terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Opinião


 Quem viver, verá!!!
 By Rodrigo Constantino


Publicado:24/12/13 - 0h00 - O Globo
Sempre que vou aos Estados Unidos retorno com essa questão: somos um povo otário? Afinal, adoramos nos vangloriar de nossa “malandragem”, de nosso “jeitinho”, mas vivemos imersos em um mar de ineficiência, corrupção, carestia e criminalidade. Há malandro demais para otário de menos por aqui.
Os americanos são bobos, egoístas, uns capitalistas insensíveis. Mas vejam que coisa: os serviços básicos funcionam, as estradas são boas, quase todos possuem carros decentes, pelos quais pagaram um terço do valor que nós pagamos, e podem andar com vidros abertos e ter casas sem muros. Que otários!
Ainda bem que somos diferentes, desconfiamos do lucro, dos empresários, e delegamos ao papai Estado todo nosso destino. Temos agora até universidade marxista voltada exclusivamente para o trabalhador, para não deixá-lo “alienado”, e sim um camarada “politizado”, engajado na luta pela justiça social. Somos muito melhores!
Temos um governo metido nos piores escândalos de corrupção, mas ainda favorito para mais um mandato em 2014. A economia não cresce, paramos de gerar empregos, a inflação continua alta demais, cada vez mais gente depende de esmolas estatais, a carga tributária sobe sem parar, mas ninguém parece se importar. A Copa vem aí, e somos a pátria de chuteiras.
Após oito anos, os mensaleiros finalmente foram presos, mas ainda tentam vender a imagem de injustiçados. Um deles recebe amplo apoio dos artistas e “intelectuais” da esquerda caviar, pois teria um currículo louvável (comunista por acaso pode ter passado digno de aplausos?) e não teria roubado para si próprio. O outro se compara a Mandela.
E o PT faz evento oficial para defender os bandidos presos e atacar o STF, ao lado de uma presidente da República conivente, passiva, cúmplice. Alguém pode imaginar isso nos Estados Unidos? Claro que não. Eles não são tão compreensivos e cordiais como nós.
Estive em Miami e Orlando. Só brasileiro, nem preciso falar. Estamos por toda parte, comprando e comprando. “Consumistas burgueses”, diria um típico comuna. “Classe média fascista”, diria Marilena Chauí. Mas que mal há em desejar pagar um terço do preço que se paga no Brasil pelos mesmos produtos? Compram em Miami os que não são ricos a ponto de poder comprar no Brasil.
“Ah, mas é preciso financiar a justiça social”, alegam os esquerdistas. Ora, o governo americano é a polícia do mundo (felizmente), e nós precisamos de um governo ainda maior em termos relativos? Haja esmola, para pobre e para rico (BNDES).
Sem falar que, no Brasil, reina o culto do pobrismo. As esquerdas amam a miséria, não os pobres. E odeiam os ricos mais do que “amam” os necessitados. Não existem abutres sem carniça, não é mesmo?
O Brasil realmente testa nossa paciência. A impressão digital do governo inchado está em todas as cenas do crime, mas eis que boa parte da população pede, como solução para nossos males, mais governo! Seria cômico, não fosse trágico.
Mas é véspera de Natal, e não quero estragar a ocasião. Quero até aproveitar a oportunidade e fazer meus pedidos a Papai Noel. É verdade que ele tem toda pinta de marxista: usa roupa vermelha, distribui presentes pagos por terceiros, e coloca outros para fazer o trabalho pesado enquanto fica com a fama de bondoso. Não importa. Faço minha lista, na esperança de ser atendido:
1. Que o povo brasileiro possa acordar em 2014 e ter o bom senso de evitar um destino trágico como o da Argentina ou da Venezuela para nosso lindo país.
2. Que o funk não seja mais visto como “apenas” uma forma artística diferente, tão boa quanto música clássica ou ópera.
3. Que a doutrinação marxista nas nossas universidades chegue ao fim e que cada vez mais alunos e professores tenham a coragem de se rebelar contra tal covardia.
4. Que a hegemonia de esquerda na política nacional seja finalmente vencida e que algo NOVO possa surgir como alternativa.
5. Que esses ecochatos e politicamente corretos arrumem algum passatempo individual e nos deixem em paz para vivermos de acordo com nossas preferências pessoais.
6. Que todos aqueles que conseguem defender a ditadura cubana em pleno século 21 resolvam abandonar a hipocrisia e comprar uma passagem só de ida para a ilha-presídio caribenha.
7. Que os brasileiros passem a ler mais, de preferência bons livros.
8. Que todos aqueles que querem “salvar o mundo” antes arrumem o próprio quarto.
9. Que todos lembrem de que solidariedade é algo voluntário, não compulsório, via impostos dos outros.
10. Que nosso povo seja menos “malandro”, como os americanos.
Feliz Natal.

De Key West a Havana é como de Fortaleza a Aracati

Após 50 anos, voo comercial liga Estados Unidos e Cuba

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS
Após mais de 50 anos, foi realizado um voo comercial, com nove passageiros, do Aeroporto Internacional de Key West (Flórida), nos Estados Unidos, a Havana, Cuba.
A operação teve caráter experimental. Segundo o diretor do aeroporto de Key West, Peter Horton, ainda não está previsto um serviço aéreo regular para o trecho.
As autoridades federais americanas concederam autorização para o aeroporto de Key West operar voos para a ilha em outubro de 2011.
Antes de 1959, havia voos regulares e transporte por balsa entre as cidades, que ficam a 150 km de distância.
Em 2011, o governo do presidente Barack Obama voltou a permitir que organizações levassem cidadãos americanos para Cuba em atividades de intercâmbio cultural

Comprar sexo dá multa e até cadeia na Suécia e agora na França

Suécia é modelo antiprostituição para França

ELIANE TRINDADE
ENVIADA ESPECIAL A ESTOCOLMO
A prostituição de rua em Estocolmo está confinada a um endereço: a Malmskillnads, rua próxima à estação central. É ali que 175 mulheres fazem discreto vaivém em busca de clientes.
A área contabilizava 650 profissionais do sexo em ação na década de 1990. A redução da oferta é creditada ao fato de a Suécia ser o primeiro país a criminalizar o ato de pagar por sexo, em 1999.
O modelo inspirou os franceses. Neste mês, a Assembleia Nacional da França aprovou lei que vai na mesma direção e impõe multas a quem pagar por sexo.
"A questão central é demanda. O cliente de prostituição alimenta o tráfico de pessoas", diz a procuradora sueca Marie Thomsen, da força-tarefa de combate ao crime.
Mentalidade arraigada em todo o aparato montado para fazer valer a legislação pioneira e controversa. "Nós achamos a solução, que é acabar com a demanda", repete Ewa Carlenfors, superintendente da polícia, que comanda 25 agentes da unidade antitráfico na capital.
As autoridades suecas fazem um balanço positivo do impacto de uma lei que resultou em 2.581 inquéritos e 1.200 condenações por compra de serviços sexuais entre 2008 e 2011.
No ano passado, cerca de 200 homens foram presos em flagrante com prostitutas. Enquanto elas são soltas, já que a atividade de vender sexo não é criminalizada no país, o cliente está em apuros. "Prostituição é uma violência contra a mulher, assim como estupro e maus tratos domésticos", afirma a policial Mia Hektor, da unidade que monitora prostituição de rua e pela internet.
É com um sistema legal ágil (os processos duram de seis meses a um ano) e um forte aparato policial e de assistência social que o país escandinavo tenta dar um xeque-mate na prática da profissão mais antiga do mundo.
A pena prevista para o consumidor de sexo pago é de até um ano de prisão. Até hoje, nenhum foi condenado a pena máxima de detenção, punição dada a cafetões e traficantes (que podem pegar de dois a dez anos de cadeia).
"A lei não foi feita para mandar os clientes para a prisão, mas para pegar traficantes e cafetões. Transformamos a Suécia em um péssimo mercado para eles", diz a superintende da polícia local.
Em geral, os homens presos em flagrante são soltos sob fiança logo após a confissão. E aí esperam receber em casa a convocação para se apresentar diante do juiz e ouvir a sentença.
No flagrante, todos são obrigados a ceder mostras de DNA e ficam fichados na polícia por cinco anos. Na corte, a pena varia de acordo com a renda do réu. A mais alta paga até hoje foi de € 7.000 (R$ 22.400).
NA INTERNET
O resultado é uma prática mais velada. "Enquanto a prostituição de rua diminuiu, aumentou a oferta de sexo na rede", admite a procuradora. "A dificuldade é que os sites estão hospedados no exterior. Mas se os clientes podem achá-los, a polícia também."
A lei da oferta e da procura age sobre o preço. "Um programa custa € 300 a hora", relata a policial Mia. "Mas não vemos mulheres ficando ricas com prostituição. O dinheiro vai para organizações criminosas."
"Não é ilegal, mas também não é uma profissão", diz a procuradora sobre a atividade que, ao contrário, vem sendo reconhecida em outros países, como Holanda.
No Brasil, projeto do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ)propõe o reconhecimento de direitos trabalhistas e previdenciários para as trabalhadoras do sexo.
ELIANE TRINDADE viajou a convite do governo sueco.

Prefeito de NY deixa cargo após ter gasto R$ 1,5 bilhão do bolso

O bilionário Michael Bloomberg deixará amanhã a Prefeitura de Nova York, após 12 anos de mandato, tendo gasto US$ 650 milhões (R$ 1,52 bilhão) do próprio bolso no período.
O valor, divulgado pelo "New York Times", foi usado pelo prefeito na promoção de suas políticas e em programas sociais e de assistência.
Uma outra grande parcela, no entanto, serviu para pagar bônus generosos a assessores e garantir que não só ele, mas sua equipe, sempre se hospedasse em bons hotéis e viajasse –mesmo para fora do país– em aviões particulares. Só em deslocamentos, ele gastou US$ 6 milhões.
Para as despesas de uma única viagem à China com assessores, Bloomberg tirou do próprio bolso US$ 500 mil.
Quando em Nova York, os funcionários também recebiam um agrado patrocinado pelo chefe: um café da manhã na prefeitura (com café, bagels e iogurte) e um almoço (com salada de atum, sanduíche de pasta de amendoim com geleia e salada de frutas). Valor total das refeições? Cerca de US$ 890 mil.
Os milhões do empresário ainda foram usados para atender a "caprichos", como a instalação e manutenção de dois aquários gigantes de peixes tropicais na prefeitura. O custo para manter os tanques limpos toda semana por 12 anos ultrapassou US$ 62 mil.
E Bloomberg não pode sequer ser criticado por usar em suas extravagâncias o salário de prefeito. Assim que assumiu o mandato, ele recusou receber os US$ 18.750 (cerca de R$ 44 mil) mensais do cargo –aceitando apenas US$ 1 dólar por ano.
Entretanto, não só com "extravagâncias" Bloomberg gastou seu dinheiro nos últimos 12 anos. Outros US$ 263 milhões foram doados a grupos culturais, organizações civis e artistas.
A "filantropia" do bilionário fez com que ele fosse apelidado pelo democrata Mark Green –que perdeu para ele a disputa pela prefeitura em 2001– de "Medici moderno", em referência à família italiana de mecenas do século 15.
Com US$ 5 milhões de sua conta, também foi renovada a residência oficial do prefeito, a Gracie Mansion, na qual ele escolheu não viver.
Quem irá usufruir da reforma é Bill De Blasio, seu sucessor.

Lembra da Rodoviária dos Pobres?



prefeito terminal
O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, visitou, na manhã desta segunda-feira (30), as obras do Terminal do Antônio Bezerra, que está em fase de acabamentos. Acompanhado do secretário de infraestrutura, Samuel Dias, Roberto Cláudio caminhou por todos os ambientes da nova estrutura, que tem piso industrial, teto, duas plataformas, túneis para a travessia segura de pedestres, torre de observação, galerias comerciais, duas baterias de banheiros, posto dos Correios, posto policial e ambulatório.
Depois de quase três anos de obras paradas, o novo equipamento deve ser entregue no dia 20 de janeiro de 2014, já com toda operação da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) em funcionamento. O prefeito declarou que “uma coisa é a obra estar pronta e outra é estar pronta com a Etufor operando e abrindo o terminal”, já que a estrutura física só é útil para os usuários se houver a intervenção da empresa.
As obras no terminal de ônibus custaram R$ 14.385.268,21 aos cofres públicos. Quando finalizada a ampliação, o espaço físico aumentará de 12 mil m² para 29 mil m². Segundo a Etufor, o Terminal do Antônio Bezerra foi inaugurado em julho de 1992 e tem 44 linhas circulando atualmente.

Neto Nunes escreveu ao Diário do Nordeste e mandou cópia pra este blog

SENHOR EDITOR DE POLÍTICA DO JORNAL DIÁRIO DO NORDESTE
        
Ao cumprimentar Vossa Senhoria, com o devido respeito, a bem da verdade e em esclarecimento aos seus leitores, haja vista matéria veiculada neste matutino, no caderno de política, no último dia 28 de dezembro de 2013, quando anunciava que este firmatário, Deputado Estadual em segundo mandato em curso no Estado do Ceará, reportando-se a fato de outubro pretérito, encontrava-se “inelegível ao pleito eleitoral de 2014”, cumpre-nos esclarecer o que segue:
1.   Tive a oportunidade, pela maioria extraordinária da comunidade icoense de ser eleito prefeito e reeleito com expressiva votação nos certames eleitorais de 1996 usque 2000;
2.   Cumpri, com zelo e apoio popular, um mandato voltado ao bem comum e sempre com resultado administrativo que me credenciou a uma vaga, por duas vezes, com expressiva votação na Assembléia Legislativa Cearense;
3.   Como prefeito, tive contas desaprovadas, por atécnias contábeis e burocráticas que, lamentavelmente, me levaram a admoestações jurídicas e processuais;
4.   Utilizando do contraditório e da ampla defesa legal, mostrei os equívocos anunciados juntamente aos processos cíveis, contra nosso mandato, pois, praticamente, encontram-se prescritos em sua maioria e, os demais, em grau de recurso, tanto no Tribunal de Contas dos Municípios, igualmente, em instancias superiores;
5.   Sou elegível ao pleito vindouro estadual e, também, tenho a certeza absoluta que serei, pelas provas colacionadas aos autos processuais tão bem divulgados pela fraca oposição ao meu desempenho político, absolvido ao final de toda essa execração pública de que tanto tenho sido vítima;
6.   Finalmente, espero que Vossa Senhoria, editor de política do Diário do Nordeste, em bom conteúdo e hora, possa acolher minha explicação, dando, portanto, os esclarecimentos devidos.
Atenciosamente,
Icó, em 29 de dezembro de 2013.
Neto Nunes
Deputado Estadual

Lá e cá

Li isso como uma das mais impressionantes notícias deste ano:

O Prefeito de NY, nos Estados Unidos, meteu a mão na sua, dele, própria conta bancária e gastou UM BILHÃO E QJUINHENTOS MILHÕES DE REAIS com uma obra na cidade. Quer dizer; pagou do próprio bolso.

No Brasil a filha de um Prefeito meteu a mão no bolso do BOLSA FAMÍLIA e fez um salário para pagar as unhas e as luzes que faz a cada semana.

Esta veio do JB Serra e Gurgel

O B A L D E

Um velho senhor tinha um bonito e tranquilo lago em sua enorme
propriedade.

Depois de algum tempo sem ir ao local, decidiu naquele dia dar uma olhada
geral para ver se estava tudo em ordem.

Para aproveitar o passeio, pegou um balde para colher, pelo caminho,
algumas frutas das árvores.

Ao aproximar-se do lago, escutou vozes e risadas femininas, animadas e
divertidas.

Então, para sua surpresa, viu um grupo de jovens mulheres a tomar banho
no
lago, completamente nuas.

O velho decidiu aproximar-se ainda mais do local, fazendo com que todas
elas
fugissem para a parte mais
funda do lago, deixando apenas a cabeça fora de água.

Uma das mulheres gritou:

-Não saimos daqui enquanto o senhor não for embora!

O velho respondeu:

- Calma moças, eu não vim até aqui para vê-las nadar ou para vê-las
sair
nuas do lago!


Levantando o balde, ele disse:

-Eu só vim dar comida ao jacaré...

Bilhete do Sérgio Braga


PRECE AOS COMPANHEIROS DO CLUBE DO BODE


Fiel cabrito, sejamos instrumentos das verdadeiras mudanças. Onde houver paz, que não a perturbemos. Onde houver alegria, estejamos presentes. Onde houver ofensa, estrebuchemos às marradas. Onde houver discórdia, aticemo-la para a coisa ficar mais animada. Quando pintar a verdade (coisa impossível no aprisco) que a rechacemos com mentirinhas inocentes e inofensivas. Tristeza, se ameaçar, combateremos com espalhafatosa gargalhada. E se houver blecaute, deixemos como está, amanhã o sol haverá de raiar.
Em resumo, seguindo a trilha de Francisco, procuremos amar, mesmo que abandonados. Pois é dando que se vai à bancarrota. É perdoando que a chifrada é mais brutal. E consolar é o que mais temos feito no pedaço.
Torçamos, então, para que este Novo Ano seja pleno de felicidade. Continuemos firmes, assinando sem ler as nefandas atas e pagando despesas superfaturadas no bar ao lado. E conversando banalidades ante um prato de feijão verde. Trocando ideias, formando parcerias, consolidando ainda mais a singular alma caprina.
E oremos em voz alta para que, lá de cima, nos ouçam Airton Monte e Barros Pinho; Cláudio Pereira e Augusto Pontes; Gonzaga Vale e Charles Barbosa; Hélio Katunda e Caio Braga; Napoleão Soares e Raymundo Athayde; Chico Passeata e Djalma Cruz; Antônio Saraiva e Luciano Miranda; Lustosa da Costa e Alcides Pinto; Siqueira Souza e Dudu Cavalcante; Camarada Queiroz e Luciano Barreira... e outros mais que se foram do curral, na verdade, mais presentes que nós neste redil amoroso e humano. Per omnia secula seculorum, amem.
E, voltando ao santo Francisquinho, lembremos que ele amava todos os animais, particularmente os bodes e cabritas danados. Seu pai negociava com a lã das ovelhas e ele próprio lançou a grife de seu hábito tosco baseado na penugem dos carneirinhos queridos. Quer dizer, bode também é filho de Deus.

      P.S.- Esta oração, foi, de coração, rabiscada em nome de todos, pelo pai de chiqueiro mor Sérgio Braga, acolitado pelo seu bastante chiqueirador, Audifax Rios. Assim Seja.

Deu no Painel, da Folha

Tudo nosso
Pré-candidatos a governos estaduais em 2014, Eduardo Braga (PMDB-AM) e Eunício Oliveira (PMDB-CE) costuram um acordo com Renan Calheiros (PMDB-AL) para que um deles seja indicado para presidir a Casa a partir do ano seguinte em caso de derrota nas disputas locais. Segundo peemedebistas, a estratégia será fechada com outros parlamentares da sigla, como Valdir Raupp (RO), Romero Jucá (RR) e José Sarney (AP), mas o trio quer ampliar o entendimento para toda a bancada.

Manchetes desta terça feira

Folha - Novo ataque amplia para 34 mortes Rússia
O Globo - Ônibus vão à Justiça por reajuste cancelado
Correio Braziliense - Qualificação é o desafio do trabalhador para 2014
Estadão - Aécio diz que Dilma vê País como ‘ilha da fantasia'
Jornal do Comércio - IPVA vai ficar 4,62% mais barato em 2014
Zero Hora - Negócio de futuro - Plano gaúcho para criar polo de inovação

Coluna do blog



 “O Ministério da Saúde confirmou a liberação de R$ 1,6 bilhão para as santas casas e demais entidades filantrópicas de 23 das 27 unidades da Federação. Segundo o ministério, os recursos deverão beneficiar 762 instituições filantrópicas de 604 cidades, dobrando o montante repassado pelo governo federal para que essas unidades atendam a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Do total, R$ 400,6 milhões deverão ser liberados em três parcelas de R$ 133,5 milhões. A primeira delas será paga até 31 de dezembro deste ano, conforme a Portaria nº 3.166, publicada no Diário Oficial da União dessa segunda-feira (23). As outras duas parcelas serão liberadas ao longo de 2014. Para viabilizar o pagamento dos incentivos financeiros aos estabelecimentos de saúde que prestam serviços complementares ao SUS, o ministério elevou de 26% para 50% o percentual mínimo do Incentivo de Adesão à Contratualização (IAC) pago aos estabelecimentos filantrópicos. Também estendeu a possibilidade de contratos a novas instituições, atualizou os contratos antigos e reforçou o pagamento de procedimentos de média complexidade, que incluem exames como raio X, testes laboratoriais e consultas de várias especialidades, como oncologia, urologia e oftalmologia. Parte das medidas já tinha sido anunciada e detalhadas pelo ministro Alexandre Padilha, em outubro. A expectativa é  que essas medidas permitam ampliar a participação das santas casas e demais entidades filantrópicas no atendimento prestado à população. Atualmente, 1.700 hospitais filantrópicos prestam serviços ao SUS, respondendo por 41% das internações em estabelecimentos públicos. A maioria das instituições, no entanto, acumula dívidas históricas, principalmente tributárias. ”(Agência Brasil). Agora penso eu: Existe uma expressão que sugere às pessoas que não queiram saber como são feitas as notícias e as salsichas. Procure saber como foi a distribuição desse dinheiro para as Santas Casas e entidades filantrópicas no Ceará. É uma coisa horrorosa. Dentre as tantas mumunhas e cavilações criadas está a anuencia de prefeitos que atestem que aquela filantrópica é “do seu time”. Se não for, está fora. A bandidagem imperou e Prefeito que sabidamente seria entregue como ladrão, preferiu não indicar instituições sérias. Esta coluna vai ampliar o foco e mostrar o Ceará bandido nesse sentido.

A frase: “Será que eu fiz churrasco da única vaca da Arca de Noé? “  Félix, e suas indignações.


Só por curiosidade (Nota da foto)
Alguém aí poderia informar qual o gênio que trocou o piso da rua Monsenhor Tabosa? Tiraram os duradouros e belos paralelepípedos e puseram no lugar uns bloquetes que nem intertravados, são. Calma gente, estou apenas perguntando?

Tempos modernos
Já não se faz mais Rússia como antigamente. Soltaram a artistagem que invadiu o navio lá deles, em nome de não se procurar petróleo nas geleiras russas. Nem no gelo a guerra de hoje é fria.

Quem não está comigo...
A cúpula do PMDB planeja tirar o comando do partido em Pernambuco das mãos do senador dissidente Jarbas Vasconcelos, que se aliou a Eduardo Campos (PSB-PE), provável adversário de Dilma em 2014. “...está contramigo!”

Mas tem que ser do PT
Uma lei publicada ontem no Diário Oficial de SP estabelece que 20% das vagas em cargos efetivos e comissionados do serviço público municipal sejam destinados a pessoas negras. O decreto é assinado pelo prefeito Fernando Haddad (PT).

O troco
Se as oposições apresentarem a senhora Nicole Barbosa candidata ao Governo do Ceará, ano que vem, o PROS tem bala pronta pro revide; Izolda Cela. E brá.

Denúncia grave
Segundo o deputado federal Edson Silva, hospitais de Fortaleza estão atendendo a estrangeiros que vêm morar no Brasil para tratamento da AIDS.

Como é...
Edson Silva, disse na rádio Verdes Mares, que  fonte do HGF contou pra ele que alí é normal estrangeiros recebendo coquitéis anti-aids, que no Brasil é de graça. A apurar.

Aliás...
O federal Edson adiantou ainda que vem gente do Nordeste inteiro ser tratada no HGF, hoje um hospital de exelência no Brasil, assim como o Hospital Regional de Sobral.

Perguntar,ofende?
Qual o percentual de cartas enviadas a “Papai Noel” pelos Correios e que foram retiradas para atendimento? Quais os pedidos mais interessantes?Pauteiros,onde andam?


Danilo projeta plano para sucessão estadual



O deputado federal Danilo Forte (PMDB), em conversa ao jornal O Estado, falou sobre suas expectativas para as eleições de 2014 e também diz sua opinião sobre o cenário econômico atual do País. Para o parlamentar, o PMDB do Ceará tem condições de ter candidato próprio ao Governo do Estado no próximo ano. Apenas, é preciso desatar as amarras do passado.
“O partido precisa pensar para frente. Se o PMDB estiver pensando em fazer eleição no Ceará com o espólio do que ficou do PFL (hoje DEM) e do PSDB, não vai ter sucesso”, disse. Para ele, o partido, além de construir uma aliança forte, precisa planejar algumas ações, nas quais o Ceará desponte para o avanço, sobretudo nas áreas da segurança pública, da saúde e da geração de emprego e renda.
Disse, ainda, que o presidente regional da sigla, o senador Eunício Oliveira, pode ser considerado renovação, desde que aposte no futuro e não no passado. Para ele, o projeto do partido deve ser capaz de trazer para o Ceará uma perspectiva de mudança.
BASE ALIADA
O parlamentar não prevê, pelo menos, no momento, rachadura do PMDB com a base aliada, mas observa que isso vai depender muito da economia e como vão se desenrolar as forças em nível nacional e de como vão ser feitas as costuras políticas. Ele reconhece que o PMDB tem condição de seguir em frente com o pensamento de governar o Ceará, contudo é preciso fazer algumas mudanças.
ECONOMIA
Sobre a economia brasileira, Danilo Forte disse que, apesar do otimismo do Governo, a área é uma preocupação, principalmente entre os economistas. “A questão econômica no Brasil é de uma insegurança muito grande e, por isso, nós tentamos e conseguimos votar o orçamento da União a tempo para que, exatamente, o País pudesse ter uma estabilidade maior na recuperação da sua credibilidade, para que os investimentos possam voltar. Um país sem orçamento não pode ter a credibilidade necessária”, alerta. (com informações de Tarcisio Colares)

Primeira página do jornal O Estado(CE)


Bom dia

Já que lhe foi impossivel evitar os ladrões de 2013,pelo menos resista a mandar algum deles de volta aos poderes em 2014.
É o mínimo que podemos desejar a você pro ano que vem.

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Por quê tu bebe enjoado?

Fígado ainda é acusado, injustamente, de causar ressaca

Cármen Guaresemin
Do UOL, em São Paulo

Conheça alguns mitos e verdades sobre o fígado26 fotos

O fígado abastece o corpo quando ficamos em jejum. VERDADE: o fígado tem reservas de glicose, que é o combustível das nossas células. "A glicose gera a nossa energia", explica o hepatologista Raymundo Paraná. A cirurgiã Liliana Ducatti detalha que o fígado armazena glicose em forma de glicogênio e, numa situação de jejum prolongado, este é liberado para suprir o organismo Getty Images/iStockphoto /Arte UOL
Já faz parte da crença popular culpar o fígado pelos sintomas de embriaguez ou ressaca, quando na verdade isso se deve mais aos efeitos do álcool sobre o cérebro e o restante do aparelho digestivo.
"A ressaca pode acontecer sem que o fígado esteja agredido. Trata-se de um mal-estar causado pelo efeito anticolinérgico (inibe a produção de acetilcolina, substância química que atua como neurotransmissor) do álcool associado à desidratação. Um produto do metabolismo do álcool gerado no fígado, o acetaldeido (que é mais tóxico que o próprio álcool) explica em parte esses sintomas", afirma o hepatologista Raymundo Paraná, professor da Universidade Federal da Bahia.

A cirurgiã Liliana Ducatti, da equipe de transplante de fígado e órgãos do aparelho digestivo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), afirma que o excesso de metabólitos do álcool causa, entre outras coisas, a desidratação.
"Por isso é importante tomar bastante água. Se sabe que terá uma festa e vai beber no dia seguinte, tome isotônico um dia antes. Ou, na hora, para cada taça de álcool, tome duas de água", ensina a hepatologista Mônica Viana, do Hospital do Servidor Público de São Paulo e do instituto que leva seu nome.
Da mesma forma, medicamentos à base de alcachofra fazem bem, mas não porque irão atuar no fígado, como se acredita, mas porque facilitam a digestão: "Alcachofra diminui o colesterol, mas afirmar que os alimentos amargos ajudam o fígado não tem nenhum fundamento", completa Viana.
O maior
O fígado não só é a maior glândula como também o segundo maior órgão do corpo humano, perdendo apenas para a pele. Está localizado sob o diafragma e pesa entre 1,3 kg a 1,5 kg em um homem adulto. Já nas mulheres seu peso é um pouco menor e, nos pequenos, é proporcionalmente maior, já que constitui 1/20 do peso total de um recém-nascido. É um órgão tão grande em crianças, na primeira infância, que pode ser sentido abaixo da margem inferior das costelas.

Ele funciona tanto como glândula exócrina, liberando secreções num sistema de canais que se abrem numa superfície externa, como glândula endócrina, já que também libera substâncias no sangue ou nos vasos linfáticos. Além disso, realiza aproximadamente 220 funções diferentes, todas interligadas e correlacionadas.

Entenda o caminho do álcool pelo corpo e por que a ressaca aparece no dia seguinte

  • Arte/UOL
Sua atividade principal e mais conhecida é a formação e excreção da bile - fluido que se armazena na vesícula biliar e atua na digestão de gorduras e na absorção de substâncias nutritivas da dieta. As células hepáticas produzem em torno de 1,5 litro de bile por dia.

O fígado também pode ser considerado um gerador de energia para o corpo. Isso porque produz calor, participando da regulação do volume sanguíneo, proporciona uma ação antitóxica importante, processando e eliminando os elementos nocivos de bebidas alcoólicas e gorduras, entre outros. Além de tudo disso, tem um papel vital no processo de absorção de alimentos. Não conseguiríamos viver sem este órgão, responsável por tantas funções.

Cuidado com chás

Alguns itens que parecem inofensivos, se consumidos com frequência, podem causar um tremendo prejuízo ao fígado. Os chás com supostos efeitos terapêuticos, por exemplo. "A maioria deles não é estudada em ensaios de fase três (que comprovam os efeitos). Sem esses estudos não podemos conhecer a sua eficácia nem a sua segurança. Além disso, não há padronização de dose, nem mesmo controle sobre as sustâncias que acompanham o princípio ativo de uma planta. A ideia de que o natural faz bem é completamente falsa e obedece a um interesse de mercado", afirma Raymundo Paraná.

Segundo o médico, alguns chás que podem causar danos ao fígado são picão preto (carrapicho), sacaca, cáscara-sagrada, espinheira-santa, confrei, erva-mãe-boa, sene e poejo. "Melhor optar por chá de erva-cidreira ou erva-doce. Já tive um paciente que ficou na UTI por causa de excesso de chá verde. Melhor ainda é tomar água", alerta Viana.

Dieta desintoxicante

Quando o assunto é a famosa dieta desintoxicante, todos os profissionais são totalmente contra. "Esta é uma situação absurda de ataque à boa fé das pessoas, são modismos para ganhar dinheiro às custas da ingenuidade alheia. Infelizmente, este tipo de prática está cada vez mais comum no Brasil", afirma Paraná.

"Toda dieta bem equilibrada faz bem para o fígado como para todo o organismo, mas não existe alimento milagroso que faça desintoxicação", afirma Ducatti.
Viana recomenda cuidado com este tema: "Isso porque vive surgindo alguma maluquice 'do momento'. O chá verde que citei é um exemplo. Nada melhor para desintoxicar que água!".

O fígado e a melancolia

Mais uma crença popular, e não só no Brasil: a de que a bile produzida pelo fígado é a origem da depressão e da melancolia. Aliás, o termo melancolia nasceu da união de duas palavras gregas: melanós (negro) e cholé (bile).

"Na Grécia antiga se tinha esta crença. Como a bile é amarga, acreditava-se que o fígado purgava o amargor da vida, portanto seria responsável pelo humor. Hoje sabemos que não é nada disso", diz Paraná.  Ducatti completa, afirmando que as alterações do nosso humor estão ligadas ao funcionamento do cérebro e seus neurotransmissores.

Já Viana admite que vê diferença nos pacientes: "Cuidado com a mágoa! Quanto mais a pessoa estiver magoada, mais lesionado ficará seu fígado, mas isso não tem base científica nenhuma. É algo que eu noto no consultório!"


Prometeu e o fígado na mitologia grega

  • Divulgação Há várias versões sobre o mito de Prometeu, considerado um herói da mitologia grega. Seu nome, na língua grega, significa "premeditação". E este era o dom deste titã, que possuía a arte de maquinar antecipadamente seus planos, com a intenção de enganar os deuses olímpicos.

    Foi atribuído a Prometeu e a seu irmão, Epimeteu, a criação da raça humana e dos animais. Feitos de barro (terra e água), os humanos receberam dele o sopro divino com o ar.

    Após Zeus tornar-se o "deus de deuses", ele se impôs aos homens, fazendo valer sua supremacia divina. E, para ele, o fogo, símbolo do espírito criador, pertencia somente aos deuses.

    Prometeu, com pena dos homens, resolveu roubar uma faísca do fogo do Olimpo e dá-la aos humanos, que, assim, poderiam cozinhar, aquecer-se e criar armas, entre tantas outras utilidades.

    O dom da imortalidade de Prometeu não o impediu de se aproximar demais de sua criação, a humanidade, à qual concedeu o poder de pensar e raciocinar.

    Certa vez, Prometeu matou um boi e o fatiou em pedaços. Dessas lascas, a parte maior continha somente gordura e ossos, enquanto a menor, com a carne, estava reservada. Prometeu tentou oferecer a parte mínima para os deuses, mas Zeus, já enciumado, não aceitou, pois, claro, desejava o pedaço maior. Prometeu o atendeu, mas ao se dar conta de que havia sido iludido, Zeus se enfureceu e retirou dos humanos o domínio do fogo.

    Foi aí que Prometeu, mais uma vez desejando ajudar a humanidade, roubou o fogo do Olimpo. Uma outra versão justifica este ato como forma de obter, para os humanos, um elemento que lhes garantiria a necessária supremacia sobre os demais seres vivos.

    O fato é que Zeus decidiu punir Prometeu. Assim, ordenou ao ferreiro Hefesto que o prendesse em correntes junto ao alto do monte Cáucaso durante 30 mil anos, período no qual ele seria diariamente bicado por uma águia, a qual lhe destruiria o fígado. Como Prometeu era imortal, seu órgão voltava ao normal, e o ciclo destrutivo se reiniciava a cada dia.

    Zeus havia determinado que só daria liberdade a  Prometeu em troca de outro ser imortal. Como o centauro Quíron havia sido atingido por uma flecha, e seu ferimento não tinha cura, ele estava condenado a sofrer eternamente dores lancinantes. Assim, Zeus aceitou substituir Prometeu e lhe permitiu tornar-se mortal.
  • Fonte: Autores diversos
Gordura e açúcar

A transformação de glicose em glicogênio, forma de armazenamento de açúcares nas células animais, e seu armazenamento, se dá nas células hepáticas. Ligada a este processo, há a regulação e a organização de proteínas e gorduras em estruturas químicas utilizáveis pelo organismo da concentração dos aminoácidos no sangue, que resulta na conversão de glicose que é utilizada pelo organismo no seu metabolismo.

Nesse processo, o subproduto resulta em ureia (substância presente em nosso organismo que age na função do sistema renal), que é eliminada pelo rim. Em paralelo, existe a elaboração da albumina (proteína presente no plasma sanguíneo) e do fibrinogênio (proteína específica do sangue e representa um papel fundamental na coagulação).

E os alimentos gordurosos seriam muito prejudiciais ao fígado?  Para Raymundo Paraná, a gordura faz mal ao organismo como um todo, mas não especificamente ao fígado. Ducatti alerta que esse tipo de alimentação pode gerar uma inflamação, a chamada esteatose hepática.

"Pior ainda é o açúcar. Eu sempre falo para meus pacientes que doce é pior que picanha. A pessoa está triste? Como doce! Brigou com o namorado? Come chocolate. Falam que carne faz mal, mas se comer fraldinha ou filé mignon, sem gordura e com parcimônia, não tem problema", diz Viana.

E não é para pensar que gordura no fígado é privilégio apenas de quem está acima do peso. Magros também podem ter o fígado recheado de gordura. Paraná conta que há pacientes magros com dislipidemia (presença de níveis elevados ou anormais de lipídios e/ou lipoproteínas no sangue) ou resistência à insulina de origem genética e que podem ter gordura no fígado de forma semelhante a dos obesos.

"Sim, pessoas magras podem ter gordura no fígado, especialmente diabéticos que nem sabem que têm a doença", diz Viana. Ela frisa que a pessoa precisa fazer o exame para verificar o colesterol e triglicérides com 12 horas de jejum, mas que muitos laboratórios deixam o paciente esperando e horas a mais causam diagnósticos errados.

Regeneração

O fígado é um órgão realmente especial e entre suas diferenças em relação aos demais está sua capacidade de se regenerar. É o único órgão de mamíferos capaz de se regenerar. No caso de uma cirurgia ou mesmo da doação de parte dele, em um transplante, por exemplo.
O homem já conhece essa fascinante capacidade desde a antiguidade. A mitologia grega, por exemplo, conta que o titã Prometeu, ao criar o homem, lhes deu o fogo, que era algo exclusivo dos deuses, tornando-o superior a todos animais. Como castigo, foi condenado por Zeus, o deus do Olimpo, a passar a eternidade acorrentado a uma rocha, sofrendo o ataque de uma águia que lhe devorava o fígado todos os dias. Um castigo que já trazia a ideia de que o órgão pode se regenerar.

Segundo a cirurgiã Liliana Ducatti, o fígado se regenera e chega ao tamanho habitual, mas cresce em massa, não exatamente como era. Ela exemplifica: se retiramos o lobo direito, extraímos muitas vezes a veia e a artéria direitas. Este fígado que ficou com lobo esquerdo vai crescer até ficar com o tamanho habitual, mas não irá criar um "novo lobo direito". Também não terá mais a veia e a artéria direitas, que foram retiradas; será um fígado de tamanho tradicional, mas somente com os vasos esquerdos. "Porém, se o peso do fígado que permaneceu for adequado à pessoa, o órgão realizará suas funções normalmente".

O coordenador de transplantes do Hospital Israelita Albert Einstein, Marcelo Bruno de Rezende, conta que tudo depende da compatibilidade do peso e do tipo sanguíneo. "Podemos dividir um fígado adulto e fazer dois transplantes. Ou transplantar um fígado infantil num adulto. O órgão tem de pesar 1% do peso da pessoa. Assim, um adulto de 70 quilos precisará de um fígado de no mínimo 700 gramas. Hoje temos 15 doares para cada milhão de habitantes. A meta é chegar a 20, pois muitos ainda morrem na fila".

"Não me canso de falar que o Brasil é o país que faz o melhor transplante de fígado do mundo. O problema é a espera. São dois a três anos na fila. O melhor é que o transplante seja feito de um órgão que venha de um doador cadáver e que não seja um transplante intervivos, pois o doador nunca sabe o que pode ocorrer no futuro. Precisamos aumentar a campanha de doação de órgãos", ensina a hepatologista Monica Viana, dizendo que o ideal é avisar aos familiares que se é um doador.

Deu no Ancelmo

Era de ouro

As radionovelas vão voltar ao ar pela Rádio Nacional AM, em março. O núcleo já foi até reativado.
As gravações começam em janeiro. Uma das diretoras será Daisy Lúcidi, apresentadora mais antiga da rádio que trabalhou em folhetins escritos por Janete Clair e Dias Gomes.
Aliás, os textos serão todos atualizados.

Como se sabe...


As radionovelas saíram do ar nos anos de 1960, com a decadência da Rádio Nacional.
O diretor Chico Teixeira lembra que, nos anos de chumbo, a rádio foi fechada, e alguns artistas acabaram presos. Um deles foi Mário Lago.

Penso eu - Na verdade a última novela da rádio Nacional do Rio, foi uma novela-documento onde foi radiofonizada a vida de Zé Arigó, o sensitivo mineiro com o  nome de O Mundo Fabuloso de Zé Arigó. A novela foi assinada por Macário Batista, Pedro Anisio e Amaral Gurgel em esteve no ar em 1969. Macário Batista vem a ser eu.

Prefeito autoriza reforma e ampliação do Centro Obstétrico do Hospital Regional

O prefeito de Iguatu Aderilo Alcântara assinará, hoje, a ordem de serviço para reforma e ampliação do Centro Obstétrico do Hospital Regional de Iguatu. Com as mudanças, o Hospital deve se tornar referência no atendimento na região Centro-Sul do Estado. Na mesma oportunidade haverá a entrega de equipamentos para a unidade de saúde, além da apresentação dos 21 médicos cubanos que foram contratados pelo Governo Federal, através do Programa Mais Médicos. “Estamos trabalhando para tornar o nosso município uma referência em saúde na região Centro-Sul”, disse Aderilo Alcântara.
A solenidade será realizada às 17 horas, no auditório do Hospital Regional. Serão investidos cerca de R$ 260 mil, recursos provenientes do Ministério da Saúde, em parceria com a Prefeitura de Iguatu, cidade localizada a cerca de 380 quilômetros de Fortaleza. O projeto de reforma para adequação da ambiência do Centro Obstétrico do HRI faz parte do Rede Cegonha, programa do Governo Federal, que aponta um novo modelo de gestão e atenção à saúde da mulher gestante e do recém-nascido até seus dois anos de vida. A implantação visa a diminuir os índices de mortalidade materna e infantil.

Cooperativa de poços

Pimentel é favorável à formação de consórcios para perfuração de poços artesianos O senador apresentará relatório pela aprovação na CDR ...