terça-feira, 29 de novembro de 2011

Matador dos irmãos médicos vai hoje a julgamento


Está marcado para esta terça-feira o julgamento do Policial Militar (PM), Daniel Gomes Bezerra, acusado da morte dos irmãos Marcelo e Leonardo Moreno Teixeira, os estudantes de Medicina, mortos em Iguatu, em março de 2007.
Daniel Gomes será julgado por homicídio qualificado (motivo fútil). A sessão será presidida pela juíza Danielle Pontes de Arruda Pinheiro, titular da 1a Vara do Júri. A defesa será feita pelo advogado Delano Cruz e a acusação fica sob a responsabilidade do promotor de Justiça Francisco Marques Lima e do advogado Paulo Quezado.
O caso ocorreu em uma churrascaria. Segundo testemunhas, Marcelo Moreno havia saído do local à procura de um espaço para urinar e acabou fazendo isso perto do local onde estava o automóvel de Daniel Gomes, onde a enteada do PM estava dormindo. O PM foi tomar satisfações com o estudante. Os dois discutiram e o policial disparou no abdômem. Leonardo Moreno tentou ajudar o irmão e também foi baleado. As vítimas foram socorridas, mas não resistiram.
No mesmo dia, o acusado se apresentou à Delegacia de Jaguaribe e confessou ter atirado nos estudantes. Ele alegou legítima defesa. Disse que a arma utilizada foi tomada de um dos universitários e que havia atirado para se defender das agressões dos dois rapazes.
A prisão preventiva de Daniel Gomes foi solicitada à Justiça no dia 18 de março de 2007. Desde então, ele está recolhido ao xadrez no prédio do Batalhão de Choque da Polícia Militar, em Fortaleza. Em maio do ano passado, foi demitido das funções da PM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Capa do jornal OEstadoCe