quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Regional IV recebe o Câmara nos Bairros amanhã



O projeto Câmara

nos Bairros

chega à sua

quarta edição

amanhã,

sexta-feira,

atendendo

aos moradores

da área da

Secretaria Executiva Regional

(SER) IV.

O evento terá início às 9h, no

Ginásio Poliesportivo da Parangaba,

onde os cidadãos poderão expor

suas demandas e contribuições aos vereadores de Fortaleza.

A sessão especial do projeto é dividida em três momentos.

No primeiro, o espaço é dedicado à população,

que tem liberdade para falar das necessidades da área,

tirar dúvidas e dar sugestões.

Em seguida, representantes do Executivo respondem

às questões levantadas pelos moradores e explicam

os projetos da Prefeitura para a região.

Por fim, os vereadores entram no debate apresentando

iniciativas do Legislativo e buscando mediar soluções para os bairros.

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor),

vereador Acrísio Sena (PT) avalia que, a cada edição,

o projeto tem ganhado maior adesão da socieade.

Ele destaca o caráter participativo da atividade.

"Estamos levando a Casa do Povo ao povo.

Os cidadãos fortalezenses estão conhecendo mais da

Câmara e nós, vereadores, temos a oportunidade de

conhecer de perto as demandas das comunidades", ressalta.

O Câmara nos Bairros ocorre na última sexta-feira

de cada mês e a previsão da Casa Legislativa é de

contemplar todas as Regionais até o fim do ano.

As sessões do projeto são transmitidas ao vivo

pela TV Fortaleza NET Canal 6, pela Fortaleza

FM 93,5MHz e pelo site da Câmara - www.cmfor.ce.gov.br.

Os internautas também podem participar do evento

enviando comentários e perguntas pelos perfis

da CMFor no Twitter (@camaracmf) e no Facebook (facebook.com/cmfor).

:: SERVIÇO
Câmara nos Bairros - Regional IV
Data: Sexta-feira, 29 de setembro de 2011
Horário: a partir das 9h
Local: Ginásio Poliesportivo da Parangaba

(Av. Gen. Osório de Paiva, 410)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Editorial do Estadão

Linha vermelha O ministro da Educação, Abraham Weintraub, tem de ser demitido. Sua errática gestão já seria razão suficiente, ma...