sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Coluna do blog



Deep thought
Roberto Cláudio, o ungido, como marinheiro de primeira nau, obrigatoriamente deverá ter a seu lado, no passadiço, um imediato que faça a pior de todas as pontes de uma Assembleia; o entendimento da imprensa sobre o trabalho de 46 deputados, do gabinete da presidência e da periferia das Comissões. Ou é safo em mar revolto e ganha a luta contra as ondas ou morre na ebb tide. Daí que Claudio tem enfrentado algumas barras pra escolher seu pessoal de imprensa. Pela ordem, vem o assédio. Gente que nunca o vira conhece a fundo seus gostos e desgostos. Gente que tem eleito dezenas de nomes da política nacional, oferecem préstimos, serviços e até almoços, fora, claro, os conselhos. Cláudio, se dá ouvidos guarda para si nomes e situações de assédio puro. E vai driblando. Tem quem ache que seu pessoal de imprensa já vem pronto do Palácio da Abolição. Outros se preocupam com a enxurrada. É que no meio das galhadas que descem no veio d’água tem macaco pendurado. Roberto Cláudio quer dividir a comunicação da Assembleia do Estado em dois grupos. Um trabalha fazendo o que um jornalista tem que fazer à frente de um sistema de rádio, jornal, televisão e internet. Um outro ficará com a assessoria de imprensa e propaganda. Perfil pra isso é difícil. Na hora de agradar e ser agradável à imprensa, morrem 80%. Do que restar, se for por competência, morrendo mais 80%. Se tirar da reta os arrogantes, os vaidosos, os gênios, os cerca-lorenço, os faz-tudo-e-não-faz-nada, aí morreu. É missão pra quem não tem medo de dizer não, jamais pra calango. É dor de dente e machuca/ Mas onde dói ninguém vê/ E a gente pega e cutuca/ Pra não deixar de doer.

Bom preparo (Nota da foto)
O advogado Reno Ximenes, com passagem por importantes cargos no Estado, deverá ser o próximo Procurador Geral da Assembleia Legislativa do Estado.

• artistagem -
Aí, se juntaram 10 partidos num grande bloco. Era pra disputar posições na Mesa e nas Comissões da Assembleia Legislativa do Ceará.

• a caminho -
Na beira da estrada o PSDB esturrou: Não fico onde ficam DEM e PR. Pulou fora. Ficaram sete. Com sete daria o que os 10 queriam.

• postos -
Os sete ganharam dois lugares na Mesa mais duas Comissões: a liderança e a vice. O PSDB de butuca, na moita.

• comissões -
Eis que a gente entende agora o que aconteceu, quer dizer, o que vai acontecer: a Assembleia vai criar duas novas comissões para afago da plumagem tucana. Fofo!

• boa companhia -
Cid Gomes passeia no mundo na excelente companhia de Alexandre Grandene e Júlio Ventura. Cid e Júlio saíam de férias no Falcon 7X,o top de linha aeronáutica de Alexandre.

• primeira fala -
De peso mesmo a presidenta Dilma fará seu primeiro pronunciamento em Buenos Aires,ao final da visita a Cristina Kirchner. A próxima fala será em março para Obama ouvir.

Quanto
Você gasta exatos R$ 418,42 em taxas e emolumentos e de cinco dias úteis para fundar uma igreja.

• viva tenorinho! -
A agenda de Dilma em Buenos Aires, dia 31 agora, inclui uma visita ao prédio da antiga Escola Superior de Mecânica da Armada, mais famoso centro de tortura da ditadura argentina.

• o lugar... -
...É hoje, o Centro de Direitos Humanos, onde está a lista dos desaparecidos como o pianista Francisco Tenório Cerqueira Jr., que sumiu após um show na cidade com Vinícius e Toquinho.

• cuidados -
Preocupa, a continuar chovendo assim, o maciço de Baturité e a estrada nova pra Palmácia.

• nordestina -
Slogan: TAP, a companhia aérea europeia com alma nordestina. Nem a TAP é europeia nem tem alma nordestina.

• geografia -
A TAP não fica na Europa, mas na Península Ibérica e de Nordestina nem o nosso humor tem.

• papo de esporte -
Gony Arruda, o nosso Secretário de Esportes, vai estar segunda-feira com Orlando Silva, o Ministro da área.

• muda e amplia -
A Betânia, hoje só laticínios, vai mudar de nome e cair no mercado de aproveitamento de frutas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Editorial do Estadão

Linha vermelha O ministro da Educação, Abraham Weintraub, tem de ser demitido. Sua errática gestão já seria razão suficiente, ma...