sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

TRE fará sessão extraordinária para julgar captação ilícita de votos

Além o caso de André Figueiredo outros cinco processos serão julgados
Por: Beth Rebouças do site cearaagora.com

O juiz Cid Marconi ainda não sabe se terá tempo suficiente para dar seu parecer no processo de inelegibilidade do deputado André Figueiredo (PDT), até segunda-feira, 31, quando seria realizada uma sessão extraordinária do TRE. Sem ceder as pressão para correr contra o tempo, o Juiz diz que tem até quarta-feira,2, ou seja oito dias, contando a partir do pedido de vistas para apresentar seu voto.

Cid também protestou a insistência, somente no caso do André, que vem desde 2006 e tem também outros cinco processos tramitando, e ninguém cobra. Por conta desse questionamento de parcialidade, os juízes, ontem à noite, decidiram julgar também os outros processos na segunda-feira.

Ao contrário de Cid Marconi, que não está vendo nenhum prejuízo em respeitar os dias de prazo, o procurador eleitoral Alessander Sales insiste para que o processo seja apreciado, até o dia 31, último dia do exercício do cargo de deputado. Depois disso, está sem diploma.

Na segunda-feira, devem ser julgados os casos de Idemar , por distribuição de pizzas aos populares de Tauá, na véspera da eleição, em troca de votos.

Domingos Neto e Fernanda pessoa teriam promovido a distribuição de utensílios domésticos em Aiuba. Carlomano Marques teria prestado serviços médicos em troca de voto no comitê do candidato e Mirian Sobreira por atendimento de promessa de eleitores de Iguatu em troca de voto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Capa do jornal OEstadoCe