sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

A bronca é livre...e se instalou em Juazeiro

Vereadores de Juazeiro do Norte distribuem esta madrugada esta mensagem ao povo. Pelo visto a cobra vai fumar.

NOTA À IMPRENSA
Nós, vereadores Glêdson Bezerra, Tarso Magno e Roberto Sampaio, presidente, relator e secretário, respectivamente, da Comissão Processante oo2/2010 vimos tornar público que não concordamos com o arquivamento da referida comissão, conforme se deu no dia de ontem.

Informamos ainda que o referido arquivamento ocorreu em desrespeito à legislação vigente, pois não encontra amparo legal em nenhum instituto jurídico, nem na Lei Orgânica, nem no Regimento Interno da Câmara de Vereadores, nem na legislação estadual, nem na legislação federal. A vergonhosa decisão trata-se de um ato arbitrário praticado pelo Presidente do Poder Legislativo, José de Amélia Júnior, que há menos de um mês julgou recurso autorizando a continuidade da Comissão, arquivada indevidamente noutro momento.

Lamentavelmente, fatos dessa natureza maculam a imagem do Poder Legislativo, pois diante das várias denúncias de irregularidades envolvendo ambos os poderes, quedamos diante da postura daquele que, pela lei, deveria velar pela ética, moral e respeito à Casa do Povo.

Reafirmamos, por oportuno, que não iremos calar diante das ilegalidades e imoralidades que viermos a tomar conhecimento, sejam elas praticadas por membros do Executivo ou Legislativo. Quanto à Comissão Processante, informamos que, em respeito à população juazeirense, não compactuamos com acordos espúrios realizados na calada da noite e continuaremos lutando para que a sujeira que enlameia a história política de nossa Terra, não seja jogada na vala do esquecimento.

Juazeiro do Norte-Ce, 28 de janeiro de 2011

Gledson Lima Bezerra

Presidente da Comissão Processante 002

José Tarso Magno Teixeira da Silva

Relator

Cícero Roberto Sampaio de Lima

Secretário

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bom dia

Militares aceitam proposta encaminhada por comissão e decidem encerrar paralisação  ...