiro de agosto, assembleias e câmaras voltam ao trabalho. Termina o recesso. Tudo bem, quero ver e dar quorum, numa sexta feira, início de temporada em ano eleitoral.

A sessão de setembro poderá tocar na saúde sexual das mulheres

reprorights640 629x420 Saúde sexual e reprodutiva centrará discussões da ONU
Manifestantes com uma cesta de preservativos no Dia Internacional da Mulher em Manila. Foto: Kara Santos/IPS

Nações Unidas, – A Organização das Nações Unidas (ONU) continua as negociações para estabelecer os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que marcarão a agenda mundial posterior a 2015, enquanto especialistas em população esperam que a saúde sexual e reprodutiva ocupe um lugar importante na lista final. A sessão especial da Assembleia Geral poderia fortalecer os direitos reprodutivos e o direito ao planejamento familiar universal.
“Estamos em um momento crítico para os direitos da saúde sexual e reprodutiva (DSSR)”, disse Gina Sarfaty, da organização não governamental Population Action International, com sede em Washington. Na medida em que as negociações pelos ODS começam a alçar voo, “os ativistas se mobilizam para garantir que os DSSR continuem sendo tão centrais na próxima série de objetivos como o são para a vida das mulheres”, afirmou à IPS.
“Há muito em jogo, e a necessidade de ação é de extrema importância”, apontou Sarfaty, especialista em sistemas de informação geográfica e pesquisadora na Population Action International. Os especialistas preveem que a população mundial, que atualmente supera os 7,2 bilhões de habitantes, chegue a quase 11 bilhões em 2100. Cerca de 64% dessa expansão se concentrará em dez países, dos quais nove pertencem ao Sul em desenvolvimento, segundo a Population Action International.
Um importante fator de crescimento demográfico são as altas taxas de fecundidade em oito desses países, que são República Democrática do Congo, Etiópia, Quênia, Níger, Nigéria, Tanzânia, Uganda e Zâmbia. Os dois restantes, onde se concentrará a maior parte desse crescimento, são Índia e Estados Unidos, que já têm uma grande população, com mais de 1,2 bilhão e 312 milhões, respectivamente, e uma elevada imigração.
As negociações para os ODS acontecem no período prévio à próxima sessão especial da Assembleia Geral, para comemorar o 20º aniversário da histórica Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento (CIPD), realizada no Cairo em 1994. A sessão especial, da qual participarão vários chefes de Estado, acontecerá no dia 22 de setembro durante a 69ª sessão da Assembleia Geral.
Babatunde Osotimehin, subsecretário-geral e diretor-executivo do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), disse à IPS que os princípios estabelecidos na CIPD em 1994 são tão relevantes hoje quanto foram há 20 anos. “Mas devemos agir com força e rapidez para enfrentar tornar realidade a visão do Cairo e conseguir o acesso universal aos DSSR, incluído o planejamento familiar”, acrescentou.
A sessão especial será a oportunidade perfeita para que os governos confirmem seu compromisso e renovem seu apoio político às ações necessárias para conseguir plenamente os objetivos do Programa de Ação da CIPD e alcançar o desenvolvimento sustentável, afirmou Osotimehin. Assim, os princípios do Cairo se instalarão firmemente na agenda de desenvolvimento posterior a 2015, acrescentou Osotimehin, ex-ministro da Saúde da Nigéria.
A reunião de setembro será uma oportunidade para que chefes de Estado avaliem o progresso dos últimos 20 anos em relação aos objetivos e às estratégias desenvolvidas em 1994 e identifiquem as lacunas que restam e que exigem atenção e investimento, disse Purnima Mane, diretora-geral da ONG norte-americana Pathfinder International.
“Esta será uma sessão muito especial para todos os que trabalham na saúde sexual e reprodutiva, já que proporcionará um fórum fundamental para a reafirmação e unificação do compromisso internacional com os objetivos da CIPD”, destacou Mane.
Perguntada sobre o motivo de não ter ocorrido uma conferência internacional de acompanhamento, talvez uma CIPD+20, Mane respondeu que o Programa de Ação do Cairo desenvolveu uma agenda muito progressiva e fixou metas muito altas há 20 anos, que continuam sendo pertinentes e aplicáveis. “Creio que uma conferência de acompanhamento nesse contexto não foi vista como algo estratégico nem como um bom uso dos recursos”, afirmou.
“Espero que a próxima sessão da ONU insista na necessidade de incluir os DSSR como um elemento central dos ODS”, afirmou Mane, que supervisiona programas de saúde sexual e reprodutiva em mais de 20 países em desenvolvimento com orçamento anual superior a US$ 100 milhões.
Quanto ao motivo do crescimento demográfico mundial, Sarfati apontou que, além da acentuada queda da mortalidade, as mulheres da África subsaariana, por exemplo, têm mais de cinco filhos, em média, uma leve baixa em relação à média de 6,5 filhos na década de 1950. Em comparação com América Latina e Ásia, a África subsaariana se caracteriza por um ritmo menor na redução da fecundidade, com idas e vindas, explicou.
Os dados disponíveis recentes sobre as taxas de fecundidade em 22 países da região revelam que estas baixaram em dez deles e se mantêm estáveis nos 12 restantes. “Portanto, a expectativa de que a fertilidade continuará diminuindo na África, como projeta a ONU, não se manterá sem uma política concertada e programática”, afirmou Sarfati.
Os países de renda alta com baixos níveis de fertilidade são o polo oposto. Estima-se que 48% da população mundial viva em países onde as mulheres têm menos de 2,1 filhos em média em toda sua vida, ressaltou Sarfati. Embora as taxas de fertilidade em alguns desses países estejam abaixo do nível de substituição, não por isso desaparece a necessidade de planejamento familiar, afirmou a ativista.
Sarfati afirmou que o uso de métodos anticoncepcionais continuou no Irã, por exemplo, mesmo depois que o governo suspendeu os fundos para os programas de planejamento familiar com a finalidade de gerar maior natalidade. A restrição de acesso ao planejamento familiar é ineficaz e também limita o direito da mulher de decidir o tamanho de sua família, acrescentou.
Um relatório, divulgado no dia 10 pela ONU, indica que mais da metade da população mundial vive em zonas urbanas, e que em 2050 a esta se somarão outros 2,5 bilhões de habitantes. Com quase 38 milhões de pessoas, Tóquio lidera a lista de cidades mais povoadas, seguida por Nova Délhi, Xangai, Cidade do México, São Paulo e Mumbai.
O maior crescimento urbano acontecerá na Índia, China e Nigéria, já que concentrarão 37% da expansão projetada entre 2014 e 2050 para todo o planeta. Em 2050, as cidades indianas terão 404 milhões a mais de habitantes, as da China 292 milhões e as da Nigéria 212 milhões. Envolverde/IPS

Mega Sena saiu para Porto Alegre

10  22  34  38  39  49
Um apostador acertou a mega sena em Porto Alegre.
Outro, ganhou emprego no Grêmio, também em Porto Alegre.

A bola é universal


… com o futebolzinho jogado nos estádios após a Copa, o Templo de Salomão terá a maior média de público do Brasil.

Seis por meia duzia ou farinhas do mesmo saco

Não convenceram ninguém
Empresários saem de encontro em posição ‘neutra’
Dilma, Aécio e Campos não convenceram empresários durante sabatina

Dilma Rousseff Aecio Neves Eduardo Campos copy 2
Empresários se declararam em posição de neutralidade após sabatina com presidenciáveis
Brasília - O encontro entre empresários e os três principais presidenciáveis, durante sabatina com Aécio Neves (PSDB), Dilma Rousseff (PT) e Eduardo Campos (PSB), promovida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), não serviu para que os industriais declarassem publicamente em qual deles poderiam votar em outubro.
O conselheiro do Conselho de Administração e ex-presidente do Grupo Ultrapar, Pedro Wongtschowski, foi um dos industriais que saíram das sabatinas preferindo não definir um apoio claro a nenhum do candidatos. Segundo o conselheiro do grupo dono de empresas como Ipiranga, Ultragaz e Oxiteno, a campanha será uma longa disputa de pugilistas até o segundo turno do pleito, no final de outubro. “Acho que é um longo caminho e cada candidato procurou tomar sua posição. Essa é uma luta de boxe de 12 rounds”, considerou.
O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, foi outro industrial que saiu da sabatina evitando declarar preferência por um dos três principais postulantes ao Palácio do Planalto. “Acredito que os três candidatos se apresentaram de forma positiva para o setor produtivo”, avaliou. “Vamos avaliar as condições das propostas para ver qual a que melhor se adapta para o setor automotivo. Mas a Anfavea não é uma entidade que declara apoio formal”, afirmou.
O setor automotivo vive um momento de crise, segundo Moan, atingindo “o fundo do poço” das vendas em junho. Apesar dos estoques altos, o presidente da Anfavea se disse confiante em um segundo semestre positivo para as vendas de automóveis, indicando queda nos estoques e uma previsão de PIB de 1,8% para o ano até dezembro. “Eu não vejo os indicadores com a visão pessimista que o mercado tem”, considerou. “Acredito que o PIB deste ano será mais perto de 1,8% do que de 0,9%”, comparou, em relação à previsão de analistas de mercado medida pelo Boletim Focus, do Banco Central.
Sistema tributário
O presidente do Conselho de Administração do Grupo Gerdau, o empresário Jorge Gerdau Johannpeter, defendeu que o próximo presidente da República deveria adotar, como principal prioridade para o setor industrial, a adoção de um sistema tributário que não seja cumulativo. Questionado pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, se o caminho seria adotar o Imposto sobre Valor Agregado (IVA), como defenderam na sabatina os presidenciáveis Eduardo Campos (PSB) e Aécio Neves (PSDB), Gerdau disse que não precisaria nem adotar o IVA.
“É fazer todo o sistema tributário ser não cumulativo, e isso vale para a indústria, para o IPI, para o PIS/Cofins, para o ICMS e o imposto de serviços”, disse Gerdau, ao final da sabatina de Dilma Rousseff.
O empresário disse que o cenário internacional exige desafios importantes ao setor, especialmente na competitividade da indústria nacional. Segundo ele, o empresariado “se desdobra” com a produção para competir. Gerdau disse ainda que a presidente “colocou bem” a questão da competitividade, com dificuldades em impostos e na logística, como grande desafio para a área.
Para Gerdau, embora considere que não haja uma opinião comum do setor industrial sobre qual a demanda principal, o sistema tributário é o “maior fator” da falta de competitividade atual.

(Nivaldo Souza, Erich Decat e Daiene Cardoso/Agência Estado, colaboraram Beatriz Bulla, Ricardo Della Coletta, Ricardo Brito e Bernardo Caram)

Sonho de Edison Sá, criador do Eusébio vai sair do papel


Assinado Termo de Cessão de área para construção da CE-010
A Prefeitura de Eusébio e o Governo do Estado do Ceará já assinaram o Termo de Cessão das Terras para a construção da rodovia CE-010, que ligará o 4º Anel Viário à Ponte da Sabiaguaba. O prefeito Arimatéia Júnior coordenou o encontro, ao lado do presidente da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), Robert Smith e do presidente do Departamento de Estradas e Rodovias (DER), Sérgio Azevedo, que representaram, no ato, o governador Cid Gomes.
Presente ao encontro, o secretário Executivo de Saúde do Estado, Acilon Gonçalves, justificou sua presença lembrando que o início de todo esse movimento aconteceu através do projeto de construção do Polo Tecnológico de Saúde para o Eusébio. “O Governo, a Adece e a Secretaria de Saúde definiram a implantação do projeto no Eusébio, muito por sua característica desenvolvimentista. Hoje a discussão é que esse polo tecnológico não fique apenas naquela área da Precabura, mas alcance todo o município, tornando o Eusébio uma centro de tecnologia da saúde”, destacou.
O presidente da Adece, Robert Smith, destacou a importância do encontro para consolidar o projeto que trará infraestrutura para a região do Polo Farmoquímico. “Estive com o prefeito Júnior na Fiocruz, no Rio de Janeiro, quando conhecemos aquela fundação, como também no Instituto Biomanguinhos, que produz vacinas. Estive ainda com o governador Cid Gomes visitando a indústria Protalix, em Israel, que produz vacinas à base de células de cenoura. Traremos essas indústrias para o Eusébio, como também uma fábrica americana que trabalha com plataforma vegetal”, observou.

QUALIFICAÇÃO
Segundo Smith, a Fiocruz vai trabalhar na formação profissional e pesquisa. “Com todo esse aparato, diversas empresas estão querendo se instalar aqui. Por isso, estamos com o projeto de ampliar os incentivos fiscais para todas as empresas, do ramo, instaladas no município, o que reduzirá a pressão imobiliária e tornará o Eusébio um polo nacional de ensino e pesquisa”, disse. O presidente da Adece asseverou que esse trabalho está sendo feito em conjunto com a Prefeitura.
O prefeito Júnior destacou que a rodovia CE-010 terá 8,2Km de extensão e três pistas de rolamento, reduzindo as distâncias entre o Porto do Pecém e o Polo Tecnológico de Saúde, facilitando o escoamento da produção e trazendo mais desenvolvimento para o município. “Temos o exemplo da Avenida Washington Soares, que trouxe desenvolvimento em toda a sua extensão. Com a CE-010, o Eusébio vai ganhar no desenvolvimento econômico, e vai consolidar nosso município como polo de saúde, tecnologia, ensino e pesquisa”.
O chefe do Executivo afirmou que pensando no futuro, a Autarquia Municipal do Meio Ambiente e Controle Urbano (Amma) incluiu todo o trajeto da CE-040 e da CE-010 como área especial de comércio e serviços no Plano Diretor do município.

A Justiça tarda, tarda, tarda...e se recupera 7 anos depois


Croatá: Juiz suspende por cinco anos direitos políticos de ex-gestor
O ex-gestor do Fundo Municipal de Educação de Croatá, município localizado a cerca de 350 quilômetros de Fortaleza, Cyro Leopoldo Souza de Aragão, teve os direitos políticos suspensos pelo período de cinco anos por contratar sem licitação, em 2005. Também deverá ressarcir o dano no valor de R$ 35.396,69, que corresponde a 10% do total contratado, fixado por arbitramento, com base nos princípios da razoabilidade e proporcionalidade.
Pagará ainda multa de R$ 20 mil e não poderá contratar com o Poder Público, receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios por cinco anos. A decisão é do juiz Francisco Marcello Alves Nobre, integrante do Grupo de Auxílio do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), para agilizar o julgamento de ações de improbidade e de crimes contra a administração pública (Meta 4 do CNJ).
De acordo com os autos, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) julgou desfavoráveis as contas do ex-gestor referente ao exercício de 2005. Entre as irregularidades, constavam despesas realizadas com empresas de locação de veículos e de construção civil, sem o devido processo licitatório, totalizando R$ 353.966,99.
Por esse motivo, o Ministério Público estadual (MP/CE), em maio de 2010, ingressou com ação civil pública requerendo a condenação do ex-gestor por ato de improbidade administrativa. Em contestação, Cyro Leopoldo Souza de Aragão disse que as despesas foram precedidas de licitação, quando necessário. Sustentou a inexistência de ato de improbidade administrativa.
Processos licitatórios
Ao julgar o caso, o juiz considerou que “não foram realizados os processos licitatórios necessários às contratações especificadas na petição inicial, ressaltando que o prejuízo ao erário se mostra evidente, posto que, com a omissão apontada, impediu a contratação da melhor proposta pela Administração Pública”.
O magistrado destacou também que “o conjunto probatório dos autos não deixa dúvida da necessidade de responsabilizar o promovido pela prática de atos de improbidade administrativa que causaram prejuízo ao erário, haja vista a malversação do dinheiro público municipal pela não realização de licitações públicas consideradas legalmente obrigatórias”.

Prendeu tarde. Tem um monte de estrangeiro bandido escondido no Brasil

A Polícia Federal do Ceará cumpriu, ontem, um mandado de prisão preventiva expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília, para extradição de um homem, 31 anos, natural da Itália. O estrangeiro, segundo a PF, é procurado pelo governo da Itália por ter cometido crime de assalto no país europeu. No Brasil, ele responde pelos crimes de furto e latrocínio.
De acordo com a PF, o estrangeiro, preso no bairro Passaré, em Fortaleza, foi encaminhado ao sistema prisional onde permanecerá à disposição da Justiça até a sua extradição para a Itália.

Demorou mas deu galo, na cabeça


Demissão expõe crise entre Gaudencio e RC
A disputa eleitoral pelo governo do Ceará atingiu a relação, até então harmônica, entre o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros), e o vice, Gaudencio Lucena (PMDB). Ambos estão em trincheiras adversárias – um defende o petista Camilo Santana, outro o peemedebista Eunício Oliveira, respectivamente.  O clima ficou tenso entre os dois, após a demissão dos secretários indicados pelo PMDB. Inclusive, na próxima semana, Gaudencio pedirá afastamento das funções da vice-prefeitura. Nos bastidores, comentava-se que o futuro de Gaudencio seria diferente dos últimos vice-prefeitos da capital cearense. Isso porque Isabel Lopes, Marlon Cambraia, Carlos Veneranda e Tin Gomes não tiveram tal oportunidade de mostrar “serviço” como o peemedebista. Agora, Lucena entra no time dos vice-prefeitos que acabaram isolados na gestão após desentendimentos com os titulares dos cargos.
Já faz parte da resenha política que, em Fortaleza, paira uma espécie de “maldição” em torno da figura do vice-prefeito, na medida em que os últimos políticos que ocuparam tal função perderam importância ou desapareceram do cenário político local, após “rompimento” ou “desentendimento” com o gestor municipal. Dizem até que “vice só é importante durante a pré-campanha, no período de definição do nome”. Outra espécie de “mantra” entre os políticos é o de que “um bom vice é aquele que, durante a campanha, não atrapalha e, durante o mandato, não aparece”.
O atual vice-prefeito afastava-se disso. Ele acompanhava o mandato de RC de perto, inclusive atuando como coordenador das Regionais buscando encontrar soluções concretas para as demandas da população. Nas poucas vezes em que falou sobre o futuro na gestão, Gaudencio, que participa ativamente da política, recentemente, dizia que não pretendia abandonar o cargo, nem mesmo deixar a disputa interferir. Discurso, até então, adotado por RC.
Agora, o discurso é outro. Ao falar sobre a demissão dos secretários indicados pelo PMDB, Roberto Cláudio deixou claro que os integrantes da legenda não têm espaço em sua administração. “O PMDB tomou uma decisão muito clara de afastamento do nosso projeto. Essa foi uma decisão unilateral do próprio PMDB de se afastar de um projeto que nós encaramos ser vencedor. Mas essa é uma decisão legítima e política. E essa decisão certamente que traz ônus. É uma decisão em que o PMDB decidiu caminhar só, contrário a nossa gestão municipal, inclusive, que é de apoio a essa grande aliança que nós construímos a pouco mais de oito anos. Enfim, é isso. Não tem muito o que falar”, concluiu o prefeito.

Futebol

Em Porto Alegre Ceará perde penalti e ainda ganha do Internacional por 2 a 1.
O Ceará deu aula tática no Beira-Rio, venceu o Internacional por 2 a 1 e volta a Fortaleza com um resultado ‘monstro’ na bagagem do jogo de ida da terceira rodada da Copa do Brasil. Com gols de Nikão e Ricardinho, e um pênalti perdido por Magno Alves ainda no primeiro tempo, o Alvinegro  ampliou o retrospecto positivo diante do Colorado (5 vitórias, 5 empates e 3 derrotas) e pode até perder por 1 a 0 no dia 13, no Castelão, que avança às oitavas de final. O jogo de volta acontece em duas semanas, a princípio, no Castelão.
Quem passar ainda não conhecerá o rival nas oitavas, pois as chaves serão refeitas após sorteio. Os 10 clubes que passam vão se juntar ao seis da Libertadores: Cruzeiro, Atlético-MG, Grêmio, Botafogo, Flamengo e Atlético-PR. Por ora, o Ceará volta as atenções para a Série B. Líder isolado com quatro pontos de vantagem sobre o América-MG, o Vovô recebe o Boa Esporte no sábado, às 21h, no Presidente Vargas, pela 14ª rodada. Já o Internacional, quarto colocado na Série A, volta a jogar no domingo, às 18h30, quando recebe o Santos, novamente no Beira-Rio.
Missão cumprida
A estratégia do Ceará na noite fria de ontem foi muito clara: pressionar a saída de bola do Inter, deixar o meio-campo para o rival e recompor-se na defesa, buscando os contra-ataques. Foi assim do primeiro ao último minuto. Os times enfrentaram dificuldades em iniciar as jogadas, o Colorado dominou as ações, investiu bastante pelo lado direito, mas o Alvinegro, bastante seguro atrás, também conseguiu boas chances de marcar. E, além da vitória e do pênalti desperdiçado, o Vovô ainda teve outra penalidade não marcada, no segundo tempo, quando vencia por 1 a 0.

Capa do jornal O Estado(CE)


Coluna do blog



E viking trai?


São ferozes como os vikings e, como os vikings, acreditam no poder da destruição: os vândalos ferem, destroem e já mataram pelo menos uma pessoa. São unidos como os vikings, e desta união extraem sua força: a coordenação que mantiveram deixou os inimigos, os policiais, desarvorados. E, quem diria, a moda viking, aquele famoso capacete com chifres, expôs sua maneira de agir. Uma integrante do grupo de vândalos, Anne-Josephine Louise Marie Rosencrantz, descobriu que seu namorado Luiz Carlos Rendeiro Jr., Game Over, pai de seu filho, era partilhado por outra ativista, Elisa Quadros Pinto Sanzi, Sininho. A traída se vingou traindo: Anne-Josephine foi à Polícia e prestou depoimento sobre a ação dos vândalos. Começou informando como Sininho admitiu o namoro com Game Over: "Sininho diz que ela e Game Over tinham um romance revolucionário". E apresentou as denúncias - entre elas, diz, a tentativa, liderada por Sininho, de incendiar o prédio da Câmara dos Vereadores do Rio. Segundo Anne-Josephine, este incêndio não fazia parte dos planos dos manifestantes, e Sininho, aos gritos, pedia que lhe levassem gasolina para iniciar o fogo. Conforme diz Anne-Josephine, foi Game Over que conseguiu controlá-la. De acordo com a Polícia, Anne-Josephine detalhou ainda as funções dos principais lideres dos vândalos e - oh, novidade! - relatou o uso de drogas por eles. E daí? Daí que todos os detidos por vandalismo, inclusive os acusados por Anne-Josephine, foram libertados por ordem do desembargador Siro Darlan.




A frase: “Cuidado terroristas de araque, ativistas de caviar, manifestantes laricados e congêneres, nada... nada é mais perigoso que uma mulher traída!!!!!” Sobre a traição de Sininho a colega de quebra-quebra.


À prova de roubo (Nota da foto)
Quando eu era menino, lá em Sobral, nos anos 50, o Napoleão Maxixe tinha um posto de aluguel de bicicleta. Eram velhas bikes que a gente usava, devolvia e pagava. Outro dia, em Paris, ví o lançamento do projeto de alugar bicicleta pro povão sair pedalando pela cidade e deixar em postos diversos que nem carros de locadoras. Pagamento no cartão de crédito ou pré-pago. Aí, dias depois a moda pegou em NY onde também saí bicicleteando pela Big Apple. Pois em setembro Fortaleza vai imitar Sobral e o Napoleão Maxixe. Vamos ter nosso posto de aluguel de bicicleta para umas voltas pela cidade. Coloridas e à prova de...ce sabe.

Pensei em RS40 bi
São R$60.O consultor Adriano Pires é quem sacou a coincidência. Pelas contas dele, o buraco do setor elétrico, cerca de R$ 60 bilhões, é igual ao rombo da Petrobras, provocado pelo controle dos preços dos combustíveis entre 2011 e 2014.

Quem vai pagar
— A conta do setor elétrico será paga por consumidores e contribuintes. Já a da Petrobras fica para os acionistas.

Estranho
Causa espécie que o Brasil gaste tanto com energia gerada por térmicas, enquanto temos vento e sol para energia eólica e solar. A desconfiança é de deputado cearense na ponta do lápis.

Esquisito
Política é um bicho esquisito. Outro dia mesmo, cidadão desancava o outro como mentiroso e cheio de marmotas. Hoje se abraçam e fazem juras de amor ao povo e se auto elogiam.Ê ê!

Deu no Claudio Humberto
Traição a Padim - Prefeito Juazeiro do Norte (CE), Raimundo Macedo abandonou Memorial Padre Cícero, que foi saqueado. O MP tenta localizar, no Rio de Janeiro, as peças roubadas e deve acionar a prefeitura para recuperar o museu. Atrasaram o intermediário.

Help!
Por favor me expliquem: O feijão verde estava a R$4,00 o quilo. Alegando falta de chuvas foi pra R$10,00. Aí, sem chover nem nada, desceu pra R$8,00 e agora tá em R$6,00.Béisso?

Arrasta multidão
Padre Fábio de Melo é fenômeno de comunicação.Suas missas costumam reunir milhares de fiéis. Desde o começo da semana não há mais lugar pra se ficar na região do Baixo Acarau.

Solenidade
Hoje, Acarau comemora aniversário de emancipação política e vai celebrar com missa do Padre Fábio de Melo. Hotéis, pousadas e casas de parentes em toda a região já não cabem mais ninguém.

Guru sexual
Na Índia, terra do Kama Sutra a coisa é exatamente o contrário. Ninguem sabe de nada. Tem um guru que aos 90 anos responde cartas de leitores sobre problemas de ordem sexual. É o bambambam do jornal lá dele. Seu nome é Mahinder Watsa.

A pergunta
A última carta tinha esse questionamento: “Pergunta : Minha amiga acha que seus seios estão ficando maiores por causa da masturbação. Isso é possível? Resposta: Não. Ela acha que o clitóris é uma bomba de ar?














Bom dia

Ninguem é tão pobre que não possa dar...nem tão rica que não possa...engravidar.

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Deferimentos de cadidaturas no Ceará

TRE defere as candidaturas de Eunício Oliveira e Camilo Santana ao Governo do Ceará
 O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará deferiu, nesta quarta-feira, 30/07, as candidaturas de Eunício Lopes de Oliveira e Roberto Soares Pessoa (Coligação Ceará de Todos - PMDB – PSC – DEM – PSDC – PRP – PSDB – PR – PTN – PPS) e de Camilo Sobreira de Santana e Maria Izolda Cela de Arruda (Coligação para o Ceará seguir mudando – PT - PRB – PRTB – PHS – PMN – PTC – PV – PEN – PPL – PSD – PC do B – PT do B – SD – PROS) ao Governo do Ceará. O primeiro candidato a ter o registro deferido para o cargo de governador foi Aílton Claércio Lopes Dantas, da Coligação Frente de Esquerda Socialista - PSOL-PSTU-PCB, em 25/07. Falta ser julgada a candidatura de Eliane Novaes Eleutério ao Governo do Estado. Quando não há pedido de impugnação, os processos estão sendo julgados de forma monocrática, pelos juízes relatores, uma novidade nessas eleições.
Nesta quarta-feira, 30/07,o Pleno do TRE-CE julgou 13 processos de registros de candidaturas. Apenas a do candidato a deputado estadual, Elmano de Freitas da Costa, foi deferida. Os candidatos com pedidos de registro indeferidos na sessão desta quarta foram: Raimundo Dias Angelim (PSB), João Paulo Nascimento Oliveira (PSC), Euclides Júnior Fernandes (PSB), Francisco Alves da Penha Filho (PTC), Pedro Ferreira de Souza Neto (PSC), Marcos Aurélio Bezerra Gomes (PSC), Dalila Maria Andrade da Silva (PTC), Maria Carine Nogueira de Aquino (PTC), Carlos Alberto Gomes Mesquita (PMDB), João Jacques Carneiro Albuquerque (PMDB), Francisco Valdez Souza da Silva (PV) e João Andrade da Silva (PHS).
Até o momento, o TRE já julgou 645 pedidos dos 872 registros de candidatura para as Eleições 2014. Desse total, 570 foram deferidos; 50 indeferidos; 10 renunciaram e 15 Demonstrativos de Regularidades Partidárias (DRAPs) foram deferidos. O Tribunal tem até o dia 5/8 para julgar os 227 pedidos restantes. Faltam analisar 9 pedidos de impugnação pelos juízes da Corte.
Para o Senado Federal, foram julgadas e deferidas as candidaturas de Tasso Ribeiro Jereissate (1º Suplente: Francisco Feitosa de Albuquerque Lima e 2º Suplente: Fernando Antônio Mendes Façanha Filho), da Coligação Ceará de todos – PMDB – PSC – DEM – PRP – PSDB – PR – PTN – PPS, Raquel Dias Araújo (1º Suplente: Carlota Sales de Carvalho e 2º Suplente: Augusto Cesar Tavares da Silva) da Coligação Frente de Esquerda – PSTU – PCB – PSOL e Carlos Mauro Benevides Filho (1º Suplente: José Linhares Ponte e 2º Suplente: Francisco Honório Pinheiro Alves), da Coligação Para o Ceará Seguir Mudando - PRB – PP – PDT – PT – PTB – PSL – PRTB – PHS – PMN – PTC – PV – PEN – PPL – PSD – PC do B – PT do B – SD – PROS. Para o Senado, falta ser julgado apenas o registro de Geovana Maria Cartaxo de Arruda Freire do PSB (1º Suplente: Maria Valda de Albuquerque e 2º Suplente: Geraldo Cadeira de Oliveira).

Coração azul

MPF realizará panfletagem contra o tráfico de pessoas no aeroporto de Fortaleza Ação faz parte de campanha mundial contra o crime que faz 2,4 milhões de vítima todos os anos O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) realizará amanhã, quinta-feira, 31, panfletagem e distribuição de cartilhas no Aeroporto Internacional de Fortaleza. A ação faz parte da campanha Coração Azul, movimento mundial de enfrentamento ao tráfico de pessoas implementado no Brasil pelo Ministério da Justiça em parceria com o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e da primeira edição da Semana Nacional de Mobilização contra o Tráfico de Pessoas. Entre 16h e 18h30, pessoas que estiverem no terminal de passageiros receberão panfletos com informações sobre como identificar e denunciar o tráfico de pessoas. O horário para realização desta ação da campanha foi escolhido pelo MPF por coincidir com a chegada de alguns voos internacionais à capital cearense. Lojistas do aeroporto receberão exemplares da cartilha "Tráfico de Pessoas: conhecer para se proteger", que também ficarão disponíveis no balcão de informações da Infraero. A iniciativa contará com apoio do Núcleo Estadual de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas (NETP/CE). Durante esta semana, sedes de órgãos públicos, incluindo a do Ministério Público Federal em Fortaleza, e monumentos ao redor mundo estão sendo iluminados com cor azul para chamar a atenção para a importância da luta contra esse tipo de crime que vitima cerca 2,4 milhões pessoas todos os anos, segundo estimativas da Organização das Nações Unidas (ONU). A campanha também está convocando pessoas do mundo inteiro a postar uma foto nas redes sociais fazendo um coração com as mãos e a usar as hashtags #igivehope e #coraçãoazul.

Tentativa vã

Luiz Carlos Correia andava animadíssimo pra trazer Dunga pro Ferroviário do Ceará. Perdeu pra CBF no calor das passeatas e negociações.

Sabe de nada, inocente!

Dinheiro eleitoral
O portal UOL levantou no Tribunal Superior Eleitoral quem são os dez maiores doadores de campanha eleitoral no país. Em 2010, doaram legalmente R$ 496 milhões a partidos e candidatos. Das dez empresas doadoras, sete foram investigadas, ou ainda estão sendo, por indícios de corrupção envolvendo contratos públicos. Nada mais natural, explica Gil Castelo Branco, fundador e secretário-geral da organização Contas Abertas: "Não é doação, é investimento. Existem estudos que indicam que, de cada R$ 1 doado em campanha, as empresas conseguem outros R$ 8,5 em contratos públicos". Doadores e beneficiados estão em http://eleicoes.uol.com.br/2014/noticias/2014/07/28/sete-dos-dez-maiores-doadores-de-campanha-sao-suspeitos-de-corrupcao.htm
Outra do CB.

O Carlos Brikman descobriu ontem

"Gente fina é outra coisa

Dia 20, Juazeiro do Norte, Ceará. Grande festa popular em homenagem ao Padre Cícero, ruas cheias, romeiros vindos de longe. Na missa, os tucanos Aécio Neves, candidato à Presidência da República, e Tasso Jereissati, candidato ao Senado, com comitivas.

Pois não é que, na cidade superlotada, acharam um jeito de não se misturar à multidão? Conseguiram um cercadinho VIP, com cadeiras e tudo, que ninguém é de ferro. Tudo bem, eram cadeiras de plástico, indignas de um pessoal tão refinado que nem na missa se mistura, mas que se há de fazer?"

Está no Claudio Humberto de hoje

  • O governo “plantou” nos jornais de ontem correção importante no seu discurso sobre o Oriente Médio: destacou que a presidenta Dilma qualifica de “massacre” e não “genocídio” o que ocorre em Gaza, em razão da ofensiva israelense. Dilma isola e se descola do aspone lulista Marco Aurélio “Top-Top” Garcia – que usou a expressão “genocídio”, provocando reação de Israel e fazendo do Brasil motivo de chacota.
  • O governo de Israel chutou o pau da barraca e chamou de “anã” a diplomacia brasileira por saber que “Top-Top” Garcia a lidera de fato.
  • Estreito, atrasado, trapalhão, Marco Aurélio Garcia jamais foi diplomata, mas define a política externa desde o governo Lula.
  • Subservientes, os diplomatas assistem Marco Aurélio Garcia esfacelar o prestígio construído pela Itamaraty ao longo de mais de cem anos.

Disse-me disse-me vira guerra ao voto


Prefeito diz que não está com Eunício Oliveira e confirma apoio à candidatura de Camilo
O prefeito Paulo Cesar (PT), de Amontada, município localizado a 180 quilômetros de Fortaleza, desmentiu, ontem, as declarações de que estaria apoiando a candidatura do senador Eunício Oliveira (PMDB) na disputa pelo governo do Ceará. O gestor visitou redações de diferentes veículos de comunicação para conversar com jornalistas e radialistas negando o apoio externado pelo peemedebista. “Quero dizer que as declarações do candidato do PMDB são mentirosas, feitas para enganar os eleitores cearenses e, especialmente, os eleitores da minha cidade de Amontada”, disparou o prefeito.
Durante entrevista para a imprensa, Eunício Oliveira revelou que havia recebido uma ligação do petista dizendo que iria aderir à sua postulação. A informação, divulgada pelo próprio candidato, surgiu durante reunião de adesão de lideranças do Vale do Jaguaribe no comitê central, na última segunda-feira. Ontem, porém, Paulo César procurou a imprensa para negar a informação.
Em relação à coligação de Camilo Santana (PT), o gestor afirmou que acredita no projeto iniciado pelo governador Cid Gomes (Pros) no Ceará e entende que muito mais será realizado com Camilo no Governo.  “Sempre estive e estarei com nosso candidato Camilo Santana. Acredito no projeto político de nosso atual governador, que já fez muito pelo Ceará e, com Camilo, tenho certeza de que iremos ter ainda muito mais”, confirmou.
O que diz Eunício
A assessoria do candidato Eunício Oliveira disse ao jornal O Estado que aconteceu um “mal entendido” na declaração de apoio envolvendo os gestores de Amontada e que, na verdade, o peemedebista se referia à adesão do ex-prefeito do município, Edvaldo Assis.
Disputa
O caso joga luz sobre a disputa que Camilo Santana e Eunício Oliveira vêm travando nos bastidores para garantir o apoio do maior número de lideranças. Durante a semana, os dois candidatos intensificaram a realização de reuniões com prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e lideranças políticas do interior do Estado.
A cada nova adesão, aliados comemoram. Um exemplo recente foi a manifestação de apoio de um prefeito do Democratas, partido ligado à coligação de Eunício Oliveira, à candidatura de Camilo Santana. O chefe do Executivo de Limoeiro do Norte, Paulo Duarte (DEM), participou de atividade de campanha em São João do Jaguaribe para manifestar que não iria ficar “em cima do muro”.
“Quero tirar o chapéu pra você, viu Camilo? Estou muito à vontade aqui. Primeiro, o meu partido, o DEM, tem um outro candidato a governador. Mas eu não fui eleito prefeito de Limoeiro nem recebendo apoio de político nenhum e nem dinheiro de empresário. Quem manda, quem define o que eu devo fazer é a voz da rua. E o que eu tenho ouvido nas ruas de Limoeiro, e hoje eu vi aqui, nas ruas de São João, é que o povo quer é Camilo pra governador. E nós vamos ficar juntos. Eu não entro em campanha pra ficar em cima do muro. Já comuniquei ao presidente de meu partido, que é o Chiquinho Feitosa a quem eu tenho muito respeito e amizade, que pra governador, aqui em São João, ao lado de Acácio, e em Limoeiro, nós vamos levantar a bandeira de Camilo pra governador”, declarou Paulo Duarte.

Penso eu - Aliás, sobre a matéria aí, divulgada pelo jornal O Estado(CE), acrescento que  Paulo Duarte disse a este blog que vai votar em Chiquinho Feitosa para suplente de senador.

FPM chega trazendo frustração para prefeituras


Fortaleza receberá R$ 11,3 mi do FPM
Será depositado, hoje, na conta da Prefeitura de Fortaleza, o montante de R$ 11.337.663,98, referente ao repasse do 3º decêndio do mês de julho de 2014, do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Nas contas das prefeituras brasileiras, será depositado, no total, R$ 1.067.554.440,04. Com a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o montante é de R$ 1.334.443.050,05.
Segundo o consultor da Associação dos Municípios do Ceará (Aprece), André Pinheiro de Carvalho, os quatros maiores municípios do Ceará, em termo de população, como Caucaia, Juazeiro Norte, Maracanaú e Sobral vão receber juntos R$ 5,297,487,64, sendo, R$ 1.324.371,91 para cada.
André de Carvalho ressalta ainda que, os valores apresentados são brutos, ou seja, destes ainda, são deduzidos 15% para a Saúde municipal, assim como 20% para o Fundeb. Ficando, portanto, para os cofres municipais das demais secretarias, 65% dos valores acima expostos.
NACIONAL
A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) estima que, em 2014, o FPM somou em todo o Brasil, R$ 46,460 bilhões, enquanto que, no mesmo período de 2013, o valor total foi de R$ 44,414 bilhões. Apresentando um crescimento de apenas 3,9%.
A CNM estima ainda que, o valor do 3º decêndio de julho, é de 6,40% menor que a previsão divulgada pela Receita Federal do Brasil (RFB). A redução é ainda maior, quando comparada com o 3º decêndio de julho de 2013. Nesse caso, o valor será 18,7% a menos, em termos nominais, sem considerar a inflação.
Ao calcular o total de repasses feitos em julho de 2014, a soma chega a R$ 4,960 bilhões. No mesmo período de 2013, o acumulado ficou em R$ 4,588 bilhões. Na comparação do mesmo período, o repasse de verba cresceu 8,1%. Conforme a apresentação dos dados, a Confederação Nacional dos Municípios ressalta para aos gestores municipais que, de junho até outubro, o repasse do FPM será menor. A previsão para agosto é de crescimento de 21%, em relação ao mês anterior. A CNM destaca ainda que a expectativa de aumento é apenas uma estimativa de Receita Federal, e está sujeita a alterações. (Com informações da CNM)

Capa do jornal O Estado(CE)


Coluna do blog



De cegos e de anões
Como fazem os filósofos que  quando embatucam numa equação recorrem a Kant, o mesmo faço eu quando embruteço num mote que me faria voltar a velhos livros do Colégio Sobralense, lá na Sobral do meu tempo. E, pra ser absolutamente correto, socorro-me dos amigos a quem admiro e respeito com o mesmo sentimento de velhos monges. Queria achar alguém que dividisse comigo a quase raiva daquele idiota porta voz de Israel que nos chamou de anões diplomáticos. Ora,ora,ora. Foi o Mauro Santayana quem me levou à luz contando uma história: “Se não me engano, creio que foi em uma aldeia da Galícia que escutei, na década de 70, de camponês de baixíssima estatura, a história do cego e do anão que foram lançados, por um rei, dentro de um labirinto escuro e pejado de monstros. Apavorado, o cego, que não podia avançar sem a ajuda do outro, prometia-lhe toda sua fortuna, caso ficasse com ele, e, desesperado, começou a cantar árias para distraí-lo. O outro, ao ver que o barulho feito pelo cego iria atrair inevitavelmente os monstros, e que o cego, ao cantar cada vez mais alto, se negava a ouvi-lo, escalou, com ajuda das mãos pequenas e das fortes pernas, uma parede, e, caminhando por cima dos muros, chegou, com a ajuda da luz da Lua, ao limite do labirinto, de onde saltou para densa floresta, enquanto o cego, ao sentir que ele havia partido, o amaldiçoava em altos brados, sendo, por isso, rapidamente localizado e devorado pelos monstros que espreitavam do escuro.  Ao final do relato, na taberna galega, meu interlocutor virou-se para mim, tomou um gole de vinho e, depois de limpar a boca com o braço do casaco, pontificou, sorrindo, referindo-se à sua altura: como ve usted, compañero... com o perdão de Deus e dos cegos, ainda prefiro, mil vezes, ser anão...  Lembrei-me do episódio — e da história — ao ler sobre a convocação do embaixador brasileiro em Telaviv para consultas, devido ao massacre em Gaza, e da resposta do governo israelense, qualificando o Brasil como irrelevante, do ponto de vista geopolítico, e acusando o nosso país de ser um “anão diplomático". Chamar o Brasil de anão diplomático, no momento em que nosso país acaba de receber a imensa maioria dos chefes de Estado da América Latina, e os líderes de três das maiores potências espaciais e atômicas do planeta, além do presidente do país mais avançado da África, país com o qual Israel cooperava intimamente na época do Apartheid, mostra o grau de cegueira e de ignorância a que chegou Telaviv. O governo israelense não consegue mais enxergar além do próprio umbigo, que confunde com o microcosmo geopolítico que o cerca, impelido e dirigido pelo papel executado, como obediente cão de caça dos EUA no Oriente Médio.  O que o impede de reconhecer a importância geopolítica brasileira, como fizeram milhões de pessoas, em todo o mundo, nos últimos dias, no contexto da criação do Banco do Brics e do Fundo de reservas do grupo, como primeiras instituições a se colocarem como alternativa ao FMI e ao Banco Mundial, é a mesma cegueira que não lhe permite ver o labirinto de morte e destruição em que se meteu Israel, no Oriente Médio, nas últimas décadas. Se quisessem sair do labirinto, os sionistas aprenderiam com o Brasil, país que tem profundos laços com os países árabes e uma das maiores colônias hebraicas do mundo, como se constrói a paz na diversidade, e o valor da busca pacífica da prosperidade na superação dos desafios, e da adversidade.  O Brasil coordena, na América do Sul e na América Latina, numerosas instituições multilaterais. E coopera com os estados vizinhos — com os quais não tem conflitos políticos ou territoriais — em áreas como a infraestrutura, a saúde, o combate à pobreza.  No máximo, em nossa condição de “anões irrelevantes”, o que poderíamos aprender com o governo israelense, no campo da diplomacia, é como nos isolarmos de todos os povos da nossa região e engordar, cegos pela raiva e pelo preconceito, o ódio visceral de nossos vizinhos — destruindo e ocupando suas casas, bombardeando e ferindo seus pais e avós, matando e mutilando as suas mães e esposas, explodindo a cabeça de seus filhos. Antes de criticar a diplomacia brasileira, o porta-voz da Chancelaria israelense, Yigal Palmir, deveria ler os livros de história para constatar que, se o Brasil fosse um país irrelevante, do ponto de vista diplomático, sua nação não existiria, já que o Brasil não apenas apoiou e coordenou como também presidiu, nas Nações Unidas, com Osvaldo Aranha, a criação do Estado de Israel. Talvez, assim, ele também descobrisse por quais razões o país que disse ser irrelevante foi o único da América Latina a enviar milhares de soldados à Europa para combater os genocidas nazistas; comanda órgãos como a OMC e a FAO; abre, todos os anos, com o discurso de seu máximo representante, a Assembleia Geral da ONU; e porque — como lembrou o ministro Luiz Alberto Figueiredo, em sua réplica — somos uma das únicas 11 nações do mundo que possuem relações diplomáticas, sem exceção, com todos os membros da Organização das Nações Unidas. - Mauro Santayana é jornalista e meu amigo.

A frase: Lei do Mercado - Cinco mil a cem reais, jamais cem a cinco mil reais. A escolha é sua entre ser cem e cinco mil.” E besta de quem não escolher direito.


À véspera do aniversário (Nota da foto)
Acaraú comemora amanhã aniversário de emancipação política. Durante muitos anos a data foi comemorada com festas e fogos, discursos e aclamações. Neste dia 31, o prefeito Alexandre Ferrreira Gomes, filho de Duquinha e sobrinho de Anibal, comemora com Deus. A principal atração do dia será missa celebrada pelo Padre Fábio de Melo, em praça pública.

Pensei em RS40 bi
São R$60.O consultor Adriano Pires é quem sacou a coincidência. Pelas contas dele, o buraco do setor elétrico, cerca de R$ 60 bilhões, é igual ao rombo da Petrobras, provocado pelo controle dos preços dos combustíveis entre 2011 e 2014.

Quem vai pagar
— A conta do setor elétrico será paga por consumidores e contribuintes. Já a da Petrobras fica para os acionistas.

Estranho
Causa espécie que o Brasil gaste tanto com energia gerada por térmicas, enquanto temos vento e sol para energia eólica e solar. A desconfiança é de deputado cearense na ponta do lápis.

Esquisito
Política é um bicho esquisito. Outro dia mesmo cidadão desancava o outro como mentiroso e cheio de marmotas. Hoje se abraçam e fazem juras de amor ao povo e se auto elogiam.Ê ê!

Deu no Claudio Humberto
Traição a Padim - Prefeito Juazeiro do Norte (CE), Raimundo Macedo abandonou Memorial Padre Cícero, que foi saqueado. O MP tenta localizar, no Rio de Janeiro, as peças roubadas e deve acionar a prefeitura para recuperar o museu. Atrasaram o intermediário.

Sabe aquele carinha de Israel?
O tal que nos achamou de anões diplomáticos. Veja aí o que se daria a ele pra ler: “- Um bom diplomata é aquele com capacidade de permanecer calado em pelo menos cinco idiomas”.



Coluna do blog

Couro grosso Não era pra ser surpresa porque de onde se espera seriedade é dali mesmo que não sai. No meio há tantos anos, divulg...