terça-feira, 30 de novembro de 2010

Setfor inicia programa para captação de eventos

A Secretaria de Turismo de Fortaleza (Setfor), junto com os especialistas em requalificação de destinos turísticos, o consultor Paulo Gaudenzi e o professor Raimundo Peres - responsáveis pelo o Programa de Fortalecimento do Produto Turístico Fortaleza -, dá início, de 02 a 05 de dezembro, ao Programa Fortaleza Capital dos Eventos. O projeto integra o conjunto de ações estratégicas da consultoria.

O objetivo dessa etapa do Programa é atrair empresas que possam trazer eventos e negócios para a cidade, além de disseminar o destino Fortaleza como a capital do nordeste ideal para realizar eventos. Para iniciar o projeto, um grupo de “decision makers”, composto por doze executivos de grandes corporações, irá conhecer e analisar a infraestrutura da capital cearense para sediar grandes eventos.

As empresas selecionadas têm uma carteira de clientes que realizam eventos nas áreas de Convenções, Programas e Via de Incentivos, e Marketing Promocional. Além de serem geradoras de negócios, as corporações servirão como referência conceitual para reforçar a visibilidade de Fortaleza frente ao mercado de eventos.

STDS promove cultura musical nos centros de internação

Data: 1º de dezembro (quarta-feira)
Horário: 8 horas
Local: Centro Educacional Dom Bosco – Rua Eldorado, 800, Passaré

O Centro Educacional Dom Bosco (CEDB) será palco do lançamento do CD O Rap é o Som, do grupo Mente Livre, formado por jovens de centros educacionais e abrigos coordenados pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS). A produção faz parte do Projeto Transformação e Ação, cuja duração foi de cinco meses. O lançamento do CD será nesta quarta-feira, dia 1º, às 8h, no CEDB. O projeto é parte da política de ressocialização educacional e cultural que vem sendo desenvolvida pela STDS, como forma de estimular os jovens a um novo olhar para o mundo, longe das drogas, da violência, com mais dignidade e cidadania.

O álbum do Mente Livre contém 14 faixas de rap, todas compostas pelos adolescentes, durante as oficinas de hip hop. Entre os temas mais tratados nas músicas estão adolescência, sexualidade, DST/Aids, drogas e relações familiares. O projeto envolveu 47 participantes. As 12 melhores composições estão no CD.

Cultura cidadã

Para o instrutor de hip hop do projeto Transformação e Ação, Joel Rodrigues, a oficina foi fundamental para o enriquecimento cultural dos jovens. “O importante é o despertar cultural deles por meio do hip hop, arte da qual gostam muito. Os adolescentes puderam expressar sua realidade social, refletir e compreender o valor que as escolhas têm na vida”, avalia Rodrigues. “Eu também aprendi muito com os meninos. Eles são muito unidos e sinceros”, conclui o orgulhoso instrutor.

Foram observados avanços durante o trabalho como a valorização da auto-estima dos internos, a construção de vínculos entre instrutores e adolescentes, acesso a atividades culturais e mudanças positivas no comportamento dos jovens. Participaram do projeto jovens dos Centros Educacionais Dom Bosco (CEDB), Mártir Francisca (CEMF) e Cardeal Aloísio Lorscheider (Cecal), além dos Abrigos Nossa Casa e Renascer e dos jovens do Projeto “De Volta pra Casa”.

Ações educativas e profissionalizantes

Além das ações de escolaridade, com funcionamento sistemático de oficinas pedagógicas e práticas educativas, a STDS promove, nos centros, educação profissional, que assegura aos jovens o retorno ao contexto sociofamiliar, além de oportunidades de profissionalização. Essas oportunidades são dadas a partir de parcerias com empresas privadas, como as fábricas de confecção Marisol, D'Lady, Pena Surfwear e Hope, a Metal Mecânica Maia.

Nas unidades, todos os adolescentes desenvolvem, ainda, atividades lúdicas, esportivas, culturais e religiosas, além de receberem completa assistência psicológica, orientação e acompanhamento de doenças sexualmente transmissíveis (DST/AIDS), de saúde geral e odontológica.

Antonio Patriota deve substituir Celso Amorim no Ministério das Relações Exteriores

A presidente eleita, Dilma Rousseff, tem sobre a mesa uma equação, apresentada como a mais provável por fontes do governo e da equipe de transição, para o Ministério das Relações Exteriores: substituir Celso Amorim por Antonio Patriota e nomear Vera Machado, atualmente subsecretária para assuntos políticos do Itamaraty, para a Secretaria Geral - posto ocupado por Patriota. Dilma decidirá como ficará a chancelaria brasileira nos próximos dias, assim que confirmar os nomes dos ministros palacianos.

Com essa definição, Dilma poderá anunciar ainda esta semana, ou no início da próxima, os chamados ministros de Estado: Justiça, que deve ser ocupado pelo deputado José Eduardo Cardozo (PT-SP); Defesa, com a manutenção de Nelson Jobim; e Relações Exteriores.

Dilma quer mulheres no comando de embaixadas
A Secretaria Geral do Itamaraty é o posto mais alto na carreira diplomática - o ministro não é, necessariamente, da carreira - e nunca foi ocupado por uma mulher. Dilma também quer aumentar o número de mulheres à frente de embaixadas do Brasil. Dados do Itamaraty mostram que, de 1.584 diplomatas brasileiros, apenas 339, ou 21%, são mulheres.

O atual assessor para assuntos internacionais da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, fecha o grupo que vai cuidar da política externa do futuro governo Dilma. Garcia foi o coordenador da campanha da presidente eleita e tem bom trânsito entre os países vizinhos. Além disso, Garcia possui contatos com a ala esquerda dos principais países de interesse do Brasil, incluindo os Estados Unidos. No campo interno fará a intermediação da presidente com o PT.

A presidente eleita dará prioridade à pauta interna, pelo menos no primeiro ano de governo. Suas grandes preocupações são as obras de infraestrutura que possam preparar o Brasil para a Copa do Mundo de 2014, o último ano de seu mandato.

Seguidor

Othon Pereira de Norões.
O sobrenome é nobre, da realiza de Barbalha.
Othon é da cadeia de hotéis e o Pereira e de cristão novo.
Então, com todo esse curriculo, sente e tome um chazinho
de cidreira que a casa é sua.

Dilma decide que Sérgio Côrtes será o ministro da Saúde


Depois de escolher os principais nomes da equipe econômica , a presidente eleita, Dilma Rousseff , já decidiu quem será o ministro da Saúde. Após uma reunião de mais de três horas na noite de segunda-feira, na Granja do Torto, com o governador Sérgio Cabral, ficou acertado que o ministério será ocupado por Sérgio Côrtes, secretário de Saúde do Rio, conforme adiantaram nesta terça-feira as colunas de Ancelmo Gois e Panorama Político, de Ilimar Franco.


Dilma e Cabral conversaram durante o fim de semana sobre o assunto, mas o martelo só foi batido na reunião de segunda-feira. O cargo de Côrtes no estado deverá ser preenchido por Monique Fazzi, atual subsecretária-geral, mantendo o perfil técnico da secretaria.

Em entrevista à rádio CBN, na manhã desta terça-feira, o governador do Rio preferiu não confirmar a ida de Côrtes para Brasília.

- Depende dela (Dilma), mas a perspectiva é muito grande - disse, acrescentando. - Sérgio Côrtes no ministério da Saúde é uma contribuição do Rio para o Brasil.

Pouco tempo depois, durante a inauguração da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no Morro dos Macacos, Cabral confirmou que liberou o secretário de Saúde do Rio para ser ministro.

Pelo Twitter, o ex-prefeito do Rio, Cesar Maia, comentou na tarde desta terça-feira pelo Twitter a escolha de Côrtes. "Nenhuma chance de dar certo", escreveu.


No Rio de Janeiro, Côrtes foi o responsável pela implantação das Unidades de Pronto-Atendimento 24 Horas, as UPAs, que depois foram replicadas pelo governo federal para outros estados. Mas a ida dele para o Ministério da Saúde não tem relação somente com as UPAs. Segundo uma fonte do setor, Dilma espera que o atual secretário implemente na pasta projetos de prevenção e atenção à saúde básica, além de manter um olhar sobre a atenção à mulher. Na gestão de Côrtes, o Rio criou um Hospital da Mulher em São João de Meriti e um projeto para atender gestantes de baixo risco. Ainda na campanha, uma das promessas de Dilma foi a implantação de uma rede-cegonha para as gestantes.

Sérgio Côrtes tem 45 anos e é ortopedista com especialização em cirurgia de quadril. Antes de assumir a Secretaria de Saúde na gestão de Cabral, foi diretor-geral do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) e também médico da seleção masculina de vôlei.

Quem é Marco, o estagiário demitido pelo presidente do STJ


Alvo de momento de fúria do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Ari Pargendler, o estudante Marco Paulo dos Santos, 24 anos, nasceu na Grécia, filho de mãe brasileira e pai africano (Cabo Verde).

Aos dois anos de idade, após a separação dos pais, Marco veio para o Brasil com a mãe e o irmão mais velho. Antes de começar a estagiar no Tribunal fazia bicos dando aulas de violão.

Segundo ele, a oportunidade de estagiar no Tribunal surgiu no início deste ano. O estágio foi seu primeiro emprego.

“Não sei bem se foi em fevereiro ou março. Mas passei entre os 10 primeiros colocados e fui convocado para a entrevista final. O meu ex-chefe foi quem me entrevistou”, relembra.

Marco passou a receber uma bolsa mensal de R$ 600 e mais auxílio transporte de R$ 8 por dia.

“Trabalhava das 13h às 19h. Tinha função administrativa. Trabalhava com processos, com arquivos, com informações da área de pagamentos”, explica.

No período da manhã, ele freqüenta a Escola de Choro Raphael Rabello, onde aprende violão desde 2008.

À noite, atravessa de ônibus os 32km que separam a cidade de Valparaíso de Goías, onde mora, da faculdade, em Brasília, onde cursa o quinto semestre de Administração.

Sobre sua demissão do STJ, parece atônito: “Ainda estou meio sem saber o que fazer. Tudo aconteceu muito rápido. Mas já tinha planos de montar uma escola de música na minha região onde moro".

Deu no Blog do Noblat.

Leia até o final, depois recolha o queixo do chão e comece a chorar. É nas mãos de pessoas assim que está o tribunal guardião das Leis Federais no país. Se precisar do Poder Judiciário, BOA SORTE.


'Sou Ari Pargendler, presidente do STJ. Você está demitido'


A frase acima revela parte da humilhação vivida por um estagiário do Superior Tribunal de Justiça (STJ) após um momento de fúria do presidente da Corte, Ari Pargendler (na foto).


O episódio foi registrado na 5a delegacia da Polícia Civil do Distrito Federal às 21h05 de ontem, quinta-feira (20). O boletim de ocorrência (BO) que tem como motivo “injúria real”, recebeu o número 5019/10. Ele é assinado pelo delegado Laércio Rossetto.


O blog procurou o presidente do STJ, mas foi informado pela assessoria do Tribunal que ele estava no Rio Grande do Sul e que não seria possível entrevistá-lo por telefone.


O autor do BO e alvo da demissão: Marco Paulo dos Santos, 24 anos, até então estagiário do curso de administração na Coordenadoria de Pagamento do STJ.


O motivo da demissão?


Marco estava imediatamente atrás do presidente do Tribunal no momento em que o ministro usava um caixa rápido, localizado no interior da Corte.


A explosão do presidente do STJ ocorreu na tarde da última terça-feira (19) quando fazia uma transação em uma das máquinas do Banco do Brasil.


No mesmo momento, Marco se encaminhou a outro caixa - próximo de Pargendler - para depositar um cheque de uma colega de trabalho.


Ao ver uma mensagem de erro na tela da máquina, o estagiário foi informado por um funcionário da agência, que o único caixa disponível para depósito era exatamente o que o ministro estava usando.


Segundo Marco, ele deslocou-se até a linha marcada no chão, atrás do ministro, local indicado para o próximo cliente.

Incomodado com a proximidade de Marco, Pargendler teria disparado: “Você quer sair daqui porque estou fazendo uma transação pessoal."


Marco: “Mas estou atrás da linha de espera”.

O ministro: “Sai daqui. Vai fazer o que você tem quer fazer em outro lugar”.


Marco tentou explicar ao ministro que o único caixa para depósito disponível era aquele e que por isso aguardaria no local.


Diante da resposta, Pargendler perdeu a calma e disse: “Sou Ari Pargendler, presidente do STJ, e você está demitido, está fora daqui”.


Até o anúncio do ministro, Marco diz que não sabia quem ele era.


Fabiane Cadete, estudante do nono semestre de Direito do Instituto de Educação Superior de Brasília, uma das testemunhas citadas no boletim de ocorrência, confirmou ao blog o que Marco disse ter ouvido do ministro. “Ele [Ari Pargendler] ficou olhando para o lado e para o outro e começou a gritar com o rapaz.

Avançou sobre ele e puxou várias vezes o crachá que ele carregava no pescoço. E disse: "Você já era! Você já era! Você já era!”, conta Fabiane.


“Fiquei horrorizada. Foi uma violência gratuita”, acrescentou.

Segundo Fabiane, no momento em que o ministro partiu para cima de Marco disposto a arrancar seu crachá, ele não reagiu. “O menino ficou parado, não teve reação nenhuma”.


De acordo com colegas de trabalho de Marco, apenas uma hora depois do episódio, a carta de dispensa estava em cima da mesa do chefe do setor onde ele trabalhava.


Demitido, Marco ainda foi informado por funcionários da Seção de Movimentação de Pessoas do Tribunal, responsável pela contratação de estagiários, para ficar tranqüilo porque “nada constaria a respeito do ocorrido nos registros funcionais”.


O delegado Laercio Rossetto disse ao blog que o caso será encaminhado ao Supremo Tribunal Federal (STF) porque a Polícia Civil não tem “competência legal” para investigar ocorrências que envolvam ministros sujeitos a foro privilegiado."


Pargendler é presidente do STJ desde o último dia três de agosto. Tem 63 anos, é gaúcho de Passo Fundo e integra o tribunal desde 1995. Foi também ministro do Tribunal Superior Eleitoral.

Agora, se você notou a mesma coisa sobre o Marco que eu notei, por favor, me avise (é sério).

Sem comentários.
Paz e bem a todos, tamo merecendo.
Abrá!

PS: OAB! KD A OAB?! KD A OAB? Tá lá no congresso... se imiscuindo com assuntos que não lhe são afetos. E a Justiça no Brasil? Pátria que me pariu!

Governo vai prorrogar redução de IPI para construção civil

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou ontem a prorrogação da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para materiais de construção por mais um ano. A desoneração venceria em 31 de dezembro deste ano, mas será renovada até o fim de 2011.

A desoneração foi uma das medidas tomadas em abril de 2009 para combater a crise financeira internacional. O desconto do imposto abrange 45 itens da chamada cesta básica da construção.

"Vamos prorrogar a desoneração do IPI para produtos da construção civil. Estamos preparando as medidas e isso entra em vigor dia primeiro de janeiro. Os produtos que já estão desonerados continuarão, vamos prorrogar por mais um ano", disse o ministro em discurso para empresários durante o 9º Congresso Brasileiro da Construção – Construbusiness 2010.

A construção foi um dos setores beneficiados pela série de desonerações e outras medidas fiscais que o governo adotou para contornar efeitos internos da crise financeira internacional de 2008.

Mantega disse que o estímulo à construção civil será mantido no governo da presidenta eleita Dilma Rousseff e que o setor continuará tendo papel importante no crescimento da economia. "É um setor que teve um crescimento excepcional, que vem gerando muitos empregos, é um dos polos de crescimento mais ativo da economia brasileira hoje. E contribui para a formação de capital fixo, que é investimento".

O ministro reafirmou a necessidade de cortes de gastos públicos e disse que a equipe econômica já está trabalhando em "um forte programa de redução de gastos" para diminuir a participação do Estado na economia e abrir espaço para a iniciativa privada.

"Quando a economia está bem, o Estado pode diminuir sua presença, gastando menos, porque o setor privado dá conta dos investimentos. Agora é o momento de nos retiramos e darmos espaço ao setor privado".

Fonte: Agência Brasil

Redução de ICMS sobre bebidas quentes é tema de audiência na AL

As Comissões de Indústria, Comércio, Turismo e Serviço; de Orçamento, Finanças e Tributação e de Trabalho, Administração e Serviço Público da Assembleia Legislativa realizam, nesta terça-feira (30/11), audiência pública para discutir a mensagem de Nº. 7.223 do Poder Executivo. O debate acontece, às 14h30, no Complexo de Comissões Técnicas da Casa.

A mensagem altera dispositivos das Leis de Nº 12.670 e 14.237, que tratam da redução da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para bebidas quentes, vinhos e sidras, vendidas para fora do Estado. O evento atende aos requerimentos dos deputados Sérgio Aguiar (PSB), Professor Teodoro (PSDB) e Júlio César (PSDB).

Foram convidados para o evento a secretária de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag), Desirée Custódio Mota; o secretário da Fazenda (Sefaz), João Marcos Maia; entre outros.

COLETIVA

O Presidente da Comissão Apuradora para as Eleições de 2010, desembargador Ademar Mendes Bezerra, concederá entrevista coletiva à imprensa hoje, terça-feira (30/11), às 16 horas, na sala de sessões do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará.
Na ocasião, serão abordadas questões relativas à nova totalização dos votos das eleições deste ano, em que serão computados os votos obtidos por candidatos que conseguiram ter suas candidaturas validadas por decisões judiciais, bem como será feita a divulgação dos resultados. O TRE está localizado na Rua Jaime Benévolo, nº 21, Centro.

STDS promove cultura musical nos centros de internação

Data: 1º de dezembro (quarta-feira)
Horário: 8 horas
Local: Centro Educacional Dom Bosco – Rua Eldorado, 800, Passaré
O Centro Educacional Dom Bosco (CEDB) será palco do lançamento do CD O Rap é o Som, do grupo Mente Livre, formado por jovens de centros educacionais e abrigos coordenados pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS). A produção faz parte do Projeto Transformação e Ação, cuja duração foi de cinco meses. O lançamento do CD será nesta quarta-feira, dia 1º, às 8h, no CEDB. O projeto é parte da política de ressocialização educacional e cultural que vem sendo desenvolvida pela STDS, como forma de estimular os jovens a um novo olhar para o mundo, longe das drogas, da violência, com mais dignidade e cidadania.

O álbum do Mente Livre contém 14 faixas de rap, todas compostas pelos adolescentes, durante as oficinas de hip hop. Entre os temas mais tratados nas músicas estão adolescência, sexualidade, DST/Aids, drogas e relações familiares. O projeto envolveu 47 participantes. As 12 melhores composições estão no CD.

Cultura cidadã

Para o instrutor de hip hop do projeto Transformação e Ação, Joel Rodrigues, a oficina foi fundamental para o enriquecimento cultural dos jovens. “O importante é o despertar cultural deles por meio do hip hop, arte da qual gostam muito. Os adolescentes puderam expressar sua realidade social, refletir e compreender o valor que as escolhas têm na vida”, avalia Rodrigues. “Eu também aprendi muito com os meninos. Eles são muito unidos e sinceros”, conclui o orgulhoso instrutor.

Foram observados avanços durante o trabalho como a valorização da auto-estima dos internos, a construção de vínculos entre instrutores e adolescentes, acesso a atividades culturais e mudanças positivas no comportamento dos jovens. Participaram do projeto jovens dos Centros Educacionais Dom Bosco (CEDB), Mártir Francisca (CEMF) e Cardeal Aloísio Lorscheider (Cecal), além dos Abrigos Nossa Casa e Renascer e dos jovens do Projeto “De Volta pra Casa”.

Ações educativas e profissionalizantes

Além das ações de escolaridade, com funcionamento sistemático de oficinas pedagógicas e práticas educativas, a STDS promove, nos centros, educação profissional, que assegura aos jovens o retorno ao contexto sociofamiliar, além de oportunidades de profissionalização. Essas oportunidades são dadas a partir de parcerias com empresas privadas, como as fábricas de confecção Marisol, D'Lady, Pena Surfwear e Hope, a Metal Mecânica Maia.

Nas unidades, todos os adolescentes desenvolvem, ainda, atividades lúdicas, esportivas, culturais e religiosas, além de receberem completa assistência psicológica, orientação e acompanhamento de doenças sexualmente transmissíveis (DST/AIDS), de saúde geral e odontológica.

Tá no Claudio Humberto

Magistratura
Asfor Rocha nem pensa no STF. Quer revolucionar a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento da Magistratura, como o fez no STJ.

Manchetes desta terça

- Globo: Exército pode ficar 7 meses no Alemão, até a nova UPP

- Folha: Exército vai ficar no Alemão por até sete meses

- Estadão: Exército deve ficar até julho de 2011 em favelas do Rio

- JB: O primeiro dia do resto de nossas vidas

- Correio Braziliense: Coalizão contra o tráfico

- Valor: Aéreas perdem R$ 5 bi com transporte de passageiros

- Estado de Minas: Sinal fechado para o tráfico em Minas

- Jornal do Commercio: Divisas reforçadas para barrar traficantes

- Zero Hora: Fronteira Sul terá base contra o narcotráfico

Políticas públicas de combate às drogas é tema de debate na Assembleia

A Assembleia Legislativa realizou na manhã de ontem, no Complexo das Comissões Técnicas da Casa, audiência pública sobre a questão das drogas no Ceará. O debate integra as ações da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara Federal para a elaboração de um relatório que deve contribuir para as políticas públicas do governo de Dilma Rousseff (PT). A solicitação do debate foi dos deputados federais cearenses Raimundo Gomes de Matos (PSDB) e padre José Linhares (PP). A audiência foi presidida pelo presidente da Comissão de Seguridade Social e Saúde da Casa, deputado Antônio Granja (PSB).

Antônio Granja parabenizou o trabalho da Comissão Seguridade Social e Família da Câmara Federal, que irá percorrer vários estados brasileiros. Segundo o presidente da Comissão, deputado Vieira da Cunha (PDT/RS), o relatório do trabalho da Comissão será apresentado, discutido e votado na Câmara Federal no dia 14 de dezembro. A última visita será ao Rio de Janeiro, no dia 10 de dezembro. De acordo com o parlamentar, a Comissão já realizou um seminário internacional em Brasília, com a presença de vários especialistas e foi conhecer as experiências da Holanda, Itália e Portugal no trabalho de combate às drogas.
Padre José Linhares, membro da Comissão na Câmara Federal, ressaltou que existem pelo menos 200 entidades envolvidas no combate à droga no Estado. O parlamentar ressaltou a importância desse trabalho que, na opinião dele, deve receber maior apoio da administração pública.

Estatísticas inexistentes
Para Raimundo Gomes de Matos, também membro da Comissão, um dos principais problemas na luta contra o uso de drogas é a falta de estatísticas sobre o número de usuários que existem no País, onde eles estão, que drogas utilizam e com que freqüência. Segundo o parlamentar cearense, os poucos dados que existem não são confiáveis.

O relator dos trabalhos da Comissão, deputado federal Germano Bonow (DEM/RS), chamou atenção para a falta de leitos psiquiátricos nos hospitais do País e de Centros de Atenção Psicossocial (Caps). Para o deputado gaúcho, a droga é um problema da área de saúde, por isso, a carência de leitos e de profissionais especializados precisa ser superada. Ele também defendeu a aproximação entre comunidades terapêuticas e Poder Público.

O evento conta também com a participação do secretário Executivo do Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos, Eudoro Santana, que coordena atualmente o Pacto pela Vida, que está discutindo as atuais políticas de prevenção às drogas existentes no Estado com a finalidade de propor políticas públicas para solucionar o problema. Participaram ainda o presidente do Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas do Ceará (Cepod), Herman Normando Almeida e o deputado Fernando Hugo (PSDB) (com informações da AL).

Campos Sales: Prefeitura não paga servidores há três meses

Praça do Ó, em Campos Sales


A Câmara Municipal de Campos Sales promoveu reunião extraordinária na última sexta para tratar do caos instalado naquele município. Além de não pagar os servidores municipais há três meses, a Prefeitura, comandada por Paulo Ney Martins (PSDB), é acusada de emitir cheques sem fundo aos comerciantes da cidade.

“Os servidores da Secretária de Saúde estão com dois meses [de atraso]. Na Secretaria de Obras há servidores que estão com quatro meses. Os comerciantes que vendem ao município estão com contas exorbitantes, sem saber quando vão receber”, denuncia o presidente da Câmara de Campos Sales, vereador César Cals de Andrade.

Ele conta que os cheques sem fundo emitidos pela Prefeitura de Campos Sales foram destinados a proprietários de transportes que prestam serviços ao município, alugando veículos à Secretaria de Educação do município.

“Uma hora o prefeito alega que os cheques não estavam cadastrados junto ao Banco do Brasil, o que é uma inverdade, pois os cheques são cadastrados na hora da emissão. Outra hora ele diz que o Banco do Brasil estava em greve e, por isso, não foi possível transferir o dinheiro de uma conta para a outra. Isso é conversa”.
César Cals afirma ainda que o prefeito não pode alegar falta de recursos para pagar os servidores e fornecedores. “A arrecadação do município aumentou de 2008 para 2009 e vai aumentar em 2010”, informa.

Segundo a presidente do sindicato dos servidores municipais de Campos Sales, Maria do Socorro da Silva, o prefeito afirmou que até esta terça, 30, a situação da categoria seria normalizada.

O jornal O Estado tentou ouvir o prefeito Paulo Ney, mas o telefone celular dele estava dando caixa de mensagem até o fechamento desta edição (informações de Amaury Alencar, especial para O Estado).

Tá acabando


Falam 31 dias pra acabar 2010.

Mobilidade>> Em Fortaleza, apenas 40 táxis são adaptados



Por Souto Filho
soutofilho@oestadoce.com.br

Fortaleza é uma cidade que sofre com os problemas de falta de acessibilidade aos deficientes físicos e idosos. A falta de rampas nas principais vias e a dificuldade de acesso a locais públicos, dificultando ainda mais a vida dos cadeirantes que, em muitos casos, sentem-se abandonados pelo poder público. Entretanto, o serviço de táxi está mudando o cenário de descaso e ampliando o direito de ir e vir daqueles que possuem alguma redução de mobilidade. Contudo, o número de veículos com elevadores ainda é pequeno, perto da quantidade de táxis que rodam na capital cearense.

Ao todo, 4.392 veículos circulam por Fortaleza oferecendo serviços de transporte particular. Destes, apenas 40 são munidos de elevadores para cadeirantes e pessoas com dificuldade de locomoção. As permissões foram oferecidas em 2009, e os motoristas que optaram pelos carros acessíveis tiveram redução de cerca de 30% no Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) e Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

O vice-presidente do Sindicato dos Taxistas e dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários de Passageiros de Fortaleza (Sinditáxi), Pedro Cabral, explicou que o preço dos veículos adaptados ainda assusta alguns taxistas. Segundo ele, o Fiat Doblo, o carro mais utilizado pelos profissionais, fica por volta de R$ 90 mil. Sem a adaptação, os mesmos automóveis poderiam ser adquiridos por cerca de R$ 50 mil.

“Mesmo com os descontos, os preços ainda são um pouco altos. Entretanto, mesmo com apenas 40 carros, a demanda está sendo atendida sem problema. Os veículos estão em pontos espalhados por toda a cidade e as pessoas não têm dificuldade de encontra-los quando necessitam do serviço especial”, salientou Cabral, ressaltando que a tarifa cobrada pelos veículos acessíveis é o mesmo dos táxis normais.

SATISFAÇÃO E APRENDIZADO
Robson Bento, proprietário de um táxi adaptado, disse que a aquisição do veículo foi uma das melhores escolhas que fez profissionalmente. De acordo com ele, após um ano trabalhando com o Doblo, a satisfação de prestar serviço para cadeirantes é “extremamente” satisfatória. Robson informou ainda que realiza cerca de sete corridas para pessoas com dificuldade de locomoção semanalmente.

“Aprendemos muito com os deficientes físicos. É muito importante divulgar que este trabalho é oferecido para que aqueles que possuem dificuldade de locomoção saibam que agora é possível fazer uma viagem de táxi com conforto e segurança. Espero que outros profissionais também tenham essa consciência e optem por escolher carros que possuem os elevadores”, pontuou Robson.

Penso eu - Uma coisa que o Souto não sabe é que, em São Paulo, são apenas cinco os táxis adaptados para o transporte de cadeirantes. Incrivel, né?

Aluno de Graça entre vencedores da Olimpíada de Língua Portuguesa

jfarias


O estudante Cícero Augusto Carvalho Abreu, da Escola Pedro N Brito, no município de Graça (CE), está entre os 20 vencedores da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro, cuja final foi realizada hoje em Brasília, com a presença do presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e do Ministro da Educação, Fernando Haddad.

Cícero, que foi vencedor na categoria Memórias Literárias, concorreu com outros sete milhões de alunos da rede pública participantes desta segunda edição da Olimpíada, que alcançou 99% dos municípios brasileiros. Nas quatro categorias – poema, memórias literárias, crônica e artigo de opinião –, foram recebidas 239.435 inscrições de professores de 60.123 escolas públicas de ensino Fundamental e Médio em todo o país.

A Olimpíada é desenvolvida pelo Ministério da Educação (MEC) e pela Fundação Itaú Social, sob coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec). O programa tem como objetivo formar professores para estimular a leitura e desenvolver competências de escrita nas escolas públicas brasileiras

Participaram alunos de 5º, 6º, 7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e 1º, 2º e 3º anos do Ensino Médio. Os alunos de 5º e 6º anos no gênero Poema, os de 7º e 8º anos desenvolvem textos do gênero Memórias Literárias e os de 2º e 3º anos do Ensino Médio trabalham com o gênero Artigo de Opinião. Além deles, foi incorporado, neste ano, o gênero Crônica, destinado aos alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ano do Ensino Médio. Ao longo do ano, houve cinco etapas de triagem: escolar, municipal, estadual, regional e, finalmente, a nacional.

Durante o ano, os professores das escolas participantes passaram por um processo intenso de formação. Para tanto, as escolas públicas de todo o país receberam a Coleção da Olimpíada, material de apoio no ensino da escrita de diferentes gêneros textuais, utilizado com os alunos no horário regular de aulas. A Olimpíada tem como tema O Lugar Onde Vivo, que proporciona aos estudantes uma reflexão sobre sua própria realidade.

Castelão - Ordem de serviço será assinada dia 13


O governador Cid Gomes (PSB) assinará, no próximo dia 13 de dezembro, a ordem de serviço para as obras de reforma e ampliação do estádio Castelão. O equipamento será palco para a realização da Copa do Brasil FIFA 2014. O consórcio formado pelas empresas Galvão Engenharia S/A, Serveng Civilsan S/A e BWA Tecnologia de Informação LTDA, responsável pelas obras, investirá R$ 518 milhões no estádio. A data foi confirmada durante reunião realizada na última sexta-feira (26), na Residência Oficial, com o governador Cid Gomes, os secretários Ferruccio Feitosa (Esporte), Adahil Fontele (Infraestrutura) e representantes da Sociedade de Propósito Específico (SPE) formada pelos vencedores da licitação para a assinatura do contrato da primeira Parceria Público Privada do Estado.

As obras terão início pela parte externa, possibilitando assim a realização dos clássicos, da final e semifinal do primeiro turno do Campeonato Cearense de 2011. “Sempre tivemos um compromisso forte com o futebol cearense e por isso decidimos fazer um estudo mais detalhado do projeto de reforma, onde identificamos que seria possível realizarmos essas partidas sem prejudicar o andamento das obras”, reforça o secretário Ferruccio Feitosa.

Licitação
O resultado da licitação destinada à reforma, ampliação, adequação, operação e manutenção do estádio Castelão foi divulgado pela Procuradoria do Estado do Ceará em sessão pública realizada no dia 29 de outubro. Nela, o consórcio formado pelas empresas Galvão Engenharia S/A, Serveng Civilsan S/A e BWA Tecnologia de Informação LTDA, foi declarado vencedor. As obras têm recursos totais no valor de R$ 518.606 milhões, que incluem a operação do estádio por oito anos.

Ceará na Copa
Das quatro capitais nordestinas escolhidas como sedes do Mundial, Fortaleza será a única do Nordeste com capacidade para sediar uma semifinal, já que a arena cearense terá capacidade para 66.700 espectadores, quando o exigido pela Fifa é de 60 mil pessoas. Em relatório oficial, a FIFA afirmou que o projeto do Castelão está apto para este fim, tendo em vista o detalhamento dos espaços descritos e a qualificação das áreas, especialmente de atletas, hospitalidade, VIP e imprensa.

Atraso
O ritmo lento das obras de estádios e de infraestrutura urbana nas 12 cidades-sedes da Copa do Mundo acendeu o alerta vermelho. A 33 meses da realização da Copa das Confederações – o “teste” para a Copa do Mundo – segundo análise do Sindicato da Arquitetura e Engenharia (Sinaenco), a edição brasileira do evento de 2013 é a mais atrasada. Para o sindicato, nenhum estádio tem obras em estágio avançado.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) já aprovou cinco projetos de financiamento para construção e remodelação de estádios e os contratos aprovados para Manaus, Fortaleza, Salvador, Rio de Janeiro e Cuiabá somam quase R$ 1,9 bilhão.

Custo
O Brasil gastará R$ 22,46 bilhões para garantir a infraestrutura e a organização da Copa, o que deverá movimentar cerca de R$ 140 bilhões nos próximos quatro anos. Os setores mais beneficiados se enquadram nas áreas da construção civil (R$ 8,14 bilhões), alimentos e bebidas, serviços prestados às empresas, nos ramos de eletricidade, água, esgoto e limpeza urbana, além dos serviços de informações, turismo e hotelaria. Cerca de R$ 15 bilhões serão investidos nas 12 capitais-sedes do evento, representando um impacto de R$ 7,18 bilhões no Produto Interno Bruto (PIB) das capitais que vão sediá-lo.

Penso eu - Dia 13 é dia de Santa Luzia.

Acordando com os pintos


Só o galo lá de baixo deu o ar da graça até agora.

Primeira página do Jornal O Estado


Leia o jornal O Estado em www.oestadoce.com.br

Coluna do blog



Festina lente
Cid Gomes prepara na mais pura surdina os nomes de seu novo secretariado. Os insignes ficantes terão missões diferenciadas, diz ele. Os insignes partintes que procurem outro emprego. Apesar do silêncio do governador os partidos cavucam a terra no sonho de conseguirem postos e cargos e secretarias. O PT, por exemplo, quer continuar com a Cultura, a Cidades, o Desenvolvimento Agrário, Educação e a volta para a Ação Social. Quer quase nada. O PCdoB insiste em continuar com a Saúde. O PMDB aposta que vai ficar com Recursos Hídricos, Controladoria e Ouvidoria Geral.
Os da cota do Governador, como Bismark, que há tempos deixou de ser tucano pra ser cidista nem pisca; acha que continua no Turismo e até ouviu os rasgados elogios do chefe. Pois bem: quem não conhece Cid Gomes acha que ele está demorando demais a acenar com um ou outro nome, pelo menos pros meninos se assanharem em especulações quase sempre cavilosas. É que os meninos não sabem o significado da expressão latina, Festina Lente, que Cid Gomes aprendeu na mercearia do Seu Lau, na vizinhança do sítio do Zé Euclides, pai dele, na Serra da Meruoca.

Nomão(nota da foto)
Edson Silva, eleito deputado federal com mais de 130 mil votos poderá ser candidato a prefeito de Maracanaú. Com as benções do governador Cid Gomes.

• aposta -
Jogo minhas fichas em Duquinha na mesa diretora da Assembleia.

• avisando -
O deputado José Sarto é poule de dez na sucessão da mesa aí acima citada. E fala alemão.

• destino -
Marcos Cals fará mestrado em Sociologia ano que vem. Vai de cabeça nos livros.

• aparecido -
O deputado Domingos Filho volta hoje ao batente. Já descansou o bastante pós-eleição.

• aliás... -
Só no que se fala em Tauá é a volta de Patrícia Aguiar pra Prefeitura. Fez bem ao povo.

• valeu -
Muito boa a audiência pública que tratou das drogas no Ceará, ontem na Assembleia.

• comissão -
Representando a Comissão de Seguridade Social da Câmara, o deputado Padre Zé pegou firme na audiência.

• mais um -
Outro nome importante na Audiência Pública de ontem foi do deputado Raimundo Matos.

• marketing -
Olhando pro cemitério de Messejana tem um boteco de nome sugestivo: De Frente pro Futuro.

Defunto afogado
Esmerino Arruda inaugurou com pompa e circunstância o mausoléu onde gostaria de ser enterrado, construído no meio de um açude em Granja. Outro dia o filho, deputado Gony Arruda, ficou surpreso com um outro mausoléu, este do lado da Casa, na mesma Granja. Por quê, indagou Gony. Esmerino foi direto: - Ninguém pode confiar em filho.Vou morrer, vocês vão me enterrar ali na água, vão acabar me esquecendo, vão deixar o meu túmulo desmoronar e eu vou morrer afogado.


• continuam -
Carlos Cruz continuará no Sebrae, assim como o danadíssimo Jorge Parente.

• cala-boca -
Tia Dilma não disse nada sobre quem vai pro Banco do Brasil, Caixa Econômica e Banco do Nordeste.

• tem gato... -
Apareceu a informação de que o Campo do América é uma praça.

• angu de caroço -
A compra-venda do Campo do América vai dar rolo grande. O INSS diz que é o dono, mas...

• respeitosamente -
Não existe no Brasil qualquer lugar que sirva um pastel com caldo de cana como na Leão do Sul.

macariob@uol.com.br

Bom dia



Lá, bem pra lá daquela serra, num sovaco de mundo, moravam seu Manel Mõco, dona Antonia, mulher dele e o Chico Cão, filho dos dois. Chico Cão morreu primeiro. De faca. Dona Antonia morreu depois, de cachaça. Seu Manel, bem, seu Manel morreu de velho e de medo.
As meruanhas zunindo em casa, o borralho frio, o cobertor ganho do Major, a vida, vivida de favor, levada assim como quem acha que é só hoje o feijão de caldo ralo, a mistura um ovo pra cada um e a esperança de que, madrugadinha, antes de ganhar o bredo, seu Ruberto possa vender uma cachaça pra pagar no sábado e espantar os os isprito mau.
Amanheci com saudade de Seu Manel Môco,Dona Antonia e Chico Cão, persongens da minha infancia, subindo a Meruoca, serra esculpida em forma de mulher cintada,que deixa nos desvãos das curvas desejos e carícias, pras férias que começavam em dezembro e se iam até as primeiras águas de março...
Juro que um dia vou contar a vida deles, se é que aquilo era vida, se é que aquilo eram eles.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Como ficam as cidades mais populosas do Brasil

Veja as listas dos municípios com maior população:


População em 2010 População 2000



1- São Paulo 11.244.369 1- São Paulo 10.434.252
2- Rio de Janeiro 6.323.037 2- Rio de Janeiro 5.857.904
3- Salvador 2.676.606 3- Salvador 2.443.103
4- Brasília 2.562.963 4- Belo Horizonte 2.238.526
5- Fortaleza 2.447.409 5- Fortaleza 2.141.402
6- Belo Horizonte2.375.444 6- Brasília 2.051.146
7- Manaus 1.802.525 7- Curitiba 1.587.315
8- Curitiba 1.746.896 8- Recife 1.422.905
9- Recife 1.536.934 9- Manaus 1.405.835
10- Porto Alegre 1.409.939 10- Porto Alegre 1.360.590

Pimentel, o primeiro da cota pessoal de Dilma

Amigo da presidente eleita, ex-prefeito petista de Belo Horizonte deverá assumir o Ministério do Desenvolvimento

Regina Alvarez e Fábio Fabrini
De O Globo

Depois de ceder às indicações do presidente Lula para a área econômica e para o núcleo central de poder instalado no Palácio do Planalto, a presidente eleita Dilma Rousseff fez sua primeira escolha pessoal para o primeiro escalão do governo: decidiu levar para a Esplanada o amigo Fernando Pimentel, ex-prefeito de Belo Horizonte.

O petista deverá assumir o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Por enquanto, ele é o único integrante do PT mineiro com vaga garantida no Ministério, embora a pressão do diretório seja grande pelo retorno de Patrus Ananias ao comando do Ministério do Desenvolvimento Social, responsável pelo programa Bolsa Família.

Inicialmente, Dilma cogitou escolher um empresário para comandar o MDIC. Alguns foram sondados, mas não manifestaram interesse.

Pimentel, desgastado com o episódio do dossiê contra políticos tucanos, iria para uma estatal, mas, por ser o petista mais próximo da presidente eleita — são amigos desde os tempos de luta contra o regime militar, nos anos 1970 —, ele agora tem lugar assegurado no Ministério.

Economista e com larga experiência no Executivo, Pimentel tem o perfil técnico considerado por Dilma adequado para o MDIC, que pode ganhar projeção atuando junto com o Itamaraty na condução da política externa.

Entretanto, não é um ministério com grande orçamento e, a princípio, não se encaixaria no objetivo de Pimentel de ganhar visibilidade para concorrer ao governo de Minas Gerais, em 2014.

Deu no Ancelmo

Calma, monsieur
O consulado francês enviou a seus patrícios e-mail para evitarem os bairros das zonas Norte e Oeste e os municípios de Caxias e S. J. de Meriti.
Já a coluna sugere evitar o réveillon em Paris, onde 1.137 carros foram incendiados.

Obama congela salários de funcionários públicos nos EUA

O governo dos Estados Unidos anuncia nesta segunda-feira (29/11) um congelamento de salários de funcionários públicos federais do país como medida para segurar o orçamento de 2011, antecipou o jornal norte-americano The Washington Post.

Citando fontes da Casa Branca, o Post publica que a medida se aplica a todos os funcionários federais civis, mas não atinge progressões por tempo no cargo nem abonos salariais. Os militares também não serão afetados. Já de acordo com a agência de notícias norte-americana Associated Press, o congelamento deverá valer por dois anos.

De acordo com o vice-diretor de Orçamento da Casa Branca, Jeffrey Zients, o congelamento pode significar uma economia de 5 bilhões de dólares para o tesouro norte-americano até 2012. Zients, porém, reconhece que a medida terá mais impacto para os trabalhadores do que para de fato resolver o déficit dos cofres públicos nos EUA, que atualmente chega a 1 trilhão de dólares.

"O presidente está claramente pedindo a eles que façam um sacrifício. Acreditamos que este será o primeiro de vários passos difíceis que vêm pela frente", disse Zients, citado pela AP.

A decisão, segundo o jornal, cede à pressão exercida pela bancada republicana no Congresso, que contará com maioria na Câmara de Representantes (deputados) no próximo ano, quando o orçamento estará em vigor.

No mês passado, em entrevista ao próprio Washington Post, Obama já tinha sinalizado a possibilidade de promover congelamentos salariais e interromper novas contratações, para conter gastos do governo federal norte-americano. O presidente também não descartara a concessão de férias não-remuneradas para alguns funcionários públicos.

É grave

Há quem diga que na Zona Norte do Ceará, teria "gente" do Complexo do Alemão por essas bandas.
O temor é que a organização passe um tempo por cá remontando grupos, isso se não fizer daqui um no poleiro.

Boletim da Camara Municipal de Fortaleza

PACTO POR FORTALEZA APRESENTA
AGENDA DE COMPROMISSO


O Pacto por Fortaleza – A Cidade que Queremos até 2020 apresenta na próxima quinta-feira, 2 de dezembro, sua Agenda de Compromisso. A publicação é a união dos trabalhos realizados pelos eixos ao longo dos últimos seis meses.
A solenidade marca a finalização do programa que tem como objetivo pensar a cidade sob diferentes aspectos e propor soluções para os principais desafios de Fortaleza. Segundo Sônia Almeida, coordenadora do Pacto, a Agenda de Compromisso ficará disponível para que qualquer pessoa possa consultá-la.
Após o lançamento, segundo ela, a equipe do Pacto deverá produzir um documento mais sucinto e divulgá-lo junto ao povo. “A ideia é que a população possa cobrar”, estimula. De acordo com a coordenadora, também serão editados relatórios com mapas.
Sônia destaca ainda um dos objetivos mais imediatos da Agenda de Compromisso, que é ser fonte de pesquisa para os parlamentares do Município. “Os vereadores terão um documento atual de pesquisa para auxiliá-los a legislar.”
EN29/11/2010

PORTAL DO EMPREENDEDOR EM MANUTENÇÃO
ATÉ DIA 1º DE DEZEMBRO


O Portal do Empreendedor, site no qual é realizado o cadastro de profissionais no programa Empreendedor Individual (EI), estará em manutenção até o dia 1º de dezembro. Por conta disso, a Sala do Empreendedor e o Câmara Móvel não estarão realizando o serviço de expedição de CNPJ.
A manutenção, segundo Janemary Monteiro, coordenadora da Sala e do Câmara Móvel, deve-se à necessidade de inclusão de novas atividades para o EI e demais ajustes no software que permite o cadastro online.
A Sala do Empreendedor, localizada na Câmara Municipal, vai continuar atendendo à população que precisar de alguma informação ou orientação sobre o programa. A conclusão da manutenção do sistema que permite a expedição do CNPJ está prevista para as 8 horas do dia 1º de dezembro.
NÚMEROS – A Sala do Empreendedor contabiliza 2.191 novos empreendedores individuais. Desses, 1.066 foram atendidas no Câmara Móvel, unidade da Sala que visita vários locais da cidade. Para maiores informações sobre o EI, ligue (85) 3444 8444.
EN29/11/2010

IRMÃO LÉO PROPÕE EXPANDIR ABRIGOS
PARA MULHERES VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA


Com o objetivo de contribuir para a melhoria da qualidade de vida de mulheres que sofrem algum tipo de violência no município de Fortaleza, foi que o vereador Irmão Léo (PRP), propôs o projeto de lei n° 0467/10, que institui o Programa Municipal de Expansão de Abrigos para mulheres vítimas de Violência.
A proposta garante o acolhimento nas Casas Abrigo, de mulheres que sofreram alguma violência, sem a necessidade do registro de queixa oficial, mas sendo obrigatório posteriormente, o imediato encaminhamento dessas mulheres para a Delegacia Especializada.
Irmão Léo ressalta a importância da ampliação de abrigos para essas mulheres, pelo serviço que os equipamentos oferecem, entre eles, a alimentação, assistência social, médica, psicológica e jurídica. Segundo o vereador, as mulheres são as que correm maior risco de sofrer violência em ambientes domésticos e familiares.
“Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma em cada quatro mulheres é vítima de abusos sexuais cometidos por seu parceiro ao logo da vida”, destacou Irmão Léo. O projeto do parlamentar, já foi lido em plenário, e aguarda parecer da relatora, vereadora Eliana Gomes (PCdoB).
SC28.11.2010

VEREADOR SUGERE CRIAR O SERVIÇO DE
TAXI-AMBULÂNCIA EM FORTALEZA


“Não podemos continuar assistindo passivamente a morte de pacientes em virtude da falta de ambulâncias disponíveis para atendimentos de urgência em nossa Capital”, é dessa forma que o vereador Dr. Ciro (PTC), justifica a necessidade de instituir o Serviço de Transporte Individual de Pacientes em Veículos de Aluguel, chamado de Taxi-Ambulância.
Com a proposta, o líder da oposição quer garantir o transporte de pacientes que não possam ser atendidos momentaneamente pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Para o vereador, não se pode depender da precariedade desse serviço em Fortaleza. “O próprio secretário municipal de saúde, Alex Mont'Alverne, admitiu que sempre que é acionada para uma ocorrência, cada ambulância leva mais de uma hora para concluir os trabalhos”, disse.
Dr. Ciro lembra que é dever do poder público assegurar a saúde de todos os munícipes, mediante de políticas sociais e econômicas que visem à eliminação de risco de doenças e outros agravos, como também, ao acesso integral e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.
O parlamentar sugere que para a criação do serviço seja realizada uma licitação pública e que todo “Taxi-Ambulância” seja equipado para socorro de primeira necessidade, com a presença de um motorista e socorrista, devidamente treinados em atendimentos emergenciais. O serviço será remunerado pelo Poder Público Municipal com base na taifa fixada para os taxis convencionais.
SC28.11.2010

ADEMAR GONDIM DEMONSTRA CONFIANÇA
COM TRANSPORTE PARA COPA

O presidente da Empresa de Transportes Urbanos de Fortaleza S/A, Ademar Gondim, ressaltou hoje, 29, em entrevista na Câmara Municipal, que o evento Copa do Mundo de 2014 deve ter um tratamento especial. Segundo ele, não há propriamente uma preocupação porque a cidade já organiza eventos como o réveillon, com um milhâo de pessoas, além de jogos no Castelão com público de mais de 50 mil pessoas.
A Copa do Mundo possui vários públicos. As pessoas que estarão envolvidas diretamente na competição, jogadores, árbitros e comissão técnica. Para essas pessoas, a própria FIFA já coloca para eles veículos caracterizados. “Tem seus patrocinadores. Esses veículos precisam de batedores para circular e uma faixa exclusiva para que eles tenham acesso ao Estádio Castelão”, afirmou.
Quanto aos turistas, Ademar Gondim salientou que o número de visitantes, aqueles que virão assistir aos jogos no Estádio e em telões, há o sistema de táxi da Capital com 4.392 veículos. A Prefeitura de Fortaleza, se necessário, poderia credenciar táxi da Região Metropolitana de Fortaleza, ou até mesmo de outras capitais como Teresina e São Luís, no período da Copa do Mundo.
Para as pessoas de Fortaleza, há o sistema de transporte da capital que funciona normalmente. Até 2014, acrescentou o presidente da Etufor, está prevista a construção de projeto Veículo Leve sobre Trilho, ligando a Parangaba ao Porto do Mucuripe, passando pelo Aeroporto; várias etapas do Transfor já concluídas; e uma ligação, saindo da Parangaba, passando pelo Castelão e indo praticamente até o Beach Parque, já inciada, na avenida Maestro Lisboa.
Os melhoramentos que estiverem feitos em Fortaleza, na época da Copa, chamou a atenção Ademar Gondim, serão utilizados pela estrutura de transportes. Ele observou que transporte significa usuários, veículos e vias. “As vias estando prontas, os veículos chegarão e os usuários terão a oportunidade de usufruir desse espaço”, acrescentou. As ações que estão sendo planejadas e executadas. Até à Copa, deverão ter resultados positivos e o sistema de transporte não enfrentará problemas.

“CARTÃO DE NATAL AO VIVO” SERÁ A GRANDE NOVIDADE DO NATAL DA PAZ

O Natal da Paz, promoção da Prefeitura de Várzea Alegre, uma das programações mais esperadas do ano, terá grandes inovações neste ano.

Atrações artísticas, cidade iluminada e a caravana do Papai Noel, que distribui presentes para as crianças da cidade e da zona rural, reluzem a beleza da festa pelo nascimento de Cristo.

A novidade neste ano é o “Cartão de Natal Ao Vivo”, que será apresentado nas praças da cidade pelo Grupo Arte é Resgate da Secretaria Municipal de Ação Social.

Maria Valdinete, secretária de Ação Social, informou que o grupo, composto por mais de oitenta pessoas, entre crianças e adolescentes, terá adicionados integrantes de outros projetos sociais da secretaria, como por exemplo, o grupo de idosos “Terceira Idade é Cidadania”.

O Cartão de Natal Ao Vivo contará também com o coral “Canto da Terra”, instrumentistas de violão, violino e teclado. O público terá a oportunidade de acompanhar canções, coreografias e encenações com temas natalinos.

Programação das Apresentações:

Dia 15 de Dezembro

Praça Sérgio Ricardo Costa Carvalho

Rua Antonia Gonçalves Cassundé, s/n - Varjota

Dia 16 de Dezembro

Praça Compositor José Clementino do Nascimento (Zé Clementino)

Av. Vicente Alves Costa, s/n - Patos

Dia 17 de Dezembro

Praça São Vicente

Rua São Vicente, s/n - Centro

Dia 18 de Dezembro

Praça Antonio Caldas Sobrinho

Rua Tomaz de Aquino, s/n - Betânia

Deu no Eliomar

Polícia do Ceará aciona serviço de inteligência para coibir entrada de traficantes cariocas

O superintendente da Polícia Civil do Ceará, delegado Luiz Carlos Dantas, disse na manhã desta segunda-feira (29) que o serviço de inteligência da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) está atento à movimentação dos líderes do tráfico carioca nas principais cidades nordestinas.

“Desde que a Polícia carioca passou a ocupar os morros do Rio de Janeiro, que a Polícia dos estados nordestinos começou a trocar informações para coibir a fuga dos líderes do tráfico para as principais cidades da Região. Estou em contato constante com colegas (policiais) de outros estados do Nordeste”, disse ao Blog o superintendente da Polícia Civil.

O delegado acredita que traficantes cariocas já iniciaram uma manobra de fuga para o Ceará. “Acredito nisso, sim. Mas o nosso serviço de inteligência está focado para esse problema”, comentou.

Ficha limpa ainda arrasta eleições nos tribunais

Pelo menos nove candidatos ainda esperam por julgamento no TSE e no STF. Resultados podem gerar um efeito cascata e alterar bastante a atual composição das bancadas estaduais. Enquanto isso, nada de Lula escolher 11º ministro do Supremo
Mário Coelho

Passados quase dois meses das eleições de 3 de outubro, quando os brasileiros escolheram seus representantes no Congresso, permanecem as dúvidas sobre a composição definitiva da Câmara dos Deputados e do Senado. Pelo menos nove candidatos esperam para ter recursos julgados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre os registros de candidatura. Em alguns casos, o deferimento da inscrição pode gerar um efeito cascata nas bancadas estaduais.

Para piorar, recentes declarações do presidente Lula devem jogar a definição sobre esses processos para 2011. Na última terça-feira (23), em entrevista dada a blogueiros, ele afirmou que pode deixar a escolha do 11º ministro do STF para a presidente eleita Dilma Rousseff. Se isso ocorrer, os casos só serão analisados em fevereiro, já que a tendência entre os ministros é de não analisar outros recursos enquanto o quorum não estiver completo. Ou seja: o Congresso que vai tomar posse poderá não ser o Congresso definitivo.

Ainda restam dúvidas nas composições de Amapá, Mato Grosso, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rondônia, Santa Catarina e São Paulo. No Pará, apesar do caso envolvendo o candidato a senador Paulo Rocha (PT) não ter sido julgado pelo STF, o Tribunal Regional Eleitoral local (TRE-PA) já confirmou os dois eleitos para o Senado. A situação do petista é similar à de Jader Barbalho (PMDB), o único recurso contra a Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/10) julgado até o momento pelos ministros do Supremo.

Os casos nesses estados, com exceção do Rio de Janeiro, tratam de recursos contra decisões baseadas nas novas regras de inelegibilidade. Alguns concorreram com o registro indeferido e, depois, conseguiram reverter a decisão no TSE. Outros, tiveram a aprovação da corte local e acabaram sendo barrados na análise do tribunal superior. Ainda há aqueles que depositam suas esperanças na nomeação do 11º ministro do STF para serem liberados e tomarem posse em 1º de fevereiro do próximo ano.

Uma das pendências da Justiça que mais chama a atenção é de Paulo Maluf (PP-SP). Candidato à reeleição à Câmara dos Deputados, Maluf teve 497.203 votos, número suficiente para obter a terceira maior votação em São Paulo. Além disso, por ter superado com folga o quociente eleitoral, ele seria responsável por eleger outros dois candidatos de sua coligação. No entanto, como concorreu com o registro indeferido, seu desempenho não contou para o cálculo.

Barrado pelo TRE de São Paulo por conta da recente condenação por superfaturamento na compra de frangos quando era prefeito de São Paulo, Maluf teve o recurso negado pelo ministro Marco Aurélio Mello, do TSE, por um motivo peculiar: perdeu o prazo para apresentar a contestação. Seu caso ainda tramita na corte eleitoral, podendo ir a plenário a qualquer momento para deliberação dos ministros.

Outro recurso que ainda precisa de julgamento é o do deputado Pedro Henry (PP-MT). Ele foi barrado pelo TRE do Mato Grosso por conta de uma condenação à perda do mandato na Câmara, por compra de votos, em 2007. Ele recorreu da decisão e conseguiu uma liminar, no TSE, suspendendo a cassação. Se ele conseguir reverter a decisão, podem deixar a Câmara os deputados federais eleitos Nilson Leitão (PSDB) ou Ságuas Moraes (PT). Isso depende de recontagem de votos por parte do TRE-MT.

Já Augusto Maia (PTB) teve outra sorte. Ele teve as contas da prefeitura de Santa Cruz do Capiberibe (PE) de 2002, 2006 e 2007 rejeitadas pelo Tribunal de Contas de Pernambuco. Mais tarde, a rejeição foi confirmada pela Câmara de Vereadores do município. No entanto, Maia conseguiu uma liminar na Justiça suspendendo os efeitos da decisão dos vereadores. Por conta disso, ele, que recebeu 46.267 votos, deve tomar posse em 1º de fevereiro no lugar do deputado Paulo Rubem Santiago (PDT-PE), que ficou como primeiro suplente.

Situação semelhante viveu o deputado Beto Mansur (PP-SP). Candidato à reeleição, teve o registro barrado pelo TRE-SP por ter sido condenado por abuso de poder político nas eleições de 2000. Depois, o TSE, em decisão monocrática do ministro Arnaldo Versiani, reverteu a decisão. Por conta do quociente partidário, Mansur deve conseguir a reeleição. A corte regional local já anunciou que vai fazer uma recontagem dos votos e dos índices para definir se o pepista realmente entra na bancada, e quem deve sair.

Supremo

Dos 16 casos que chegaram ao STF, somente dois foram julgados até agora. Os outros 14 estão na fila, esperando julgamento. Um deles é o de Janete Capiberipe (PSB-AP). A deputada concorreu com o registro indeferido por decisão monocrática do TSE. Mesmo assim, teve 28.147 votos e seria a eleita com maior votação no estado. Até agora, não existe previsão de o processo dela entrar na pauta do Supremo.

Está no mesmo barco que Janete o deputado João Pizzolatti (PP-SC). Se ele conseguir sucesso no STF, entra no lugar do colega de partido Odacir Zonta (PP-SC), que conseguiu a reeleição com Pizzolatti fora do páreo. Já Paulo Rocha (PT-PA), que obteve a terceira maior votação para o Senado no Pará, não deve ter sorte. O único caso julgado pelo Supremo, o de Jader Barbalho, é similar ao seu. Por isso, o resultado deve ser o mesmo.

Outros dois aguardam os processos terminarem de transitar no TSE para apresentar os recursos extraordinários e serem julgados pelo STF. Natan Donadon (PMDB) teve votos suficientes para obter a segunda maior votação dentro de sua coligação para deputado federal em Rondônia. O mesmo acontece com Cássio Cunha Lima (PSDB), dono do melhor desempenho entre os candidatos ao Senado na Paraíba.

Condenação

Antonhy Garotinho (PR-RJ) conseguiu a maior votação para deputado federal no Rio de Janeiro. O desempenho dele foi suficiente para eleger outros três candidatos. No entanto, tudo pode mudar a partir da análise do mérito de uma liminar concedida pelo TSE. Em maio, ele foi condenado pelo TRE-RJ por abuso de poder econômico nas eleições de 2008. Como pena, a inelegibilidade de três anos. Por isso, ele estaria inelegível até 2011. Garotinho, porém, conseguiu suspender a sanção antes de se inscrever como candidato.

Por isso, Garotinho pode concorrer tranquilamente a uma vaga na Câmara dos Deputados. No entanto, se a liminar for derrubada, ele pode perder a eleição já que teve o registro concedido de maneira precária pelo TRE.

Composição

“Conversei com o Sarney [José Sarney, presidente do Senado] e, se não for possível votar [realizar a sabatina do indicado no Congresso] até o dia 17 de dezembro, vou deixar pra Dilma indicar. Não vou indicar um cara que seja da minha vontade, vamos construir juntos uma alternativa, com 50% de responsabilidade de cada um”, disse Lula em entrevista coletiva a blogueiros, no Palácio do Planalto, na última terça-feira.

Segundo a Agência Brasil, Lula disse que não há pressa para a indicação do ministro do Supremo, pois não há nada de “gravíssimo” para ser votado, embora destaque que o novo integrante do STF terá a importante tarefa de ajudar no julgamento de recursos sobre a Lei da Ficha Limpa. O presidente afirmou que a pressão para escolher um ministro para a Corte é maior do que a enfrentada para indicar um ministro de Estado.

Até o momento, são considerados favoritos para a escolha o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, e o ex-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) César Asfor Rocha.

Após atrasos e cancelamentos, Anac suspende venda de bilhetes da TAM até 3 de dezembro

Publicidade
FLÁVIA FOREQUE
DO UOL DE BRASÍLIA
Após atraso de quase 30% dos voos operados pela TAM no domingo (28), a Anac (Agência Nacinal de Aviação Civil) suspendeu nesta segunda-feira a venda de bilhetes da companhia para voos domésticos com decolagem prevista até a próxima sexta-feira (3). O órgão também suspendeu, por uma semana, pedidos de acréscimos de voos na malha aérea da companhia.

Somente nesta segunda, até as 12h, 46 voos da TAM já tinham sido cancelados (12,6% do total). "A Anac identificou que a TAM está apresentando atrasos e cancelamentos acima da média do setor. A expectativa é que a situação esteja normalizada até quarta-feira, do contrário, novas medidas serão adotadas", afirma nota divulgada pela imprensa do órgão.

A Anac informou ainda que está fazendo uma auditoria na TAM para analisar supostos problemas na carga horária de tripulantes da companhia. Ontem, a empresa alegou que a falta de funcionários, motivada pelas chuvas na quinta e sexta-feira passadas, provocou a alteração em voos e escalas em Congonhas, Guarulhos, Viracopos, Santos Dumont e Galeão.

"A auditoria na TAM visa verificar se os números encaminhados pela empresa condizem com a situação atual, uma vez que não eram previstos problemas com a carga horária dos tripulantes informada pela companhia", afirma a nota da Anac. A inspeção será concluída em uma semana.

Em nota, a TAM afirma que os atrasos e cancelamentos aconteceram por causa das chuvas que atingiram a região Sudeste entre a noite de quinta-feira (25) e a madrugada de sexta-feira (26), interrompendo as operações nos aeroportos de Congonhas, Guarulhos e Viracopos (Campinas), Santos Dumont e Galeão (Rio de Janeiro). As chuvas geraram problemas na escala da tripulação e na malha aérea, de acordo com a empresa.

Segundo a TAM, os passageiros estão sendo acomodados nos voos mais próximos operados pela própria companhia e também por outras empresas, de acordo com a disponibilidade de assentos. Aos passageiros em trânsito, a companhia oferece alimentação e, se necessário, hospedagem, diz a empresa.

FIM DE ANO

Na semana passada, a Anac anunciou uma série de medidas para evitar um caos aéreo nos feriados de fim de ano. Entre outras medidas, estão a proibição de overbooking (quando a companhia vende mais assentos do que o número de lugares disponíveis no avião), a manutenção de aeronaves reservas e o reforço no atendimento para check-in de passageiros.

Além disso, elas deverão ocupar todas as posições de atendimento para check-in nos aeroportos nos horários de pico e ainda reforçar o efetivo de pessoal que presta serviço de atendimento ao passageiro.

Após o anúncio, as empresas garantiram que não vai faltar passagens e anunciaram que reforçaram o número de funcionários para o fim de ano. A Gol contratou 150 tripulantes e técnicos nos últimos dois meses. A TAM, mais 350 tripulantes desde setembro e mais 700 aeroviários ao longo do ano.

STDS promove seminário em alusão ao dia da Consciência Negra

Hora: abertura às 9 horas
Data: amanhã, dia 30 de novembro
Local: auditório da STDS - Rua Soriano Albuquerque, nº. 230 - Bairro Joaquim Távora

Debater a questão da igualdade racial é o objetivo do seminário “Dialogado sobre a Política de Promoção da Igualdade Racial” promovido nesta terça-feira, dia 30, pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social – STDS, através da Coordenadoria da Proteção Social Básica e Segurança Alimentar e Nutricional/Célula de Diversidade e Acessibilidade, em alusão às comemorações do dia da Consciência Negra.


A iniciativa reforça o trabalho do Governo do Estado de promover espaços de debate sobre as questões raciais, buscando a construção de uma sociedade justa e equitativa, preocupada em reafirmar a cada dia o compromisso com as culturas e diversidades do país. Dentre os palestrantes, destaca-se o Professor da Universidade Federal da Paraíba, Dr. Luis Tomás Domingos, que abre o evento, às 9 horas, com a palestra sobre a Subjetividade da Cultura Africana.


O evento contará ainda com a participação de servidores públicos e colaboradores das setoriais do Governo, gestores municipais, universidades e representantes do movimento negro e sociedade em geral. As palestras irão debater também o Estatuto da Igualdade Racial; a Saúde da População Negra; a Ancestralidade, Filosofia e Religiosidade no Contexto Religioso; a influência Africana na Musicalidade Brasileira e o Negro no Mercado de Trabalho.

Audiencia Pública tem grande participação





Está lotado o auditório 6 das Comissões da Assembléia do Estado onde deputados estaduais e federais, estes da Comissão de Seguridade Social da Camara Federal, discutem o problema das drogas no Estado do Ceará e o tratamento dos drogaditos.
Até agora falaram o membro da Comissão Federal, médico Germano Bonovv, do Rio Grande do Sul, o presidente da Comissão Deputado Vieira da Cunha, os deputados federais Padre José Linhares Ponte e Raimundo Gomes de Matos, membros da Comissão, o deputado estadual Fernando Hugo, com um depoimento pungente sobre o assunto e o deputado federal Eleito Edison Silva. Serão ouvidos ainda membros de ONGs que tratam do tema e instituições que recebem pessoas que buscam tratamento contra as drogas.

Discutindo a droga no Ceará


A Comissão de Seguridade Social da Camara Federal deu início agora, a reunião que junta quatro deputados federais.Bonovv Germano e Vieira da Cunha, ambos do Rio Grande do SUl e os cearenses Padre José Linhares e Raimundo Gomes de Matos. No auditório 6 das Comissões da Assembléia do Estado. Eles terão o dia inteiro de discussões sobre o tema e à tarde farão reunião à Clínica do Silas Munguba, Desafio Jovem.

Arrumando os teréns


O deputado federal eleito, Edison Silva, prepara sua volta a Brasília em grande estilo. Vai com as bênçãos do PSB e, nã duvide, fica numa comissão importante. Tem a vivencia anterior da Camara Federal e apoio da base do partido.

Operação policial 'cativou' público brasileiro como na Copa, diz 'NYT'

A ocupação do Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, "cativou" os brasileiros como nenhum outro evento desde a Copa do Mundo da África do Sul, segundo o jornal The New York Times.

Os repórteres do diário descreveram a operação como "uma varredura militar rápida e definitiva" e disseram que "um ar de calma e alívio" se espalhou pelo conjunto de favelas, com moradores abrindo as janelas e voltando às ruas após a ocupação.
"Moradores se reuniram ao redor de aparelhos de televisão em bares e restaurantes, torcendo pela polícia como eles fariam por seus times de futebol favoritos, mesmo quando tiros ocasionais cobriam os céus ensolarados." Um artigo publicado pelo diário espanhol El País disse que políticos brasileiros estão vendendo a "liberação" do conjunto de favelas como o regresso ao estado democrático no Brasil.
"O Rio, e em parte o Brasil, estava tristemente acostumado com que os grandes centros urbanos estivessem sob o controle dos traficantes de drogas, que impunham suas leis com a conivência de policiais corruptos, advogados de presos perigosos, juízes e políticos que usam os traficantes para manter seu poder local e enriquecer." Segundo o artigo do correspondente Juan Arias, "a operação de reconquista do território do Rio com a maior concentração de traficantes começa a mostrar aos cidadãos quem tem o poder nas cidades: o tráfico ou o Estado".
O jornal britânico The Guardian descreveu a operação como "sem precedentes" na história da cidade, enquanto outro jornal espanhol, o El Mundo, destacou "a opulência dos palácios" dos traficantes descobertos pela polícia durante a operação.
"Os chefes da droga viviam como reis nas favelas cariocas do Complexo do Alemão", diz a reportagem, que descreve em detalhes a mansão de quatro andares do traficante conhecido como "Pezão", com jacuzzi, piscina e ar condicionado.

Dia 29 é dia do Nhoque da Sorte


O nhoque, ou gnocchi, é o prato típico da culinária italiana, a receita tradicional é preparada à base de batatas cozidas e amassadas com um pouco de farinha de trigo, manteiga e ovos. Hoje, já contamos uma enorme variedade de tipos, de molhos e de recheios..isso mesmo, recheios! Inicialmente, feita com semolina de trigo, à partir do século XVII na Itália, passou a ser preparada com batata, que associada à farinha de trigo, torna-se a base da fórmula utilizada hoje.


Para a preparação desse delicioso e muito apreciado prato, o ideal é o uso de uma variedade de batata farinhenta, ou seja, de polpa mais absorvente e que desmancha facilmente, e que, diga-se de passagem, é a melhor também para o preparo do purê.


Como absorve mais facilmente os líquidos, é melhor cozinhar as batatas com casca e, para evitar que estoure, deve ser colocada em água salgada e fria, e levada ao fogo baixo, tampada, onde cozinhará por mais ou menos 1 hora, dependendo do tamanho.


Nhoque da Sorte

Tradicionalmente, usa-se comer nhoque no dia 29 de cada mês, com uma nota de dinheiro debaixo do prato.


Segundo a crença popular, isso traz riqueza. Há quase tantas versões da lenda desse nhoque da sorte quanto de receitas. Uma das lendas conta que um casal de velhinhos de Friuli, norte da Itália, num dia 29 de agosto, ofereceu um prato de nhoque a um mendigo que agradeceu desejando fortuna aos benfeitores. Quando foram recolher a mesa, encontraram moedas sob o prato. E nunca mais lhes faltou dinheiro.


Outra história conta que um missionário, ao passar por uma aldeia, foi calorosamente recebido com um prato de nhoque. O missionário gostou tanto da recepção que aconselhou os habitantes a se reunirem sempre daquela forma, para que a aldeia prosperasse. E foi o que aconteceu.


Com o tempo, a lenda foi ganhando força na figura de uma senhora que abria sua casa nos dias 29 aos viajantes, para servir um prato de nhoque e, embora pobre, não cobrava por isso, mas alguns deixavam dinheiro embaixo do prato e, com ele, a mulher comprava os ingredientes para o nhoque do mês seguinte. Ninguém sabe se a mulher ficou rica, e nem de que eram feitos os nhoques, mas não importa. O fato é que devia mesmo ser uma ótima receita e ela provavelmente oferecia com tanto prazer que isso lhe trazia sorte.


De qualquer forma, o nhoque é um ótimo pretexto para juntar os amigos, beber e se divertir.


Há quem diga que, além da cédula embaixo do prato, os sete primeiros nhoques devem ser comidos em pé, cada um acompanhado de um desejo... e boa sorte!

Como fazer nhoque

Nhoque
1 quilo(s) de batatas (escolha batatas sem muita umidade)
1 colher(es) de sopa de sal
1 colher(es) de sobremesa de manteiga
1 ovo
2 copo(s) de farinha de trigo
farinha de trigo para enrolar a massa
azeite
1/2 xícara(s) de chá de amêndoas laminadas tostadas
Modo de preparo
Molho
Coloque o queijo gorgonzola e o creme de leite em uma panela e deixe ferver.

Adicione a cebolinha e tempere com sal e pimenta-do-reino.
Nhoque
Cozinhe as batatas descascadas em água e sal. Escorra-as e esprema-as ainda quente. Junte a manteiga, misture bem com um garfo e deixe esfriar um pouco. Adicione o ovo e misture bem novamente.

Junte a farinha e amasse com as mãos. Para facilitar, envolva sempre as mãos em farinha para que não interfira na umidade da massa.

Faça rolinhos em mesa enfarinhada, corte com uma faca também enfarinhada e deixe secar um pouco numa bandeja forrada com pano enfarinhado (é possível usar também a nhoqueira).

Na hora de servir, coloque o nhoque aos poucos em água fervendo. À medida que boiarem, retire-os com uma escumadeira e mergulhe rapidamente em água fria.

Escorra bem, coloque o nhoque em um refratário e reserve.

Na hora de servir, salteie o nhoque numa frigideira com azeite até dourar. Coloque no prato e jogue o molho de gorgonzola por cima, finalizando com as amêndoas.

Faz de conta - Lula inaugura simbolicamente três unidades do IFCE do Ceará

O presidente Luís Inácio Lula da Silva comandará nesta segunda-feira, em Brasília, a solenidade de inauguração simultânea de 30 unidades dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE).
No pacote, três campi no Ceará: Acaraú, Canindé e Crateús, que, inclsuive, já estão funcionando.
Eo Lula vem fazer o que, aqui, dia 10?

Padre Zé e Raimundo Matos na Assembléia discutindo as questões das drogas no Ceará


Clique sobre a imagem para ampliar

MOntanha a Maomé

Há fortes rumores de que Obama vem à posse de Dilma, dia 1º de janeiro.

O blog leu pra voce

Madrugada no Galeão

Um executivo de uma multinacional precisa viajar e soube que só poderá renovar o passaporte no fim de janeiro de 2011.
Mas, por causa da urgência, a Polícia Federal agendou um atendimento extra às... 4h15m da madrugada.

Na verdade...

A PF corre para atender à multidão de brasileiros que quer ir ao exterior em época de dólar a preço de pipoca.
Este ano, até outubro, foram emitidos 1.313.875 passaportes — quase o dobro de todo ano de 2003 (713.578).

Do ANcelmo GOis

Gurra urbana

No final de semana foram mortas, assassinadas, 15 pessoas na grande Fortaleza. Isso faz subir para 1648 vítimas de assassinatos este ano, em Fortaleza. Não contam os mortos nas cidades periféricas.

O dia acorda


E que a sombra lhe seja farta e o sol brilhante,como promete.

O blog leu pra voce


PMDB não consegue fechar a lista de ‘ministeriáveis’

O apetite do PMDB por ministérios contrasta com a inanição da lista de ministeriáveis que a legenda submeterá à apreciação de Dilma Rousseff.

A poucos dias do início formal das negociações, o partido do vice-presidente eleito Michel Temer ainda não conseguiu fechar uma relação de nomes.

O PMDB ocupa, hoje, seis ministérios: Integração Nacional, Comunicações, Minas e Energia, Agricultura, Saúde e Defesa.

Sob Dilma, admite trocar de pastas. Mas reivindica: A) a manutenção da quantidade; e B) a garantia de compensações que levem em conta a qualidade dos postos.

Por exemplo: ante da perspectiva de perder a Integração Nacional e a Saúde, o PMDB mira em Cidades e Transportes, duas jóias da Esplanada.

Pois bem. Por ora, o PMDB dispõe apenas de três nomes. Um deles enfrenta a resistência do governador Sérgio Cabral, do Rio. Eis a lista:

1. Wellington Moreira Franco: ex-governador do Rio, ele tem ligações umbilical com o grupo de Temer. Deixou a diretoria da Caixa Econômica para representar o PMDB no comitê de Dilma.

A legenda considera-o apto a ocupar qualquer ministério. Dá-se preferência à pasta das Cidades, hoje gerida pelo PP. O problema é que Sérgio Cabral torce o nariz para Moreira.

Um dos governadores mais chegados a Lula, Cabral quer empurrar um carioca para dentro do ministério de Dilma. Mas não digeriu Moreira.

2. Wagner Rossi: paulista, é apadrinhado de Temer. Foi guindado por Lula à cadeira de ministro da Agricultura. O partido quer mantê-lo no cargo.

2. Edson Lobão: senador pelo Maranhão, é índio da etnia do morubixaba José Sarney, que ergue o tacape para devolver Lobão ao ministério de Minas e Energia. Chefiou-o até o final de março, quando saiu para disputar a reeleição.

Afora essa trinca de nomes, o PMDB não chegou a um consenso quanto ao resto da lista. Gira como parafuso espanado em torno de alternativas obscuras.

O partido concentra suas buscas na bancada de deputados. Por enquanto, o nome menos vexatório do rol de cogitações é o de Pedro Novais (PMDB-MA).

Advogado, Novais exibe uma atuação parlamentar discreta. Mas carrega na biografia o “título” de relator da Lei de Responsabilidade Fiscal, aprovada na era FHC.

De resto, o PMDB flerta com a idéia de incluir saias em sua lista. Uma forma de associar-se à pretensão de Dilma de entregar 30% da Epalanada a mulheres.

O diabo é que, ao submeter a bancada a um filtro de gênero, o PMDB chegou a um par de nomes que não despertam entusiasmo nem no partido.

Um deles é o da deputada Rose de Freitas (PMDB-ES), professora, radialista, jornalista e agrimensora.

O outro é o da deputada Marinha Raupp (PMDB-RO). É psicóloga, professora e mulher do senador Valdir Raupp, encrencado em duas ações no STF.

Dilma informou a Temer que a temporada de negociação com os partidos começaria nos primeiros dias de dezembro. Ou seja, a partir desta quarta (1º).

Antes, será formalizada a equipe de ministros do Planalto. Entre eles o novo chefe da Casa Civil, o petista Antonio Palocci, que assume a negociação com os “aliados”.

Para começo de conversa, o PMDB espera que Palocci lhe informe os ministérios de sua cota. Não abre mão de escolher os ministros.

Alega que levará à mesa nomes que atendem às três condições impostas por Dilma: respaldo partidário, capacidade técnica e biografia limpa.

Decidiu que não incluirá em sua lista o pemedebê Nelson Jobim, que Lula aconselhou a Dilma manter à frente da pasta da Defesa.

Deliberou também que não vai opor resistências à eventual manutenção. Apenas deixará claro que Jobim não responde pelos votos da legenda no Congresso.

Com isso, a cota do PMDB deve cair de seis para cinco pastas. Algo que pode atenuar o vexame da escassez de nomes.

O PMDB definiu também que, com Dilma, não aceitará os arranjos que Lula lhe empurrou goela abaixo.

Como exemplo, menciona-se o caso do ministro José Gomes Temporão (Saúde). Foi escolhido por Lula à revelia do partido.

Para salvar as aparências, o presidente providenciou o endosso de Sérgio Cabral a Temporão. E plantou-o na Saúde como parte da cota do PMDB.

Excluído da nova lista do partido, Temporão é, hoje, um escalpo à espera da lâmina. Dilma sinalizou a Temer que levará à cadeira um nome de sua escolha.

Diferentemente do caso da Defesa, a supressão da Saúde não será deglutida sem compensação.

O PMDB considera que, entregando-lhe uma pasta como a das Cidades, Dilma zera o jogo. A negociação começa sob atmosfera amistosa.

Tida como avessa às negociações que passam pelos baixios da política, Dilma vem dispensando a Temer um tratamento que encanta o PMDB.

Do josias de souza

CLASSIFICAÇÃO ; Vozão na Sul-Americana

O empate de 1 a 1 entre Ceará e Atlético Paranaense, no estádio Castelão, garantiu a classificação do time cearense para a Copa Sul-Americana com 47 pontos. Já o Atlético teve a vaga para Libertadores complicada com 57 pontos. Os gols foram marcados no primeiro tempo. Na etapa final mesmo com um jogador a mais o Atlético não soube aproveitar a vantagem e amargou o empate deixando para a última rodada decidir uma vaga na Libertadores.

No final da partida, os jogadores, comissão técnica e diretoria do Ceará se concentraram no meio do campo para comemorar a vaga na Sul-Americana junto com a torcida. Após 16 anos o Vozão conquista o direito de disputar uma competição internacional. Em 1994 conquistou uma vaga na Copa Conmebol, ao se sagrar vice-campeão da Copa do Brasil.

O JOGO
Apesar do calor, a partida começou bastante movimentada, com os dois times empregando velocidade. Antes dos 15 minutos, no entanto, poucas chances de gols ocorreram.
O Ceará ameaçou aos 17, com Magno Alves, que bateu forte e assustou o goleiro Neto. O Atlético respondeu aos 28 minutos, quando Maikon Leite fez jogada individual e acertou o travessão do goleiro Michel Alves.

Com o gol do Grêmio, diante do Guarani, em Campinas, o time paranaense aumentou a pressão, pois estava ficando fora da briga pela Libertadores. Aos 36 minutos, Paulinho cobrou falta na área e o zagueiro Rafael Santos ganhou da defesa e cabeceou para abrir o placar.

O time rubro-negro estava novamente na disputa pelo G-4, mas cochilou e permitiu o empate. Aos 42 minutos, Magno Alves carregou a bola para dentro da área e bateu cruzado. A bola desviou em Manoel e entrou.

Logo após o reinício do segundo tempo, Guerrón partiu com bola dominada e recebeu falta de Diego Sacoman, que já havia recebido o cartão amarelo e foi expulso.

Com um homem a mais, o Atlético partiu em busca do gol, pois o empate o eliminava da Libertadores. O time paranaense chegou a ameaçar, aos 11 minutos, com Bruno Mineiro e aos 14, com Guerrón. Em ambas as vezes, o goleiro Michel Alves fez boas defesas e evitou o gol. Apesar da desvantagem numérica, o Ceará não se intimidou e cresceu na partida. Aos 25 minutos, Magno Alves bateu, para defesa parcial de Neto. No rebote, o atacante chutou novamente e acertou o travessão. O Atlético só acordou com a substituição de Wagner Diniz por Marcelo, mas não foi competente para ganhar a partida. Apesar de pressionar bastante, o time paranaense não conseguiu superar o valente time cearense e se despediu da vaga para a Libertadores, mesmo com o Ceará terminando com nove jogadores, uma vez que Careca se machucou aos 44 e não teve condições de terminar a partida. O treinador Dimas Filgueiras já tinha feito as três substituições.
No próximo domingo, o Ceará se despede da Série A jogando contra o Vasco, em São Januário. Já o Atlético (PR) recebe o Avaí (SC), na Arena da Baixada.

"O PMDB tem que ter calma", diz Guimarães

Por Tarcísio Colares

Segundo o deputado federal reeleito José Guimarães (PT), o PMDB do vice-presidente eleito Michel Temer “tem que ter calma” no trato com seu parceiro de vitória presidencial. Para o petista, a formação de um “blocão” desprovido de petistas na Câmara Federal “foi um tiro no pé que o PMDB deu”.

Em entrevista ao jornal O Estado, Guimarães comenta ainda as expectativas do PT quanto à montagem do futuro secretariado do governador Cid Gomes (“Ele sabe muito bem quem esteve do seu lado no primeiro mandato”), defende a manutenção da coligação PT, PSB e PMDB no Ceará para as eleições de 2012 e 2014 e a permanência de Roberto Smith no comando do Banco do Nordeste.
O Estado – O senhor defende a manutenção de Roberto Smith na presidência do Banco do Nordeste?
José Guimarães – Uso sempre a máxima de que time que ganha não se mexe. O Roberto, junto com seus auxiliares, saneou o banco, conseguiu fazer o seu crescimento e, se depender de mim, vai continuar no cargo. Roberto mudou a fisionomia do banco, fez o Nordeste crescer e mudou a política de crédito da entidade.
OE – O que o senhor espera de cargos para a sua pessoa no segundo mandato do governador Cid Gomes?
JG – Os cargos que vierem do segundo mandato de Cid Gomes serão para o PT e não para a minha pessoa. Ainda não discuti esse assunto dentro do partido. A divisão do bolo administrativo é feita pelo governador e acho que ele sabe muito bem quem esteve todo o tempo do seu lado no primeiro mandato. O que nós vamos fazer é trabalhar em parceria (PT e governo) para o Ceará crescer mais ainda.

OE – Como vai ser esse trabalho?
JG – Nós vamos ajudar o governo que sabe o que deve fazer para o Estado avançar. O Ceará cresceu muito nas mãos de Cid Gomes, mas ainda falta muita coisa para dizer que está bom.

OE – O senhor está encarregado pelo partido de melhorar os ânimos na disputa pela presidência da Câmara de Fortaleza, polarizada em dois petistas: o atual presidente, Salmito Filho, e Acrísio Sena, apoiado pela prefeita Luizianne Lins. Existe algum progresso?
JG – Acredito que o acirramento entre os disputantes está mais calmo. Estou torcendo pelo entendimento, mas quem vai resolver mesmo a questão são os vereadores. Não estou interferindo em nada, porque a decisão é da bancada do PT.

OE – Qual a posição do senhor na sucessão de Michel Temer (PMDB) na presidência da Câmara Federal?
JG – Nessa disputa estou mesmo envolvido, porque ela me diz respeito. A Câmara é a minha casa e vou lutar para que ela tenha um bom comandante. Aposto que o PT fará um acordo com o PMDB e a presidência no primeiro biênio deve caber ao nosso partido. Não só defendo o PT como o novo comandante da Câmara como aponto o petista Cândido Vacarezza para ser o titular.
OE – Como o senhor analisa a formação do blocão de mais de 200 deputados comandado pelo PMDB?
JG – Esse blocão foi um tiro no pé que o PMDB deu. Não foi uma invenção sadia numa época de plena democracia e pegou muito mal, porque soa a pressão sobre a presidente Dilma. Foi como o presidente Lula disse: não se deve mudar o leito de um rio. O PMDB tem que ter calma, porque acima de tudo está o Brasil, e não o partido.

OE – Acabou a coligação PT, PSB e PMDB no Ceará?
JG – Pelo que sei, ela está valendo agora e para o futuro. Se depender do PT, a aliança vai para 2012 e 2014. Vai ser mantida na composição do segundo mandato de Cid Gomes, porque é o que tenho ouvido do governador.

Penso eu - Este país é engraçado. Logo quem, o Zé Guimarães, aquele dos dólares na cueca dando aula d ética política ao PMDB.

Turismo - Classe C está viajando mais pelo país de avião


Por Dháfine Mazza
dhafine@oestadoce.com.br

Nos últimos anos, o mercado do turismo ficou mais aquecido e ganhou um importante público que antes respondia apenas por uma pequena parcela das viagens realizadas no País. Os integrantes da classe C estão viajando muito mais pelo Brasil e utilizando o avião como meio de transporte. Esta mudança pode ser atribuída a fatores como o crescimento do poder aquisitivo dos brasileiros, a queda de preços nas passagens aéreas e nos pacotes turísticos e também a facilidade de pagamento oferecida pelas companhias aéreas e agências de turismo, dentre outros.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Data Popular mostra que seis em cada dez brasileiros que planejam viajar de avião pela primeira vez até o segundo semestre de 2011 são da classe C. Estes números também refletem a realidade do setor de turismo cearense. O que antes era apenas um sonho distante, hoje, já é uma realidade que faz parte da rotina de muita gente.
De acordo com o diretor da Catavento Turismo, Tarcísio Ximenes, a procura do público da classe C pela compra de passagens aéreas e pacotes turísticos foi intensificada em março de 2009, período onde, normalmente, os preços ficam mais atrativos. “Tivemos um incremento de 35% na venda de passagens aéreas para a classe C. Este público também passou a consumir mais outros produtos turísticos, como hospedagem em hotéis, traslados e city tours, dentre outros. Temos, hoje, pessoas desta classe socioeconômica que fazem pelo menos uma viagem por ano”, conta.

Esta mudança no perfil dos turistas brasileiros também se refletiu no público da Catavento Turismo. Em 2008, apenas 11% dos clientes da agência pertenciam à classe C. Atualmente, este número é de 26%, um crescimento superior a 100%. “A facilidade de crédito e de financiamento contribui muito para este aumento. As pessoas já podem comprar passagens e pacotes turísticos com parcelamento de seis a dez vezes sem juros e com zero de entrada. Isso é muito importante, pois a maior parte das pessoas não observa o valor total da viagem, mas sim se a parcela do financiamento cabe no orçamento”, explica.

CULTURA DE VIAJAR
A expansão da classe C no setor turístico também é perceptível na Casablanca Turismo. Segundo o gerente de lazer da agência, Cláudio Reges, as pessoas da classe C estão procurando e efetivando mais a compra de passagens aéreas e pacotes turísticos. Neste ano, as vendas da Casablanca para este público já registram crescimento de 20% em comparação à 2009. “Hoje, você pode comprar uma viagem pelo valor de um bem como uma TV, fogão ou geladeira. As pessoas estão percebendo que viajar também faz parte do seu bem-estar e estão mais seguras para fazer um financiamento de passagem ou pacote turístico. Casais que antes não tinham lua de mel, por exemplo, achavam que era impossível viajar, hoje já têm opções que cabem no orçamento”, afirma.

O diretor da Catavento Turismo reforça essa visão, afirmando que viajar tornou-se uma cultura para as pessoas, uma vez que elas também passaram a perceber que conhecer outros lugares e culturas só traz benefícios. Conforme Ximenes, um dos destinos mais procurados por este público são as Serras Gaúchas, por apresentarem um clima bastante diferente do Ceará, com temperaturas mais baixas e cultura bastante influenciada pelos europeus. “É como se elas realizassem o sonho de conhecer a Europa, mas por preços bem mais baixos e sem sair do Brasil”, destaca.

PLANEJAMENTO FACILITA
Para Cláudio Reges, um fator importante que também tem contribuído para o aumento das viagens nesta parcela da população é o maior planejamento das pessoas, permitindo que elas aproveitem melhor as facilidades de crédito e de financiamento. “Antes, as pessoas deixavam tudo para a última hora, o que tornava as viagens bem mais caras. Hoje, elas já estão comprando com bastante antecedência e podem aproveitar os preços e melhores condições de pagamento.

DE OLHO NAS PROMOÇÕES
Entre março de junho, período de baixa temporada no Brasil, os integrantes da classe C podem viajar mais e gastando menos. Nesta época do ano, as companhias aéreas e as agências de viagem realizam diversas promoções, com preços bem mais baixos que o normal. “Algumas companhias aéreas chegam a vender passagens por até R$ 10,00 para diversos destinos do País. Assim, na baixa temporada, mais gente da classe C aproveita para viajar. Quem pode, planeja suas férias justamente para esse período”, afirma Tarcísio Ximenes.
A fim de aproveitar bem as promoções das companhias aéreas e agências de turismo, os interessados devem ficar de olho nas ofertas e pesquisar bastante antes de efetivar a compra.

Alguns sites na internet, como o www.decolar.com, ajudam o consumidor na hora de pesquisar os valores das passagens de avião e hospedagens em hotel, possibilitando a comparação dos preços cobrados pelas diferentes empresas. Outro ponto importante é ler atentamente o regulamento da promoção, verificando o período especificado pela companhia para a realização da viagem e outras regras que a oferta possa conter.

Como se tivesse água sobrando

Duplicação de adutora irá reforçar abastecimento de água na Capital Cagece iniciou obra de duplicação da adutora que irá ...