sábado, 29 de setembro de 2012

Roberto Claudio participa da Caminhada de Repúdio à Violência Contra o Idoso


O candidato a prefeito pela coligação “Para Renovar Fortaleza”, Roberto Claudio (PSB), participou neste sábado (29/09), da 2ª Caminhada de Repúdio à Violência Contra o Idoso, no bairro Jacarecanga. O evento é promovido pelo Centro de Treinamento e Desenvolvimento Humano do Corpo de Bombeiros, que tem como coordenador o coronel Sérgio Gomes. O candidato a vice, Gaudêncio Lucena (PMDB), participou da atividade que contou ainda com a presença de candidatos a vereador e do radialista e comunicador Paulo Oliveira.
Pelo menos 4.500 idosos, de acordo com a organização do evento, se concentraram próximo à Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará, na avenida Tenente Lisboa, e caminharam até a Praça do Liceu.
Roberto Claudio foi saudado pelos milhares de pessoas. Em entrevista a uma emissora de TV, Roberto Claudio repudiou qualquer tipo de abuso e agressão contra o idoso. “Vamos incentivar a criação de espaços de convivência para idosos com apoio psicológico”, defendeu. Segundo o candidato do PSB, é preciso também adequar a infraestrutura dos postos de saúde para atender bem as necessidades específicas da terceira idade. Ele também mostrou o compromisso de construir academias esportivas em praças públicas para a realização de atividades físicas.
A aposentada que veio da Barra do Ceará, Maristela Nogueira da Silva, de 74 anos, denunciou que os idosos são discriminados, principalmente no atendimento médicos dos postos de saúde e nas paradas de ônibus, pois segundo ela, os motoristas de transporte coletivo não tèm atenção para transportar os idosos.
“Estou decepcionada com este governo da Capital”, disse a ativista da terceira idade, Maria Elvira de Andrade Sarnento. No entanto, ela reafirmou sua esperança que Roberto Claudio vai melhorar os serviços públicos para os idosos.
O coordenador do Centro de Treinamento e Desenvolvimento Humano do Corpo de Bombeiros, coronel Sérgio Gomes, solicitou melhor infraestrutura e equipamentos para a realização de atividades físicas em áreas públicas com os idosos. Segundo ele, a saúde preventiva nos postos de saúde deveria receber mais investimento, o que poderia evitar problemas futuros na terceira idade.
Participaram da atividade, os candidatos a vereador, Helder Couto (PSB), José Luiz (PRB), José Nival (PSB), e Paulo Sadat Oliveira (PSB).

Comunista tambem compra votos. Em Maranguape deu até cadeia

Prefeito comunista flagrado pela  Justiça Eleitoral de Maranguape comprando votos e tem voz de prisão


                           Uma denúncia de compra de votos em Maranguape pelo candidato a prefeito  do PCdoB à reeleição, George Valetim, levou fiscais da Justiça Eleitoral a apreender roupas e cestas básicas que estavam sendo distribuídas em uma residência na sede do município, na noite desta sexta-feira, 28.
                 George Valentim, atual prefeito e candidato à reeleição junto o seu candidato a vice, Célio Filho (PT), e seu cunhado, Arlindo Mota e ainda  o candidato a vereador Antônio de Castro estavam num galpão de uma residência, da empresa O. CA Fashion,   em reunião com mais de 100 pessoas distribuindo benesses. No entanto, como o cartório eleitoral já estava fechado, os candidatos foram levados ao Fórum Eleitoral, onde assinaram um termo de compromisso para se apresentarem na segunda-feira, 30 e prestar explicações à Justiça Eleitoral.
             . Segundo informações chegadas de Maranguape os dois candidatos na chapa, respectivamente, o comunista George Valetim atual prefeito  e  agora   seu   companheiro  do PT - originalmente havia sido  homologado na chapa em   convenção o atual vice-prefeito da cidade, militar reformado   Afonso Cordeiro Neto (PP) mas sua candidatura foi  barrada pela Justiça Eleitoral,  com base na Lei da  Ficha Lima (Ficha Suja) -  de ultima hora seu nome foi substituído  pelo vereador Celio Cavalcante, o famoso Celinho. Os  dois candidatos  segundo testemunhas relatadas ao repórter,  para não serem presos em flagrante delito saíram correndo pelo matagal e chegaram a pular um muro de dois metro e meio de altura.  Como a autoridade judicial, na hora do flagrante, não estava com escolta Policial Militar,  fato este que revoltou a população local,  não houve tempo de  policiais atrás dos dois "companheiros". Porém , segundo  partidários da candidatura de Átila Câmara (PSB) apoiado pelo governador Cid Gomes e os deputados Raimundo Gomes de Matos (federal) e Lucilvio Girão Sales (estadual) o estrago eleitoral na campanha adversária era a evidente ante a manifestação do povo através das redes sociais.
              Ontem à noite, às 18 horas,  com a chegada, em Maranguape, de equipes de duas emissoras de Tvs de Fortaleza -  as TV Cidade e a TV Diário  - acionadas pela própria população  -  eleitores residentes na sede do município revoltados com o episódio e o fechamento do Cartório Eleitoral  acorreram a sede do Fórum e fizeram uma vigília  cívica até de madrugada - não houve solução de continuidade ao flagrante delito pela ausência da Juíza  na cidade  - os manifestantes   ligaram  também para as redações dos jornais O povo, Diário do Nordeste e O Estado, denunciando o fato. As duas equipes de Tvs  filmaram a revolta do povo mas o material apreendido estava guardado  dentro do Fórum e  não houve filmagem da materialidade do crime porque a Juiza não autorizou filmagem, nem concedeu entrevistas a imprensa. Segundo informações chegadas à reportagem ela estava em Fortaleza em outras atividades   ligadas ao cumprimento da  Justiça  Eleitoral.  
                     A comunidade - segundo informação da própria a Polícia Militar cerca de 500 pessoas - acorreu ao Fórum convocado pelas redes sociais e gritavam em uníssono "Justiça"   "Justiça", enquanto a repórter da TV Diário entrevistava populares e filmava a manifestação espontânea dos eleitores.   O deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB) que  acabara de chegar a cidade, por volta das 20h30 horas de ontem (dia 28),  proveniente da cidade de Gaiúba, onde havia participado de um comício em favor da candidata a prefeita Danielle Machado  Ventura Fradick Acyoli (PSB) foi entrevistado pela TV Diário. Na ocasião disse estranhar a ausência da Juíza de Maranguape, Dra.  Gesilda Pacheco Cavalcante num momento se "suma  importância e gravidade para  a lisura do pleito em minha terra, onde tive a honra de ser  vice-prefeito e Prefeito. Hoje exerço  mandato  de deputado federal e sei que "a população  está consciente do dever cívico de votar,  sem necessidade de receber nada em troca, dentadura, cestas básicas ou  dinheiro". E isso tenho certeza, acrescentou ele "é resultado do julgamento pelo Supremo Tribunal Federal, da Ação Penal 470 - o famoso  mensalão - mas,  infelizmente,   nossos adversários não aprenderam a lição. E  ainda lançam mão desses condenável expediente (compra de votos) que remonta ao Brasil da República Velha. Hoje sob todos os aspectos (distribuição de cestas básicas) configura-se há anos, ato criminoso  passível de cassação de registro das candidaturas pela Justiça Eleitoral. A população não quer  mais ser  iludida e votar em troca de benesses momentâneas, levando a que os futuros governantes esqueçam do povo  pelos próximos quatro anos".

A organização milionária da mulher de Delúbio

Mônica Valente comanda o escritório brasileiro de associação que recebe R$ 7 mi por ano para representar sindicatos

Josie Jeronimo

Chamada.jpg
DONA DO COFRE 
O ex-tesoureiro do PT (á esq.), Delúbio Soares, diz que depende da mulher,... Mônica Valente, 
para honrar sua s despesas. Ela cobra um euro por filiado à associação que dirige
Exonerado do cargo de professor da rede pública de Goiás e vivendo oficialmente da renda de uma imobiliária virtual, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares costuma dizer que depende da mulher para honrar suas despesas. Mas não deve ser com os rendimentos do ofício de psicóloga que Mônica Valente tem conseguido ajudar o marido. Desde a militância à frente da Central Única dos Trabalhadores (CUT) na década de 90, Mônica aprofundou sua atuação profissional no mundo dos sindicatos de servidores. Membro do diretório nacional do PT, a mulher de Delúbio comanda o escritório brasileiro da Internacional do Serviço Público (ISP), entidade que desempenha o papel de intermediário entre os sindicatos de funcionários públicos e organismos globais, como a Organização Internacional do Trabalho (OIT). A adesão das confedera� �ões à ISP custa um euro por filiado. Em conjunto, as 26 confederações filiadas à associação comandada por Mônica Valente repassam para ela R$ 7 milhões por ano das receitas obtidas com o imposto sindical. As informações foram confirmadas à ISTOÉ por dirigentes de entidades ligadas a esse braço brasileiro da organização internacional.

O destino desse dinheiro todo, porém, é um mistério até mesmo para as entidades que pagam pela filiação. A ISP recebe recursos das confederações que representam os servidores públicos e não presta contas. Por isso, a filiação à ISP gera polêmica na base das confederações. Sindicalistas contrários ao repasse de dinheiro à associação alegam não entender para que serve o dinheiro aplicado na entidade para a representação internacional. Argumentam que os resultados da atuação da organização comandada pela mulher de Delúbio deixam a desejar. Em dez anos de existência, por exemplo, apenas uma denúncia contra cerceamento dos direitos trabalhistas teria sido aceita pela OIT. “Ela não tem participação nas principais causas, não tem programa. É mais uma entidade em que os dirigentes se apegam à estrutura para ter benefícios. Recebe arrecadação das entidades e não tem transparência”, critica Sandro Pimentel, um dos coordenadores da Federação de Sindicatos de Trabalhadores das Universidades Brasileiras (Fasubra). Servidores do Judiciário tentaram impedir na Justiça o desconto nos salários para bancar entidades, que segundo Adilson Rodrigues, diretor do Sintrajud, nem deveriam existir. “É um absurdo descontar um dia do salário do trabalhador para sustentar sindicatos de fachada. Os dirigentes se lambuzam no dinheiro suado do servidor. No dia a dia, a ISP é fictícia. A atuação internacional de um sindicato é algo pontual, não de filiaçã o em tempo integral. Gastamos dinheiro para bancar uma entidade fajuta”, acusa Rodrigues.
IEpag46a49_MulherDelúbio-3.jpg
A denominação “internacional” que a associação comandada por Mônica carrega também não combina com a estrutura que o ISP tem no Brasil. Como uma espécie de “franquia” do órgão internacional, a associação registrou CNPJ em São Paulo em 2001, antes da entrada da mulher de Delúbio. Embora tenha mais de dez anos de existência e opere uma verba milionária, a associação que embolsa recursos das confederações sindicais se resume a uma sala no centro da capital paulista e é tocada hoje por apenas duas pessoas. Além de Mônica, a entidade também é representada por Jocélio Drummond. Durante a semana, a reportagem de ISTOÉ procurou a mulher de Delúbio e outros representantes da ISP, mas a secretária da organização insistiu que a entidade não contava com nenhum outro responsável além de Mônica e Jocéli o, ambos fora do País, em viagem à Argentina. No papel de representantes dos servidores públicos brasileiros no plano internacional, os dois se revezam realizando palestras, recrutando integrantes das confederações para formar grupos de trabalhos – com o objetivo de discutir temas do funcionalismo – e participando de congressos dos sindicatos filiados. Em eventos da sede da Internacional, eles se apresentam como representantes do escritório brasileiro. Durante a greve dos servidores federais, este ano, a ISP também prestou consultoria às confederações analisando os pleitos dos servidores que seriam apresentados ao governo. “O principal trabalho na ISP é orientar nas demandas do funcionalismo e discutir o direito de greve”, diz João Domingos, presidente da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB), entidade que reúne 2,5 milhões de funcionários de órgãos municipais, estaduais e federais.

Mônica Valente não é novata no meio sindical. Antes de assumir a defesa de causas do serviço público, ela militou na ONG Instituto Observatório Social (IOS), ligada à CUT. O IOS atua hoje como parceiro da associação da mulher de Delúbio. Em 2011, o instituto recebeu R$ 200 mil da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial e o mesmo valor da Petrobras para ação de comunicação institucional. Agora, no entanto, Mônica manipula um orçamento bem mais polpudo. A maior parte dos recursos milionários que bancam a entidade vem de descontos do contracheque de servidores públicos federais para as confederações.
IEpag46a49_MulherDelúbio-4.jpg
A obri­gação de dar um dia trabalhado por ano aos movimentos sindicais está prevista na Constituição. Mas um processo em tramitação no Tribunal de Contas da União (TCU) questiona a legalidade da transferência de dinheiro para as confederações de representação do serviço público, cujos funcionários não são regidos pela CLT. Servidores também entram na Justiça para questionar o desconto. Mesmo assim, entidades como a administrada por Mônica Valente recebem mais de R$100 milhões todos os anos.

Arranca-toco político não diz quem vai pagar as desapropriações na Via Expressa

Após uma hora de reunião a portas fechadas, no Palácio da Abolição, representantes da Prefeitura de Fortaleza e gestores do Governo do Estado não chegaram a um consenso e vão buscar mediação em Brasília.
O objetivo do encontro entre Luizianne Lins e Cid Gomes era resolver o impasse sobre a responsabilidade das desapropriações na Via Expressa para a construção de túneis que fazem parte do pacote de obras de mobilidade urbana da Copa do Mundo de 2014.
Disse-me-disse
A Prefeitura de Fortaleza diz que a matriz de responsabilidade das obras indica que o Governo do Estado é o responsável pelas desapropriações.
Mas o governador Cid Gomes foi enfático ao afirmar que não tem nenhuma obrigação nesse sentido e que apenas fará um repasse de recursos para a obra.

Penso eu - Acaba logo com isso. Via Expressa é coisa pra gente de educada. Uma via expessa que tem semáforo pra privilegiar conjunto de lojas, não pode ser levada a sério.

Perguntar não deveria ofender, ou ofende?

Quantos votos esse tal de Gilbertinho Carvalho tem em Fortaleza? Quanto custou a viagem dele ao Ceará? De que é que ele foi de Brasilia pra Fortaleza?

Se isso nao for ditadura e falta de consciencia política...

Na cidade de Jardim (Região do Cariri), a candidata Cremilda Bringel, do PSD/PT, conseguiu na Justiça proibir um evento de Louvação a Deus, que era o lançamento do novo CD do cantor Batista Lima. O evento ocorreria logo após missa campal de Ação de Graças pelos 40 anos da Casa de Saúde e Maternidade Santo Antônio.
O motivo alegado:  o hospital, que atende 99,99% de SUS, foi fundado por Napoleão Luz (falecido), tio e pai adotivo de Fernando Luz, também médico e prefeito por 4 vezes, marido da candidata Analeda Luz (PMDB/PSB).

Segunda feira o toco do petróleo volta à discussão

A comissão de especialistas que analisa propostas para um novo pacto Federativo volta a se reunir na segunda-feira (1º) para debater mudanças nas regras para partilha dos recursos do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e dos royalties do petróleo.
Presidida pelo ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF) Nelson Jobim e formada por 14 especialistas, a comissão foi criada pelo presidente do Senado, José Sarney, com a missão de apresentar propostas para reduzir o desequilíbrio federativo no Brasil.
Além de novas regras para o FPE e para a divisão dos royalties do petróleo, a comissão também priorizou a análise de indexadores das dívidas dos estados junto à União e medidas para acabar com a guerra fiscal entre as unidades da federação.

Aqui na ONU, idoso tem até direitos

NY (RUA) 14 graus - “O Conselho de Direitos Humanos (CDH), ligado à Organização das Nações Unidas (ONU), aprovou hoje (28) uma resolução proposta pelo Brasil e pela Argentina para reconhecer os direitos humanos dos idosos.
A resolução, intitulada Direitos Humanos dos Idosos, é o primeiro texto do CDH especificamente para essa parcela da população que, em 2050, representará mais de 20% da população mundial.
O texto, de acordo com o Ministério das Relações Exteriores, reconhece os desafios para garantir os direitos humanos dos idosos, determina a realização de consultas públicas sobre o tema e convoca os países a assegurarem esses direitos, com implementação de políticas antidiscriminação por idade.
A inclusão de uma resolução específica para os idosos no CDH, na avaliação do Itamaraty, deverá fortalecer a proteção internacional dos direitos dos idosos e o compartilhamento de experiências positivas entre países nesse tema.”

PMDB derruba dr. Tavinho no Tapetão

O povo queria eleger o dr. Tavinho prefeito de Lavras da Mangabeira. O PMDB não admitindo a derrota foi pro tapetão e tirou o dr. Tavinho da disputa. O dr. Tavinho agora vai apoiar Carlos de Olavo que poderá acabar com o sonho peemedebista de continuar no poder apesar de...ce sabe.

Motivos quais Luiziane não mudou isso em oito anos?

Elmano de Freitas contou em comício que há 41 mil famílias em situação de miséria em Fortaleza e que o sentimento que o move para ser prefeito da cidade é mudar essa realidade.

BNB cobra 40 milhões de reais de candidato do PT em Limoeiro do Norte

A juíza da 3ª Vara da Comarca de Limoeiro do Norte, Sâmea Freitas da Silveira, confirmou na tarde desta sexta-feira (28) que está aguardando a realização dos expedientes de citação , avaliação e de penhora de bens para enviar mandados judiciais ao empresário José Vanderley Nogueira, candidato a prefeito de Morada Nova pelo Partido dos Trabalhadores. No dia 06 de julho deste ano, a juíza assinou três despachos que citam o empresário José Vanderley Nogueira, e alguns de seus familiares, como devedores de empréstimos contraídos junto ao Banco do Nordeste em agências de Fortaleza e Limoeiro do Norte.
De 2008 a 2011, o empresário conseguiu a liberação de R$ 40 milhões em financiamentos no BNB. Foram sete empréstimos usando três empresas de sua propriedade: Wander Nogueira Serviços de Terraplanagem Ltda; J.V. Nogueira Combustível e Wander Motos Center Peças e Serviços de Motos Ltda. Em 2011, o empresário parou de pagar as parcelas de todos os financiamentos e o BNB acionou a justiça. A partir da citação, o empresário José Vanderley Nogueira terá três dias para efetuar o pagamento de todos os empréstimos, caso isso não aconteça, como prevêm os despachos, o oficial de justiça deverá proceder imediatamente a penhora dos bens e sua avaliação.

Evitando as bactérias

Será realizada em Fortaleza, de 8 a 11 de outubro de 2012, no Ponta Mar Hotel, a 12ª Jornada Norte-Nordeste de Centro Cirúrgico e Central de Esterilização.  O evento será realizado pela Associação Brasileira de Enfermagem– Seção Ceará e quer debater a necessidade de desenvolver dispositivos para a melhoria da assistência à saúde e salvar vidas. Entre os assuntos debatidos estão  estrutura para segurança em procedimentos cirúrgicos, ambiente de centro cirúrgico e central de material e esterilização, legislação, manejo de material contaminado, limpeza de materiais, desafios de gestão e tecnologias em saúde.

Linha Sul: Cid Gomes inaugura primeira estação central


O governador Cid Gomes inaugurou nesta sexta-feira (28) a II Etapa da Linha Sul do Metrô de Fortaleza, que liga Estação Parangaba a Estação Benfica, definida como a primeira parada da área central da Capital. Com a inauguração, o Metrô passa a funcionar em operação assistida da Estação Carlito Benevides, em Pacatuba, até a Estação Benfica, o que totaliza três municípios beneficiados, já que o trajeto compreende ainda Maracanaú. “Fortaleza, Maracanaú e Pacatuba têm juntas uma população de mais de 3 milhões pessoas, que precisam se deslocar diariamente para trabalhar, estudar e se divertir. O que a gente tem visto é um número crescente de carros novos na cidade, o que gera engarrafamentos. Hoje, estamos colocando em prática projetos de mobilidade urbana pensados há mais de 20 anos, e fazendo novos projetos para que os cearenses tenham como se transportar e assim garantir mais tempo com a família e qualidade de vida”, disse Cid Gomes.

        Com a inauguração da II Etapa, a Linha Sul alcança 20 quilômetros, os quais serão percorridos em 33 minutos. Assim como na inauguração da I etapa, no mês de junho passado, a II etapa passará também pela operação assistida. Ela consiste em testes operacionais com passageiros realizados de segunda-feira a sexta-feira, entre as 8 horas e 12 horas. Nesse período, a cada 20 minutos é feita uma viagem de teste, transportando, gratuitamente, até 890 pessoas por vez, dependendo da composição de trens que estiver sendo usada (variando de três a seis carros, respectivamente). Para o presidente do Metrô de Fortaleza, Rômulo Fortes, “a data marca mais uma etapa da transformação da estrutura de mobilidade urbana da Região Metropolitana de Fortaleza”. Neste fim de semana, os trens italianos que fazem o percurso estarão em exposição na Estação Benfica das 10 horas às 22 horas.

        O Governador assegurou que ainda neste ano a III Etapa do Metrô de Fortaleza, que liga a Estação Benfica a Estação Central Chico da Silva, no Centro de Fortaleza, será inaugurada. Em 2013, o Governo do Estado colocará o Metrô de Fortaleza em operação comercial. A expectativa é transportar 350 mil passageiros por dia, com a integração plena entre todos os modais de transporte, que tem via de 24,1 km de extensão em via dupla, sendo 18 km de superfície, 3,9 km subterrâneo e 2,2 km em elevado.  O secretário da Infraestrutura, Adail Fontenele, destacou que a Estação Benfica, inaugurada nesta sexta-feira (28), é a primeira estação subterrânea das regiões Norte, Nordeste e Sul do País. “Ainda mais importante que inaugurar uma obra como essa, é vê-la funcionando em sua totalidade e aliada aos demais meios de transporte público. Isso vai transformar muito a vida das pessoas para melhor”, ressaltou o Secretário.

        Ao todo, a Linha Sul contempla 20 estações: Carlito Benevides (antiga Vila das Flores); Jereissati; Maracanaú; Virgílio Távora (antiga Novo Maracanaú); Rachel de Queiroz (antiga Pajuçara); Alto Alegre; Aracapé; Esperança (antiga Conjunto Esperança); Mondubim; Manoel Sátiro; Vila Pery; Parangaba; Juscelino Kubitschek; Couto Fernandes, Porangabussu; Padre Cícero; Benfica; São Benedito; José de Alencar (antiga Lagoinha); e Central – Chico da Silva. Em sua totalidade, o Governo do Estado, em parceria com o Governo Federal, estão investindo cerca de R$ 1,8 bilhão.

VLT Parangaba-Mucuripe e Linha Leste

        Na ocasião o Governador Cid Gomes se comprometeu em garantir ainda mais investimentos para o setor de mobilidade, através do projeto do Ramal VLT Parangaba-Mucuripe, que atravessa 22 bairros, e deve transportar diariamente cerca de 100 mil fortalezenses. O projeto prevê, dentre outras, a construção de três tipologias de estação, sendo uma elevada (Parangaba), a do Papicu (que fará a integração com a Linha Leste do Metrô e o terminal) e outro tipo de padronização para as outras seis estações: Montese, Vila União, Rodoviária, São João do Tauape, Pontes Vieira e Mucuripe. Os modelos constam do material descritivo. “Não vamos parar só nisso”, destacou Cid Gomes.

        Segundo ele, o Governo do Estado tem o projeto de construir a Linha Leste do Metrô. Orçada em cerca de R$ 3,5 bilhões, sendo R$ 2 bilhões assegurados pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC Mobilidade), a linha terá 12 estações, sendo 11 subterrâneas e uma em superfície, com traçado de 12,4 quilômetros de extensão. A obra deve ser iniciada em junho de 2013, quando os primeiras tuneladoras chegam ao Ceará. Esses equipamentos também chamados de “shield”, trabalham apenas no subterrâneo, causando o menor impacto.  A obra fará a ligação entre o Centro de Fortaleza, partindo da estação Chico da Silva, até o Fórum Clovis Bevilaqua, no bairro Edson Queiroz. Quando pronta, serão cerca de 400 mil pessoas sendo transportadas diariamente. “Fico muito feliz de estar a frente do Governo do Estado quando esses avanços estão sendo entregues a população. É muito gratificante pra mim. Tenham certeza que cada detalhe de uma obra eu cuido pessoalmente”, agradeceu Cid Gomes à população.

       

        Finalizando a solenidade, Cid Gomes agradeceu a presença da população e pediu que eles cuidem  dos equipamentos. “Vamos nos conscientizar para que os equipamentos sejam bem tratados e os espaços sejam cuidados, para que de fato a população sejam os grandes beneficiários desses investimentos”, pediu Cid Gomes.

Dia Internacional do Idoso

No dia 1º de outubro comemora-se o Dia Internacional do Idoso, data criada em 2003 pela ONU (Organização das Nações Unidas), com o objetivo principal de mostrar a situação do idoso na sociedade e desta forma gerar a discussão sobre os direitos garantidos à população da 3ª idade. Uma ótima oportunidade para levantarmos algumas questões para discussão e reflexão, como o envelhecimento da população brasileira, idosos e o mercado de trabalho, qualidade de vida, atenção do governo em relação a saúde, lazer, previdência, etc.
No mesmo ano foi criado o Estatuto do Idoso para garantir que seus direitos sejam respeitados, como por exemplo, adquirir medicamentos gratuitos nos postos de saúde, prioridade nas filas, isenção de transporte público, descontos em atividades culturais, esporte e lazer, entre outros.
"Promover a saúde do idoso é proporcionar seu bem estar físico, mental e social", afirma Regina de Moraes, presidente do Projeto Velho Amigo. Para ela o lema:
"Apoie, respeite e valorize" é o que melhor define os objetivos da data e do projeto. "Todos nós temos a missão de contribuir para a cultura de inclusão do idoso, assegurando seus direitos e valorizando a sua participação na sociedade. É fundamental que o dia 1º de outubro seja conhecido, respeitado e comemorado pela população em geral", completa.
Segundo dados do IBGE nos últimos 50 anos o percentual de idosos no Brasil mais que dobrou. Em 1960 cerca de 3,3 milhões tinham mais de 60 anos o que representava 4,7% da população; em 2010 eram 20,5 milhões ou 8,5% da população.


Sobre o Projeto Velho Amigo
(www.projetovelhoamigo.org.br)
O projeto Velho Amigo criado em 1999 é uma associação sem fins lucrativos que procura estabelecer suas ações sociais de maneira estratégica, na busca de resultados e impactos que melhorem a qualidade de vida da população atendida pelos asilos apoiados, seguindo sempre os valores de uma conduta ética e transparente.
Hoje, assiste diretamente mais de 1.100 idosos carentes de 15 abrigos, promovendo uma nova perspectiva de vida aos idosos em situação de vulnerabilidade social, por meio da assistência, desenvolvimento social, educação, esporte, cultura e lazer, como forma de resgatar sua dignidade e autoestima.

O Projeto Velho Amigo comemora a data com uma festa especial no Moinho Eventos, para cerca de 400 idosos, que vivem em casas, abrigos e asilos assistidos pelo projeto. A atração principal será um show do cantor Jair Rodrigues, às 13h. Haverá oficina de dança de salão, oficina de contação de história, bingo animado, oficina de jardinagem e muito mais.

Eita!!! As Empreguetes voltaram

O último capítulo de “Cheias de Charme”, que foi ao ar nesta sexta (28), alcançou média de 32 pontos no Ibope. Os números são preliminares e cada ponto equivale a 60 mil domicílios na Grande São Paulo. A trama superou a audiência das três novelas anteriores. "Aquele Beijo", Morde & Assopra" e "Ti-Ti-Ti" tiveram, em seus episódios finais, média de 29, 30 e 30 pontos, respectivamente.

Já na média nacional (PNT), a novela teve 34 pontos de audiência entre 16 de abril e 15 de setembro, "Cheias" resgatou a força da trama das sete, que há quatro anos não atingia um Ibope tão expressivo. Sua antecessora “Aquele Beijo” (2011) obteve 25 pontos, seguida por “Morde & Assopra” (2011), com 30, “Ti Ti Ti” (2011), com 30, “Tempos Modernos” (2010), com 24, “Caras e Bocas” (2009), com 31 e “Três Irmãs” (2008), com 24.
O recorde de audiência obtido pela trama foi no dia 23 de julho, quando atingiu 40 pontos no Ibope - o capítulo retratou a falência dos Sarmentos e o sucesso das Empreguetes. A última trama que conseguiu esse efeito foi “Da Cor do pecado” (2004), que teve 43 pontos na média nacional.
Outros sucessos
  • O livro estará à venda na vida real (2012)
Além do sucesso em audiência, a trama contou com um diferencial na teledramaturgia brasileira: o de usar a internet ao seu favor. Destacada também por sua parceria com programas de entretenimento da Rede Globo e com a área de marketing, o folhetim tem 35 produtos, entre objetos de limpeza, calçados, esmaltes, batons e discos à venda, além de um livro que estará disponível nesta segunda (1).
“Liberamos uma cena importante [o vídeo “Vida de Empreguete”] da novela para internet, antes de ir ao ar. Isso nunca tinha sido feito e chamou atenção”, comemoram os autores Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, em entrevista ao UOL.
Com cerca de 20 participações musicais, “Cheias de Charme” deixou também um legado de hits, amadrinhou cantores brasileiros e uniu a realidade do mundo da música à ficção. Gaby Amarantos, Arthur Danni e a dupla João Neto e Frederico são as provas de que músicas chicletes e irreverência artística ditaram “moda” na trama.
“Ex Mai Love”, tema de abertura do folhetim e interpretado por Gaby Amarantos, está em 25ª lugar entre as 100 músicas mais tocadas nas rádios do Brasil, segundo o site Hot100Brasil. O hit figura a lista há mais de quatro meses e já ficou entre os cinco primeiros colocados. A cantora foi vencedora dos prêmios Multishow (na categoria Novo Hit, com “Ex Mai Love”), VMB (Artista do Ano, Melhor Artista Feminino e Melhor Capa) e indicada ao Grammy Latino.

Último capítulo
Depois de Fabian (Ricardo Tozzi) e Inácio resgatar Chayene (Cláudia Abreu) e Rosário (Leandra Leal) do sequestro de Dália, as Empreguetes voltam com força total e se apresentam novamente para o público. As meninas entram em turnê pelo Brasil e os show das cantoras lotam.
Cida (Isabelle Drummond) se reconcilia com Elano (Humberto Carrão) e decidem casar. O advogado vai aos tribunais contra a família Sarmento por ter feito a garota como escrava durante toda a sua adolescência. A empreguete ganha a causa e Sônia (Alexandra Richter) e Ernani (Tato Gaus Mendes) têm que pagar uma boa quantia em dinheiro para ela.
  • Chayene e Fabian assumem novamente o "namoro midiático"
Sônia vira empregada de Brunessa (Chandelly Braz) na "Brutique". Isadora (Giselle Batista) se casa com Niltinho (Sérgio Malheiros) e começa a viver uma vida mais humilde.  Sarmento sai da prisão e fica com Sônia.
Rosário perdoa Inácio e eles também decidem se casar. Já Penha (Taís Araújo) tenta um romance com Gilson, mas não dá certo. A empreguete fica com seu ex-marido Sandro (Marcos Palmeira) e não sai mais do Borralho.
Já a diva Chayene teve que reconstruir sua carreira abalada por escândalos. Fabian se declara para a cantora e eles topam voltar ao "namoro midiático" que tinham durante a época em que estouraram nas paradas de sucesso. Juntos, começam a se apresentar para o público infantil, que em uma só voz pedem para eles cantarem os hits das Empreguetes.

Chay perdoa Socorro e também se declara para Laércio. "Você é o amor da minha vida. Fabian é somente um romance midiático", diz a diva.
No Borralho, Cida e Elano e Rosário e Inácio se casam. Na festa, Rosário declara para o marido que está grávida e fica muito feliz. Uma visita inesperada torna a festa ainda mais alegre. Chayene deixa todas as diferenças com as Empreguetes de lado e chama as garotas para fazerem um show durante o casamento.
Cida, Rosário, Penha, Fabian e Chayene cantam juntos a música "Ex Mai Love", hit de abertura da trama e sucesso da cantora Gaby Amarantos.

Comunicação é...

Senado: integrantes do Conselho de
Comunicação se reúnem na segunda

Integrantes do Conselho de Comunicação Social se reúnem na segunda (1º) para defir a agenda de trabalhos; a apresentação do resultado da triagem das proposições legislativas relativas à área de comunicação social; e a apresentação, pelo conselheiro Miguel Ângelo Cançado, do relatório referente à proposta de alteração do regimento interno do conselho, do conselheiro Alexandre Krüel Jobim (Requerimento 1/2012). Na última reunião, o Conselho decidiu pela realização de um levantamento de todas as proposições relativa à área de comunicação social em andamento no Senado e na Câmara para que os conselheiros possam saber quais as demandas do colegiado e quais as questões prioritárias no setor. A agenda de trabalhos do conselho será definida a partir da identificação dessas demandas.

Reserva moral

Outro dia, o queridíssimo jornalista Silvio Carlos Vieira Lima, um frasista inveterado e cheio debom humor, ouvia numa roda sobre certas reservas morais da política cearense, gente tida e havida como "reserva moral" do grêmio tal e etc. e coisa e loisa.
Não resistiu a tanta lógica do bem e disparou: Ora, se os titulares  não prestam, imagina os reservas.

Sábado de Claudio Humberto

Para entrar no
STF vale tudo,
até a cor da pele

Após insinuar que o currículo do colega Marco Aurélio não influiu na sua indicação para o Supremo Tribunal Federal, o ministro Joaquim Barbosa ficou sujeito a ouvir que critérios de escolha variam em cada presidente e, no caso dele, a cor da pele pesou mais que a marcante trajetória. Lula queria ser o presidente a indicar o primeiro negro para o STF, embora o currículo de Barbosa tenha ajudado definir a escolha.

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

O ‘padrinho’

Lula pediu aos assessores “um negrão” para ser indicado ao STF, e quem localizou Barbosa foi o então assessor palaciano Freito Beto.

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

Currículo

Outros juristas negros foram sugeridos a Lula, quase todos com currículos admiráveis. Um deles se chamava Joaquim Barbosa.

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

Bola no chão

Barbosa ficou irritado porque suas críticas a Marco Aurélio não saíram no site do STF. Foi o presidente Ayres Brito tentando reduzir tensões.

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

No braço?

O primeiro atrito de Joaquim Barbosa foi com Marco Aurélio, que até o desafiou a resolver diferenças nas condições que o colega “quisesse”.

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

Justiça bloqueia
bens do
secretário-geral do PT

A Justiça de São Paulo bloqueou os bens do secretário-geral do PT, Elói Pietá, por irregularidades na construção de uma avenida, quando era prefeito de Guarulhos (PT). O obra, segundo a denúncia, provocou prejuízos de mais de R$ 47 milhões aos cofres públicos. Também foram congelados os bens do prefeito anterior, Jovino Candido (PV), e da construtora baiana OAS. Os acusados poderão recorrer.

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

‘Reserva moral’

Com sua administração bem avaliada pelos munícipes, o ex-prefeito Eloi Pietá é tido como uma espécie de “reserva moral” do PT.

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

Turma do Manifesto

Eloi Pietá, o ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) e o governador gaúcho Tarso Genro lideram a facção petista “Manifesto ao Partido”.

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

Missão impossível

Para o deputado Mendes Thame (PSDB-SP), o tucano José Serra precisa apostar mais no “lado humano”, na reta final em São Paulo.

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

Sem concurso não dá

O Tribunal de Contas da União recebeu denúncia contra o prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, por empregar 2.848 pessoas nas áreas de Saúde e de Administração, sem concurso. Só em agosto foram 1.108. O TCU enviou a denúncia à Secretaria de Controle Externo na Paraíba.

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

Presidenciáveis do PTB

A licença de Roberto Jefferson da presidência do PTB faz o partido cogitar um sucessor. Credenciam-se os senadores Gim Argello (DF) e Armando Monteiro (PE) e o deputado Nelson Marquezelli (SP).

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

Por encomenda

Setores do governo acreditam que o suposto roubo de arquivos de computadores do Comitê Olímpico de Londres foi cumprimento de tarefa de dirigentes do Comitê Olímpico Brasileiro. E busca provas.

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

Mensalão eleitor

Ex-prefeita Luisa Erundina (PSB) acha que o julgamento do mensalão prejudicou a campanha do candidato do PT a Fernando Haddad. Mas acha que ele vai ao segundo turno contra Celso Russomanno (PRB).

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

Roda presa

O Ministério Público Federal em São recomendou ao ministro Aldo Rebelo (Esporte) a anulação do projeto de R$ 1 milhão por incentivo fiscal ao Instituto Emerson Fittipaldi. O dinheiro público, segundo o MP, beneficiaria apenas o neto do campeão, Pietro Fittipaldi.

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

Marcha fúnebre

O advogado Luiz Francisco Barbosa acredita que seu cliente Roberto Jefferson será condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro “com base no equívoco inicial do relator Joaquim Barbosa”. Misterioso, promete que “muitas lágrimas serão derramadas até o Dia de Finados”.

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

Até o fim

Sobre eventual perdão judicial, sugerido pelo ministro Luiz Fux, Luiz Francisco Barbosa afirma, em nome de Roberto Jefferson, que “não estamos pedindo clemência, mas Justiça”.

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

Primeirão

Lula é mais uma vez forte candidato ao Troféu Pinóquio de 2012 por superar-se na última declaração sobre o mensalão: “A população deve ter orgulho do combate à corrupção nos meus dois mandatos”.

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
29/09/2012 | 00:00

Pergunta no comício

Lula é “líder de facção”, como disse Aécio Neves, ou “líder de ficção”?

Enviar por e-mail Imprimir Twitter
Poder sem pudor

Slogan infeliz, derrota certa

Foto
Na eleição de 1994 não era mesmo a vez do candidato do PMDB ao governo paulista, Barros Munhoz. Pudera. O símbolo da campanha era um garfo e um prato com o slogan “Ninguém é feliz de barriga vazia”. E contratou centenas de moças para agitar bandeiras com essas inscrições, nas ruas. Além de errar na logomarca e no slogan, a campanha deixava as moças horas a fio, sob sol e chuva. Um dia, elas foram enfeitar a inauguração de um comitê do PMDB e, quando o candidato chegou, foi recebido com mau humor pelas colaboradoras. Eram 20h e estavam ali desde as 10h, sem comer. Uma delas se aproximou de Munhoz, agitou a bandeira e exclamou:
– Olha, doutor Munhoz, a gente está de barriga vazia!