segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Tá no Claudio Humberto

Correios: festa custou R$ 15,5 mi sem licitação
• Instituição respeitada no passado, os Correios chegam aos 350 anos com corpinho de 350, com direito a “plástica”: a festa comemorada há dias em cinco capitais, custou R$15,5 milhões sem licitação. A “Parada Musical” com Paralamas do Sucesso, Plebe Rude e outras bandas, teve como estrela principal, no Rio, a inevitável Preta Gil, cuja profissão de filha de Gilberto Gil, lhe rende uma alegada “popularidade”.
 

No popular - Com o objetivo de “popularizar a cultura”, a ECT confiou o evento à Trade Network Participação, escolhida por “notória especialização”.

Celebridade - A ECT não divulgou o cachê dos artistas, nas festas do Dia do Carteiro. E o País só tem a celebrar os atrasos na entrega da correspondência.
 

Correio ‘jovem’ - A Trade Network incorporou a Geo Eventos, ligada à Rede Globo. Os Correios patrocinam o festival de rock Lollapalooza, da Geo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gênio!

As andanças e declarações do ministro Salles na Espanha O Acordo de Paris é para o país levar vantagem O ministro Ricardo Salles deu uma ent...