domingo, 28 de outubro de 2012

Resultado da eleição pra Prefeito de Fortaleza


O senhor Roberto Claudio, do PSB, foi eleito com 53,02% dos votos contra 46,98% dos votos dados ao candidato do PT, Elmano de Freitas.

Roberto Cláudio é eleito em disputa acirrada

Roberto Cláudio, prefeito! O refrão da principal música eleitora do mais novo administrador municipal do PSB se concretizou.
Com 53,02% dos votos, totalizando 650.607 eleitores, o candidato apoiado pelo governador Cid Gomes chegou à Prefeitura de Fortaleza.
Foi uma disputa acirrada. Elmano de Freitas, candidato do PT, ficou com 46,98% e não conseguiu dar continuidade ao mandato petista. Foi uma vitória do povo, comentavam os militantes socialistas que foram ao comitê de Roberto Cláudio comemorar a vitória.
Em seu discurso, em cima de um palanque lotado de simpatizantes e colaboradores da legenda, o prefeito eleito fez questão de agradecer a todos que participaram de sua campanha, inclusive sua esposa, à qual revelou ter se mostrado “uma outra mulher” nos 115 dias de corpo a corpo com os eleitores. Para ele, o apoio das cinco coligações que fizeram parte de sua base eleitoral, na reta final, foi fundamental para a vitória.
“Não fui eu quem ganhou, foi a população de Fortaleza que mostrou o desejo de mudar. Foi a prova do poder da voz do povo. Dei voz às sugestões e críticas, foi por isso que tivemos sucesso nesta eleição. Fortaleza amanheceu amarela. É a união de uma cidade que merece ainda mais”, vibrou o prefeito eleito.
Gás renovado
Roberto Cláudio revelou que vai tirar uma semana de férias e, após isso, voltar “com o gás renovado já pensando em seus compromissos que os aguardam a partir do dia primeiro de janeiro. O socialista disse ainda que sua primeira ação como novo prefeito será fazer uma grande caravana aos postos de saúde da Capital para elencar os principais problemas.

Mesmo tomado pelo entusiasmo da vitória, Roberto Cláudio não esqueceu de salientar a dura competição que travou com Elmano de Freitas. Mesmo sob fortes vaias, ele fez questão de cumprimentar o petista e ressaltou que fará questão de encontrá-lo pessoalmente para parabenizá-lo pela disputa.
Cid Gomes chegou ao comitê pilotando sua famosa motoneta ao lado de sua esposa, Maria Célia. Ovacionado pela multidão, o governador se dirigiu para parte de trás do palanque onde o esperado encontro com Roberto Cláudio aconteceu. Entretanto, Cid não apareceu em cima do palanque e não forneceu qualquer tipo de declaração para a imprensa.
Expectativa positiva
O senador Eunício Oliveira (PMDB) foi um dos apoiadores da campanha socialista. Para ele, a expectativa dos próximos quatro anos é “extremamente positiva” tendo em vista o comprometimento político de Roberto Cláudio e o apoio que o prefeito eleito tem da maioria dos partidos políticos. “Esse projeto trata de renovar a Saúde e a infraestrutura da Cidade”.

O vice-prefeito eleito, Gaudêncio Lucena (PMDB), também estava eufórico na festa da vitória. Ele reforçou que as propostas mostradas durante a campanha foram decisivas no pleito. “As pessoas se convenceram que as nossas propostas eram factíveis e eram as melhores para Fortaleza. Naquilo que o Roberto [Cláudio] falava todos os dias transmitiam seriedade e honestidade”, finalizou.
CIENTISTAS POLÍTICOS REVELAM O QUE ESPERAM DO NOVO GOVERNO
Carla Michelle
Ela crer que a escolha por Roberto Cláudio deu-se por alguns fatores. Um deles, foi a opção por um “discurso de eficiência administrativa”, presente também no governo Cid Gomes, padrinho político de Roberto. O outro foi a rejeição ao candidato apoiado por Luizianne Lins, prefeita de Fortaleza de 2004 a 2012.

Crendo que Elmano de Freitas (PT) representaria a continuidade da atual gestão, eleitores principalmente dos setores médios da sociedade optaram por um candidato contrário a essa perspectiva. Ou seja, na opinião de Carla Michelle, a escolha foi feita por rejeição a Elmano e não por apoio a Roberto Cláudio.   
Francisco Moreira
Para ele, Roberto Cláudio “tem tudo para fazer um bom governo”. Na opinião do especialista, o novo prefeito representa uma “renovação”, mas ainda não se pode prever como ele vai organizar a sua gestão. O professor também ressalta a participação do governo do Estado do Ceará e do próprio governador Cid Gomes nesse processo. “O governo investiu toda a sua força para alcançar esta vitória”, analisa Moreira.

Josênio Parente
“Roberto Cláudio venceu em cima de uma surpresa, que foi a militância”, analisou o cientista político. O especialista explica que admiração pela força dos manifestantes mobilizados está pela falta desta tradição no PSB, diferentemente do PT, seu opositor no segundo turno. Para o também professor, a ocupação dos espaços da Cidade pelos apoiadores foi importante para que se pudesse convencer os indecisos, na véspera da última etapa do pleito.

“Os partidos precisam entender que o eleitor tem que ser emocionado”, afirma Parente. Ele considera que essa súbita mobilização foi uma atitude partidária tomada com sabedoria para o momento final e decisivo das eleições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bom dia

Militares aceitam proposta encaminhada por comissão e decidem encerrar paralisação  ...