quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Hoje na Camara Municipal

Profissionais da cultura cearense e a Comissão de Educação, Cultura e Lazer da Câmara de Fortaleza reuniram-se nesta quinta-feira, 29, para a escolha dos agraciados com a Medalha Lauro Maia em 2011. Depois de um longo debate sobre os 20 indicados à comenda, entre entidades e personalidades, foram escolhidos o Curso de Música da Universidade Federal do Ceará, e os músicos Fagner e Manassés. A entrega acontecerá no Dia da Música, em 22 de novembro na Câmara.

O vereador Guilherme Sampaio (PT), presidente da Comissão, falou da satisfação em homenagear os três escolhidos com a Medalha. Este reconhecimento da Câmara, como relatou o parlamentar, se mostra como uma forma de valorização da cultura cearense pelo Legislativo de Fortaleza, num processo democrático de indicação e votação.

Ao defender as escolhas da Medalha, o vice-diretor do Instituto de Cultura e Arte da UFC, Elvis Matos, ressaltou que são poucos os momentos como este, proporcionado pela Câmara, no reconhecimento dos artistas e do trabalho dos centros educacionais do Ceará. “Este é um momento de energização para o trabalho realizado pela UFC e do movimento Pessoal do Ceará, representado por Fagner e Manassés. Todos os agraciados fazem parte da história da cultura cearense”, ressaltou.

Participaram da votação dos agracidos o maestro Poti Fontenele, diretor do Curso de Música da Universidade Estadual do Ceará (Uece); o jornalista Chico Alves, do Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce); o presidente do Maracatu Az de Ouro, Marcos Gomes, agraciado com a Medalha em 2010; o presidente da Ordem dos Músicos do Brasil no Ceará, Tony Maranhão; e Eduardo Fidelis, da Secretaria de Cultura do Estado.

Conheça um pouco dos agraciados:

Raimundo Fagner – Cantor e compositor, é natural de Óros, colecionando uma carreira de sucesso no cenário brasileiro e na América-latina, com músicas gravada por Roberto Carlos e Elis Regina. O artista integrou o grupo Pessoal do Ceará, que na década de 70, levou a cultura cearense ao deleite de todo o Brasil.

Manassés – Cantor, compositor, instrumentista, começou a tocar com quatro anos de idade e tem a sua trajetória marcada pela valorização dos instrumentos de cordas, como o violão. Natural de Maranguape, o músico teve forte influência na construção da sonoridade da música cearense, com destaque no universo instrumental.

Curso de Música da UFC – Destaque na introdução ao estudo da música no Ceará, a entidade busca a formação de músicos professores. O Curdo de música desenvolve vários projetos, dentre eles, o Grupo de Flautas e a Orquestra de Sopros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bom dia

Militares aceitam proposta encaminhada por comissão e decidem encerrar paralisação  ...