domingo, 30 de janeiro de 2011

É hora de reconstruir o Crato


Por Roberto Bulhões
O prefeito Samuel Araripe recebeu a imprensa do Cariri no último sábado em seu gabinete para falar oficialmente da tragédia que se abateu sobre a cidade do Crato na última sexta-feira. Seguindo o prefeito, o Crato nunca tinha visto tanta chuva em poucas horas, causando um rastro de destruição tão grande. Sem, perder o bom humor, Samuel Araripe falou sobre a corrente de solidariedade que se formou em todo município desde o momento do “dilúvio”. “A recuperação do Crato fala mais alto em todos os momentos”, diz Samuel, rebatendo com classe alguns comentários maldosos dos seus opositores. O prefeito disse ainda que “O problema do canal do rio Granjeiro é antigo e nem por isso estou culpando meus antecessores”.

No canal do Rio Granjeiro, onde a água saiu do seu leito, invadindo residências e casas comerciais, máquinas trabalham dia e noite para retirar a grande quantidade de entulho, pedras e areia que provocaram o assoreamento do seu leito. Estima-se por alto que serão necessários cerca de 50 milhões para recuperar o canal em vários pontos onde a forte correnteza destruiu. Ruas estão interditadas nas proximidades do canal e 30 máquinas e 50 homens trabalham para que o Crato possa voltar a sua normalidade. O rastro de destruição é muito grande diante da chuva torrencial em torno de 200 milímetros ou mais que desabou na chapada do Araripe. No pluviômetro oficial, em Crato foram registrados 162 milímetros.



O prefeito Samuel Araripe que estava em Fortaleza no momento da tragédia, conseguiu sensibilizar o Governador do Estado em exercício, Domingos Filho, que veio ao Crato ao lado do Secretário das Cidades Camilo Santana, do Deputado Federal Arnon Bezerra e do Secretário de Segurança Francisco Bezerra e do Coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Leandro Nogueira para sentirem de perto o que o povo do Crato estava sofrendo. Domingos Filho liberou imediatamente as máquinas disponíveis no Cariri para a limpeza do canal e das ruas. O Secretário Camilo Santana destinou 100 mil reais para as primeiras ações. Por sua vez o deputado Arnon Bezerra que sempre foi bem votado em Crato, disse que vai marcar uma audiência esta semana com o Ministro da Integração Regional, para conseguir verbas urgentes para recuperar o canal do Crato.

Fotos by Bulhoes Junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bom dia

Militares aceitam proposta encaminhada por comissão e decidem encerrar paralisação  ...