quarta-feira, 17 de março de 2010

Até os casa caem fora

Prefeito do PMDB vota em Tasso e Pimentel
O prefeito de Itarema, Robério Monteiro, filiado do PMDB, declarou que, até o presente momento, ainda não resolveu apoiar a candidatura de Eunício Oliveira, presidente estadual do partido, ao Senado da República, justificando que o presidente peemedebista não tem olhado, na qualidade de parlamentar federal, para o município que continua com muitas carências.

Informa que já resolveu apoiar a reeleição do senador Tasso Jereissati (PSDB), e pensa em fazer o mesmo em relação a José Pimentel, caso ele seja candidato ao Senado Federal pelo PT. “Eu tenho que passar na minha região, no meu município e buscar o que tem de melhor para a nossa gente. E no que se refere ao Senado os melhores nomes são os de Tasso Jereissati e de José Pimentel”, justifica.
O prefeito enfatiza que Tasso Jereissati tem dado um suporte muito grande ao município e à região Norte do Estado e, por isso, merece ser reeleito. Acrescenta que vai apoiar a reeleição do governador Cid Gomes, do senador Tasso Jereissati, do deputado federal Aníbal Ferreira Gomes e do deputado estadual João Jaime, os dois últimos do Acaraú.

Quando a José Pimentel, disse que ele tem, como ministro da previdência, dado toda a atenção à região Norte, onde está o município de Itarema. “O ministro José Pimentel tem se preocupado muito com a região e, por isso, tem a minha admiração e, possivelmente, o meu voto para o Senado”, admite.

No que se refere ao PMDB, disse que nunca foi convidado para participar de uma reunião do partido e que outros filiados têm a mesma queixa. “Eu não vou dizer que não voto no Eunício para senador mas, até agora, não tenho essa vontade, porque ele ainda não me convenceu de que esse é o caminho que devo seguir, nas eleições de outubro”, finaliza.

Penso eu-De que seria esse convencimento é o que a gente gostaria de saber.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Morte no teatro

Morreu ontem, de parada cardíaca, aos 86 anos o ator Haroldo Serra. Foram 67 anos de plena atividade no teatro. Seu enterro foi ontem mesmo ...