quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Saudades do Dário


Antropofagia no Itamaraty

Antropofagia no ItamaratyO saudoso ex-embaixador do Brasil em Lisboa Dario Castro Alves era dono de um fino senso de humor. Chefiava a Divisão do Pessoal do Ministério das Relações Exteriores, ainda no Rio de Janeiro, quando dois subordinados, Adolf Westphalen e Dante Coelho de Lima, chegaram de uma reunião relatando as queixas do Serpro contra os muitos erros nas fichas financeiras do Itamaraty.
- O funcionário do Serpro quase nos comeu vivos – contou Westphalen.
Dario Castro Alves reagiu com muita graça:
- Espero que tenha sido no sentido antropofágico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bom dia

Militares aceitam proposta encaminhada por comissão e decidem encerrar paralisação  ...