sexta-feira, 29 de junho de 2012

Juro que pensei que era brincadeira


O Tribunal Superior Eleitoral liberou os chamados ‘contas-sujas’ para participar das eleições municipais de 2012. Com essa decisão, tomada na noite desta quinta (28), o TSE mandou ao lixo decisão que havia tomado em março.
Há três meses, o tribunal havia deliberado que só poderiam ser candidatos os políticos que tivessem as contas de campanhas anteriores aprovadas. Agora, deliberou-se que os candidatos precisam apenas demonstrar que entregaram as prestações de contas, independentemente da verificação da regularidade.
O próprio TSE estima que há no país algo como 20 mil políticos com as contas eleitorais micadas. Até ontem, estavam barrados. Súbito, ganharam passe livre para as urnas.
Os ‘contas-sujas’ prevaleceram no plenário do TSE por 4 votos a 3. Votaram pela liberação: Dias Toffoli, Gilson Dipp, Henrique Neves e Arnaldo Versiani. Posicionaram-se ao lado da higienização: Marco Aurélio Mello, Cármen Lucia e Nancy Andrighi.
Deve-se a meia-volta do TSE a um pedido de reconsideração subscrito por treze partidos: PMDB, PSDB, DEM, PTB, PR, PSB, PP, PSD, PRTB, PV, PCdoB, PRP e PPS. Brasillll…

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Capa do jornal OEstadoCe