segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Os bodes e bodetes da semana politica brasileira

Segunda (30.nov)
CPI das tarifas de energia elétrica – o relatório final será apresentado na Câmara dos Deputados.

Dilma e Serra – a ministra da Casa Civil e o governador de São Paulo estarão juntos em debate sobre infraestrutura na sede da Fiesp, em São Paulo. O ministro Miguel Jorge (Desenvolvimento) e o presidente do BC, Henrique Meirelles, também estarão presentes.

Eleições em Honduras – o país apura as urnas de uma eleição que ninguém sabe como vai valer.

Lula em Portugal - participa da 19a Reunião de Cúpula Ibero-americana de Chefes de Estado e de Governo. Fica no país até o dia seguinte.

OAB e Arruda – entidade dos advogados se pronunciará oficialmente. No fim de semana, presidentes da ordem nacional e do DF disseram que o impeachment pode ser pedido.

DEM e o panetonegate – o DEM, quer uma resposta objetiva do governador do DF sobre o mensalão ainda nesta segunda-feira.
Comentário do blog: é o início do desembarque. O DEM está entre ser pusilânime (expulsando Arruda) ou segurar a onda (e danificar ainda mais a imagem da legenda).

Terça (01.dez)
CPI do Mensalão do DEM – o PT tentará instalar uma CPI para investigar o governador Arruda na Câmara Distrital do DF.

CPI do MST? – o PMDB da Câmara pode indicar os integrantes da comissão caso a negociação do DEM, em torno do pré-sal, funcione.

Impostos no STF –quatro súmulas vinculantes sobre matéria tributária no plenário do Supremo.

Pré-sal – deputados retomam a votação

Twitter do Supremo – o STF lança seu canal no microblog. Não foi divulgado qual endereço irá utilizar (“STF” já está ocupado).

Quarta (02.dez)
Lula na Ucrânia - se reúne com o presidente Viktor Yushchenko e primeira ministra Yulia Tymoschenko.

Rádio/TV - Reunião na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) para analisar 32 projetos de decreto legislativo dispondo sobre autorização para funcionamento de emissoras de rádio e TV.

Pauta no Senado – líderes têm reunião para definir votações em plenário até o final do ano.

Tabaco – a exemplo de diversos Estado, a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado analisa a proibição do fumo em ambientes fechados.

Quinta (03.dez)
Lula na Alemanha - encontra o presidente Hurst Kohler e a chanceler Ângela Merkel. Dilma Rousseff (Casa Civil) e Guido Mantega (Fazenda) o acompanham.

Mensalão do PSDB/mineiro – STF retoma o caso. O ministro Antônio Dias Tofolli apresentará seu voto sobre o processo contra o senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG).

PSDB na TV – os tucanos terão dez minutos no rádio e na TV.

Sexta (04.dez)
Lula e o Muro – o presidente vai ao monumento de Neue Wache, construído em memória aos mortos nas duas guerras mundiais, e ao Portão de Brandemburgo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cale a boca!

"Este governo não mente". Fala do Interino.