quarta-feira, 30 de abril de 2014

Agora vamos voar com classe

TAM acaba com 1ª classe e cria 'maître' a bordo; preços não devem mudar

Maria Carolina Abe
A TAM vai acabar com a primeira classe em seus voos para EUA, Europa e México a partir de 1º de novembro. Em contrapartida, a empresa aérea pretende investir em assentos-cama de até 2,13 metros para criar uma classe executiva "premium".
Também vai criar um chefe de comissários para organizar o serviço de bordo, como se fosse um maître num restaurante. Segundo a empresa, as tarifas de passagens não devem mudar, mas ainda avalia o impacto.
A partir desta quarta-feira (30), a companhia deixa de vender passagens de primeira classe para voos com destino a Alemanha, Espanha, Estados Unidos, França, Inglaterra, Itália e México. Para os clientes que já compraram, o serviço será oferecido normalmente até 31 de outubro.
Os clientes que viajam de primeira classe estão em busca de mais conforto e qualidade de serviço, segundo pesquisa feita pela TAM, diz o vice-presidente de Marketing da empresa, Jerome Cadier. A proposta é oferecer isso agora na classe executiva, que Cadier chama de "business premium".
"Vamos conseguir oferecer um serviço melhor para entre 36 e 54 pessoas, que estão voando de executiva, em vez de oferecer algo extremamente exclusivo, quase hedonista para três ou quatro que estão na primeira classe."

Dez Boeing 777 serão 'adaptados' em Cingapura; A330 deve sair das rotas

Atualmente, esses voos de longa distância da TAM são feitos com três diferentes aeronaves: Boeing 777, Boeing 767 e Airbus A330.
São dez Boeing 777 que precisarão ser adaptados para o novo formato: tirar a primeira classe e trocar os assentos da executiva pelos assentos-cama que, quando reclinados, chegam a 2,13 metros. O serviço será feito em um centro de manutenção em Cingapura.
O primeiro 777 modificado começa a operar com a nova configuração em 1º de novembro, e a expectativa é que o último esteja pronto em junho do ano que vem.
Com a mudança, o número de passageiros que cabem na classe executiva continuará igual: 56.
Os seis Boeing 767 já operam, desde julho de 2013, apenas com as classes econômica e executiva; na executiva, os assentos têm 1,81 metro.
A empresa decidiu não investir na adaptação do modelo A330, que continuará com assentos atuais na classe executiva. Segundo Cadier, a ideia é substitui-los pelos modelos 777 e 767, e apenas dois devem estar voando em meados de 2015.

Preço das passagens não deve mudar, diz executivo

O preço das passagens não deve ser afetado, segundo o executivo. Ele afirma, no entanto, que a companhia ainda terá que avaliar na prática os efeitos dessa alteração. "Essa é uma informação que a gente vai ter que entender na medida em que o serviço for lançado e que a gente for operando."
A alteração também não deve reduzir os custos da empresa. "O objetivo não era reduzir custo, ou aumentar preço, mas ter um produto melhor com o mesmo avião e tripulação", diz. A empresa não revela valores, apenas indica que a adaptação das aeronaves deve custar "dezenas de milhões de dólares".
Para a classe econômica, nenhuma mudança em vista.

Novo cargo: chefe de serviço a bordo

A empresa decidiu criar uma nova posição entre os comissários para melhorar a qualidade e a velocidade do serviço. Também a partir de 1º de novembro, começa a existir o chefe de serviço de bordo.
A ideia é que esse funcionário fique menos ocupado com o operacional, e possa supervisionar os serviços. "Num restaurante, por exemplo, quando você tenta chamar o garçom e não consegue, a sensação é horrível. Isso acontece porque não tem alguém olhando para o salão", diz Cadier.
"Ele vai passear pela cabine constantemente, garantindo o treinamento das pessoas, a consistência do serviço; é como se alguém estivesse fazendo o sobrevoo do que está acontecendo na cabine sem estar ocupado com o operacional, tanto na executiva quanto na econômica", afirma.

Observações do Brickman

Gente é pra brilhar...

A sacada do lateral Daniel Alves, da Seleção brasileira, de comer a banana que um idiota atirou em campo, teve efeito-cascata instantâneo: despertou a opinião pública para a tragédia do racismo no futebol. É ótimo, mas tardio. No futebol brasileiro, por exemplo, o racismo é antigo e já foi bem mais explícito. O Palmeiras só contratou o primeiro jogador negro, o volante Og Moreira, em 1942, 28 anos após a fundação do clube (o segundo negro, Djalma Santos, viria em 1959, dez anos após a saída de Og Moreira). O time do Santos era conhecido como "Melindrosas", por jogar todo de branco e não aceitar negros no elenco - justo o Santos, que teria Pelé, Coutinho e Edu! O Fluminense, fundado em 1902, contratou em 1914 um mulato, Carlos Alberto - e, para disfarçar, fez com que entrasse em campo coberto com pó-de-arroz. Valeu até que começasse a transpirar; o Flu ganhou o apelido que ostenta até hoje, "pó de arroz". E a Seleção?

...não pra ser insultada

Depois que o Brasil perdeu para o Uruguai em 1950, no Maracanã, surgiu a lenda de que negro não tinha condições emocionais de aguentar a pressão de uma final. À Seleção, "faltava raça". Em 1958, houve vários negros convocados, mas os brancos eram preferidos: De Sordi, grande jogador, pôs Djalma Santos, muito melhor, na reserva; Zózimo perdeu o posto para Orlando (que, aliás, jogou um bolão); o mulato Canhoteiro nem foi cogitado para a ponta-esquerda. Didi era titular, mas seu reserva Moacir também era negro. Pelé era Pelé. Djalma Santos jogou só a final, e foi considerado o melhor lateral do mundo. Pelé e Didi liquidaram o mito. Pelé - o Crioulo, o Negrão, o Craque-Café - era indiscutível.

Morreu ali, nos campos da Suécia, a discriminação no time campeão do mundo.

BRICS quer formam bloco economico mundial


Encontro fortalecerá as relações entre os países
Durante o dia de ontem os embaixadores dos países que compõem o grupo do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) estiveram em Fortaleza, reunidos em um seminário que antecede a sexta reunião da cúpula, a se realizar no próximo mês de julho, também na Capital cearense. Na ocasião, os representantes destacaram a importância do grupo, bem como as contribuições, relações comerciais e oportunidades entre os países membros, além das expectativas quanto ao evento que se aproxima. Também foi anunciado que o Banco de Desenvolvimento do Brics deverá ser criado a partir da cúpula de Fortaleza, e terá como país-sede a África do Sul.
O seminário, realizado na Universidade de Fortaleza (Unifor), contou com a presença dos embaixadores José Alfredo Graça Lima, representando o Brasil; Sergey P. Akopov (Rússia); Ashok Tomar (Índia); Li Jinzhang (China); e Mphakama Nyangweni Mbete (África do Sul). A 6ª Cúpula do Brics, presidida pelo Brasil, vem se tornar um evento tradicional de grande importância, do ponto de vista da formação desse grupo, do fortalecimento geopolítico e da cooperação prática entre seus membros, em diversos anos. De acordo com o embaixador russo Sergey Akopov, o encontro terá, ao mesmo tempo, um impacto maior do que nunca, na política internacional.
O representante da Índia ressaltou a importância do Brics, “pois surgiu como um valioso fórum para consulta, cooperação em questões globais, que ajudam a promover a confiança e compreensão mútuas, e também tem facilitado a evolução de posições convergentes do Brics a muitas questões, como as reformas de instituições de liderança global, com apoio a uma ordem mundial democrática, em particular, a OMC”, ponderou, por sua vez, o embaixador Ashok Tomar. Ele acrescenta que o Brics é um grupo único, “com desafios, oportunidades e responsabilidades comuns, em meio a divergências”.
Conforme destacou Tomar, a importância do Brics está em trabalhar, em conjunto, para reformas globais de governança política e econômica. “O grupo é sério, competente e responsável, com cinco economias dinâmicas, e o vemos como novo polo de crescimento”, ressaltou. Disse que a cúpula dará a oportunidade de consultas, entre eles, e coordenar posicionamentos de diferentes questões. “Ela sublinha as aptidões, solidariedade, cooperação dos países do Brics, além da ajuda de uns aos outros, o que também contribui para suplantar os desafios globais e regionais”, acrescentou.
INTERESSES
Em todos os países em que o Brics se manifesta, em favor da consolidação do papel central da ONU e do conselho de segurança no sistema internacional, são fiéis ao princípios do direito internacional. Um dos interesses estratégicos, segundo Sergey Akopov, “é que o Brics - uma aliança dos reformadores do sistema financeiro e monetário internacional, focada em nossas economias e nos países que ocupam lugar nesse sistema -, tenha um papel acrescido de nossas economias no mundo”.
Outro interesse estratégico é o máximo aproveitamento do caráter complementar das cinco economias, para acelerar o crescimento econômico. “Os nossos mercados, em conjunto, representam três bilhões de consumidores, e é possível aproveitar esse fator, ao máximo, acentua Sergey Akopov. Outro destaque estratégico é a modernização, “um desafio que todos os nossos países enfrentam, tanto da esfera econômica, como social”, apontou o embaixador russo. “Temos certeza de que a massa crítica de nossos interesses comuns contribuirá para um trabalho bem sucedido da próxima cúpula”, destacou.

Cultura(?) do Estado não sabe quem é Ary. O interior sabe.


Viçosa do Ceará e Sobral recebem o espetáculo Ary Sherlock in Concert
O ator Ary Sherlock já tem marcado seu lugar na história das Artes Cênicas do Brasil. Um dos pioneiros da televisão brasileira, respectivamente na televisão cearense, na então TV Ceará, dos Diários Associados, Ary Sherlock atravessou fronteiras com sua arte de representar. Seu nome é referência no teatro, na televisão e no cinema, como mais recentemente no fenômeno brasileiro, Cine Holliúdi, de Halder Gomes.
Assim, comemorando 60 anos de carreira, Ary Sherlock, se cerca de música e poesia no espetáculo Ary Sherlock In Concert – Coisas, Palavras e Canções, que será apresentado no próximo dia 04 de maio, às 19h30min, no Teatro D. Pedro II em Viçosa do Ceará e no dia 05 de maio, às 19h30min, no Teatro São João, em Sobral, sua terra natal. Todos os espetáculos tem o patrocínio do Governo do Estado do Ceará e são gratuitos.

Em Ary Sherlock In Concert - “Coisas, Palavras e Canções”, o ator faz o espectador viajar através de poemas de sua autoria, percorrendo lugares e sentimentos cotidianos repletos de fatos e coisas: coisas do sertão, coisas da cidade, coisas do cangaço, coisas de Francisco (São Francisco), coisas do verso e reverso, coisas do riso, coisas da lembrança, e muitas outras coisas e coisas e coisas. O espetáculo leva ao público, por intermédio da palavra, da música e do gestual, a noção do espetáculo teatral nas áreas do entretenimento e da cultura. Mostrando fatos e personagens que possam definir a Arte do Nordeste, dentro da musicalidade e expressionismo da palavra falada e cantada.
Ary Sherlock In Concert “Coisas, Palavras e Canções” é realizado pela Trupe do Riso e N’Ativa. Tem apoio da Prefeitura Municipal de Sobral e da Prefeitura Municipal de Viçosa, através da Secretaria de Cultura.
Serviço
Ary Sherlock In Concert - "Coisas, Palavras e Canções"

Viçosa do Ceará
Dia 04 de maio - 19h30min
Teatro D. Pedro II

Sobral
Dia 05 de maio – 19h30min
Teatro São João
Gratuito.

DA REDAÇÃO DO ESTADO ONLINE
online@oestadoce.com.br
Fonte: Assessoria de imprensa
(AG)

Manchetes desta quarta feira

- Folha de São Paulo:  “Sei da lealdade dele a mim” diz Dilma sobre “Volta, Lula”
- O Globo:  Sob pressão, Renan marca para terça início da CPI
- Correio Braziliense: Cela de Dirceu tem chuveiro quente, TV e micro-ondas
- Zero Hora: Petrobras – Renan marca CPI exclusiva e põe em debate CPI mista
- Brasil Econômico: CPI da Petrobras já atinge popularidade de Dilma Rousseff

Nem precisava,mas Dilma...


Cid tem carta branca para montar palanque
O governador Cid Gomes (Pros) almoçou com a presidente Dilma Rousseff (PT), em Brasília, na última segunda-feira (27) acompanhado do secretário de Saúde, Ciro Gomes, e dos ministros Aloísio Mercadante (Casa Civil) e Ricardo Berzoini (Articulação Política). No cardápio, filet, paella e a análise da situação política no Brasil e no Ceará.
Na ocasião, Dilma reafirmou a Cid que a condução do processo eleitoral no Ceará caberá ao próprio governador. A presidente deixou claro que não vai interferir nas articulações e que não pretende manifestar ou pedir apoio a outras lideranças que pertencem a sua base de sustentação. Dilma ainda ressaltou que Cid deve conduzir o processo no “tempo dele”. Antes de encerrar o encontro, a presidente mandou buscar um bolo com cinco velinhas e puxou o “parabéns pra você”. Cid Gomes completou 51 anos no sábado (26).
Ontem, lideranças ligadas ao senador Eunício Oliveira (PMDB) e à ex-prefeita Luizianne Lins (PT) confidenciaram aos jornalistas uma outra versão dos fatos, segundo a qual, Dilma teria pedido a Cid que apoiasse a candidatura de Eunício ao governo do Ceará.
Nos bastidores, a informação que circulou foi de que Dilma teria intercedido por Eunício e o pedido teria surpreendido a Cid. As conversas ainda ganharam força quando o governador deixou de participar do seminário preparatório do BRICs, na Universidade de Fortaleza. O Ceará vai sediar o evento no próximo mês de julho.
Faltam 60 dias para o final do prazo de homologação das candidaturas e, até lá, ainda há tempo para muitas articulações.

Primeira página do Jornal O Estado(CE)


Coluna do blog



Festival de derriêre
A Duloren acaba de registrar um novo sucesso: vendeu, durante o mês de março, nada menos do que 100 mil calcinhas com enchimento. O recheio costurado aumenta em até duas vezes o tamanho do derrière. A gente lê o que nos cai nas mãos ou nas viagens pela net. Essa aí despertou aqui na redação da coluna, a suspeita de que tem neguim botando enchimento no cobertura dos derrières, se é que no francês o plural de bunda é assim. Pois bem. Olhe bem à sua volta, escute os discursos, analise os interesses, busque o que certas figuras com ou sem mandatos querem e cê vai ver que estará à frente, isto é, atras de um mundaréu de bundão de mentirinha. O que falam é inconsistente. O que prometem é um risco n’água. O que apostam objetivam suas caixinhas; obrigado. Com todo respeito que esta coluna tem pelo universo político, salvaguardadas aí personalidades verdadeiras da cena pública, merecedoras do olhar mais generoso do povo, a coisa anda difícil. O cruzar dos ares deixa marcas, pegadas, indicadores, impressões digitais do mais puro fisiologismo. E isso me fez lembrar uma vereadora de importante município do Ceará, hoje uma vetusta senhora retirada que, quando havia o programa de distribuição do leite para famílias pobres foi ao plenário e discursou:” - Eu sugiro aos colegas que formemos uma comissão para ir ao prefeito e reivindicar que o leite seja distribuido por nós vereadores.” A própria imagem da ideologia que ainda hoje  nos guia. E guarda. Amém. 

A frase: “Ufa! Até que enfim terminou o mês de feriados!” De um pequeno comerciante de comida no quilo.


Nunca diga dessa água não beberei(Nota da foto)
Isso no no Tauá, na festa das Marrecas, final de semana que passou. Parceria é pra essas coisas.


Foco na celebridade
Depois de “fechar” o estômago, Roberto Claudio é seguido agora por quem quer vê-lo com peso perdido. Na última aparição na casa de um correligionário já estava 11 quilos a menos.

Fugindo do inferno
Dezoito cidades do Ceará tiveram redução populacional entre 2000 e 2013, épocas de censos. Na verdade foi o povo fugindo da miséria e dos maus tratos.

Selecionadas
Duas das que mais sofreram foram Senador Pompeu, que passou de 27 mil para 26 mil habitantes e Saboeiro de 16 para 15 mil.

BRICS, hoje
Seminário preparatório para o BRICS acontece hoje(29) na Unifor. O seminário terá as presenças do governador Cid Gomes e de representantes dos países que compõem o BRICS: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Audiência
O Ministério Público Federal sugeriu e autoridades convidadas confirmaram presença em audiência pública hoje, em Juazeiro do Norte.Vão tratar do entorno do Aeroporto.

Só lembrando
Pra quem não sabe, Fortaleza já foi sede de um Consulado dos EUA do Recife, tempos atrás. Isso a propósito de um escritório do escritório de que hoje se fala.

Quando e onde
O consulado  americano em Fortaleza, instalado  até os anos 60, ficava ali junto ao  Mercado Central, entre o Banco do Brasil e o Belas Artes. A gente tirava visto aqui.

Tá bonzim!
Cid Gomes nem bem relaxou no Uruguay (tem um parque em Sobral chamado Uruguay) não sossegou o facho. Segunda e terça tinha compromissos em Brasília. Arre...

Repercussão
Falar em Sobral está causando enorme mal estar entre adversários dos Gomes na terra deles, incluindo blogueiros mal pagos, matérias positivas publicadas pelo Estadão.

Média
Esta coluna está seguramente informada de que Cid Gomes em nenhum cenário tem a aprovação de seu governo abaixo de 88%.

Além disso...
O candidato que indicar teria apoio e voto de pelo menos 65%  do eleitor cearense. São dados tirados da média de indagações feitas pela aí, para alguns consumos internos.

Aliás...
Político verdadeiro não bate porta nem fecha janela. O que se acreditava ser alguma inteligência, é, de fato, indigência corporativa pessoal. Isto é; primeiro eu.

Constatação
Dilma já não agrada tanto e Aécio Neves e Eduardo Campos não chegam a empolgar. Os discursos são considerados velhos, repetitivos e a incredulidade é geral.

Na João Pessoa
Como a gente diz lá na Praça João Pessoa onde nasci: Esse povo aí, dê no que der é trocar égua por animal fêmea.

Horrível
Disse que não é só desembargador que está sob suspeita no Ceará, não. Falam em outros ilustres magistrados. Sem nomes, claro, mas falam.

Bom dia

Eita! Tão metendo a mão!

terça-feira, 29 de abril de 2014

Aqui?! Na véspera de um feriadão?! Cê tá brincando!!!

Fortaleza debaterá Reforma Urbana

inaciooss
Sob comando do senador Inácio Arruda (PCdoB), a Subcomissão Permanente de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano do Senado promoverá nesta quarta-feira, a partir das 14 horas, no plenário da Assembleia Legislativa, o Projeto Diálogo. No encontro, o tema “Desafios da Reforma Urbana”. O evento é uma parceria da Comissão de Viação, Transporte e Desenvolvimento Urbano da Assembleia Legislativa.
O Projeto Diálogo reunirá senadores, deputados, gestores e vereadores de Fortaleza e da Região Metropolitana, além de representantes de entidades da sociedade civil, especialistas, lideranças populares e demais interessados. Entre os conferencistas, o geógrafo José Borzacchiello da Silva (UFC). Esse encontro já foi realizado em Natal, Curitiba e Porto Alegre. Acontecerá ainda em Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro, Belém, Salvador, São Paulo e Goiânia.

Venho avisando...

Tão metendo a mão!!!

Governador Cid Gomes se reúne com representantes dos BRICS





No mês de julho, a VI Conferência de Cúpula dos BRICS acontecerá no Centro de Eventos do Ceará. Os países que compõem o bloco são: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. 

        O Centro de Eventos do Ceará (CEC) vai sediar, no próximo mês de julho, a VI Conferência de Cúpula do BRICS. Nesta terça-feira (29), o governador Cid Gomes recebeu no Palácio da Abolição, os representantes de cada um dos países do Bloco: embaixador Sérgio Eduardo Moreira Lima (Brasil); embaixador Sergey Akopov (Rússia); embaixador Ashok Tomar (Índia); embaixador Li Jinzhang (China) e embaixador Mphakama Nyangweni Mbete (África do Sul). Eles vieram ao Ceará para acompanhar os preparativos da reunião e participar do seminário preparatório do evento, que aconteceu nesta terça-feira (29), na Universidade de Fortaleza (Unifor). 

        Os cinco países que integram o BRICS consolidam-se como atores internacionais de crescente relevo, tanto no plano político como na área econômico-financeira. Além de definirem mais de 30 áreas de cooperação entre si, os BRICS coordenam atualmente suas posições nas Nações Unidas, no G-20, no Banco Mundial e no FMI, aumentando, em função disso, a sua importância nesses foros. Todos os países do BRICS sediaram pelo menos uma Cúpula. Os encontros precedentes foram realizados em Ecaterimburgo, Rússia (2009); Brasília (2010); Sanya, China (2011); Nova Délhi, Índia (2012) e Durban, África do Sul (2013). E, em 2014, será em Fortaleza.

BRICS

        A ideia do BRICS foi formulada pelo economista-chefe da Goldman Sachs, Jim O´Neil, em estudo de 2001, intitulado “Building Better Global Economic BRICs”. Fixou-se como categoria da análise nos meios econômico-financeiros, empresariais, acadêmicos e de comunicação. Em 2006, o conceito deu origem a um agrupamento, propriamente dito, incorporado à política externa de Brasil, Rússia, Índia e China. Em 2011, por ocasião da III Cúpula, a África do Sul passou a fazer parte do agrupamento, que adotou a sigla BRICS.

Tá no UOL

Pastor pede dinheiro a fiéis para seguir na Band

Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin

Colunista do UOL
  • Fernando Donasci/Folhapress
    Missionário e bispo R. R. Soares, pastor da igreja evangélica neopentecostal Igreja Internacional da Graça de Deus Missionário e bispo R. R. Soares, pastor da igreja evangélica neopentecostal Igreja Internacional da Graça de Deus
Todo ano é a mesma coisa. A renovação de contrato entre a Band e a Igreja Internacional da Graça, do pastor R.R. Soares, se torna um verdadeiro padecimento de Jó. Ano após ano, a emissora exige cada vez mais dinheiro do pastor, já que ele ocupa uma hora no horário nobre. É a única TV aberta que vende o "crème de la crème brûlée" de seu horário nobre.
A Band ou a igreja nunca divulgaram valores, mas estima-se que o contrato esteja entre R$ 8 milhões e R$ 12 milhões mensais (há quem diga que não passa de R$ 2 milhões, mas isso significaria que a Band está vendendo cada minuto de sua grade por pouco mais de R$ 1000, o que é altamente improvável).
Soares representaria, caso esse número esteja correto, até 15% do faturamento anual da Band (R$ 600 milhões). Como ocorre em todos sempre na época da "penitência de Jó", a TV da família Saad mais uma vez fez exigências para renovar o contrato da igreja em 2014. Por "novas exigências" entenda-se "aumento no cachê" recebido.
Escaldado com anos e anos de ameaças de não renovação caso não aceitasse as, digamos, exigências, este ano o missionário Soares começou cedo uma campanha destinada a reforçar o caixa da igreja e garantir o espaço comprado na Band. A campanha tem sido exibida exaustivamente em seu programa, e na internet, no site da igreja e do missionário, que tem quase 1 milhão de seguidores no Facebook e no Twitter.
A campanha pede que o fiel ajude "a espalhar a boa nova" por todo o mundo. A Igreja de Soares, que é cunhado de Edir Macedo, está hoje em quase 100 países em todo o mundo, seja por meio de rádios ou TVs ou sites (www.ongrace.com).
Ele não cita nominalmente a Band, mas a campanha estourou bem no mês em que o contrato vence (abril).
Em suas pregações diárias, o pastor também sempre abre um espaço para pedir doações a uma conta que a igreja mantém em um banco. Comparativamente, ele pede menos dinheiro que os pastores da Igreja Universal, que nos últimos anos parece que transformaram as doações no assunto principal das pregações.
Doe! Ajude! Colabore! Pague! Os verbos são diferentes, mas o pedido é sempre o mesmo.
Nos últimos dois anos a Igreja Internacional da Graça renovou contrato com a Band praticamente em cima da hora. Os contratos quase sempre têm validade de apenas um ano. Assim a emissora pode exigir aumentos de remessas de seu parceiro anualmente.
Muitos executivos da Band já defenderam a saída de Romildo Soares e sua igreja, ou pelo menos que mudasse de horário. O problema é que o evangélico entra no ar exatamente depois do "Jornal da Band", no momento em que a emissora atinge um de seus picos de ibope em dias úteis (seis pontos, cada ponto vale por 65 mil casas sintonizadas na Grande São Paulo). Quando Soares começa a pregar, esse ibope cai quase que imediatamente para zero (traço).
Por isso, parte dos diretores da Band (especialmente os de núcleo artístico) gostariam que o pastor saísse do horário nobre. O problema maior é que, sem ele, o faturamento da casa cai e a Band prefere faturar e perder ibope a ganhar ibope e não faturar ou faturar bem menos com comerciais que conseguisse vender no horário.

Chocolate do Real no Bayern

Real humilha time de Guardiola e vai à final da Liga.

Em 2011, o Real caiu nas semifinais para o Barcelona de Pep Guardiola. Em 2012, caiu na mesma fase, agora para o Bayern de Munique. Nesta terça-feira, vingança dupla: o Real humilhou o Bayern na Alemanha, fez 4 a 0 e está na decisão da Liga dos Campeões.

E foi surpreendentemente fácil para o time espanhol passar pelo atual campeão da Europa e do mundo, que conta em seu banco com o suposto melhor técnico do mundo, aquele que revolucionou o futebol com seu estilo de toque de bola. Se na Espanha o Real abusou dos contra-ataques para ganhar por um simples 1 a 0, fora de casa o time descobriu que havia também outro caminho: a bola aérea.
Três dos gols saíram no 1° tempo, todos em estilos que Guardiola não pratica. Sergio Ramos, aos 15 min. e aos 19 min., anotou duas vezes de cabeça, para praticamente tirar qualquer esperança do Bayern em virar - o primeiro saiu em escanteio, o segundo após cobrança de falta.
Aos 33 min., foi a vez do melhor do mundo deixar sua marca e confirmar o Real na final: em contra-ataque veloz, Cristiano Ronaldo só esperou sua hora de entrar na área e rolar para o fundo das redes, aproveitando a velocidade de Bale, que correu todo o campo ofensivo do Real e só tocou para o português.
Na segunda etapa, Cristiano Ronaldo fez "graça": cobrou falta por baixo da barreira, rasteira. Foi o 16° gol dele na Liga. Foi o complemento da humilhação.
Não havia mais como Guardiola e seus comandados se salvarem. Os 63% de posse de bola, assim com na partida de ida, se tornaram inúteis. O Real vai à Lisboa, no dia 24 de maio, para encarar Atlético de Madri ou Chelsea. Doze anos depois de sua última conquista, o Real terá a chance de levantar sua décima taça europeia.
Guardiola, diferentemente da partida de ida, há uma semana, escalou Thomas Müller desde o início, tirando Rafinha, e tornou o time mais ofensivo. Em teoria. A tática não mudou: foram 'infinitos' toques de bola e poucos chutes na primeira etapa: no total do jogo, foram 789 passes e só 17 chutes, poucos com perigo.
O Real, então, deu uma aula: no 3° gol, foram só três jogadores tocando na bola, sendo dois de primeira. Dí Maria recebeu no meio e, de primeira, lançou Bale. O galês correu e, em segundos, só rolou para C. Ronaldo. De primeira, bola no fundo das redes.
E se dois gols do Real foram de Sergio Ramos, é necessário lembrar de outro defensor que ajudou o estilo de jogo do Bayern a ser anulado: Pepe. Novamente, o brasileiro naturalizado português teve ótima atuação. Nem ele nem Sergio Ramos cometeram faltas.
Casillas foi outro: três ótimas defesas, exatamente no dia em que completou 143 jogos na competição.
Deu tempo até de Casemiro entrar na partida, no final do 2° tempo. E sim, o brasileiro pode ser titular na final: Xabi Alonso levou cartão amarelo ainda na primeira etapa e está suspenso da decisão.
Carlo Ancelotti pode sorrir: ele estará em Lisboa no dia 24 de maio. O técnico italiano manteve a invencibilidade sobre o Real: são seis vitórias e dois empates.
Guardiola? O espanhol cai apenas pela quarta vez para o Real. Mas foi a queda mais dolorosa.

63%

de posse bola

Novamente o Bayern jogou como Pep Guardiola gosta: tocando a bola. De novo, de nada adiantou. O Real abusou da bola aérea e dos contra-ataques e está na decisão.

143

jogos

Casillas se tornou o goleiro com mais atuações da história da Liga dos Campeões, deixando Pepe Reina e Van der Sar com 142

Vai ser a gloria do Tarado do Bloquete

Prefeito reúne secretários para discutir ações e projetos para 2014
O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, reúne os secretários da gestão nesta terça-feira (29/04), a partir das 9h, no auditório do Paço Municipal, para discutir as ações e projetos a serem implantados até o final de 2014. Durante o encontro será definido também o calendário de inaugurações das obras que estão em andamento, assim como serão estabelecidos os prazos para assinatura de ordens de serviço de obras que terão início até o final do ano.

MP entra com ação de improbidade contra ex-prefeito de Baixio

O Ministério Público do Estado do Ceará ajuizou ontem (28) uma Ação Civil Pública contra o ex-prefeito de Baixio Armando Quaresma Trigueiro por improbidade administrativa. Ele é acusado de não ter efetuado a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em 2012, gerando prejuízo ao erário público. A ação é assinada pelo promotor de Justiça Edgard Jurema de Medeiros.
Denúncias apontam que a renúncia indevida de receita totalizou a quantia de R$ 52.498,43. A Prefeitura informou que havia previsão da arrecadação dos IPTUs na Lei Orçamentária Anual de 2012, porém, a omissão de Armando Quaresma Trigueiro ocorreu sem a previsão de qualquer compensação financeira para a renúncia de receita praticada.
Vale ressaltar que o MP já tinha enviado ofício ao ex-prefeito, concedendo-lhe prazo para contestar a representação oferecida pelo município de Baixio. Entretanto, até o momento, não foi protocolada qualquer justificativa para tal ato.
Na ACP, o MP sugere à Justiça que o ex-gestor seja obrigado a ressarcir integralmente o dano, que tenha os direitos políticos suspensos por cinco anos e que pague uma multa civil de pelo menos doze vezes o valor de sua remuneração. Além disso, em virtude dos danos sofridos pelo poder público, o MP requer a decretação da indisponibilidade dos bens do ex-prefeito como forma de garantir futuro ressarcimento ao erário municipal. 

Penso eu - Falar nisso, como vai Senador Pompeu? 

Opinião

A perenidade do mal e a batalha dos justos
Mauro Santayana
O mundo comemora hoje o Dia do Holocausto judeu. Em nome de um mito — a escolha de Jesus por uma multidão, no lugar de Barrabás, às vistas de um Pilatos de mãos recém-lavadas, para percorrer as estações da Paixão, até seu definitivo encontro com o Pai, no alto do Gólgota — os judeus foram discriminados, roubados, torturados e assassinados por quase dois mil anos, até encarar, em lugares como Auschwitz-Birkenau, Maydanek, Sobibor, Bergen-Belsen, Dachau, Teresin, Babi Yar, Treblinka, o ponto culminante de seu calvário.

Jesus era judeu — e seis milhões deles foram exterminados na Europa — mas poderia ser cigano, um povo que vaga pelo mundo, quase que desde a mesma época, e que perdeu, nos mesmos campos de extermínio erguidos pelos nazistas da Divisão da Caveira, quase dois milhões de homens, mulheres e crianças. Muitas delas e deles como vítimas de experiências médicas, como as de Joseph Mengele, que injetava tinta nos olhos de meninos e meninas em Auschwitz e dissecava gêmeos com poucos dias de vida, logo depois de chegados ao campo.

Jesus era judeu, mas poderia ter sido um dos 30 milhões de russos, que morreram na Segunda Guerra Mundial, muitos deles executados e enterrados em valas comuns logo que os assassinos dos Einzatzgruppen chegavam, precedidos das tropas da Wermacht, para cumprir sua tarefa de matar comunistas — o que incluía a maioria da população soviética — quem soubesse ler e escrever, os judeus, os ciganos, e os vira-latas, para que o Exército Vermelho não os adestrasse para entrar debaixo dos Panzers alemães, com minas antitanque amarradas na barriga.

O virulento retorno do anticomunismo; a tentativa solerte de comparar o comunismo ao nazismo, quando foram os comunistas que derrotaram os nazistas, na Batalha de Stalingrado, no cerco de Leningrado, até o covil do diabo, na Batalha de Berlim, levando Hitler e outros dirigentes nazistas ao suicídio; o aumento do número de internautas que propugnam, livremente, o assassinato de suspeitos, a institucionalização da tortura e a quebra do Estado de Direito, com o fim do voto e a instauração da ditadura; tudo isso mostra que os demônios do conservadorismo e da ignorância continuam unidos, em tenebroso pacto, e conspiram para arrebatar corações férteis para o ódio e o preconceito. Como nas vésperas da chegada de Hitler ao poder, que levou ao sadismo ensandecido dos campos de extermínio.

O Dia do Holocausto judeu, que nos lembra outros holocaustos, como o cigano, o russo, o dos padres e pastores, o dos comunistas e socialistas, o dos homossexuais, serve para manter viva em nossa memória a noite que se abateu sobre a Europa há 75 anos, há apenas alguns instantes, portanto, em termos históricos. E a necessidade de estar sempre atentos ao mal e a combatê-lo, cortando sua cabeça, que renasce, como as da Hidra, todas as vezes que ela se erguer, passando por entre as gretas que nos separam do inferno, para se insinuar em nosso mundo.

Mauro Santayana é jornalista e meu amigo

Quem vai reclamar do cardápio?

O governador Cid Gomes (Pros) vai receber, nesta terça-feira, para almoço no Palácio da Abolição, um grupo de embaixadores que organizam o encontro dos Brics, marcado para julho, no Centro de Eventos.
O grupo passa toda esta segunda-feira discutindo o encontro também com o setor empresarial. A reunião dos BRICS, bom lembrar, reunirá os dirigentes do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

O puxadim do Pinto

 O puxadim,  terminal remoto temporário que está sendo erguido no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, por conta do atraso das obras de ampliação do terminal de passageiros, não ficará pronto neste mês, como havia anunciado a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).
 
PUXADINHO
A estrutura provisória terá 1,2 mil m² e ficará localizada ao lado do terminal de cargas, em frente ao novo pátio de aeronaves. O equipamento terá capacidade para 400 mil passageiros
FOTO: DIVULGAÇÃO

Deu no DN

Costa teria feito lobby por Sinopec

29.04.2014

Ele e a deputada federal Gorete Pereira (PR-CE) participaram de uma audiência para tratar das refinarias Premium

Image-0-Artigo-1600513-1
A deputada disse que nunca havia encontrado Paulo Costa antes da reunião, mas confirmou que ele argumentou em favor da empresa chinesa
Foto: agência câmara
Fortaleza/ Brasília. O ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa preso durante a operação Lava-jato da Polícia Federal pode ter atuado em favor da Sinopec, empresa chinesa sondada para ser parceira da estatal na construção das Refinarias Premium do Maranhão e do Ceará.
A revelação foi feita pelo jornal Folha de São Paulo, baseada em documentos apreendidos pela PF e que incluíam cartões de visita da deputada federal Gorete Pereira (PR-CE).
Paulo Roberto Costa, o empresário Sérgio Canozzi, o ministro de Minas e Energia Edison Lobão, o secretário de Petróleo da pasta, Marco Antônio Martins Almeida e a deputada participaram de uma audiência para tratar das refinarias, no dia 25 de fevereiro. Antes, no dia 15 de janeiro, havia ocorrido outra audiência sobre o mesmo tema, mas sem a presença do ex-diretor da Petrobras. De acordo com a deputada federal Gorete Pereira (PR-CE), em entrevista ao Diário do Nordeste, as audiências com o ministro de Minas e Energia Edison Lobão para tratar das refinarias Premium I (MA) e Premium II (CE) foram solicitadas por ela mesma. "Eu marquei a audiência. É importante que se saiba disso, já que a refinaria é um dos maiores anseios do Ceará. Antes delas, um amigo me perguntou se eu ainda acreditava na refinaria e eu disse que sim. O ministro disse que só negociaria com a Sinopec se viesse alguém credenciado, o presidente ou alguém que trouxesse uma credencial dele, pois só assim intermediaria a reunião com a presidente Graça Foster", explicou.
A deputada disse ainda que nunca havia encontrado Paulo Roberto Costa antes da reunião de fevereiro, mas confirmou que ele argumentou em favor da Sinopec. "Ele disse ao ministro que as pessoas que vieram em nome da empresa eram credenciadas e que a Sinopec tinha muitos vice-presidentes, um dos quais tentou tratar com o governo brasileiro", afirmou Gorete Pereira.
Transferência
O ex-diretor da Petrobras foi transferido na tarde de ontem da sede da PF para a Penitenciária Estadual de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba (PR).
Paulo Roberto é investigado por suspeita de desvio de recursos e lavagem de dinheiro, em associação com o doleiro Alberto Youssef, que também está preso. Em carta direcionada aos advogados, o ex-diretor fez novas denúncias de que estaria sendo ameaçado e correndo "risco de vida junto à PF".

Sexto do Brasil

O Aeroporto Pinto Martins foi considerado o sexto melhor aeroporto do Brasil. Imagina o sétimo!

BRICS: Seminário preparatório acontece nesta terça-feira (29) na Unifor



A abertura acontece às 09 horas, com as presenças do governador Cid Gomes e de representantes dos países que compõem o BRICS: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

        O Governo do Estado do Ceará, o Ministério das Relações Exteriores, a Fundação Alexandre de Gusmão e a Universidade de Fortaleza (Unifor) realizam na próxima terça-feira (29) o seminário preparatório para a VI Conferência de Cúpula do BRICS, que acontecerá no mês de julho no Centro de Eventos do Ceará (CEC). A abertura do evento será no Auditório da Biblioteca Central, da Unifor, das 09 horas às 18 horas, com transmissão para os Auditórios A1 e A4, e será feita pelo governador Cid Gomes. O seminário terá as presenças de representantes dos países que compõem o BRICS - Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul -, bem como de acadêmicos e intelectuais vinculados à área de relações internacionais.

        Os cinco países que integram o BRICS consolidam-se como atores internacionais de crescente relevo, tanto no plano político como na área econômico-financeira. Além de definirem mais de 30 áreas de cooperação entre si, os BRICS coordenam atualmente suas posições nas Nações Unidas, no G-20, no Banco Mundial e no FMI, aumentando, em função disso, a sua importância nesses foros. Todos os países do BRICS sediaram pelo menos uma Cúpula. Os encontros precedentes foram realizados em Ecaterimburgo, Rússia (2009); Brasília (2010); Sanya, China (2011); Nova Délhi, Índia (2012) e Durban, África do Sul (2013). E, em 2014, será em Fortaleza.

BRICS

        A ideia do BRICS foi formulada pelo economista-chefe da Goldman Sachs, Jim O´Neil, em estudo de 2001, intitulado “Building Better Global Economic BRICs”. Fixou-se como categoria da análise nos meios econômico-financeiros, empresariais, acadêmicos e de comunicação. Em 2006, o conceito deu origem a um agrupamento, propriamente dito, incorporado à política externa de Brasil, Rússia, Índia e China. Em 2011, por ocasião da III Cúpula, a África do Sul passou a fazer parte do agrupamento, que adotou a sigla BRICS.

DURISTAS

Os duridanos de Jeri Achados do Comandante Genário.