sábado, 20 de outubro de 2018

Os "alamão" estão chegando

Hub amplia fluxo de turistas estrangeiros em 37% no CE

O volume de turistas estrangeiros que está desembarcado no Fortaleza Airport, a partir do quinto mês deste ano, quando o Hub Nordeste do Grupo Air France-KLM, em parceria com a Gol Linhas Aéreas completou um ano de operações, registrou um crescimento de 37% até julho. Isso porque entre maio a julho esta expansão significativa, pois registrou cerca de 46.923 desembarques internacionais, na comparação com os 28.215 turistas do exterior que chegaram ao Ceará em igual período do ano passado, no Aeroporto Internacional Pinto Martins. Os números apresentados são do relatório mensal divulgado pela Fraport.
Ainda de acordo com os relatórios, um comparativo entre o trimestre anterior e o trimestre subsequente à instalação do Hub Nordeste em Fortaleza, que aconteceu em maio deste ano, de fevereiro a abril Fortaleza recebeu cerca de 27 mil passageiros do exterior, enquanto em maio, junho e julho, os desembarques internacionais chegaram a 46.923. Ou seja, foi registrado um crescimento de 73% no fluxo de turistas oriundos de outros países na capital cearense. E a previsão para a próxima alta estação, que inicia em dezembro, deve ter um resultado ainda melhor, tendo em vista a chegada do inverno nos continentes europeu e norte-americano, bem como acréscimo de voos para Orlando, Miami e Paris, a partir do mês que vem.
Expansão
Estes dois fatores deverão colaborar, sobremaneira, para a vinda de um número cada vez maior de turistas internacionais para o Ceará. “Em menos de seis meses, já podemos perceber o impacto do Hub da Air France-KLM-Gol para Fortaleza. A longo prazo, teremos números ainda mais expressivos. Agora em agosto, um mês tipicamente baixo, tivemos um acréscimo de 20% nos desembarques estrangeiros em comparação (agosto) a 2017 e, se comparado aos meses de maior movimentação, janeiro e julho (2018), a diferença é de apenas 10% a 15% menor”, enfatizou Régis Medeiros, secretário do Turismo de Fortaleza.

Os voos das companhias Joon (subsidiária da Air France) e KLM têm decolado e pousado em Fortaleza com taxas de ocupação média superior a 90%, com picos de até 96,5%, fazendo com quer as companhias aéreas europeias já tenham aumentado uma frequência para Paris, a partir do início de novembro, e outro voo para Amsterdã, em abril do ano que vem. O . De acordo com o Ministério do Turismo, os turistas internacionais deixaram no País, nos oito primeiros meses do ano, o acumulado de US$ 4,13 bilhões. Um crescimento de 4,7% em relação ao mesmo período de 2017.

Atualizando a maldade

Se correr o Ciro pega, se ficar o Cid come.

Maldade da manhã

Deus acima de tudo, fake news acima de todos.

Sertão Alegre

Haddad busca atrair irmãos Ferreira Gomes para seu palanque no CE

O candidato a presidente pelo PT, Fernando Haddad chegou na noite dessa sexta-feira em Fortaleza, onde participou de evento com ativistas digitais. Haddad procura se reunir com o senador eleito Cid Gomes, em busca de sua presença e de Ciro Gomes em palanque.
Na manhã deste sábado (20), Haddad fará ato público de campanha em Fortaleza. No mesmo dia, ele visita mais duas cidades cearenses, Juazeiro do Norte e Crato. A participação de Cid nos eventos no estado deve depender do resultado da reunião.
A previsão é de que o senador eleito participe de um ato em apoio a Haddad em Sobral, berço político dos Gomes, neste sábado, mas sem a participação do presidenciável.
O governador do Ceará reeleito, Camilo Santana (PT), fez campanha tanto para Ciro quanto para Haddad no primeiro turno. Agora completamente concentrado no petista, Camilo acompanhará Haddad nas agendas pelo estado no fim de semana.
O encontro com Cid tem como pano de fundo a difícil situação de Haddad, até o momento, no segundo turno. Segundo o Datafolha de quinta (18), a dez dias da eleição, Bolsonaro tem 59% dos votos válidos, contra 41% para Haddad.
Uma manifestação pública de apoio de Ciro e Cid poderia ajudar Haddad. O Datafolha apontou que 31% dos eleitores do PDT pretendem votar em Bolsonaro. Ao mesmo tempo, Ciro foi o candidato a presidente mais votado no Ceará, com quase 2 milhões de votos. Haddad ficou em segundo no estado (1,6 milhão de votos), seguido por Bolsonaro (1 milhão de votos).

Ricos e felizes

Ceará passa a ter terceira maior frota policial de aeronaves do Brasil

O Ceará passou, a partir desta terça-feira, a ter a terceira maior frota de aeronaves policiais do País, considerando todos os tipos de equipamentos. A Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) recebeu do Governo do Ceará dois novos helicópteros nesta sexta-feira. Os equipamentos reforçarão a atuação policial em resgates, missões, combate a incêndios e monitoramento do meio ambiente na Capital e no Interior.
Com relação a aeronaves biturbina e em voo por instrumentos. o Ceará tem a maior frota, o que resulta em autonomia de sobrevoo a qualquer hora e em qualquer ponto do Estado, diminuindo o tempo médio de resposta para ocorrências a 30 minutos.
Os helicópteros foram entregues pela Helibras, única fabricante brasileira de helicópteros e subsidiária da Airbus, líder mundial nos segmentos aeroespacial e de serviços relacionadas à defesa. Atualmente a Ciopaer dispõe de dez aeronaves em operação, nas bases de Fortaleza, Sobral, Juazeiro do Norte e Quixadá, sendo nove helicópteros e um avião. São seis os helicópteros da Airbus, dois AS350 e quatro biturbinas (EC135 e EC145).
O evento de apresentação das aeronaves foi realizado no hangar da sede do Ciopaer. O governador Camilo Santana participou da solenidade, acompanhado do presidente da Helibras e Head of Country da Airbus no país, Richard Marelli, e do diretor do Centro de Entregas da Airbus na Alemanha, Amaury Bastos. Também estiveram presentes na ocasião lideranças políticas, membros do secretariado estadual e autoridades policiais.
Camilo Santana destacou que o investimento para reforçar a estrutura e os equipamentos na área da Segurança Pública faz parte de planejamento prioritário do Governo do Ceará. “Essas aeronaves estão entre as mais modernas do mundo, e agora se agregam aos trabalhos da Ciopaer. Consideramos que vamos levar o serviço para mais próximo da população. A ideia é que toda a aeronave esteja no máximo a 30 minutos do município do qual receber a demanda para atender o mais rápido possível. Com essa estrutura conseguiremos dar respostas mais rápidas e garantir a segurança do povo cearense”, explicou o chefe do Executivo.
Cada aeronave custou R$ 40 milhões, via Projeto de Modernização Tecnológica (Promotec), da Secretaria da Ciência, Tecnologia, e Educação Superior (Secitece). O valor inclui, além dos veículos, todo o aparato que será utilizado para as atividades a serem desenvolvidas.
Durante o seu discurso, o governador revelou ainda que o Governo do Ceará deve adquirir futuramente mais um helicóptero dentro dos padrões dos recém-apresentados para continuar melhorando os serviços de operações aéreas. “A gente quer ver se fecha esse ano para que, no mais tardar no final de 2019 ou início de 2020, já seja possível receber mais uma nova aeronave para a frota do Ceará”.

Avisei: Estas serão as eleições mais podres que verei na vida.

Ex-advogado de Nem, que ajudava Witzel em sua campanha e que agora está magoado com amigo, diz à revista VEJA: “Witzel é pior do que o Nem”

Publicada: 19/10/2018 - 16:54

No Globo:
O candidato ao governo do Rio Wilson Witzel (PSC) teve expostas na manhã desta sexta-feira fotos e mensagens de sua relação com o advogado Luiz Carlos Cavalcanti Azenha , condenado por ajudar na fuga do traficante Antônio Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha. Durante debates eleitorais, o ex-juiz federal negou ter laços pessoais com Azenha, a quem classificou como apenas um de seus milhares de alunos. A revista “Veja” teve acesso ao material e conversou com o advogado, que diz ter participado da campanha do candidato e sido afastado após o crescimento de Witzel na disputa.
A campanha informou, por nota, que o ex-juiz nunca negou conhecer Azenha, com quem teria tido “conversas políticas” após a filiação dos dois no PSC. A equipe de Witzel negou ter ofertado cargo ao advogado e defendido o ex-secretário estadual Hudson Braga.
Em 2011, a polícia encontrou Nem da Rocinha no porta-malas do carro de Azenha, que tentou subornar os agentes para livrar o cliente e acabou condenado a três anos de prisão pelo caso. À “Veja”, o advogado contou que manteve “durante anos uma relação profícua” com Witzel, que deixou a magistratura em fevereiro para se dedicar à política. “Em nome da amizade”, Azenha teria se tornado “uma espécie de coordenador da campanha”, pedido doações e organizado almoços e jantares para o concorrente do PSC.
Segundo a revista, as relações só esfriaram quando o candidato viu suas chances eleitorais crescerem. Witzel surpreendeu ao terminar o primeiro turno com 41,28% dos votos válidos. Ele lidera a corrida no segundo turno com 60%, segundo o Ibope. Neste cenário, Azenha contou que o então amigo bloqueou seu número no celular e mandou um recado por terceiros: “Que eu ficasse quieto, que depois a gente conversava e que me daria um cargo no governo”. Com a mágoa, o advogado diz não querer mais ser amigo de Witzel.
Em uma das mensagens trocadas pelos dois no WhatsApp, Azenha lamenta que Witzel tenha ido embora de um evento antes de ouvir um elogio. “Você me representa”, respondeu o ex-juiz ao advogado. Outra mensagem revela um convite do candidato, que estava em casa, ao amigo: “Quando quiser venha”.
Uma terceira reprodução de conversa menciona uma transação financeira: “Não vou depositar, pode passar aqui?”, questiona Witzel. Segundo a Veja, Azenha atribui este pagamento à assessoria que prestou ao amigo, contratado pelo ex-secretário dos governos Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão que foi acusado na Operação Lava-Jato. Para a revista, o advogado disse que o ex-juiz “é pior que o Nem”.
MPT aponta 28 empresas denunciadas por coação eleitoral pró-Bolsonaro 203 Agência Pública Alice Maciel e Ciro Barros 19/10/201817h52 Ouvir texto 0:00 Imprimir Comunicar erro Eleições 2018 Raio-x Resultados ... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-publica/2018/10/19/empresa-campanha-bolsonaro-eleicoes-2018-denuncia-coacao.htm?cmpid=copiaecola

Bom dia. Vixe!

TSE abre investigação sobre crimes eleitorais na campanha de Bolsonaro; Dodge também pede que PF investigue


O ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), abriu uma investigação para apurar se o candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) cometeu crimes eleitorais. O processo, porém, ainda deve demorar para ser concluído e qualquer condenação dependerá de provas que apontem a responsabilidade de Bolsonaro, que lidera as pesquisas de intenção de voto. A Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE) também pediu nesta sexta-feira que a Polícia Federal (PF) investigue a disseminação de notícias falsas na campanha presidencial.
O pedido aceito por Mussi foi feito pelo PT, partido de Fernando Haddad, adversário de Bolsonaro no segundo turno. O partido se baseou em reportagem do jornal “Folha de S. Paulo”, segundo a qual empresas — que foram proibidas de fazer doações eleitorais — estariam favorecendo a campanha do candidato do PSL ao comprar pacotes de divulgação em massa de mensagens contra o PT no WhatsApp.
O PT também queria que as empresas acusadas de comprar os pacotes e o Whatsapp fossem investigadas. Mas Mussi lembrou que as sanções de inelegibilidade e cassação de registro ou diploma não podem ser aplicadas a pessoas jurídicas. Assim, a investigação vai se centrar em Bolsonaro, no seu vice, o general reformado Hamilton Mourão, e em mais 11 empresários, entre eles Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, e dez sócios das empresas de mídia digital acusadas de irregularidades. Foi dado um prazo de cinco dias para que eles apresentem sua defesa. Hang e Bolsonaro negam irregularidades. (…)
Por André de Souza, em O Globo.whats

Os "alamão" estão chegando

Hub amplia fluxo de turistas estrangeiros em 37% no CE O volume de turistas estrangeiros que está desembarcado no Fortaleza Airport...