terça-feira, 2 de setembro de 2014

Toda ação, corresponde...

Prefeito de Pádua instala crucifixos e proíbe cultos islâmicos em prédios públicos
 
 
Luis Dufaur (*)
 
 
 
  
 
Massimo Bitonci com crucifixos para instituições da prefeitura de Pádua.
 
O prefeito da cidade italiana de Pádua, Massimo Bitonci, dispôs que a municipalidade distribua um crucifixo que será afixado obrigatoriamente em cada escola e dependência governamental, noticiou Christian Action Network

 “Tirem as mãos dos crucifixos ou vai ter problema”, disse o prefeito da cidade do santuário de Santo Antônio, quando uma decisão de um tribunal europeu – logo revogada – tentou banir as cruzes e os sinais católicos dos prédios públicos italianos.

Agora Massimo Bitonci se engajou numa “nova cruzada” pelos crucifixos em escolas e prédios públicos. E ao mesmo tempo interditou as orações maometanas neles.
Uma coisa puxa a outra, e as duas práticas religiosas não podiam coexistir, dada a militância dos islâmicos contra os cristãos e o respeito da dignidade do instrumento da Redenção que o Islã odeia especialmente.
“Agora, em todos os prédios e escolas haverá obrigatoriamente um belo crucifixo doado pela municipalidade. E ai de quem mexer neles”, escreveu o prefeito em sua conta de Facebook.

Acompanhando o anúncio, Bitonci postou uma foto em que ele aparece segurando um crucifixo junto a um grupo de pessoas. Em 2009, quando era senador, Bitonci promoveu a distribuição de crucifixos em Abano Terme, na mesma província de Pádua.
Ele também interditou as orações do Ramadã islâmico nos prédios públicos. O prefeito anterior havia autorizado que os maometanos se reunissem num ginásio.
Mas o prefeito acenou para o cancelamento da concessão, porque os “ginásios só devem ser usados para esportes e educação da juventude. A nova administração não mais autorizará esse tipo de atividades (orações muçulmanas) nos ginásios municipais”.

Opinião - Li no Noblat

Invasões bárbaras, por Tânia Fusco

Experimentei dias de silêncio. Não sem som ou palavras, mas sem os ruídos do mundo virtual. Dias de viver em autêntico tempo real. Só o aqui e agora dos budistas. Nada on-line. Nem os antigos e-mails ou compras e pagamentos com cartões de crédito. Conversas só as presenciais.
Incrível, não houve sensação de isolamento. O tempo é que foi se alargando. Rendeu mais. Como se as horas fossem maiores e coubessem mais coisas dentro delas. Como se eu, em câmera lenta, observasse a pressa dos outros. (Aliás, tanta pressa pra que mesmo?) Devagar eu não perdi hora. Verdade. Cumpri tudo certinho e, no fim do dia, eu não devia nada.
Não foi viagem de maluco. Nem experiência planejada. Por circunstância pessoal – e irrelevante para os outros -, startei. Sem querer querendo fiquei no off-line um tempo. Revelou-se relevante. Visto de fora, o mundo conectado é muito mais lotado de sobras e louco do que possa processar - e registrar - a nossa parca inteligência.
Nele há uma multidão de gente reunida, mas de presença ausente porque está ali e lá fora também via smartphones acesos e alertas. Gente recebendo e emitindo um universo de bobagens, enquanto come, fala, paga conta... Gente atravessando a rua, falando ou digitando, e segura de que está ligada ao movimento real. Está?
Quantos canais da santa cabecinha ali, naquele momento, estão abertos? Todos em potência máxima? Será? Ficava eu pensando enquanto dezenas de bonequinhos acelerados atuavam a minha volta, grudados aos nossos inseparáveis complementos eletrônicos.
Esses somos nós, eu pensava. E ria. Porque aqueles sou eu também, quase sempre conectada ansiosa, aflita, atrasada, devendo dívidas inventadas – o emala que não respondeu, o trabalho que não entregou, o filho que não visitou, a conta que esqueceu de pagar, o filme que pre-ci-sa ver, o desejo que – nossa! - ainda nem teve. Ufa! O dia que acabou tão rápido, onde não coube tudo que deveria ter sido feito. Deveria mesmo?
Esses somos nós on-line e acelerados, padecendo de invasões bárbaras em tempo real, pilhados com pílulas e técnicas salvadoras para não perder nada, absorver tudo o que não fará a menor diferença na vida ou na morte. Principalmente na morte que chegará de qualquer jeito, inexorável e surpreendente. Esteve ai o jovem, belo e vigoroso Eduardo Campos para não nos deixar esquecer disso – da morte, única certeza certa. E sem agendamento.
Um tempo off-line faz sentir que o mundo on-line é lotado de invasivas sobras. Pra que tanto? Faz falta saber sobre o fim do noivado da Nakamura com o Sidney Sampaio? o fim do namoro da Ticiane com o Tralli? a nova maquiagem da Marina?
Up to date com tudo pra que mesmo?

 

Tânia Fusco é jornalista, mineira, observadora, curiosa, risonha e palpiteira, mãe de três filhos, avó de dois netos. Vive em Brasília. Às terças escreverá sobre comportamentos e coisinhas do cotidiano – relevantes ou nem tanto.

Funcionários em desespero

Amanheceram fechadas 3 lojas do Parque Recreio. Funcionários nas portas, preocupados com seus destinos. Não há informação bastante para se saber o que está ocorrendo. A crise, apostam os entendidos, não pega em bebidas, muito pelo contrário incentiva-as. Estamos de olho.

Deu no Diário do Nordeste


Cid admite que Marina não conclui o mandato

Cid diz estar preocupado com o futuro do Brasil, se permanecer o quadro da eleição presidencial

Cid Gomes
Cid Gomes diz que o seu futuro é incerto. Vai ficar um tempo fora do Brasil, mas reafirma sua preocupação com o futuro do País
FOTO: HELOSA ARAÚJO
O governador Cid Gomes não esconde sua preocupação com o futuro do Brasil, se acontecer de Marina Silva (PSB) ser eleita presidente da República. Ele admite a possibilidade de, por conta de suas posições, Marina não concluir o mandato, ser "deposta". Cid, no entanto, elogia o candidato a vice de Marina, Beto Albuquerque.
O governador destaca a gestão da presidente Dilma Rousseff e defende o seu Governo. Já em relação à sua sucessão, no Ceará, Cid diz que as pesquisas internas garantem um patamar de 30% de votos para Camilo Santana, do eleitorado que quer votar no candidato do Governo. "Então o Camilo tem um piso de 30%, que é o que nós estamos tentando massificar agora".
"Eu, pessoalmente, não tenho muita angústia com isso não. Partidos são importantes, apoiamentos políticos são importantes, mas tem uma limitação. Eu dividiria assim: Não chega a 30% o número de pessoas que vota por conta do apoio de uma liderança, a grande maioria vota por si só, porque quer uma relação direta com o candidato, simpatiza, acredita nas suas propostas, conhece a sua história. Então, apoio político é importante, mas tem limitações".
Segundo ainda o governador, o "apoio político é fundamental para demarcar tempo de televisão. E tempo de televisão nós temos o maior. Apoio político é fundamental para dar uma constância na campanha em todas as localidades. A nossa estrutura nos permite isso. Em qualquer Município que você chegue, tem uma liderança política lá que montou um comitê, com material de campanha. O resto depende das pessoas, da campanha em si", enfatiza.
Disputar
Para o governador, animar as lideranças é fundamental e "efetivamente temos mais lideranças que o outro candidato, temos mais partidos. Enfim, assegurar, e esse é o grande desafio agora, assegurar a candidatura do Camilo um crescimento permanente e sustentável. Não adianta nada você ter crescimento de explosão que depois se desfaz. É importante que a gente assegure um crescimento sustentável. E tudo indica que a candidatura do Camilo tem crescido, vamos ver essa nova rodada de pesquisas, nesta semana deve sair tanto o Datafolha quanto o Ibope. A gente já tem uma referência de pesquisas anteriores e vamos ver quem cresceu, quem consolidou. Eu sou otimista em relação ao Camilo".
Para o governador, o seu futuro, após deixar o Governo, é "incerto". Ele quer passar um tempo fora da política, e até o calendário impõe esse afastamento em razão de só acontecer eleição de dois em dois anos. "Então é muito provável que eu fique mais de dois anos sem disputar nenhum mandato e vou avaliar, sinceramente, se vale a pena. Eu torço é para que haja gente nova. Eu peço a Deus que me ilumine, porque eu já tive parentes na minha família com 83 anos (Vicente Antenor Ferreira Gomes) disputando eleição e às vezes fazendo papel ridículo. Então eu rezo a Deus para me dar luz para eu não fazer essas besteiras".
Dois anos
Eu estou preocupado com o Brasil, disse Cid Gomes. Para o governador, após todo o bombardeio feito pela grande mídia, agora nem ela sabe o que vai acontecer no Brasil. "Vão eleger, se tudo acontecer como está, se as pessoas não se tocarem, vão eleger a Marina presidente da República. Meu Deus! Nada contra a pessoa da Marina, mas essas coisas não são assim. A gente não pode num gesto de protesto, e é um protesto assim meio alienado, porque induzido pela grande mídia, que afinal quer combater o PT, porque esse sistema é mais progressista, distribui renda e eles querem é concentrar renda, querem dar dinheiro para banqueiro, para meia dúzia de poderosos".
Então, prossegue Cid, "a custa disso desgastaram tanto o PT, e o candidato deles mesmo, que é o Aécio, que não emplaca, é fraco, e aí vão eleger a Marina. Eu quero ver é a consequência disso. Eu não dou dois anos de Governo para Marina. Ela será deposta, pode escrever o que eu estou dizendo... Felizmente, o vice dela é um cara centrado. Religiosamente, a mulher é o que há de mais conservadora. Ela passa uma pose de progressista e a meninada acha que ela é progressista. A mulher é uma reacionária".
Tirou agora do programa dela o capítulo relacionado ao casamento gay, acrescenta o governador. "Tirou porque o ( pastor) Malafaia reclamou. "Politicamente, está assumindo um compromisso público, e isso é que me impressiona, com um negócio de autonomia do Banco Central. Sabe o que é isso? É entregar aos bancos o poder de arbitrar juros. Dizer quanto vai ganhar", disse.

O dia nasce em Fortaleza


Cadê o Ibope?

Alguém aí sabe onde anda?

Saúde chega a Patos, no sertão sobralense


Prefeito Veveu entrega Centro de Saúde da Família a moradores no Distrito de Patos

Novo CSF atenderá à uma população de 1.220 pessoas de 9 comunidades da região.

O Prefeito Veveu foi recebido pelos moradores do Distrito de Patos, na sexta-feira, 29 de agosto, onde inaugurou um Centro de Saúde da Família (CSF), em substituição ao Posto que atendia à comunidade. O novo CSF recebe o nome de Francisco Pedro Firmino, membro da comunidade e que trabalhou por seis anos como vigia no antigo posto. A obra foi concluída em 2 meses e 10 dias com recursos captados pelo Prefeito Veveu junto ao Ministério da Saúde e também próprios da Prefeitura, num investimento total de R$ 355.834,40.

Com uma equipe de Atenção Básica, formada por médico, dentista, enfermeiro e técnicos de enfermagem, a nova unidade melhora a infraestrutura para atendimento à uma população de 1.220 pessoas nas comunidades de Patos, Lajes, Timbaúba, Poço Verde, Assentamento Bom Sucesso, Alegre II, Touro, Serra Manoel Dias e Serra do Barriga.


"Uma unidade de saúde como essas não se encontra em muitos municípios, como sendo o principal posto de saúde. Poucos municípios possuem uma Unidade de Saúde como essa que o Distrito de Patos conta agora, pela qualidade arquitetônica, pela estrutura para os serviços e pela equipe. Para mim, portanto, é um dia de muita elegria por estar entregando à comunidade de Patos e região essa unidade. Isso me estimula a continuar fazendo mais”, disse o Prefeito Veveu.

O CSF do Distrito de Patos é a 3ª Unidade de Saúde inaugurada pelo Prefeito Veveu em seu programa de ampliação e melhoria do atendimento em saúde no Município. Também estão sendo construídos novas Unidades de Saúde nos distritos de Caioca, Bilheira e Patriarca.

No total estão sendo construídas 13 novas unidades de saúde e realizadas obras de reforma e ampliação de todas as 13 unidades de saúde já existentes em Sobral. Já foram inaugurados pelo Prefeito Veveu os novos Centros de Saúde dos bairros Cohab II e Cohab III.

Já tem ex no voto pra Marina

'Meu desencanto é quase total', diz Hatoum após desistir de votar em Marina

  • Henrique Manreza/Folhapress
    O escritor amazonense Milton Hatoum, que desistiu de votar em Marina Silva (PSB) O escritor amazonense Milton Hatoum, que desistiu de votar em Marina Silva (PSB)
O escritor amazonense Milton Hatoum era uma das celebridades que apoiavam a candidatura de Marina Silva à Presidência. Mas ele trocou de opinião no final de semana.
A mudança no programa de governo de Marina fez com que ele ficasse desencantado com a política e voltasse a analisar o que fará com seu voto no dia 5 de outubro. "Agora que houve essa mudança, não faz mais nenhum sentido votar no PSB", comentou o autor de "Cinzas do Norte" e "Dois Irmãos", durante entrevista ao UOL.
No último sábado (30), com a justificativa de que houve erro na impressão do material, a campanha do PSB retirou do programa trechos sobre a aprovação da lei da identidade de gênero, da proposta que regulamenta o casamento homossexual e da que criminaliza a homofobia, assim como o envio de material didático que conscientizasse as crianças sobre a diversidade sexual e as novas formas de família. "São questões que eu considero fundamentais num Estado laico, sem interferência de qualquer religião", comenta Hatoum.
O que mais desagradou ao escritor foi observar a pressão de bancadas religiosas sobre as propostas da candidata. Para Hatoum, a situação --considerada por ele um recuo-- lhe gerou uma pergunta: "Quem vai governar com ela são as bancadas evangélicas? Acho que, hoje, um proselitismo histérico é assustador. Isso já é, para mim, assustador. Meu medo é essa liderança religiosa fundamentalista".
Hatoum diz não acreditar que a candidata do PSB faça parte dos grupos religiosos na política. "Entendo a religiosidade da Marina. Ela conhece gente da minha família no Acre. Sei como é difícil chegar aonde ela chegou. O problema é a chantagem. O perigo é quando a liderança religiosa tenta impor uma interpretação do texto sagrado na vida cotidiana."
Caso haja uma aliança de um possível governo Marina com as bancadas religiosas, o escritor não acredita que possam acontecer mudanças na política nacional. "[Os religiosos] vão pressionar a sociedade civil. Você acaba de mãos amarradas."
Outro ponto que irritou Hatoum foi a informação, divulgada nesta segunda-feira (1º) pela "Folha de S.Paulo", de que a  da candidata do PSB recorre a versículos da Bíblia para tomar decisões. "Gravíssimo. Não se pode governar com recado pessoal de Deus", comenta o escritor, vencedor de prêmios importantes da literatura brasileira como o Portugal Telecom e o Jabuti. "Se ela toma uma decisão de forma aleatória na Bíblia, acho isso temeroso."
Voto
Agora, Hatoum não sabe mais em quem vai votar. "Não há nada muito animador", afirma. Nos próximos dias, porém, ele pretende se dedicar a ler os projetos de governo das candidaturas de Eduardo Jorge (PV) e de Luciana Genro (PSOL).
Os pontos que lerá com afinco serão os das propostas econômicas e políticas. Até o último sábado, eram justamente esses dois itens que haviam chamado a atenção do escritor no programa de Marina. "O que gostei é a urgência da reforma política e da reforma tributária [citadas pelo projeto do PSB]. Achei consistente."

Dudu continua vivo no avião que o matou

Ex-funcionário de usina, em Tiúma, periferia de São Lourenço, é o dono da empresa que pagava custos do avião de Eduardo Campos

Publicado em 01/09/2014 às 23:24 por em Notícias
Por Jamildo Melo, editor do Blog
Logo depois que o avião de Eduardo Campos caiu em Santos, no litoral de São Paulo, a imprensa nacional tentou localizar os donos da empresa Lopes e Galvão Ltda, que pagou à Líder Táxi Aéreo todas as despesas de apoio em solo do jato usado por Eduardo Campos no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, na véspera do acidente.
O serviço foi executado pouco antes da decolagem do jatinho Cessna prefixo PR-AFA, que caiu em Santos matando Campos e outras seis pessoas de sua campanha. O atendimento aeroportuário prestado pela Líder incluiu o oferecimento de uma sala vip, embarque dos passageiros, bagagem e transporte terrestre dentro do aeroporto.
A empresa inicialmente havia fornecido como sede o endereço de uma escola, em Campinas (SP). No endereço apresentado pela Lopes e Galvão funciona uma escola de educação infantil. Marília Priscila Galvão, sócia-fundadora da escola, disse aos jornais nacionais que o primeiro nome do estabelecimento, fundado em 1991, foi de fato Lopes e Galvão Ltda. Marília se disse surpresa de ver o nome Lopes e Galvão envolvido com pagamento de despesas de avião. Perguntada se tem algum vínculo com a AF Andrade, a operadora do avião no qual viajava Campos, Marília negou. Marília recorreu a seu contador para chegar à conclusão de que o nome da empresa pode ter sido usado indevidamente por terceiros.
Na época, a Líder Táxi Aéreo confirmou aos jornais nacionais que fez o apoio de solo no Santos Dumont, mas se recusou a informar quem arcou com os custos, alegando se tratar de assunto confidencial celebrado em contrato.
Teoricamente, quem deveria arcar com os custos e serviços deveria ser a AF Andrade Empreendimentos e Participações Ltda, que arrendou a aeronave. Oficialmente, o avião pertencia à Cessna Finance Export Corporation e era operada pela empresa privada AF Andrade Empreendimentos e Participações Ltda, por meio de arrendamento operacional (leasing), como consta no Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) da Agência Nacional de Avião Civil (Anac). Na prática, o avião era utilizado por três empresários pernambucanos, que teriam emprestado o avião para a campanha do PSB.
Empresa de serviços gerais
Na verdade, a empresa Lopes e Galvão, que se dedica a serviços gerais, não tem registro na Junta Comercial de Pernambuco (Jucepe) – apenas no cartório de São Lourenço da Mata -, e funciona na casa simples do dono, na periferia da cidade da Copa, em Tiúma.
O dono da Lopes & Galvão, que chegou a trabalhar na Usina Tiúma, conhece e já prestou serviço para Apolo Santana Vieira, dono da Bandeirantes Pneus, que assumiu em nota oficial ter tentado comprar a aeronave, antes do acidente. Junto com o empresário João Carlos Lyra Pessoa de Melo Júnior e outro empresário, Eduardo Freyre Bezerra Leite, conhecido como Eduardo Ventola.
Seria um novo laranja?
O empresário diz que não tem nada a ver com empresas fantasmas.

Pra pegar no pé dos traficantes


Inaugurada Divisão de Combate ao Tráfico
A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) inaugurou, na manhã de ontem, a Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas localizado no Bairro de Fátima, em Fortaleza. O novo equipamento irá reforçar as ações de combate ao tráfico de entorpecente no Estado do Ceará, que antes eram investigados pela Delegacia de Narcóticos (Denarc) da Polícia Civil.
O diretor da Divisão, Pedro Viana, destacou que o equipamento terá estrutura semelhante à da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e contará com quatro delegacias e uma unidade de inteligência para combater o tráfico de entorpecentes no Estado. “Partimos hoje para um prédio que oferece condições de trabalho para os nossos policiais. Vamos oferecer um trabalho digno à sociedade no tocante ao combate ao tráfico de drogas. A principio estamos, hoje, com quadro ainda diminuto de profissionais. Contudo, com o próximo concurso, que já foi autorizado, vamos aumentar nosso efetivo. Além da estrutura anterior, vamos ter uma unidade de inteligência nesse prédio”, afirmou Viana.
FOCO NO TRÁFICO
Segundo o governador Cid Gomes, as ações da Divisão estarão voltadas para o combate ao tráfico, porém, visando, principalmente, as cabeças do tráfico. “O foco é pegar o grande traficante, pois ele é o mal maior”, apontou.  O governador ponderou que o tráfico de drogas é um fenômeno relativamente novo, porém, responsável, atualmente, por 80% da violência do Estado. “O tráfico é a mãe hoje de todos os vícios. Grande parte da violência tem na sua origem a relação com a droga. Os produtos estão mais potentes, causando mais dependência nos usuários. Além disso, tem a disputa comercial, com traficantes brigando por poder e espaço. É fundamental a ação que vá à origem do problema, com preparo da polícia científica, inteligência e uma atuação sistêmica envolvendo o Ministério Público, Poder Judiciário e Polícia Civil”, analisou Cid.
INVESTIMENTOS
Sobre as críticas à segurança do Estado, o governador pontuou que a violência é um fenômeno que vem se acentuando nos últimos 20 anos. De acordo com ele, nenhum governo conseguiu reduzir o percentual no Ceará. Com relação aos altos custos da segurança, Cid ressaltou que não é possível imaginar como estaria o quadro sem os investimentos na construção de presídios e delegacias, além da ampliação do efetivo. “A gente nunca vai saber como estaria a segurança do Ceará sem esses investimentos. Hoje, de cada 10 policiais na rua, sete foram contratados neste governo. Se tem problemas agora, imagine se tivesse sete mil policiais a menos? Temos oito presídios, sete foram feitos nesse governo”, enumerou Cid.
EFETIVO
Para o governador, a gestão tem feito grande esforço para ampliar o número de pessoas na área de segurança. “Se fizer uma pesquisa, a cada 10 policiais militares, sete foram contratados ao longo desses sete anos de governo. Hoje, o efetivo da Polícia Civil conta com 2800 profissionais, dos quais 1500 foram contratados nesse governo. Estamos mais do que dobrando a presença da Polícia Civil no Estado. Antes existiam 43 delegacias nos municípios, mas implantamos 50”, assegurou Cid Gomes.

Na verdade,na verdade vos digo...


Guimarães pede que Dilma “desça do muro”
 O deputado federal e candidato a reeleição, José Nobre Guimarães (PT), um dos principais representantes do PT no Ceará, viajou na manhã de ontem, para São Paulo, com o intuito de  dialogar com a presidente Dilma Rousseff (PT), para que a presidenciável “desça do muro”, quanto à sucessão estadual nas terras alencarinas. A coligação “Para o Ceará Seguir Mudando”, que lançou o petista Camilo Santana para disputar o cargo de chefe do Executivo, conta com o apoio “oficial” de Dilma e do ex-presidente Lula, contudo, o candidato Eunício Oliveira (PMDB), não faz questão de esconder que tanto tem o apoio de Lula e que o seu palanque está aberto tanto para Dilma, quanto para o presidenciável Aécio Neves (PSDB).
Em razão da representatividade da presidente e sua força política no Estado, segundo Guimarães, a indecisão de Dilma e a sua não vinda para o Ceará, com o objetivo de fazer campanha pró-Camilo, tem prejudicado a estratégia e o desempenho de eleger Camilo Santana. “Eu vou explicitar uma ideia que vou levar para a Dilma. Tem que assumir um lado, esse é um problema da campanha. Esse negócio de ficar em cima do muro não dá, o lado dela aqui é o de Camilo. Então, essa ideia de estar fazendo média com o eleitor não dá”, disse ao jornal O Estado, pontuando que, “tem que escolher um lado, para o bem ou para o mal, e o lado dela é o de Camilo e tem que vir imediatamente”.
CABEÇA FRIA
Tratando da política nacional, é de “cabeça fria e coração quente”, que Guimarães afirmou como o PT está assistindo o crescimento da candidata à presidência da República, Marina Silva (PSB), onde nas últimas pesquisas, como a que foi divulgada pelo Instituto Ibope na última terça-feira (26), apontou que a socialista ganharia de Dilma no segundo turno, com 9 pontos percentuais de diferença. “Essa onda não vai prosseguir por muito tempo. Foi uma onda midiática que foi feita, e nós temos muita condição de reverter, colocando a militância na rua”, disse.
Para o petista, Dilma e o Lula precisam ir mais as ruas fazer campanha e expor o programa de governo, onde classificou ser o “melhor”. Apesar de as principais candidatas mulheres terem legados e história “parecida”, o petista defendeu ser a única maneira de demonstrar à sociedade, as diferenças, que ponderou serem muitas. “As contradições, sobretudo, para a candidata do PSB, que fala em nova política e se aliar com o que é mais retrógrado da política brasileira, isso precisa ser mostrado para a opinião pública, com respeito, contudo, mostrando as diferenças”, ressalvou, dando conta de que, nos próximos 34 dias restantes para a eleição, “dá tempo de sobra para haver grandes mudanças no quadro eleitoral nacional”.
No Ceará, o petista avalia que Camilo já está virando a eleição, contra Eunício Oliveira, que segue na liderança da sucessão estadual, de acordo com as pesquisas de intenção de voto. “Nos próximos dias, vamos aguardar os números da pesquisa, mas estamos muito confiantes”, afiançou.
SEM ABRIR MÃO
Já o presidente estadual da sigla no Ceará, De Assis Diniz, afirmou que a coligação para o Ceará Seguir Mudando não vai abrir mão da presença da Dilma no Ceará. “Nós temos uma única posição. O PT dialogou com o presidente Lula, com o presidente nacional Rui Falcão e com a Dilma, nós não fizemos nada isolado, foi uma construção coletiva”, frisou, também deixando entrelinhas que a presidente Dilma ainda não escolheu quem vai apoiar. “Se nós construímos coletivamente, o nosso posicionamento é único, é que a Dilma venha para o Ceará e tenha lado, que é o lado do projeto político debatido e discutido com ela”, proferiu.
Rochana Lyvian
rochana@oestadoce.com.br

Capa do jornal O Estado(CE)


Coluna do blog



Seria Marina um xamã?
O extraordinário da vida é viver. Viver é o compartilhamento de todas as experiências com a alma aberta, escancarada ao sobrenatural, ou se quiser, à fé, ao inusitado, ao inesperado, ao mistério. As histórias que aprendemos na caminhada rumo ao desconhecido, daí o encantamento da morte e do depois, acabam por nos revelar sentimentos esquisitos e certezas quase absolutas. Existirá alguma outra história na humanidade mais perfeita do que aquela da Gata Borralheira? Ali, a excluída é vista e apoiada pelos deuses. No Egito antigo já corria a História da Moça Rodopis, primeira versão da Cinderela, confirmada na Grécia Clássica, em que o personagem é uma coitada que, por obra dos deuses, projetou-se para a felicidade. Então, as teorias dos excluídos, eleitos pelos deuses ganharam o mundo e delas tiram-se exemplos válidos nas sociedades mais primitivas. Veja o culto aos xamãs. Quem eram os xamãs? Simplesmente os produtores na terra das teorias que diziam ouvir de seus deuses. Eles eram, e ainda hoje são em tribos pelo mundo, em sociedades diversas, os iluminados. E de onde vinham? Eram os alijados da sociedade em que viviam, das famílias, das tribos, escolhidos pelas divindades que os guiava. Então, uso o exemplo das sociedades européias de séculos passados, onde quem mandava era o forte e o bonito, o loiro e o atleta, o brilhante e o cortejado. E nessas sociedades nasceram xamãs entre os mais feios, os aleijados, os deficientes, os lascados. Eles, os xamãs, escreviam ou plantavam na oralidade, profecias, anunciavam desastres, determinavam regras tiradas do ocultismo de seus mundos. Os xamãs previam e discorriam sobre o desconhecido. Eram portanto os alijados, os mais sofridos, os mais feios, os relegados. Dia desses, falando dessas arrumações, alguém lembrou que Marina Silva, com sua feiura,  14 malárias, 5 irmãos perdidos pra doença na selva, analfabeta até os 17 anos, seringueira desde os 7 de idade, tinha ar de xamã. E que não se duvide dos xamãs. Aqui, posto em repouso traçando um balseiro de canapum com cambica de murici, ouso azedar seu dia para lembrar dessas coisas esquisitas que seguem as vidas dos xamãs. Seria?

A frase: “A Receita Federal nos trata como delinquentes.” Abílio Diniz, argumentando que a indústria foi sucateada pelo sistema tributário.



Se não for incentivo... (Nota da foto)
Depois do festival de personagens gays que assola as novelas da Globo, a nova ofensiva dos autores, iniciada com Giovanna Antonelli e Tainá Müller em Em Família, é em cima de personagens lésbicas. Fernanda Montenegro e Natalia Timberg formarão um casal em Babilônia, de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, que substituirá Império e agora, também a sexagenária Regina Duarte viverá uma lésbica na novela Sete Vidas, de Licia Manzo, próxima atração da faixa das 18 horas da emissora. Terá dois filhos, frutos de inseminação artificial e sua parceira não aparecerá (já terá morrido).É o mundo todim.

Barrinha querido
O saudoso Barros Pinho, querido amigo que resolveu ir poetar no céu, está tendo sua vida revolvida na pesquisa de Juarez Leitão, outro mago da palava que lhe escreve a biografia. Um dia conto uma estória nossa, passada em Lisboa, no Rossio.

Eleição de Tio José
A eleição de Ferreira Gullar para a vaga de Ivan Junqueira na Academia Brasileira de Letras será dia 9 de outubro ( é candidato único). Antes do final do ano, ele lança seu novo livro, Os desastres da guerra, com poemas e colagens que faz com envelopes das correspondências que recebe.

Certo ou errado
Mais uma modalidade de uso questionável de recursos públicos está em curso na Câmara, desta vez por meio de TV por assinatura. Ao menos três deputados aproveitaram as benesses da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap).

Até tu Zeairton Cá!
O Congresso em Foco teve acesso às faturas de TV fechada de três deputados: Flaviano Melo (PMDB-AC), José Airton (PT-CE) e Renato Molling (PP-RS). Eles contrataram pacotes especiais que preveem até a abertura do sinal dos chamados “canais adultos”.

Conexão Papicu
O deputado José Airton consumiu R$ 383 em TV a cabo, segundo a fatura emitida em 25 de junho, com vencimento em 7 de julho. Ao todo, no período entre 7 de julho e 6 de agosto, os “serviços do mês” totalizaram R$ 406,90 no pacote descrito como “Combos New Sky HDTV Super 2011 – M”, que custou R$ 299,90. Sacanagem!

Tudo por um bom...
Dois velhos adversários, em tons de inimizade, andam em arrulhos de amor nos últimos dias. Os dois ex-prefeitos de Várzea Alegre estão andando de mãos dadas com uma candidatura ao governo. Sem a menor sem cerimônia Eufrásio e Helder andam felizes...

Sacanagem molhada
O rio Acaraú se arrasta por dezenas de cidades que nasceram em suas margens. Como não chove faz anos, o Acarau encolhe. Com a falta dágua pela seca, resta o velho rio.

Barramento
Sem respeito ao outro, moradores marginais estão barrando o Acarau como se fosse deles. Isso ocorre, por exemplo, em Santana que por ser do Acaraú não é dono.

E mais...
Barra o rio com seu filete dágua, é terminar a  morte do perímetro irrigado do Baixo Acarau em Cruz, Marco e Acaraú.É bom alguém tomar tento e acabar com o desrespeito.

Bom dia

Filosofando: Para ser grande, sê inteiro...

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Câmara realiza sessão solene em homenagem a Eduardo Campos nesta terça


A Câmara dos Deputados realiza, nesta terça-feira (2), Sessão Solene em homenagem a Eduardo Campos e Pedro Valadares, mortos em trágico acidente aéreo no dia 13 de agosto, em Santos, litoral paulista. Campos era candidato à Presidência da República pelo PSB. Já Valadares era assessor da campanha.
Outras cinco pessoas também faleceram no acidente: o assessor de imprensa de Campos, Carlos Percol; o fotógrafo da campanha, Alexandre Severo; o cinegrafista da campanha, Marcelo Lyra; e os pilotos Marcos Martins e Geraldo Cunha.
A morte de Campos, aos 49 anos, tomou o mundo político de surpresa e mudou o jogo eleitoral em plena campanha. Ex-governador de Pernambuco e secretário de estado, Eduardo Campos foi eleito deputado federal três vezes, entre 1995 e 2007, e ocupou a liderança do PSB em três ocasiões. Destacou-se como um dos articuladores da base do governo de Luiz Inácio Lula da Silva na Câmara.
A homenagem está marcada para as 15h, no Auditório Nereu Ramos.

Aqui pra nós; " É ótimo!"

Sala vip de aeroporto tem vinho e manicure, e custa até R$ 800 por visita



Veja o que oferecem as salas vips de alguns aeroportos pelo mundo

Sala vip da Star Alliance no terminal 3 do Aeroporto de Guarulhos (SP). O espaço tem cerca de 1.350 m² e pode acomodar até 295 pessoas Divulgação
Quem viaja de avião na primeira classe ou na executiva tem, além de poltronas confortáveis, acesso a um benefício geralmente desconhecido dos demais passageiros. As companhias aéreas costumam dar, a esses clientes, entrada gratuita em salas vips em vários aeroportos pelo mundo, com direito a bebidas, petiscos e acesso à internet.
Mesmo quem não paga tão caro para viajar de avião, porém, pode ter acesso às salas vips ou lounges, como algumas vezes são chamados esses espaços. Nesse caso, é preciso pagar uma taxa, ser associado a um programa de fidelidade ou usuário de um cartão de crédito com anuidade cara.
Outra forma de entrar nas salas vips é pagando diretamente por isso, mas o preço pode chegar a R$ 800 por visita.



Veja onde estão e como ter acesso às salas vips
  • American Express
    Onde estão as salas: aeroportos de Congonhas (SP), Guarulhos (SP), Santos Dumont (RJ) e Guararapes (PE). No exterior, salas em vários aeroportos. Quem pode usar: no Brasil, clientes dos cartões The Platinum Card, American Express Gold Card e Gold Corporate. No exterior, o acesso é limitado para associados ao The Platinum Card.
  • MasterCard Black
    Onde estão as salas: sala própria no Aeroporto de Guarulhos (SP) e salas Priority Pass em vários aeroportos pelo mundo. Quem pode usar: a sala de Guarulhos é acessada por clientes com cartões MasterCard Black; as salas Priority Pass podem ser usadas, no Brasil, por clientes com cartões Black, e, no exterior, por clientes com cartões Platinum.
  • oneworld
    Onde estão as salas: em vários aeroportos pelo mundo. Quem pode usar: membro da oneworld nas categorias Emerald ou Sapphire; passageiros da primeira classe ou da classe executiva de qualquer companhia aérea membro da oneworld. Existem algumas exceções de acordo com a companhia aérea.
  • Pritority Pass
    Onde estão as salas: são mais de 700 em vários aeroportos pelo mundo. Quem pode usar: clientes do programa (Plano Standard: US$ 99 por ano, mais US$ 27 por cada visita; Standard Plus: US$ 249 por ano, com direito a dez visitas, mais US$ 27 por casa visita extra; Prestige: US$ 399 por ano, com visitas livres).
  • Smiles/Gol
    Onde estão as salas: aeroportos do Galeão (RJ) e Guarulhos (SP). Quem pode usar: membros do Smiles Diamante ou Ouro, voando em voos da Gol; passageiro da classe Comfort da Gol. Clientes Prata ou Smiles também podem usar as salas pagando uma taxa (Prata: R$ 40 para voos domésticos e US$ 40 para internacionais; Smiles: R$ 40 e US$ 45).
  • Star Alliance
    Onde estão as salas: vários aeroportos, entre eles os de Guarulhos (SP), Ezeiza (Buenos Aires, Argentina) e Los Angeles (EUA). Quem pode usar: passageiros que viajam na primeira classe ou na classe executiva de empresas que são membros da Star Alliance; clientes com status Star Alliance Gold (o status é adquirido de maneira diferente de acordo com a companhia aérea).
  • TAM
    Onde estão as salas: aeroportos de Guarulhos (SP) e Santos Dumont (RJ). Quem pode usar: passageiros TAM Fidelidade Vermelho, Vermelho Plus e Black, LANPASS Premium Silver, Comodoro e Comodoro Black, passageiros que viajam com a TAM na Business Class, passageiros LAN da Premium Business, clientes oneworld Sapphire e Emerald.
  • Villa GRU
    Onde está a sala: Aeroporto de Guarulhos (SP). Quem pode usar: qualquer passageiro que fizer reserva e pagar o valor de R$ 800.

Fidelidade a empresa aérea garante o benefício

Clientes dos programas de fidelidade das empresas aéreas passam a ter acesso às salas vips conforme vão voando e, assim, acumulando pontos.
A brasileira TAM, por exemplo, tem salas nos aeroportos de Guarulhos (São Paulo) e Santos Dumont (Rio de Janeiro), que podem ser usadas por clientes com cartões TAM Fidelidade Vermelho, Vermelho Plus e Black, além de LANPass Premium Silver, Comodoro e Comodoro Black.
A Gol mantém salas vips do seu programa de fidelidade, o Smiles, nos aeroportos do Galeão (RJ) e Guarulhos (SP). Elas podem ser visitadas por passageiros das categorias Smiles Diamante e Ouro.
Para chegar à categoria TAM Vermelho Plus, por exemplo, é preciso acumular 50 mil pontos em voos da TAM ou das companhias associadas à oneworld dentro do período de 12 meses. Para se ter uma ideia, um voo de São Paulo a Nova York (EUA) pela TAM equivale a 5.000 pontos.
Clientes de alguns cartões de crédito também podem ter o benefício. A MasterCard tem uma sala especial em Guarulhos (SP) exclusiva para consumidores padrão Black. No Bradesco, esse cartão é voltado para quem tem renda superior a R$ 20 mil, e a anuidade custa R$ 790.
Os clientes dos cartões The Platinum Card (anuidade de R$ 1.200), American Express Gold Card (R$ 399) e Gold Corporate (R$ 250), da American Express, têm acesso a salas no Brasil e no exterior.

Alianças permitem acumular pontos mais rapidamente

Associar-se a uma aliança, como a oneworld e a Star Alliance, é outra forma de abrir caminho para as salas vips.
Também nesses casos, é preciso viajar muito para conseguir alcançar as categorias mais exclusivas desses programas, que dão direito ao benefício. Mas a tarefa é mais simples, porque o consumidor acumula pontos viajando por qualquer companhia que integre a aliança.

Sala em Guarulhos é para qualquer viajante, mas custa R$ 800 por visita

Também é possível pagar diretamente para ter acesso às salas vips.
O Aeroporto de Guarulhos inaugurou, em abril deste ano, a Villa GRU. A sala é voltada para clientes de alto poder aquisitivo que viajam por qualquer companhia aérea, em qualquer classe. Mas o ingresso não é para qualquer um: custa R$ 800 por visita.
Outra opção é o Priority Pass. Como o nome diz, é um "passe" que dá ao cliente acesso a mais de 700 salas em vários aeroportos pelo mundo.
O plano mais barato custa US$ 99 (cerca de R$ 222) por ano. Além dessa taxa, o consumidor precisa desembolsar mais US$ 27 (R$ 60) por cada visita que fizer a uma sala vip. O plano mais caro custa US$ 399 (R$ 893) por ano e tem visitas livres, ou seja, o cliente não precisa pagar mais nada para usar as salas.

Poltronas de couro, chuveiros, manicure e vinho

As salas vips permitem que os passageiros usufruam de um conforto que dificilmente é encontrado nas áreas comuns dos aeroportos. Poltronas de couro, banheiros com chuveiro, petiscos e acesso gratuito à internet fazem parte dos serviços básicos oferecidos.
Em alguns casos, quem viaja de primeira classe pode entrar em áreas ainda mais exclusivas dentro das próprias salas, que dão direito a bebidas alcoólicas, como vinhos e champanhes, por exemplo. No Villa GRU, os diferenciais são os serviços de manicure e spa.
Mas nem sempre compensa pagar para ter acesso ao serviço, diz o fundador do site Melhores Destinos, Leonardo Marques. "As salas são interessantes principalmente para quem faz voos longos ou conexões demoradas. Mas, pelo preço cobrado, elas só compensam para quem viaja para o exterior pelo menos três vezes por ano", diz.
Ampliar


As mordomias das melhores companhias aéreas do mundo

Serviço de bordo requintado, check-in facilitado, poltronas confortáveis. Esses são alguns dos motivos que levaram Emirates, Qatar, Singapore, All Nippon Airways (ANA) e Asiana a serem eleitas as melhores companhias aéreas do mundo no "Skytrax World Airline Awards". Clique nas fotos acima e veja alguns dos diferenciais dessas empresas Leia mais Arte/UOL

Disse que saiu num debate entre candidatos a senador no Ceará

As candidatas Raquel Dias e Geovana Cartaxo lamentam o financiamento de campanhas milionárias e a “indicação” da mídia de duas ou três “candidaturas importantes”. Raquel lembra que a população acaba pagando a conta das doações, pois construtoras e empreiteiras recebem doações em obras superfaturadas.

Penso eu
Poderiam ter sido mais específicas. Quais as candidaturas milionmárias financiadas por empreiteiras e construtoras. Quem não pode com o pote...faz como o Lula morais que disse que tinha candidato lavando dinheiro roubado do Banco Central e depois, quando apertado, disse que ouviu isso nas ruas.

Guimarães afirma que Marina é invenção da mídia

O deputado federal e candidato à reeleição José Guimarães (PT) disse, nesta segunda-feira (1º), que a direção nacional do PT terá que repensar a presença de Dilma e Lula no Nordeste.
Para o deputado, também vice-presidente nacional petista, a ausência dessas lideranças no palanque pró-Camilo Santana (PT) ao Governo, é “um erro grave”.
Guimarães falou ainda sobre a candidatura de Marina Silva (PSB) à presidência da República e foi duro: “Ela é uma “invenção midiática”. O parlamentar assistirá, nesta segunda-feira, em São Paulo, ao debate dos presidenciáveis promovido pelo SBT.

Crime

Seria ótimo conhecer o mau caráter que mandou cortar, com serra elétrica, o lindo e frondoso pé de castanhola que ficava até semana passada na esquina do banco do brasil da Monsehor Tabosa esquina de...deixa para lá. Ninguém vai preso mesmo por crimes de morte de gente, imagina pela morte de um pé de pau.

Secult Sobral lança o VIII Festival de Esquetes de Teatro e Dança 2014


A Secretaria da Cultura e do Turismo de Sobral comunica que estão abertas, até o dia 09 de setembro de 2014 (sábado), para grupos de todo o Estado do Ceará as inscrições para seleção de propostas de Artes Cênicas e Dança, a fim de compor a programação do Festival de Esquetes de Teatro e Dança 2014. O Festival acontecerá nos dias 14 e 15 de setembro na cidade de Sobral-Ceará.
Não poderão participar do Festival instituições e grupos teatrais em que seus integrantes tenham vínculo com a Secretaria da Cultura e do Turismo.
O Regulamento do Festival está disponível AQUI, no Theatro São João ou poderá ser solicitado pelo e-mail: vamosaoteatro@yahoo.com.br
Mais Informações: (88)3611-2430

Pela paz

Cristo fica amarelo e branco pela paz mundial

 
O monumento do Cristo Redentor foi iluminado ontem a noite com as cores do Vaticano, amarela e branca. A ação é um apoio à “Partida Inter-religiosa pela Paz”, patrocinada pela Pirelli, que acontecerá em Roma, nesta segunda-feira, 1º de setembro.

Na ocasião, os melhores jogadores de futebol do mundo, de diferentes religiões, que marcaram gerações com o seu talento esportivo, participarão do evento na cidade italiana. O nosso Ronaldinho Gaúcho estará entre os atletas do jogo.

Avião da TAP para no meio do oceano entre Recife e Lisboa

Voo da TAP interrompido deve seguir viagem nesta segunda

Aeronave saiu do Recife com destino a Lisboa mas precisou parar em Cabo Verde depois que os equipamentos detectaram fumaça

Os 262 passageiros do voo TAP TP016 Recife-Lisboa, que precisou fazer uma parada de emergência na Ilha do Sal, em Cabo Verde, deverão continuar a viagem à capital portuguesa na manhã desta segunda-feira (1º/9). A informação é da assessoria de imprensa da TAP, que esclarece que o horário oficial ainda não foi definido.
O avião que decolou do Recife na noite de sábado (30), por volta das 21h30, e deveria chegar em Lisboa às 9h deste domingo (31), 11h em Portugal. No entanto, a aeronave fez o pouso não planejado cerca de seis horas depois da decolagem, porque os equipamentos detectaram fumaça, embora isso não pudesse ser visto a olho nu. Segundo a companhia, o piloto preferiu pousar, por segurança.
Contudo, na noite deste domingo (31), a empresa não informou qual foi problema técnico na aeronave, um Airbus A330. Os passageiros estão acomodados em hotéis da Ilha do Sal.

A banqueira e a santinha do pau oco


Banqueira chavista faz a cabeça de Marina Silva
Banqueira “socialista”, Neca Setúbal é quem faz a cabeça de Marina Silva

Marina Silva e Neca Setubal
Marina Silva e a banqueira Neca Setúbal. Foto: Ayrton Vignoli/Estadão Conteúdo
A tal “democracia direta”, através de conselhos populares e plebiscitos, além do controle externo do Congresso Nacional pela sociedade, faz parte do programa de governo de Marina Silva. Parece ter sido escrito na Venezuela e é aparentado com o projeto enviado por Dilma ao Congresso. Mas sua autoria não é de aloprado petista ou bolivariano chavista, mas sim da banqueira “socialista” Neca Setúbal, do Itaú.
Fruto da salada ideológica que cerca a candidata, Neca Setúbal levou Marina a defender enfaticamente a “independência do Banco Central”.
A independência do BC, à moda de Marina/Neca, exclui controles externos, sobretudo do Congresso, e dá total liberdade para os bancos.
Neca lembra o “Partido dos Usineiros Socialistas” (PUS), nas Alagoas de 1980. Deveria criar o BUS, “Banqueiros Unidos pelo Socialismo”.

O Porto do Pecém vai ficar a meia hora de Fortaleza


Primeira etapa da duplicação da CE 085 é inaugurada neste sábado
Uma estrada reestruturada, com duas faixas em cada sentido e sinalização horizontal e vertical vai ligar Fortaleza aos destinos turísticos do Litoral Oeste a partir de sábado, dia 30. Na data, o Governo do Estado do Ceará vai entregar dois trechos da duplicação da CE-085.
Estes têm 48,8 quilômetros de extensão, e vão desde a Variante do Pecém (contorno da futura Refinaria Premium II, da Petrobrás, no Complexo Industrial e Portuário do Pecém - CIPP), até o entroncamento com a CE 341, que dá acesso à sede de Paracuru, finalizando no entrocamento da CE-162 (Paraipaba).

A nova estrada vai dar mais conforto, segurança e rapidez para turistas, comerciantes e moradores dos municípios de Caucaia, São Gonçalo do Amarante e Paracuru, além de facilitar o escoamento e o abastecimento de cargas leves para o CIPP.
A duplicação começou em abril de 2012 e foi dividida em três lotes, dos quais dois serão entregues no sábado. São eles: Ponte do Rio Cauípe – Variante do Pecém, com 12,56 km, e Variante até a CE 341 (entrada de Paracuru), com 27,84 km.
O primeiro foi executado pelo consórcio CLC/Ecocil, por R$ 22.657.799,86; e o segundo, pela Construtora Samaria LTDA, por R$ 28.700.169,54.
Além destes, há outro trecho em duplicação, com 21,6 quilômetros, onde estão sendo investidos R$ 32.385.934,45. A Maciel Engenharia, construtora responsável pela obra, deve concluí-la até dezembro de 2015.
Ao todo, serão duplicados 70,6 km, onde serão investidos R$ 139.412.327,24 oriundos do Tesouro Estadual e de um financiamento internacional obtido junto ao Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), instituição formada por governos de diferentes países da região e sediada na Venezuela, voltada para financiar projetos de desenvolvimento.
A CAF já aprovou mais uma etapa da duplicação da CE 085, com 38 km de extensão, ligando Paracuru e Trairi. O valor máximo da licitação deste projeto será de R$ 65.260.869,58.

O seu voto não é mais sigiloso nem está seguro.


TSE admite que urna não é totalmente segura


A cada eleição, a confiabilidade da urna eletrônica usada no país é colocada em xeque. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) admite que os mecanismos para evitar sabotagens na urna eletrônica "nem sempre 'garantidamente' impedem uma fraude", mas defende que o sistema é aperfeiçoado à medida que é exposto a riscos e vulnerabilidades. Especialistas consultados pelo UOL afirmam que o sistema eletrônico de votação utilizado no país não é totalmente confiável e não permite auditoria.
"O que a Justiça Eleitoral tem buscado fazer é tornar eventuais fraudes impingidas ao processo eleitoral inviáveis, impondo, ao eventual atacante, uma sucessão muito numerosa de barreiras, tornando o esforço de se atacar muito superior ao eventual benefício da fraude. Tais barreiras nem sempre 'garantidamente' impedem uma fraude, porém são concebidas de tal forma que o invasor ou atacante, em sua tentativa, com grande margem de certeza, deixe suas marcas, permitindo posterior identificação do autor, sua localização e o instante da ação do ataque", afirma Giuseppe Janino, secretário de Tecnologia de Informação do TSE, em entrevista por e-mail.
O funcionário do TSE também reconhece que "é incorreto afirmar categoricamente que um sistema seja totalmente seguro" e "igualmente incorreto afirmar que ele seja totalmente inseguro". Segundo Janino, o sistema eleitoral é dinâmico e é aprimorado quando exposto a riscos.
O TSE realizou testes públicos para analisar a confiabilidade da urna eletrônica apenas duas vezes, em 1999 e 2012. Uma equipe da UnB (Universidade de Brasília) descobriu uma lacuna no sistema de segurança no último exame. Embora a tecnologia evolua com o tempo, o tribunal não permitiu novos testes públicos e não respondeu ao UOL por que não promoveu novas provas.
"É importante também deixar claro que há um compromisso entre segurança e custo. Como exemplo, se me desloco de carro da minha casa para o trabalho e ganho um salário de R$ 1.000 por mês, não faria sentido eu gastar mais de R$ 1.000 por mês para, por exemplo, comprar um carro blindado ou contratar uma escolta. Em suma, as barreiras devem ser implantadas de acordo com riscos e vulnerabilidades reais e não baseado em suposições infundadas", completou Janino.
Questionado sobre o histórico de suspeitas de fraude, o TSE reconheceu que algumas ocorrências foram identificadas. "Há alguns casos de suspeição de fraudes, invariavelmente levantadas por candidatos derrotados no pleito. Todas as denúncias formalizadas foram devidamente apuradas e consideradas improcedentes pelas instituições competentes que realizam as perícias", respondeu Janino sobre casos suspeitos.
O tribunal, no entanto, não respondeu quantos casos são suspeitos e de que forma se procedeu a investigação que julgou os casos improcedentes.
Ainda sobre os mecanismos de segurança, o TSE afirma o sistema pode ser fiscalizado por agentes do Ministério Público ou por partidos. "A versão oficial dos softwares de cada eleição é assinada digitalmente, inclusive o software das urnas eletrônicas, que dispõem de vários mecanismos de verificação", disse Janino.
O UOL perguntou a um especialista em segurança digital sobre quais garantias de confiança uma assinatura digital traria ao processo eleitoral. Para o engenheiro Amilcar Brunazo Filho, supervisor do Fórum do Voto Eletrônico, a técnica não impossibilita ataques de pessoas.
"O Bruce Schneier, um dos cinco mais conhecidos e premiados criptógrafos e autor dos livros mais vendidos sobre segurança em TI, em seu livro 'Segurança.com' disse uma frase significativa: 'Se você acredita que a tecnologia pode resolver seus problemas de segurança, então você não conhece os problemas e nem a tecnologia.' Ele escreveu isso para explicar que concluiu que segurança de sistemas tem a ver com as pessoas que operam o sistema e não com as tecnologias adotadas", defendeu Brunazo Filho.
O engenheiro também cita o Ph.D. Ronald Rivest, que segundo ele, é outro entre os cinco principais criptógrafos no mundo. "Ele  é o inventor da técnica de assinatura digital RSA que o TSE usa, e nega que sua técnica de assinatura digital seja suficiente para garantir, por si só, a integridade do software embarcado em sistemas eleitorais", disse Brunazo.
DA REDAÇÃO O ESTADO ONLINE

Finalmente a compra e venda de votos entra na paura anecipada do MP


MP investiga denúncias na eleição do Ceará
Uma prática típica dos primeiros anos da República brasileira, a compra de votos, atravessa séculos e continua em vigor até hoje no país, apesar das leis e da maior fiscalização por parte das autoridades e da sociedade civil. Nos bastidores, a informação é de que, de norte a sul do Brasil, votos são comprados com uma extensa lista de benefícios, em que o dinheiro e às vezes até dentadura são a principal moeda utilizada. São usados, também, material de construção, cesta básica, gasolina, comida e bebida, passagem de ônibus, pneus, até mesmo, emprego na esfera pública.
Até o momento, segundo informou, o procurador regional eleitoral, Rômulo Conrado, não existe nenhum caso concreto nas eleições desde ano, aqui no Ceará. Entretanto, diversas denúncias sobre suposta compra de votos estão sendo investigadas e, sendo assim, os procuradores estão de olho na movimentação dos candidatos no interior do Estado. Na mira da Justiça Eleitoral, a prática é difícil de ser combatida por conta das provas, conforme explica Rômulo Conrado.
Na semana passada, o Ministério Público Eleitoral (MPE), no Ceará, instaurou procedimento administrativo para investigar denúncias feitas por deputados estaduais sobre casos de compras de votos por candidatos nas eleições deste ano. Na sessão da Assembleia Legislativa, da última terça-feira, o deputado Fernando Hugo (SD) declarou na tribuna, sem citar nomes, que uma candidata que busca vaga no Legislativo estadual estaria comprando todos os votos na Ibiapaba, inclusive, insinuou que se referida a ex-prefeita de São Benedito.
Além dele, o deputado estadual Ely Aguiar (PSDC) e Lula Morais (PCdoB) e o federal Chico Lopes (PCdoB) também afirmaram ter conhecimento de candidatos que estão comprando votos no interior cearense.
Sobre o assunto, o procurador Rômulo Conrado informou que, hoje, conversará com o deputado Chico Lopes, mas, segundo adiantou, ele já apresentou não ter elementos concretos sobre a denúncia. O deputado Fernando Hugo foi o primeiro a prestar esclarecimentos e também afirmou ter apenas reproduzido os boatos ouvidos em algumas regiões visitadas durante a campanha.
O procurador, portanto, afirmou que as investigações serão aprofundadas e as regiões citadas monitoradas, sem identificar os lugares. Até agora, conforme explicou, as denúncias envolvendo compra de votos são bem menores, se comparadas as eleições municipais de 2012.
SAIBA MAIS
• A compra de votos é caracterizada quando um candidato oferece dinheiro ou qualquer outra vantagem em troca do voto do eleitor. Por exemplo, atendimento médico, material de construção, dentre outros. Mesmo que a pessoa não aceite a proposta, isso configura crime que pode dar até quatro anos de prisão e pagamento de multa. Basta que seja comprovada a compra de um único voto para que o candidato seja punido.