sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Médicos cubanos: isso ainda vai estourar

Governo anuncia aumento no salário repassado a médicos cubanos

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, anunciou nesta sexta-feira (28) um aumento no valor repassado aos médicos cubanos contratados pelo programa Mais Médicos. Eles passarão a receber, a partir de março, um total de US$ 1.245, ou cerca de R$ 3.000 líquidos. Hoje, o valor recebido é de US$ 1.000, ou cerca de R$ 2.350.

Outra mudança anunciada diz respeito aos valores que ficam, efetivamente, com os profissionais no Brasil. Pelas regras até então vigentes, os médicos só tinham acesso a US$ 400 e os demais US$ 600 eram retidos pelo governo cubano. Agora, os médicos receberão esses US$ 600 em mãos, além de um aumento de US$ 245.
O ministro disse que a modificação atende a determinação da presidente Dilma Rousseff, e negou que o governo brasileiro tenha feito a mudança por pressão. "Não sofremos nenhum tipo de pressão, o que houve foi uma necessidade de aprimorar o sistema, como a identificação do alto custo de vida no Brasil."
Segundo ele, a negociação já estava em curso antes de ele assumir a pasta, no início deste mês, e "mobilizou um esforço grande do governo, com o envolvimento de vários ministérios e também da Opas [Organização Panamericana de Saúde, que faz a intermediação entre os governos brasileiro e cubano]". Também houve, de acordo com o ministro, uma "boa vontade" do governo de Cuba.
O representante da Opas no Brasil, Joaquim Molina, também participou da coletiva de imprensa, feita em Brasília. Ele fez coro ao ministro, dizendo que o programa é algo "dinâmico" e, que, portanto, é normal que precise de ajustes.
Chioro negou também que esse aumento vá representar um gasto a mais para o Brasil. "Não tem nenhum centavo a mais do governo brasileiro, é o mesmo recurso que agora passa a ser transferido [para o profissional] pelo governo cubano. O que houve foi uma negociação da presidente Dilma com o governo cubano", afirmou Chioro.
O Brasil repassa à Opas R$ 10 mil por médico por mês, enviados ao Ministério da Saúde de Cuba. No primeiro semestre do programa, que tem duração de três anos, o Brasil repassou R$ 511 milhões para a Opas. Desse total, 5% ficaram com a organização a título de taxa.
No total, já foram recrutados mais de 7.400 médicos cubanos para o programa. Os detalhes sobre os reais valores recebidos pelos cubanos vieram à tona somente após denúncias feitas pela médica Ramona Rodriguez, que largou o programa no início do mês e foi acolhida pela liderança do DEM, partido de oposição ao governo.
Ampliar

Charges e montagens reúnem críticas e apoio ao programa Mais Médicos

Outro vídeo do charges.com.br, de Maurício Ricardo, sobre os profissionais do Mais Médicos que vieram de Cuba. Este faz uma paródia da música "Vamos fugir", de Gilberto Gil. No fim, os cubanos pegam um avião para Miami e dizem adeus ao SUS. Assista em http://tvuol.tv/blc9vP Leia mais Reprodução/charges.com.br
Reportagem
Reportagem divulgada pelo "Jornal Nacional" nesta quinta-feira (27) trouxe novas informações sobre a investigação conduzida pelo Ministério Público do Trabalho sobre o Mais Médicos, que também é questionado no STF (Supremo Tribunal Federal).
Segundo o "Jornal Nacional", a Opas e o Ministério da Saúde não informaram para onde vai a diferença de mais de R$ 8 mil por mês entre o que o Brasil repassa e o que é efetivamente pago aos cubanos. Na coletiva de imprensa, tanto Chioro quanto Molina disseram que não poderiam falar em nome do governo cubano, mas que entendiam que o dinheiro é investido no próprio sistema de saúde de Cuba.
Embora o Ministério da Saúde argumente que modelo idêntico é adotado por dezenas de países, levantamento do "Jornal Nacional" mostrou que não é bem assim: na França e no Chile, os contratos são feitos diretamente com os profissionais, sem intermediários. Portugal é o único país que tem um programa semelhante ao Mais Médicos. Do acordo intermediado pela Opas em 2009, foram contratados  40 médicos cubanos, mas hoje restam apenas 12 no país.
Desistências
Desde o início do programa, 27 médicos cubanos abandonaram o Mais Médicos. Desse total, 22 voltaram ao país por motivos pessoais ou de saúde, segundo o Ministério da Saúde. Os cinco restantes abandonaram o trabalho, como foi o caso de Ramona, e pelo menos dois desses profissionais pediram asilo nos Estados Unidos.
O Mais Médicos já conta, ao todo, com 9.425 médicos, sendo que cerca de 1.200 são brasileiros. Eles estão distribuídos em 3.279 municípios e 28 distritos indígenas, e representam, segundo o ministério, 33 milhões de brasileiros atendidos. A meta anunciada pelo governo era alcançar um total de 13 mil profissionais até março deste ano. Além da bolsa de R$ 10 mil, os inscritos recebem ajuda de custo, paga pelos municípios, com alimentação, transporte e moradia.
Ampliar

Programa Mais Médicos: profissionais e pacientes

- Isidro Rosales Castro, 49, e Esperanza Anabel Dans Leon, 48, deixaram Cuba e vieram atuar no programa Mais Médicos. O casal atua na pequena cidade de Reriutaba, no Ceará. Eles se dizem felizes e com vontade de transformar a realidade do município, através do amor pela medicina. Eles iniciaram os atendimentos em setembro do ano passado. Os dois dizem que já se sentem em casa 

Irressistivel à não publicação

Circulação livre na rede mundial de computadores

Não Curtiu @[259086077535180:274:Mussum Memes] ? Curte Ai Cacildis

Cancelado carnaval na cidade mais séria do Brasil


Prefeitura de Senador Pompeu cancela Carnaval após pedido do MP

A Prefeitura de Senador Pompeu informou ontem (25) que vai cumprir a recomendação expedida no mesmo dia pelo Ministério Público do Estado do Ceará sobre a realização dos festejos de Carnaval. O documento, assinado pelo promotor de Justiça Iuri Rocha Leitão, pedia que o poder municipal não contraísse despesas com eventos festivos, incluindo a contratação de artistas, serviços de bufê e montagem de estrutura, enquanto perdurar o estado de emergência em que se encontra a Cidade.
Na recomendação, o MP solicitava a anulação do processo licitatório que prevê a contratação de empresas para o evento intitulado “Carnaval em Senador: cada vez mais amor”, orçado em R$ 284 mil. O Município está em estado de emergência desde o ano passado por conta da precariedade dos recursos e da deficiência na prestação do serviço de saúde pública. “Essa situação gera uma incompatibilidade com o dispêndio financeiro na contratação de bandas ou realização de festas por parte do poder público municipal”, diz o promotor no documento. Ele ressalta ainda que a realização de despesas dessa natureza durante o referido período configura violação ao princípio da moralidade administrativa, previsto no Artigo 37 da Constituição Federal.
Em resposta encaminhada ao MP, o prefeito municipal, Antônio Mendes de Carvalho, informou que irá cumprir integralmente a recomendação.
DA REDAÇÃO DO ESTADO ONLINE
online@oestadoce.com.br

Prendeu...ganhou!


Deputados aprovam gratificação para polícia
Deputados estaduais aprovaram, na sessão de ontem, a mensagem do Governo do Estado que cria o Sistema de Compensação pelo cumprimento de metas por indicadores estratégicos de criminalidade no Ceará. Com ausência da oposição, o projeto foi aprovado por unanimidade pela base aliada. A medida garante o pagamento de gratificação financeira aos policiais que atingirem metas mensais. Outros dois projetos do Poder Executivo também foram aprovados ontem.
A matéria, que foi anunciada pelo titular da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Servilho Paiva, em dezembro passado, estabelece o sistema de metas para redução de índices de criminalidade no Estado e consiste em que delegacias e batalhões que conseguirem atingir as metas mensais estabelecidas pela Pasta receberão gratificação financeira trimestralmente.
Outra matéria aprovada é a que trata do Fundo de Incentivo ao Cumprimento de Metas na área de Segurança Pública do Estado do Ceará (Fumece), de onde sairá o pagamento aos policiais que contribuírem para redução dos índices de criminalidade. Pela matéria, o governador Cid Gomes remanejará R$ 120 milhões do orçamento estadual para o fundo, dos quais R$ 90 milhões serão destinados à Polícia Militar e outros R$ 30 milhões à Polícia Civil. A organização e operação, conforme o projeto, ficará a cargo da SSPDS.
Segundo o projeto, o objetivo é implementar uma nova sistemática de segurança pública, onde o Estado será dividido nas chamadas “Áreas Integradas de Segurança (AIS), uma vez que a insegurança por parte da população tem causado críticas no que diz respeito aos investimentos do Governo.
  “No mundo inteiro, a gestão por resultado tem dado certo tanto no setor privado quanto público. Ao estabelecer esta meta com compensação pecuniária, inequivocamente, isso irá estimular ainda mais a realização das investigações e ostensividade da própria polícia, reduzindo assim a criminalidade. Isso será referência para todo o território brasileiro”, disse o deputado Mauro Filho (Pros), relator da matéria.
Ele disse ainda que duas são as metas estabelecidas pelas áreas de integração, como redução dos crimes contra a vida (homicídios) e crimes contra o patrimônio (roubos). Segundo explicou, o valor da gratificação pode chegar a R$ 2.000,00, dependendo do alcance das metas. O valor, segundo esclareceu, não conta para fins de aposentadoria, uma vez que será uma gratificação que será incorporada ao salário. Para ele, a aprovação é fundamental para os novos rumos que o Governo deseja dar à segurança pública no Ceará.

Ê , ê, Ererê!!!


Petistas devem deixar cadeia depois da Copa do Mundo, em agosto
A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) desta quinta-feira, 27, de absolver oito condenados do processo do mensalão pelo crime de formação de quadrilha beneficia principalmente os integrantes da antiga cúpula do PT. A partir de agosto, no início da campanha eleitoral, o ex-presidente do PT José Genoino terá garantido direito a cumprir pena em casa, sem precisar da palavra final do Supremo a respeito de idêntico pedido feito pela defesa dele.
JosÈ Genoino se entrega ‡ PolÌcia No momento, Genoino aguarda uma decisão sobre se vai permanecer cumprindo pena em regime domiciliar. Os advogados do ex-presidente do PT querem que ele permaneça em casa sob a alegação de ter problemas de saúde decorrente de uma cardiopatia grave. Se o pedido não for aceito, ele terá de voltar a cumprir pena em regime semiaberto, no qual, com autorização da Justiça, podem trabalhar fora da cadeia durante o dia.
Mas, caso o pedido de prisão domiciliar seja negado, o ex-presidente do PT poderá pleitear daqui a seis meses direito a cumprir pena no regime aberto. Como em Brasília ou em São Paulo não há casa de albergado destinado aos condenados enquadrados nesse regime, eles automaticamente vão para a prisão domiciliar.
Para garantir direito a progressão de regime, o condenado tem de cumprir pelo menos um sexto da pena no regime mais rigoroso. A pena de Genoino, agora, foi reduzida de 6 anos e 11 meses por corrupção ativa e formação de quadrilha para 4 anos e 8 meses de prisão. Ou seja, com 9 meses e 10 dias de cumprimento de pena, ele poderá pedir mudança para o regime mais favorável.
O ex-chefe da Casa Civil José Dirceu e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares também conseguiram uma importante vitória com as absolvições pelo crime de formação de quadrilha. Livraram-se de cumprir pena em regime inicialmente fechado e garantem direito ao regime semiaberto, no qual pode trabalhar fora do presídio se forem autorizados pela Justiça. Delúbio já está trabalhando como assessor da Central Única dos Trabalhadores e Dirceu aguarda decisão para atuar como organizador da biblioteca de um escritório de advocacia.
Delúbio Soares teve sua pena de 8 anos e 11 meses de prisão por corrupção ativa e formação de quadrilha reduzida para 6 anos e 8 meses apenas pelo primeiro crime. Ou seja, em dezembro deste ano, logo após a corrida eleitoral, já poderá cumprir pena em regime aberto. O prazo deve ser encurtado ainda mais pelo fato de ele estar trabalhando. A cada três dias trabalhados, a pena é reduzida em um dia.
Já no caso de José Dirceu as condenações por 10 anos e 10 meses de prisão por corrupção ativa e formação de quadrilha foram reduzidas para 7 anos e 11 meses apenas pela punição por corrupção. Mesmo sem a autorização para trabalhar, em fevereiro de 2015, Dirceu já poderia ir para casa. Contudo, em todos os casos, a progressão de regime precisa ser autorizada pela Justiça, que vai avaliar uma série de circunstâncias dos condenados, como bom comportamento.AE

A vergonha de Joaquinzão


Barbosa insinua que colegas manobraram contra julgamento
Para presidente do Supremo, decisão de livrar mensaleiros é só “1º passo”
Nelson Jr STF - Joaquim Barbosa 3O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa (foto), insinuou nesta quinta-feira, 27, que os ministros Teori Zavascki e Luís Roberto Barroso, nomes que passaram a integrar a Corte após a primeira fase do julgamento, em 2012, foram indicados ao cargo pela presidente Dilma Rousseff para reverter as sentenças do mensalão. Os dois ministros votaram pela aceitação dos embargos infringentes dos condenados e garantiram sua absolvição do crime de formação de quadrilha.
Barbosa começou a se mostrar indignado quando o placar já estava formado. “Temos uma maioria formada sob medida para lançar por terra o trabalho primoroso levado a cabo por esta Corte no segundo semestre de 2012″, afirmou. “Sinto-me autorizado a alertar a Nação brasileira de que esse é apenas o primeiro passo. É uma maioria de circunstância que tem todo tempo a seu favor para continuar sua sanha reformadora”, atacou.
Ao defender a manutenção da condenação, Barbosa tentou desqualificar os argumentos dos ministros contrários à sua tese. “Esta é uma tarde triste para este Supremo Tribunal Federal, porque, com argumentos pífios, foi reformada, jogada por terra, extirpada do mundo jurídico, uma decisão plenária sólida, extremamente bem fundamentada, que foi aquela tomada por este plenário no segundo semestre de 2012″, disse.
‘Desmonte’
Para Barbosa, a etapa inicial do desmonte do julgamento ocorreu em 2013, quando o tribunal, por maioria, resolveu aceitar os embargos infringentes – quando um réu é condenado com pelo menos quatro votos pela absolvição, pode pedir um novo julgamento. “Inventou-se um recurso regimental totalmente à margem da lei com o objetivo específico de anular e reduzir a nada um trabalho que fora feito”, disse. AE

Assembleia indica Patrícia pro TCE


Indicação de Patrícia Saboya para o TCE é confirmada na AL
A Assembleia Legislativa aprovou, ontem, por unanimidade, a indicação da deputada Patrícia Saboya ao cargo de conselheira do Tribunal de Contas do Ceará (TCE/CE). A votação ocorreu logo após os membros da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) sabatinarem a parlamentar em sessão extraordinária. A vaga era anteriormente ocupada por Pedro Timbó, que a deixou vacante com sua aposentadoria. A matéria foi aprovada em turno único, secreto, por 35 votos favoráveis.
Agora, a decisão será encaminhada ao governador Cid Gomes e, em seguida, publicada no Diário Oficial. Com a nomeação, Patrícia, então, renunciará ao cargo. Depois que a parlamentar oficializar a saída da AL, a Mesa Diretora empossará o suplente de deputado Adail Carneiro (ex-PDT e agora Pros).
Após o resultado da votação, Patrícia Saboya disse que “dará o melhor” e agradeceu ao voto de confiança dado pelos parlamentares à sua indicação. Ela disse que pretende ser “completamente imparcial, implacável”, ao analisar as contas públicas, mas ressaltou avaliar que nem sempre o gestor comete erros de má-fé e por isso o acompanhamento das obras e convênios realizados deve ser minucioso. ”Não se preocupem com meu afeto com o governador Cid. O mandato dele termina este ano. Considero-me nova e ainda devo ficar no Tribunal durante muito tempo”, disse ela, ao se referir ao seu parentesco com a família Ferreira Gomes.
Patrícia, porém, evitou comentar sobre a liminar que impede o Governo do Estado de prosseguir com a Parceria Pública Privada (PPP) da Ponte Estaiada sobre o Rio Cocó, investimento de R$ 409,6 milhões. Embora tenha um juízo de entendimento sobre o assunto, neste momento, segundo ela, seria “antiético” comentar sobre um assunto polêmico em andamento na Corte de Contas. O assunto foi abordado tanto por jornalistas quanto pelo deputado Roberto Mesquita (PV), durante a sabatina. Ela reforçou ainda que antes os Tribunais eram vistos como punidores, porém, agora, possuem um caráter mais fiscalizador para acompanhar e colaborar para o desenvolvimento de gestões eficientes. “Transparência é fundamental, mas atividade educativa é mais importante para uma gestão eficiente”, defendeu.

FUNÇÃO
Os conselheiros do TCE/CE são responsáveis por fiscalizar o uso do dinheiro público e analisar as contas do Estado, além dos convênios deste com prefeituras e câmaras de vereadores.

Manchetes desta sexta feira

Folha: - Supremo revê julgamento e decide que Mensalão não teve formação de quadrilha
O Globo - Absolvido do crime de quadrilha pelo STF Dirceu deve ir pra casa dentro de um ano
Correio Braziliense - Zé Dirceu se livra do crime de quadrilha
Valor - PIB brasileiro avança 0,7% no 4o. trimestre de 2013 e 2,3% em 2913
Estadão - Juiz proíbe Delúbio de trabalhar fora da prisão após supostas regalias






Ê, ê!

Gleisi considera lamentável reação de Barbosa

Josias de Souza
Recém-saída da Casa Civil de Dilma Rousseff, a ex-ministra e senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) criticou a reação de Joaquim Barbosa à decisão do STF de rever a condenação pelo crime de formação de quadrilha que havia sido imposta aos réus do mensalão em 2012. Ela enxergou nas palavras do presidente do Supremo insinuações contra o processo de escolha dos ministros do tribunal.
“Eu lamento as declarações do minsitro Joaquim Babosa, que não está de acordo com uma decisão da Suprema Corte e coloca em suspeição todo o processo de nomeação e indicação dos membros do Supremo Tribunal Federal. Como se ele próprio não fosse resultado desse processo. Isso não faz bem à democracia brasileira. Esse é um processo que tem guarida na Constituição e na história da Repúblicaa brasileira.”
Deve-se a reviravolta do Supremo aos votos de dois ministros indicados por Dilma: Luís roberto Barroso e Teori Zavascki. Os dois não estavam no Supremo quando, por maioria de 6 a 4, o tribunal condenara os mensaleiros por formação de quadrilha. No julgamento dos recursos (embargos infringentes), ambos ajudaram a formar uma nova maioria de 6 a 5, agora a favor da corrente que considera que não há provas de que os mensaleiros formaram uma quadrilha.
Sacramentado o novo resultado, na sessão desta quinta (27), Barbosa desabafou: “Sinto-me autorizado a alertar a nação brasileira de que este é apenas o primeiro passo. Esta maioria de circunstância tem todo tempo a seu favor para continuar nessa sua sanha reformadora. Essa maioria de circunstância, formada sob medida para lançar por terra todo um trabalho primoroso, levado a cabo por esta corte no segundo semestre de 2012…”
Para Gleisi, Barbosa “abre mão da argumentação jurídica e técnica para insinuar que o processo de escolha dos membros do Supremo carece de seriedade e de responsabilidade.” A ex-ministra de Dilma indaga: “Estaria a sua indicação também sujeita à suspeição?” Um detalhe retira o nexo da interrogação de Gleisi. Barbosa virou ministro do STF em 2003. Indicou-o Lula. Nessa época, o crime do mensalão estava sendo cometido, não julgado.

Primeira página do jornal O Estado(CE)


Coluna do blog



Vamos adotar essa idéia
Agora em março, dia 13, este jornal com instituições graves como Governo do Estado, Prefeitura de Fortaleza, Esmec e Tribunal de Justiça do Ceará, promoverá um seminário pra tratar de adoção. O tema é perseguido antigo da banda social desta casa que tem, dentre outras, tambem a preocupação com os rumos da infância, notadamente a abandonada, a sem lar, a sem perspectiva de vida. O jornal O Estado, chama ao Ceará, nomes que batalham no meio para uma discussão ampliada da questão da adoção, tema dificil, gerador de polêmicas e, principalmente, fomentador de questionamentos sempre muito graves para o futuro como um todo. A adoção é um ato de amor. Sim, claro. Mas a adoção é mais que isso; é dar vida ou perspectiva de vida a quem a sorte abandonou na vida. E e disso que esse seminário vai tratar; Adoção, a única opção.  O evento, aberto aos interessados no assunto será na Esmec, Escola da Magistratura do Ceará que acolhe, junto com o Tribunal de Justiça do Estado, o grito de alerta para todos os recantos: Adoção uma única opção.

A frase: “Quem tem com que me pague...deve e vai pagar”. Atualizando os adágios para os que não gostam de pagar.




Vai fazer o quê no carnaval? (Nota da foto)
Ter orgasnos é melhor para o cébero do que fazer palavras cruzadas. - A afirmação é de Barry Komisaruk, pesquisador da Universidade Rutgers, no estado de Nova Jersey, Estados Unidos. Por meio de seu estudo, ele concluiu que, durante o clímax sexual, há um aumento no fluxo de sangue, fazendo com que mais nutrientes e oxigênio cheguem ao cérebro. E enquanto os exercícios mentais, como palavras cruzadas e sudoku, aumentam a atividade cerebral em regiões localizadas, o orgasmo ativa o cérebro como um todo.

Deu na Folha
Ex-aliado de Eduardo Campos, o dilmista Cid Gomes (Pros-CE) prepara números para minar o discurso do governador pernambucano de que mantém bom relacionamento com o setor privado. Usará dados das agências de desenvolvimento econômico dos dois Estados para dizer que prevê atrair cinco vezes mais investimentos que o vizinho. A informação é de Vera Magalhães na sua coluna na Folha de S.Paulo.

Segredos em alto mar
O cabo submarino da África ao Mucuripe pretende dar mais segurança às comunicações entre o Brasil e a Europa. Diz que é pro Obama não bisbilhotar.

E foi?

O carnaval dos meninos
Incrivel o aumento de crimes nos ultimos dias. Estouraram caixas eletrônicos,bancos e alopraramnas saidinhas. As crianças precisam de diversão, podem dizer os Direitos Humanos.

Cortando o barato
A vereadora Toinha Rocha, do Psol de Fortaleza quer que não sia um tostão do Ceará para a Fan Fest da FIFA durante a Copa. Imitem Recife que disse não aos gastos, pede a Toinha.

Landim seleciona corrupções
Para o deputado estadual Welington Landim há que se combater as grandes e as pequenas corrupções. Welington avalia assim, corrupção em dois niveis.

Grande e pequenas
A ideia, justifica o parlamentar é fazer com que a população se conscientize de seus atos e não realize “grandes pequenas corrupções”, como comprar produtos piratas, furar fila e subornar o guarda de trânsito.

Juiz quer Luiziane fora do jogo
Inelegível por oito anos, ela ainda pode recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral para revisar a decisão de 1º grau. O juiz Josias Menescal Lima de Oliveira, da 114ª Zona Eleitoral, em Fortaleza, rejeitou inteiramente os embargos de declaração encaminhados pela ex-prefeita Luizianne Lins (PT) à decisão que a torna inelegível por oito anos por suposto abuso de poder político. Ela vai recorrer ao TRE,no Recife. E se precisar vai ao TSE.

Bom dia

Para quem ainda não acredita nos privilégios concedidos aos mensaleiros presos: todas as manhãs, na Papuda, chega aos detentos o mesmo clipping preparado pela Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), ligada ao Planalto com resumo das principais manchetes e matérias de jornais e revistas. É o mesmo material enviado ao gabinete da presidente Dilma e demais ministros do núcleo próximo à Chefe do Governo. Ou seja: o ex-ministro José Dirceu, logo cedo, acompanha toda a movimentação do poder central. Também são incluídas informações envolvendo as atividades do ex-presidente Lula. Ninguém revela quem manda o clipping.
Então tá.

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Copa; tombamento já do nome como patrimonio imaterial do Brasil

Empresário entra com ação contra mudança no nome do Copacabana Palace

A mudança do nome do hotel mais famoso do Brasil para Belmond Copacabana Palace chegou à Justiça. A  advogada Lenisa Monteiro Dantas, representando o empresário Omar Peres, o Catito, entrou hoje com uma ação contra a mudança, anunciada recentemente pela Orient Express, atual dona do hotel.
Na ação com pedido de liminar, o empresário solicita que a Justiça proíba o grupo inglês de acrescentar Belmond ao nome do tradicional Copacabana Palace. Na representação, ele justifica alegando que a manutenção do nome é uma forma de preservar um patrimônio do Rio.
Além disso, pede que a Justiça notifique o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) para que o órgão se manifeste sobre um possível tombamento do nome do hotel como patrimônio cultural imaterial. Se este tipo de tombamento for feito, o nome não poderá ser alterado.
O processo será julgado pela juíza Gisele Guida de Farias, da 9ª Vara de Fazenda Pública do Rio. A mesma que, lembra?, atuou na polêmica tentativa de demolição do Parque Aquático Júlio Demalare, no Complexo do Maracanã. O parque, como se sabe, apesar da intenção do governo, está de pé.
Aliás...
José Eduardo Guinle, filho do fundador do Copacabana Palace, é outro que não se conforma com a ideia do grupo Orient-Express. Ele, que é consultor de turismo, desabafou hoje no Facebook (veja abaixo):
- Essa decisão é de uma burrice e mau gosto inacreditável.

Seis assassinatos em 5 dias abalam segurança em Sobral

Segurança em Sobral é tema de reunião


O Secretário da Cidadania e Segurança de Sobral, Pedro Aurélio Ferreira Aragão, recebeu em seu gabinete, o comandante do 3º Batalhão Cel. Sidney Moraes, o titular da Delegacia Regional Dr. Júnior, o subcomandante da Guarda Municipal José Rodrigues e o presidente do sindicato dos taxistas, Aderico Paulo.

Na pauta, as discussões sobre a segurança da população e o atual índice de criminalidade em Sobral, que tem preocupado as autoridades. O secretário lembrou que a Prefeitura tem feito grandes investimentos, diretos e indiretos, em prol da segurança em diversas áreas, como o aprimoramento da Guarda Municipal, a construção de escolas de tempo integral, realização de campanhas socioeducativas, e reformulação dos Centros de Saúde da Família. Investimentos de médio e longo prazo: "muitos jovens, quando estiverem na escola de tempo integral, não terão tempo de serem aliciados, pois usarão o seu tempo livre para estudar e praticar esportes, reduzindo a violência nesse segmento”, garantiu o secretário.

O presidente do Sindicato dos Taxistas alertou sobre o aumento do índice de assaltos à categoria e ouviu do delegado e do comandante de polícia, Cel Sidney, que "as investigações serão sempre voltadas a elucidar crimes e tirar de circulação pessoas nocivas à sociedade. O sindicato precisa acionar a CIOPS, através do 190 para podermos dar uma resposta à altura. É necessário sempre registrar um B.O., o que ajuda nas investigações", afirmou.

Uma outra medida adotada pela Prefeitura para coibir o crescimento da violência na cidade, foi apresentada no último dia 21, durante a reunião do GGIM, quando diversos representantes da sociedade civil foram informados da implantação do Protejo Mulheres da Paz, que objetiva fortalecer as redes sociais e proporcionar emprego, esporte e cultura para jovens de 15 a 24 anos, com histórico de criminalidade. Serão 150 jovens atendidas pelo programa, nos bairros José Euclides (Terrenos Novos) e Vila União.

Dilma vem aí

A presidente Dilma Rousseff (PT) deverá voltar ao Ceará, entre os dias 2 e 7 d abril, para inaugurar a primeira etapa das obras do anel viário que dão acesso ao complexo portuário do Pecém.
Durante a visita, Dilma deverá anunciar a universalização da distribuição de cisternas e visitar o trecho das obras de transposição do Rio São Francisco na Região do Cariri.
A volta da presidente ao Ceará foi anunciada nesta quinta-feira (27/02), pelo deputado federal José Nobre Guimarães (PT).
Poderá inclusive incluir uma visita a Sobral para a primeira etapa do maior conjunto Minha Casa Minha Vida no Ceará.

Os "puxadim" do aeroporto de Juazeiro fazem sombra na Assembleia


Zezinho Albuquerque recebe vereadores do Cariri para discutir atraso em obras do aeroporto

zezinhoaeroportocariri
O presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Zezinho Albuquerque (Pros), recebeu na tarde desta quinta-feira (26) uma comissão formada por vereadores dos municípios de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha e Missão Velha. A visita dos parlamentares, que teve por objetivo discutir o atraso nas obras do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, em Juazeiro do Norte, foi acompanhada pelos deputados Camilo Santana (PT), Sineval Roque (Pros), Mirian Sobreira (Pros) e Lucílvio Girão (SDD).
No encontro, os vereadores informaram que o atraso nas obras tem gerado enormes prejuízos ao projeto de expansão do terminal aeroportuário. O repasse para execução da obra, na ordem de R$ 15,8 milhões, deveria ter sido efetuado desde dezembro, após acordo envolvendo os proprietários dos terrenos, a Prefeitura de Juazeiro do Norte e a Infraero, responsável pela liberação do dinheiro.
O atraso na liberação dos depósitos referentes às ações judiciais para desapropriação dos terrenos vem acontecendo devido à solicitação feita pela Infraero à Justiça, para iniciar o repasse dos depósitos num prazo de 90 dias. O presidente da AL confirmou que ainda na sessão desta quinta-feira (27/02), apresentará requerimento na Assembleia Legislativa solicitando que os parlamentares do Cariri sejam recebidos pelo ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Moreira Franco, e pelo presidente da Infraero, Gustavo do Vale. “O Parlamento não tem o poder da caneta, mas as pessoas colocam suas expectativas aqui. Vamos apresentar um requerimento e pedir ao governador Cid Gomes que reforce nossa solicitação”, disse.
Zezinho Albuquerque afirmou, ainda, que o aeroporto de Juazeiro do Norte merece atenção por parte de qualquer Governo. “O povo precisa de uma resposta e nós iremos até a Infraero perguntar se tem o recurso ou não. Se não tiver mais, vamos mobilizar a população para saber para onde foi”, complementou.
O presidente da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, Capitão Vieira, afirmou que a ampliação do aeroporto irá trazer mais desenvolvimento para a região. “Nove voos diários saem de Juazeiro com destino a vários lugares do Brasil, para se ter uma ideia é um volume de voos maior do que João Pessoa que tem oito por dia. O que nós queremos é que os recursos que eram para a ampliação do aeroporto sejam retornados para obra”, pontuou.
Os vereadores aproveitaram o encontro para também tratar sobre assuntos como segurança pública e saúde. Zezinho Albuquerque informou que uma audiência está sendo agendada com os responsáveis pelas pastas e que os parlamentares do Cariri serão recebidos nesta quinta-feira.

Todo mundo notou...


Público reclama que Globo sumiu com a Globeleza

Por Folha
27/02/14 03:02
Por onde anda a nova Globeleza? Há alguns dias, a coluna tem recebido e-mails de leitores dizendo que o símbolo do Carnaval da Globo sumiu da programação.
Há pelo menos duas semanas, a dançarina Nayara Justino, que ocupa atualmente o posto eternizado por Valéria Valenssa, quase não aparece nos intervalos da Globo. O sambista Arlindo Cruz, que está nas vinhetas de Carnaval da rede, parece ter mais destaque do que a mulata.
Eleita pelo público em um concurso do “Fantástico”, no final de 2013, a dançarina Nayara tem sido alvo de muitas críticas nas redes sociais. Há os que reclamam que ela está longe do visual turbinado das rainhas de bateria da atualidade. Outros acreditam que a imagem da Globeleza, criada em 1992 no canal, já está ultrapassada.
Levantamento da Controle da Concorrência, empresa que monitora inserções comerciais para o mercado, mostra que, de 26 de janeiro a 24 de fevereiro, a Globo exibiu 297 chamadas do Carnaval em São Paulo. Em 2012, em que o Carnaval foi no dia 21 de fevereiro, a rede exibiu no período 342 chamadas.
A Globo diz que, de 7 a 25 de fevereiro, a Globeleza apareceu 36 vezes. E que esse volume de aparições aumentou com relação aos anos anteriores. A emissora não forneceu dados comparativos.

Senador está em pré-campanha, denuncia deputado do PROS


Falta coerência a Eunício, diz deputado
O deputado federal Domingos Neto (Pros) declarou que o senador Eunício Oliveira (PMDB) “está sendo incoerente”. Segundo disse, ao mesmo tempo em que o peemedebista defende a continuidade da aliança situacionista, já está em pré-campanha, no interior do Ceará, para disputar o Governo do Estado, nas eleições de outubro deste ano.
A possível candidatura do senador  ao Go verno do Estado fica mais evidente a cada dia, com caminhadas e programações pelo interior. A dúvida até o momento – e que deve permanecer até a pré-convenção do PMDB – diz respeito apenas à postulação do peemedebista com, ou sem, o apoio do governador Cid Gomes (Pros).
Apesar da declaração, Domingos Neto reconhece que Eunício tem todo o direito de postular o cargo, mas deveria esperar a decisão do governador. “Nós não estamos contra a candidatura do senador Eunício, mas acho que ele deveria esperar a decisão do governador Cid Gomes de apontar o nome da coligação que vai disputar a chefia do Palácio da Abolição que, quem sabe, até poderia ser do próprio PMDB”, alerta.
O deputado observou que Cid está demorando a apontar o nome para não atrapalhar a administração. Ele defende ainda a candidatura própria do Pros, justificando que a legenda, apesar de ser nova no Ceará, é a maior que existe, porque tem o maior número de vereadores, de prefeitos e as duas maiores bancadas, estadual e federal. 
APOIO
Enquanto Domingos Neto reclama da atitude antecipada de Eunício Oliveira, o senador já articula possibilidades de apoio de outras legendas. Segundo o vice-presidente estadual do PSDB, deputado federal Raimundo Gomes de Matos, o partido apoiará a pré-candidatura do senador. “Ele já está com a postulação em estado bastante avançado, ocupando a maioria dos espaços na sucessão estadual”, disse.
O parlamentar disse que não pode falar pelo partido dos outros, mas prevê que o PR deverá seguir o mesmo caminho e apoiar Eunício Oliveira na disputa pelo comando do Ceará. Para justificar a sua previsão, observou que a deputada federal Gorete Pereira e o ex-prefeito de Maracanaú Roberto Pessoa admitiram a possibilidade de apoiar a postulação do peemedebista.
Gomes de Matos lembra também, com base na leitura da matéria publicada, ontem, no jornal O Estado, que Eunício Oliveira teve jantar informal com o ex-senador Tasso Jereissati em São Paulo. “O senador Eunício está preparado para ser o próximo governador do Ceará, porque tem conhecimento dos problemas do Estado e conhece os nossos projetos estruturantes e a articulação internacional para fins de financiamentos”, ressalta.
O postulante peemedebista tem condição de conseguir apoio de partidos que hoje estão na aliança situacionista, conforme o deputado; porque, embora sua candidatura não tenha sido lançada ainda, ele já está com a maior parte do interior cearense ao seu lado. “Eu não posso garantir, porque o partido é que resolve, mas sou capaz de apostar que o PSDB vai definir ficar mesmo com Eunício Oliveira”, arrisca. (Com informações de Tarcísio Colares)

A banda cearense da Minalba em Sáo Paulo

A Feira Internacional de Arte de São Paulo, principal evento do mercado de artes do hemisfério sul, terá o patrocínio da água mineral natural Minalba.

Os apreciadores que forem às exposições de pinturas, fotografias, esculturas ou que participarem dos lançamentos de livros ou ainda da programação de debates sobre cultura, arte moderna e contemporânea e o mercado da arte poderão degustar uma água de qualidade excepcional.

A Minalba é uma água alcalina, ou seja, possui alta presença de cálcio, magnésio e bicarbonate de sódio, que serve como neutralizante de ácidos. Além disso, a Minalba tem o menor de sódio entre as águas produzidas no Brasil. Esses fatores, aliados, garantem à água Minalba refrescância e equilíbrio inigualáveis.

Mercado

Desde 1985, a Minalba pertence ao grupo empresarial cearense Edson Queiroz, que também é dono da água mineral natural Indaiá, com forte atuação na Região Nordeste. Juntas, as duas marcas possuem 21 fontes distribuídas em 15 estados do Brasil e são líderes do mercado de águas minerais no Brasil, com 12,8% do total de vendas.

Em 2014, A Indaiá e a Minalba e também vão aumentar as apostas no mercado de supersucos, bebidas mistas e energéticos. O Grupo também está investindo cerca de R$ 100 milhões na construção de uma nova fábrica, no município de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza. Quando estiver pronta, a nova unidade vai aumentar a capacidade de produção da Indaiá, no Ceará, em 30%. 
O Grupo investe em modernas linhas de alta performance e em automação industrial com o objetivo de melhorar a eficiência dos processos, dos monitoramentos de qualidade, com o menor consumo de energia e/ou matérias primas, gerando menos resíduos e com melhores condições de segurança para os produtos.

Cearenses reclamam de Elton Jhon

"... o músico não cumprimentou o público e nem deu sinais da sua presença antes das luzes do palco ligarem, mantendo uma postura morna".

Penso eu -Vai ver queriam convidar Sir Elton para um sarrabulho no Rei da Panelada. O homem veio, cantou o tempo do  contrato, cumpriu assim o compromisso profissional pegou o avião e foi embora ainda de madrugada, uma hora depois do trabalho.

Mega Sena deu pro Rio

11  14  25  32  51  59

Foram os números sorteados ontem no concurso 1577.
Um ganhador levou mais de R$7,5 milhões de reais.

Uso da Polícia Militar gera polêmica entre os deputados

A participação da Policia Militar na segurança de eventos privados gerou discussão, ontem, no plenário da Assembleia Legislativa. Alguns deputados se disseram contrários à proposta, contudo, defenderam um aprofundamento do tema. O assunto foi levantado pelo deputado Fernando Hugo (SDD), aproveitando a realização do show internacional do cantor Elton John, na Arena Castelão, para criticar o deslocamento de mil homens, entre bombeiros e policiais militares, para eventos particulares. Para ele, o serviço não deveria ser cedido de forma gratuita.
  O parlamentar ressaltou que já existe um déficit no policiamento do Estado e, portanto, não caberia à Policia Militar deslocar um grande contingente de policiais para alguns organizadores lucrarem com apresentações artísticas. Ele lembrou, ainda, que o assunto já foi discutido pela Assembleia, inclusive com juristas e, até mesmo um projeto foi aprovado rejeitando a utilização do serviço público para fins privados. Fernando Hugo sugeriu a criação de um fundo para policiais militares e bombeiros escalados para esta função.
  O deputado Ely Aguiar (PSDC) acredita ser preocupante requisitar policiais militares para fins privados, além do que, atesta que a policia é o “samba do criolo doido e a população fica em segundo plano”. Ele avalia que isso poderia agravar o problema da segurança pública, pois teriam menos policiais nas ruas da cidade.
O deputado Welington Landim (Pros) também concordou com os questionamentos, pois, segundo argumentou, o público deve ser separado do privado. Ele, porém, ressaltou que o tema é “complexo”, embora acredite que a legislação brasileira é omissa neste sentido.
“É DEVER”
O deputado Osmar Baquit (PSC) acredita que, além de ser dever do Estado, a população precisa de policiamento adequado, uma vez que paga imposto. O parlamentar ressaltou que um megaevento como este tem impacto direto para o turismo do Estado e, por isso, o poder público deve entrar em ação.
  O deputado Mauro Filho (Pros) explicou que é papel constitucional do poder público promover a segurança, ressaltando que o Governo ganha com a realização dos eventos. Dessa maneira, acredita, que, além da receita com o aluguel, o Ceará ganha com estímulo à economia. O deputado destacou ainda que tanto policiais militares quanto Corpo de Bombeiros vêm recebendo reforço, com o aumento de efetivo e melhoria na infraestrutura.
 

Josias mata a cobra...e mostra o veneno

Sublevação governista transforma a megacoligação de Dilma em minoria

Às vésperas do Carnaval, o bloco governista colocou Dilma Rousseff e seus operadores políticos para sambar miudinho no plenário do Câmara. Foi a voto na noite passada um requerimento do PT propondo a retirada da pauta de uma proposta da oposição. Prevê a criação de uma comissão de deputados para apurar, em diligências externas, denúncia de pagamento de propinas na Petrobras. O pedido do PT foi rejeitado por uma maioria tonitruante: 261 a 80, mais quatro abstenções. Mantida na pauta, a proposta tóxica será apreciada nesta quarta-feira.
Repetindo: sublevada, a megacoligação que dá suporte a Dilma foi reduzida a uma superminoria de 80 votos nessa votação. Uma conta simples permite dimensionar o desastre. Dos 513 deputados com assento na Câmara, apenas 100 integram as bancadas de oposição: 44 do PSDB, 26 do DEM, oito do PPS e 22 do seminovo Solidariedade. Adicionando-se a essa conta os três votos do PSOL, chega-se a 103. Quer dizer: em tese, o governo dispõe de um potencial de mais de 400 votos na Câmara. Desses, só conseguiu arrastar para o painel eletrônico 80 —é menos do que a totalidade da bancada do PT, composta de 87 cabeças.
Chico Alencar (PSOL-RJ), um ex-petista, resumiu a cena: “Antecipamos o Carnaval. Com um samba meio atravessado, o bloco ‘Desunidos do Governo’ está involuindo na Avenida.” Favorável à apuração da denúncia contra a Petrobras, Chico ruminava uma dúvida. Os passistas sublevados do governo “querem realmente investigar ou se valorizam para pleitear mais cargos?” Em meio essa atmosfera de skindô-skindô, Chico definiu a sessão: “Isso aqui virou um baile de máscaras.”
O bloco de Dilma começou a desandar na semana passada. Entrou em colapso porque os líderes do condomínio —à frente o PMDB— quiseram dar uma demonstração de força ao Planalto. O mais constrangedor é que eles fizeram isso um dia depois de se reunir com o vice-presidente Michel Temer e com os dois ministros aos quais Dilma terceirizou a administração do balcão: Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Ideli Salvatti (Relações Institucionais).
Sentindo-se desprestigiados, os revoltosos foram à reunião para ser adulados. Saíram da conversa sentindo-se chicoteados por Mercadante. O ministro disse aos líderes, com outras palavras, que Dilma está praticamente reeleita, tem palanques de sobra nos Estados e já nem consegue acomodar tantos aliados na Esplanada. Foi como se dissesse que rompimento numa hora dessas é sinônimo de burrice. Embora ninguém se anime a falar em separação, Mercadante conseguiu piorar humores que já estavam péssimos.
Na definição de um dos líderes insatisfeitos, o governo trata seus aliados como “otários necessários”. São otários porque permanecem do lado do Planalto mesmo achando que governo os logra em tudo, não apenas no balcão das emendas. São necessários porque o governo exige que a maioria faça seu papel de otário para que a presidente se reeleja e garanta a felicidade eterna aos brasileiros. Abespinharam-se com Mercadante porque avaliam que Dilma não estaria onde seu ministro imagina que ela está se os otários não estivessem compenetrados no seu papel.
Administrador de uma Casa paralisada, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PDMB-RN), diz sob holofotes que a revolta dos partidos governistas visa a autovalorização, não a desvalorização de Dilma. O problema é que, aos olhos do Planalto, governista que se autovaloriza alvejando a Petrobras é oposicionista.

Primeira página do jornal O Estado(CE)


Coluna do blog



Coisas que o Leão desconhece
Causa espécie a qualquer ente razoavelmente informado, que órgãos públicos cedam suas instalações para que entidades privadas ganhem dinheiro e promovam saraus onde homenagens são vendidas e, por conseguinte, compradas. Se tem quem pague, trouxa de quem não venda, então, exploremos o bem público com toda pompa e circunstancia sob os auspícios de quem autoriza. Não sei motivos quais os tão atentos Ministérios Públicos,  Estadual e Federal, não  assuntam o mote, zelosos que são dos bens do povo e muitas vezes se metendo até em seus valores e bens imateriais. Carnaval com dinheiro público não pode, mas festival de arrumação pra dizer que fulaninho é simplesmente o máximo, e a soldo, ninguém jamais ouviu uma posição formal. Ninguém acreditaria se os MPs dissessem que não sabiam de nada ou que não era de sua órbita funcional. Mas é. Quem escarafunchar contas de Prefeituras, saber quem cedeu prédios e instalações públicas para certas arrumações vai encontrar um barranco de encostos e acomodações que estamos pagando pras vantagens de uns e outros. Aliás, o Leão sabe disso?

A frase: “Direitos humanos para criminosos, deveres ilimitados para cidadãos honestos. Não levar vantagem em tudo significa ser idiota. Pagar dívidas em dia é ser tonto… Anistia para corruptos e sonegadores…”. É. Tá assim a vida.

Beleza
RC14 entregou na terça feira o Posto de Saúde Meton de Alencar em Antônio Bezerra. Tem outro pra entregar na Sapiranga. Nem um pico de pressão (16x10) tirou seu bom humor.

E mais...
Roberto Cláudio lançou ontem o novo cadastro habitacional da Prefeitura. Ele fez o remendo necessário àqueles que tiveram apartamentos invadidos e perderam o que seriam suas casas.

Cômico
O Ideal Clube lançou o livro pesquisa do imortal Juarez Leitão sem o nome do autor na capa e/ou no convite. E trocou parte da história por fotos atuais.

Atendendo a pedido
Por solicitação de Tim Gomes, a Assembléia do Estado comemorou em sessão especial os 70 anos do Senai, na ultima terça feira, 25.


De 4 pra 13 (Nota da foto)
Quando chegou aos maracatus eram 4 os blocos em Fortaleza. Depois de criar o Vozes da África e o Nação Iracema, o jornalista Paulo Tadeu verá no domingo o desfile de 13 agremiações.

Expectativa de vida
Deu num jornal aí: Os empresários estão chateados com a Dilma. Ôba! Deve ser coisa boa para o Brasil.

Pedidos do TCM
O Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará pediu informações, diz que a 44 municípios que farão carnaval sobre tudo que cerca a festa, mas de olho na seca.

Dispensados
Pelo menos dois estariam dispensados de prestar tais informações; Camocim e Granja que anunciam grandes festas no radio e na televisão só podem estar muito bem das pernas.

No duro no duro
Com todo respeito a seus, deles, conselheiros, o TCM e quem mais quer reclamar, poderia perfeitamente dispensar isso e olhar números importantes previstos pra folia.

Por exemplo
Gente no ramo, conhecedora profunda dos lucros da barafunda contabiliza que o Brasil fará circular durante o carnaval deste ano algo como R$22 bilhões de reais. Me poupe!


Está muito dificil...

Operação "caça-reitor" Dalmo de Abreu Dallari De uns tempos para cá entrou na moda a designação de uma investida de or...