domingo, 28 de outubro de 2012

Apesar de rompimento em várias capitais, Cid Gomes diz que PSB apoiará Dilma em 2014

  • Jarbas Oliveira/UOL
    Cid Gomes (segundo da direita para esquerda) diz que partido apoiará a reeleição de Dilma Rousseff Cid Gomes (segundo da direita para esquerda) diz que partido apoiará a reeleição de Dilma Rousseff
Ao contrário do que apontam lideranças socialistas como Luiza Erundina, Ciro Gomes e Romário, o governador do Ceará, Cid Gomes, afirmou neste domingo (28) que o PSB vai apoiar a presidente Dilma Rousseff em 2014, na reeleição à presidência. Assim, Gomes tenta minimizar os efeitos da especulação da possível candidatura do presidente nacional do partido e governador de Pernambuco, Eduardo Campos.
Cid Gomes acompanhou o voto do seu candidato à Prefeitura de Fortaleza, Roberto Claudio (PSB), e fez questão de ressaltar total apoio à presidente Dilma no cenário nacional, apesar do rompimento entre PSB e PT em várias capitais, entre elas Fortaleza (CE).
“Nacionalmente não enxergo nenhum problema [no rompimento]. Tenho declarado, e não diria se não tivesse total certeza sobre essa questão, que se a presidente Dilma, que tem feito um grande governo, for para a reeleição, nós estaremos juntos com ela”, afirmou.
Na quinta-feira (25), porém, o irmão de Cid, o ex-ministro Ciro Gomes, e o deputado federal Romário defenderam uma candidatura própria do PSB.
Cid também comentou o cenário de rompimento entre petistas e socialistas em Fortaleza, onde o clima de campanha foi de ataque intenso entre os dois partidos.
“Ao longo de todo esse período, procurei ajudar a construir uma aliança nesse arco que unisse todos os partidos que administram o Estado e o Governo Federal. Infelizmente, não foi possível. Não por desprendimento meu, porque fiz todo o esforço possível. Sempre disse que estava disposto a apoiar uma candidatura do PT, mas o PT tem várias tendências. E saiu uma candidatura de uma das tendências da gestão atual, e acho que esse modelo tem deixado a desejar, não tem preocupações reais com os anseios da população. Fui ao Lula e mostrei o quadro e tivemos uma candidatura”, afirmou Gomes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bom dia

Militares aceitam proposta encaminhada por comissão e decidem encerrar paralisação  ...