sábado, 20 de setembro de 2014

Como este blog antecipou...

TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESCOLHE DUAS DESEMBARGADORAS

O pleno do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) escolheu, durante sessão ordinária da última quinta-feira, as juízas Maria de Fátima de Melo Loureiro e Helena Lúcia Soares para ocuparem as vagas de desembargadoras. A votação foi presidida pelo desembargador Luiz Gerardo de Pontes Brígido, chefe do Judiciário cearense.
Maria de Fátima, juíza titular da 18ª Vara de Família da Capital, foi eleita pelo critério de merecimento e ocupará a vaga em decorrência da aposentadoria do desembargador Váldsen da Silva Alves Pereira.
Figuraram entre os três melhores colocados para o critério de merecimento: Maria de Fátima Loureiro (86,45 ), Lira Ramos de Oliveira (85,67) e Heráclito Vieira Neto (85,15).
Já juíza Helena Lúcia Soares, titular da 15ª Vara Criminal do Fórum Clóvis Beviláqua e com atuação na 7ª Câmara Cível do TJCE, foi escolhida pelo critério de antiguidade. A magistrada irá ocupar vaga aberta com a aposentadoria do desembargador Francisco Suenon Bastos Mota.

Teje preso o cacete!!!

ELEIÇÕES: A PARTIR DE HOJE NENHUM CANDIDATO PODERÁ SER PRESO

SETEMBRO - SÁBADO, 20.9.2014

(15 dias antes)
  1. Data a partir da qual nenhum candidato poderá ser detido ou preso, salvo em flagrante delito (Código Eleitoral, art. 236, § 1º).
  2. Último dia para a requisição de funcionários e instalações destinados aos serviços de transporte e alimentação de eleitores no primeiro e eventual segundo turnos de votação (Lei nº 6.091/74, art. 1º, § 2º).
  3. Data em que deverá ser divulgado o quadro geral de percursos e horários programados para o transporte de eleitores para o primeiro e eventual segundo turnos de votação (Lei nº 6.091/74, art. 4º).

Um terço do Castanhão com água ainda é um Orós cheinho

Seca no Ceará – Açude Castanhão está com menos de um terço de sua capacidade

O Castanhão, por causa da estiagem de três anos, está hoje com cerca de 2 bilhões de metros cúbicos de água. A informação é do secretário-executivo dos Recursos Hídricos do Estado, Ramon Rodrigues. A capacidade total do açude é de 6,7 bilhões.
Que guardem na memória o único nome responsável pelo Castanhão: "Antonio PAES DE ANDRADE".

A grana da moda

Tudo pronto para a Ceará Summer Fashion 2014

Começa na próxima segunda-feira, com muitas novidades e as grandes tendências, um dos mais tradicionais eventos de moda do país: Ceará Summer Fashion. O evento ocorrerá até o próximo dia 26, no Maraponga Mart Moda e reunirá compradores de diversos Estados brasileiros, em especial os das regiões Norte e Nordeste. O tema desta edição é “Nossa Cultura é fazer Moda”.
O Ceará Summer Fashion levará às passarelas 300 marcas presentes no Maraponga Mart Moda, cada uma delas apresentará três looks da coleção Verão. Os desfiles serão divididos por cada segmento: moda feminina, moda masculina, moda plus size, moda infantil, moda íntima, moda praia, moda fitness, acessórios, bolsas e calçados, confirmando que fazer moda faz parte da economia cearense.

Natal chegando

Parceria CDL/BNB de olho nas vendas natalinas

A Câmara de Dirigentes Lojistas e o Banco do Nordeste vão assinar dia 30, às 8 horas, durante café da manhã, na sede da CDL Fortaleza, o programa “Giro Estoque”. Trata-se de uma linha de crédito, com juros especiais, que o BNB disponibilizará para que o comércio possa formar estoques de olho nas vendas natalinas. Serão ofertados para o Ceará cerca de R$ 300 milhões.
Esse evento ocorrerá simultaneamente em Sobral, Juazeiro do Norte, Iguatu, Russas, Crateús e São Benedito. O site da CDL (www.cdlfor.com.br) detalha tudo sobre esse crédito.

Opinião

"O Brasil em um labirinto".  Por José Sarney*
...Em política há uma lei inexorável: o impossível sempre acontece. No Brasil, várias vezes a tragédia teve consequências drásticas, provocando grandes mudanças.
Artigo publicado originalmente no jornal El País, da Espanha, em 12 de setembro de 2014

Basta lembrar as mais notórias: o suicídio de Getúlio Vargas, que, já praticamente deposto, com a bala no peito atinge os adversários; o derrame cerebral e a morte de Costa e Silva, que levam a um golpe dentro do golpe, desaguando numa Junta Militar e numa nova Constituição outorgada; a morte do Presidente Rodrigues Alves, eleito pela segunda vez, atingido pela gripe espanhola; Tancredo Neves, eleito para fazer a redemocratização, adoece no dia da posse e em seguida morre.

Agora estamos vivendo um momento destes. Sessenta dias antes da eleição, num desastre aéreo, desaparece o candidato a presidente Eduardo Campos. A comoção toma conta do país, mas não é ela a consequência maior. É a ressurreição de Marina Silva, que na eleição anterior obteve 20 milhões de votos. Impedida de concorrer por seu partido, não tendo conseguido registrá-lo na Justiça Eleitoral, fizera uma aliança com Campos — figurando em sua chapa como candidata a vice-presidente —, que, morto, lhe devolveu a oportunidade de participar, como protagonista, da corrida presidencial.

"Cambiaran las suertes", como dizia um personagem de Rómulo Gallegos em Cantaclaro. O Brasil entrou num grande redemoinho político.
..." em torno dela se criou uma frente robusta de combate ao PT e ao governo Dilma, abrindo uma possibilidade antes considerada impossível: derrotá-los. As pesquisas estimulam essa hipótese. Seus apoiadores são os mais ecléticos: os indignados que há pouco mais de um ano provocaram um barulho imenso no país; seus até recentemente frustrados seguidores; as fortes correntes e igrejas evangélicas que a têm como representante; as classes conservadoras, descontentes com as políticas econômica, externa, energética, agrícola, portuária e fundiária; na área política, alas descontentes do PT e o incalculável número de grupos dos partidos aliados queixosos do tratamento recebido da Presidente Dilma e da direção do PT..."


Marina Silva é uma figura carismática, mística, dogmática, preconceituosa e intransigente. Fundadora do PT, foi ministra de Lula e o rompimento com suas origens tem aspecto difuso, sem linhas precisas na separação.

Mas em torno dela se criou uma frente robusta de combate ao PT e ao governo Dilma, abrindo uma possibilidade antes considerada impossível: derrotá-los. As pesquisas estimulam essa hipótese. Seus apoiadores são os mais ecléticos: os indignados que há pouco mais de um ano provocaram um barulho imenso no país; seus até recentemente frustrados seguidores; as fortes correntes e igrejas evangélicas que a têm como representante; as classes conservadoras, descontentes com as políticas econômica, externa, energética, agrícola, portuária e fundiária; na área política, alas descontentes do PT e o incalculável número de grupos dos partidos aliados queixosos do tratamento recebido da Presidente Dilma e da direção do PT. A sensação dos aliados é que eles fizeram de tudo para massacrá-los nos estados, criando confrontações e arestas, e que agora há oportunidade para reagir. O PMDB, maior partido dessa aliança, que indicou o candidato a vice-presidente, está muito dividido e só não vota contra Dilma por causa do vínculo de sua participação na chapa; de uma figura de simples adereço, Michel Temer passou a ser decisivo para a vitória.

..."Nunca esteve nos planos do PT perder as eleições. Ao contrário, cumpria com êxito seu objetivo de tornar-se um partido hegemônico, dominando a prefeitura de São Paulo, o que já ocorre, e almejando conquistar os governos dos maiores estados..."


Por outro lado, um ciclo de pessimismo fez o país perder o sonho de potência emergente, com números que o mostram beirando a recessão, inflação e juros altos, e indicações negativas de agências de risco, além do desprestígio da diplomacia, ferida com o tratamento de "anão" por Israel, marcada pelo alinhamento com o chavismo bolivariano e por relações não muito amistosas com os Estados Unidos. A euforia foi embora.

Nunca esteve nos planos do PT perder as eleições. Ao contrário, cumpria com êxito seu objetivo de tornar-se um partido hegemônico, dominando a prefeitura de São Paulo, o que já ocorre, e almejando conquistar os governos dos maiores estados, São Paulo e Minas, e implantando políticas de controle social, conselhos populares e intervenção na mídia, como na Venezuela, no Equador e na Argentina.

O que acontece agora é um tsunami político. No momento, a energia inicial da onda já chegou ao fim. Os seus resultados já foram alcançados: levar a eleição para o 2º turno e, assim, provocar uma disputa acirrada, em que tudo pode acontecer. Maior partido de oposição, o PSDB, embora tenha excelente e talentoso candidato, ficou imprensado pela guerra entre as duas candidatas originárias da esquerda.

Para fugir da ameaça de derrota, pensaram alguns líderes do PT até mesmo em fazer Lula candidato. Mas o ex-presidente parece também ter sido atingido pelo maremoto e ter perdido a aura da invencibilidade, embora mantenha seu carisma e ainda seja a maior liderança política do país.

A Presidente Dilma, com seu forte caráter de chefia, já conquistou seu espaço como administradora e não é mulher de jogar a toalha ou aceitar humilhação.

Marina Silva é uma incógnita. A figura de hoje nada tem a ver com sua radical história de guerreira dos seringais. Senadora por dezesseis anos — em parte dos quais ocupou o Ministério do Meio Ambiente de Lula —, deixou uma marca de radicalismo, como fundamentalista, de capacidade limitada, preferindo sempre a confrontação ao diálogo, e buscando não o entendimento, mas a conversão. Sua formação é das Comunidades Eclesiais de Base, mas agora é evangélica ortodoxa, considerando que o mundo se reparte entre os destinados à salvação e os condenados à perdição.

As eleições serão a 5 de outubro. A campanha atingiu um alto grau de violência, com ataques rasteiros. O quadro é de pesquisas nervosas, esquizofrênicas, que indicam que tudo pode acontecer. As sondagens — e são muitas — sempre mostram uma vantagem de Dilma no 1º turno e a vitória de Marina no 2º turno, que exige maioria absoluta.

A palavra certa para a atual situação brasileira é perplexidade.

O Brasil perdeu o otimismo, há um alto aquecimento do senso crítico, desapareceu a sacralidade das políticas sociais. O Presidente Lula dá sinais de não desejar engajar-se num pacto de morte e se afasta de um duelo fatal.

O quadro é de um labirinto. Mistério e imprevisão.

José Sarney - Ex-presidente do Brasil, escritor e senador pelo Amapá (PMDB)


Harvard e o Nobel Alternativo (Bilhete do Paulo Cesar Saboia Mont'lverne)

Depois a gente acha que somos os maiores gozadores do mundo...
 
Japoneses que descobriram o "coeficiente de fricção da casca de banana" ao ser pisada e espanholas que propõem fabricar salsichas nutritivas com excrementos de bebês foram alguns dos cientistas premiados nesta quinta-feira com o Nobel “alternativo”, uma sátira do prêmio original, na Universidade Harvard, nos Estados Unidos. O prêmio, concedido há 24 anos pela revista Anais da Pesquisa Improvável, tem como premissa honrar pesquisas que primeiro fazem rir e depois pensar. Nessa linha, nem tudo é esdrúxulo, mas certamente é curioso. É o caso da pesquisa que investigou se é mentalmente perigoso para um ser humano ter um gato. O trabalho, que ganhou o Ig Nobel de Saúde Pública, tinha um propósito sério: analisar os riscos de contaminação por toxoplasmose. Outras pesquisas, porém, são graça pura. Em Física, por exemplo, o prêmio foi para os japoneses Kiyoshi Mabuchi, Kensei Tanaka, Daichi Uchijima e Rina Sakai, por medirem a quantidade de fricção entre o sapato e a casca de banana e entre esta e o chão quando uma pessoa pisa.
Em Nutrição, o prêmio ficou com as espanholas Raquel Rubio, Anna Jofré, Belén Martín, Teresa Aymerich e Margarita Garriga por seu estudo intitulado "Caracterização da bactéria do ácido lático isolado de excrementos de bebês como cultivo de potencial alimento probiótico para salsichas fermentadas". Em Economia, o prêmio foi para o Instituto Nacional de Estatística italiano por "assumir a liderança e cumprir com a instrução da União Europeia para que cada país aumente o tamanho oficial da economia nacional incluindo a renda proveniente da prostituição, da venda de drogas ilegais, do contrabando e de outras transações financeiras ilícitas".
O prêmio de Ciência Ártica foi ganho por Eigil Reimers e Sindre Eftestol, da Noruega e da Alemanha respectivamente, por "mostrarem como reage uma rena ao ver humanos disfarçados como ursos polares". Os pesquisadores receberam com bom humor a honraria. Munidos com ursinhos de pelúcia, mostraram imagens de si mesmos fantasiados, apesar de reconhecerem que não se pareciam muito com um urso.
Leia também:
Vencedor do Nobel de Física já ganhou o Ig Nobel e esteve três vezes no Brasil
"Premiamos ideias que fazem as pessoas rir, e depois pensar", diz criador do Ig Nobel

Torradas e cachorros — Em Neurociência, os premiados foram pesquisadores de Canadá e China por  um estudo que tentou entender o que acontece no cérebro de pessoas que dizem ver a face de Jesus em um pedaço de torrada. Se nada mais der certo, brincou o chinês Kang Lee, é possível comprar uma torradeira com a cara de Jesus no eBay. Destaque também para o trabalho que documentou "cuidadosamente" - como destacaram os organizadores da premiação - o posicionamento de cachorros quando eles fazem xixi ou cocô. Segundo Vlastimil Hart e colegas da República Checa e da Alemanha, na hora de fazer suas necessidades fisiológicas, os animais alinham o eixo do corpo com as linhas do campo geomagnético norte-sul da Terra. Em Psicologia, Peter Jonason (Austrália), Amy Jones (Reino Unido) e Minna Lyons (EUA) foram reconhecidos por "reunirem evidências de que as pessoas que normalmente ficam acordadas até tarde são, geralmente, mais narcisistas, manipuladoras e psicopáticas do que as pessoas que costumam a se levantar cedo".

Sábado de Diário do Poder

  • A presidenta Dilma pediu acesso à delação premiada do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, e até recorre ao Supremo Tribunal Federal, mesmo sabendo que o processo está sob segredo de Justiça e não pode ser compartilhado. O “jogo de cena” é igual ao das demais autoridades que pretendem a mesma coisa: todos fingem que não temem o que deveras temem, que seus nomes tenham sido citados.
    Compartilhar
  • Além de Dilma, outros órgãos federais solicitaram acesso à delação premiada, como Ministério da Justiça e Petrobras. Foram indeferidos.
    Compartilhar
  • A Controladoria-Geral da União, que nada controla e sempre age após a “porteira arrombada”, também pediu e teve negado acesso à delação.
    Compartilhar
  • Alguns líderes da oposição, que também temem o teor da delação, queriam saber o que foi revelado por Paulo Roberto Costa. Negado.
    Compartilhar
  • Só na primeira fase de depoimentos da delação premiada, o ex-diretor citou 49 deputados federais, senadores e ministros. Há mais.
    Compartilhar
  • Além da conhecida repulsa por diplomatas brasileiros e pelo Ministério das Relações Exteriores, a presidenta Dilma Rousseff também não dá a menor pelota para diplomatas de outros países, negligenciando um dos seus papéis institucionais mais importantes: receber credenciais de embaixadores designados para atuar no Brasil. Até agora, 22 embaixadores estrangeiros aguardam que Dilma agende a cerimônia.
    Compartilhar
  • O embaixador do Paraguai, Manuel Cáceres, chegou ao Brasil em novembro de 2013. Até hoje não conseguiu entregar as credenciais.
    Compartilhar
  • O embaixador paraguaio anterior, Evelio Arévalos, chegou em março de 2012 e foi embora há um ano sem conseguir entregar credenciais.
    Compartilhar
  • Para Dilma, todos diplomatas são como o ex-ministro Antônio Patriota. Ignora que o Itamaraty é um centro de excelência do serviço público.
    Compartilhar
  • O mundo jurídico em Brasília sabe que, reeleita, Dilma deve indicar em novembro o ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) para a vaga de Joaquim Barbosa no Supremo Tribunal Federal. É uma das razões de crítica do ex-presidente Lula à sucessora. Ele não gosta de Cardozo.
    Compartilhar
  • Apesar das mágoas em relação a Marina Silva, que disputou em 2010 a Presidência da República pelo PV, dirigentes do partido não veem outro caminho a não ser apoiá-la em no segundo turno contra Dilma.
    Compartilhar
  • Está marcado para quarta (24) o julgamento no Tribunal de Contas da União do presidente da Fecomércio do Ceará, Luiz Gastão. O processo pede o ressarcimento de mais de R$ 4 milhões ao erário, por contratos e pagamentos irregulares durante a gestão de Gastão no Sesc-CE.
    Compartilhar
  • Candidato à reeleição, o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB-PR) decidiu apertar o passo para derrotar Roberto Requião (PMDB) já no primeiro turno. Sabe que é grande a chance de liquidar a fatura logo.
    Compartilhar
  • Com habilidade e diálogo, o diretor regional dos Correios no Rio Grande do Norte, José Alberto Brito, evitou pela terceira vez em menos de dois anos que a população sofresse com greve nos Correios.
    Compartilhar
  • O PT não quer Dilma ajudando Armando Monteiro (PTB) na briga pelo governo de Pernambuco. “A gente não pode, agora, desagradar o eleitor de Eduardo Campos”, explica um coordenador nacional do PT.
    Compartilhar
  • Na briga para tentar aumentar a bancada federal em 2015, o PV agora ameaça expulsar prefeitos, vereadores e dirigentes que apoiarem candidatos de outros partidos. A ordem é ser “implacável contra infiéis”.
    Compartilhar
  • Após ganhar fôlego nas últimas pesquisas, Aécio Neves (PSDB) deverá subir o tom contra a presidenta Dilma Rousseff (PT) e segurar um pouco ataques contra Marina Silva (PSB).
    Compartilhar
  • Nada como uma campanha eleitoral no meio para explicar por que a pesquisa do IBGE mostrando que aumentaram as desigualdades mudou de repente para “caíram as desigualdades”.

Bom dia

Ceará empata com o Avaí, no Castelão. Dois a dois e fim de liderança sonhada na Série B.

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Tá no Ancelmo

É comum ouvir no Sul Maravilha alguém maldizer o eleitor nordestino, que escolheria mal seus representantes. E o que dizer, então, do eleitorado paulista, que elege gente como esta aí? Com todo o respeito.

TRE prepara para apuração

TRE reúne juízes de juntas apuradoras que atuarão nas eleições

TRE Urna
O TRE do Ceará, através da Corregedoria Regional Eleitoral, reuniu na tarde desta sexta-feira, 19/9, na Sala de Sessões do tribunal, 79 juízes designados presidentes de Juntas Apuradores nos municípios-termo – que não são sede de zona eleitoral. O objetivo do encontro foi repassar orientações relativas à condução dos trabalhos das Eleições 2014. Em todo o Estado do Ceará, vão funcionar 201 Juntas Apuradoras, nas 123 Zonas Eleitorais.
O corregedor regional eleitoral, desembargador Antônio Abelardo Benevides Moraes, abriu a reunião fazendo um resumo dos trabalhos realizados pela CRE, no sentido de “aproximar os juízes das zonas eleitorais com o TRE”. O desembargador frisou que “o intuito é crescermos juntos, aperfeiçoar as ações, sempre trabalhando em conjunto com os servidores, no sentido de melhorar ainda mais a celeridade da Justiça Eleitoral, que já é bastante ágil”.
Em seguida, o juiz auxiliar da Corregedoria, Eduardo Scorsafava, fez um relato das atribuições dos juízes das Juntas, referentes ao Poder de Polícia, Propaganda Eleitoral e Crimes Eleitorais. A CRE preparou um material, em CD, entregue aos juízes, com um resumo da legislação eleitoral, tentando antecipar algumas situações que poderão ser experimentadas durante o pleito eleitoral. A CRE também teve o cuidado de preparar um Manual de Orientações sobre Crimes Eleitorais, procurando facilitar e contribuir com o trabalho a ser desenvolvido pelos juízes nas próximas eleições.
A programação da reunião incluiu ainda uma palestra do juiz auxiliar da Presidência do TRE, Cléber de Castro Cruz, que falou sobre as atividades no dia das eleições, como a resolução de possíveis incidentes no processo de votação e apuração. A Justiça Eleitoral do Ceará tem a preocupação de simular várias ocorrências de uma eleição. O objetivo final “é estarmos preparados para resolver qualquer problema, caso ele ocorra”, afirmou o juiz auxiliar da Presidência do TRE.
Outro tema apresentado aos juízes diz respeito à logística de transmissão dos dados referentes aos resultados, após a votação. A coordenadora de Eleições, Edna Sabóia, explicou os procedimentos a serem realizados pelos servidores. Por fim, foram repassadas informações pela chefe da Seção de Apoio aos Juízes, Silvana de Aguiar Pontes Bonfim, sobre o deslocamento dos magistrados para o interior do Estado, abordando questões administrativas e de pessoal, referentes aos trabalhos do próximo pleito.

Boff em SObral dia 23

Teólogo Leonardo Boff proferirá palestra em Sobral no dia 23 de setembro

No dia 23 de setembro, às 19h30min, o teólogo Leonardo Boff estará em Sobral para proferir palestra com o tema “A atual conjuntura política no Brasil”. O evento será no Centro de Convenções e as inscrições podem ser feitas gratuitamente na CDL ou na Secretaria da Tecnologia e Desenvolvimento Econômico do Município (STDE).

O evento é promovido pelo Sindicato dos Fazendários do Estado do Ceará (SINTAF), Câmara de Dirigentes Lojistas de Sobral (CDL), Prefeitura de Sobral e tem apoio do Colégio Luciano Feijão, RJ Distribuidora, Moageira Serra Grande, Donizete Distribuidora, Casa Samuel e Armazém Guanabara.

Leonardo Boff é autor de mais de 60 livros, com tradução em vários idiomas, as áreas de Teologia, Ecologia, Espiritualidade, Filosofia, Antropologia e Mística.

Prefeitura entrega “papel da casa” a 1.400 famílias

Parceria entre Prefeitura de Fortaleza, Governo do Estado e Tribunal de Justiça tem objetivo de facilitar o acesso à escritura da casa própria. 

A Prefeitura de Fortaleza, Governo do Estado e o Tribunal de Justiça realizam neste sábado (20), a solenidade de entrega do primeiro lote de registros de imóveis da campanha “Papel da Casa”. O evento será realizado a partir das 9h30min, no Centro de Eventos do Ceará, com a presença do prefeito Roberto Cláudio, governador Cid Gomes e presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Luiz Gerardo Brígido. 
A iniciativa foi lançada em agosto de 2013, com o objetivo de liberar escrituras que permitem o registro da propriedade definitiva de imóveis construídos em Fortaleza pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH), por meio da Companhia Habitação do Ceará (COHAB).
Serão entregues mais de 1.400 registros às famílias que atenderam ao chamamento da campanha e entregaram a documentação requisitada. Em um esforço para atender ao maior número de famílias do nosso universo de 22.877, este ato é apenas o primeiro momento de resultado da campanha.
A regularização das moradias foi feita com isenção do IPTU, ITBI e taxa da Cohab, além da redução de 70% dos emolumentos cartoriais.
Durante a primeira fase da campanha, as Secretarias Executivas Regionais realizaram reuniões com as famílias, esclarecendo sobre a importância da regularização da casa e documentos necessários para efetivar os procedimentos. Na ocasião, foram montados postos fixos nas Regionais, para receber as documentações. 

SERVIÇO

Local: Centro de Eventos - Av. Washington Soares, 999, bairro Edson Queiroz, Fortaleza.
Data: 20/09
Horário: 9h30

Eu adoro ler São Mateus

Um olhar sobre o Evangelho de São Mateus

Cardeal Orani Tempesta
Neste Mês da Bíblia, a Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética nos propõe o tema: “Discípulos Missionários a partir do Evangelho de Mateus”. E nos envia para realizar o lema: “Ide fazer discípulos e ensinai” (cfr. Mt 25, 19-20). Dessa forma, nossos grupos de reflexões, pequenas comunidades, círculos bíblicos e demais grupos são chamados a aprofundar o Evangelho de Mateus sob a ótica do “discípulo missionário” que faz discípulos e ensina.
Dos Sinóticos, Mateus foi o evangelho mais citado pelos primeiros escritores eclesiásticos e os pais da Igreja. Isto se deu ao fato de esse evangelho ser o que dedicou maior espaço aos ensinamentos de Jesus. A tradição cristã considerou-o como o “Evangelho Eclesial”, isto é, aquele a partir do qual se elaborou a doutrina da Igreja, o novo povo de Deus, com o propósito de instruir o fiel acerca de Jesus Cristo.
Mateus é o evangelho mais valorizado em toda a tradição da Igreja e tem sido objeto de numerosos estudos e comentários. Orígenes, João Crisóstomo, Cirilo de Alexandria, Hilário de Poitiers, Jerônimo, Agostinho são alguns dos que dedicaram esforços no estudo de Mateus.
O texto proposto pelo evangelista é atrativo! A composição didática do evangelho impressiona. Há, de certa maneira, um quadro da cristologia das comunidades primitivas. Graças às pesquisas estruturais é possível identificar a estrutura mateana. Cinco grandes unidades discursivas de Jesus escalonam o evangelho:
1. O sermão da montanha 5,3-7,27
2. O apostolado cristão 10,5-42
3. O reino dos céus 13,3-52
4. A vida da comunidade cristã 18,3-35
5. O final dos tempos 24,4-25,46
Estas cinco unidades de discurso demonstram como Jesus vive com os seus discípulos, sobre os quais vai construir a comunidade do Reino, e dá-lhes diretrizes para o tempo pós-Páscoa. As unidades são compostas com o objetivo de ajudar os crentes a aprendê-las de memória. Segundo J. Radermakers, os cinco grandes discursos de Jesus distribui a doutrina do Mestre conforme os progressos da formação de sua comunidade. Trata-se de uma catequese. Esses discursos são um “vade-mécum” para os responsáveis de comunidades e para os catequistas que atuam em meios cristãos saídos do judaísmo”.
Como Marcos, o evangelho de Mateus contará, numa primeira parte, o anúncio que Jesus faz do Reino de Deus, através de seus ensinamentos e suas curas, com a preparação longínqua da Igreja; e, numa segunda parte, o evangelista mostra a maneira como o Mestre, caminhando para a sua paixão, reúne seus discípulos a fim de constituir a comunidade, testemunha do Reino em gênese.
A teologia tradicional identificou o evangelista Mateus com o apóstolo Levi de quem fala o evangelho. O nome de Mateus, que significa “Dom de Deus” ou “Deus dado”, em grego “Theodoro”, é mencionado em todas as listas de apóstolos do Segundo Testamento (Mt 10,3; Mc 3,18; Lc 6,15; At 1,13). A tradição sinótica cita a vocação de Levi, um “publicano” ou coletor do imposto romano (Mc 2,13-14; Lc 5,27-28). Marcos menciona Mateus como “filho de Alfeu” e conta que ele recebeu Jesus em sua casa (Mc 2,15), mas o primeiro evangelho designa-o como Mateus (9,9). Sua pátria teria sido Cafarnaum, segundo o relato evangélico. Embora fosse pouco comum usar dois nomes semíticos, falou-se a seguir de Levi Mateus como se fez com Simão Pedro. Os Pais da Igreja, como Papias, Irineu, Orígenes, Agostinho, Eusébio, Atanásio e muitos outros, reforçam a dedução bíblica e sustentam a ideia de que Mateus seja o nome e Levi o sobrenome, ainda que reconheçam a dificuldade da junção de dois termos semíticos.
A linguagem utilizada por Mateus facilita a memorização. Ela contém uma estrutura sólida e claramente compreensível, com uma diretriz ética e moral. Os seus discursos são montagens literárias inspiradas nos processos rabínicos de composição: formas repetidas, paralelismos antitéticos ou sinonímicos, e que foram bem conservados por Mateus. Provêm do ensinamento oral praticado pelos rabinos.
Mateus não teme o redito: ele repete uma fórmula típica em diversos lugares de seu evangelho para estabelecer correspondências e facilitar a memorização: “O Reino dos Céus está próximo” (3,2; 4,17; 10,7); “nas trevas exteriores” (8,12; 22,13; 25,30); “a consumação dos tempos” (13,49; 24,3; 28,20) etc. Contaram-se até 27 repetições desse gênero. Contribuem para ressaltar a dinâmica própria do evangelho mateano, seguindo o ritmo de uma assimilação progressiva.
A linguagem mateana pensa à maneira dos semitas: exprime-se com os termos das Escrituras e das tradições palestinas de sua época. Isso aparece claramente no emprego de certas palavras e, sobretudo, de expressões características. Encontramos, assim, um grande número de semitismos, composições próprias à sintaxe hebraica, passados para o grego; enumeraram-se 329, ou seja, três vezes mais do que em Marcos. Mateus cita alguns termos hebraicos, sem explicá-los, com raka (cabeça oca, cretino) em 5,22; Beelzebul (mestre-príncipe, alcunha de Satanás) em 10,25; corbã (tronco das ofertas, tesouro do templo) em 27,6 e etc.
Quanto às expressões típicas do meio palestino do século I, citamos especialmente: “Reino dos Céus”, de preferência a “Reino de Deus” (12 vezes); “meu Pai” ou “nosso Pai que está nos céus” (5, 16.45; 6,1.8; 7,11.21; 10, 32.33; 16,17; 18,10.14.19), o “Pai celeste” (15,13; 18,35; 23,9); “cumprir a Lei” (5,17), “a Lei e os Profetas” (5,17; 7,12; 22,40); “casa de Israel” (10,6; 15,24), “os filhos de Israel” (26,9) etc.
Sobre o destinatário do evangelho de Mateus há certo consenso entre os estudiosos. Trata-se de uma comunidade em Antioquia, na Síria (At 11,19-26; 13,1), capital da província romana, terceira cidade do Império, depois de Roma e Alexandria. A comunidade de Antioquia é uma comunidade viva, formada em grande parte por judeus da diáspora, com uma minoria de pagãos convertidos; é mais aberta na interpretação das Escrituras, na aplicação da Lei, no relacionamento com os pagãos do que a Igreja de Jerusalém, conservadora e ligada à tradição.
Portanto, o evangelho de Mateus é dirigido a uma igreja judaico-cristã com a necessidade de tomar posição em face do judaísmo oficial, do qual se originaram. A grande questão da comunidade é se eles deveriam manter a continuidade com suas raízes judaicas, ou proceder a uma irremediável separação? Mateus enfatiza com firmeza a continuidade, pois Jesus cumpre a história de Israel, mas a própria realização provoca uma ruptura (cf. 4,23; 9,35; 10,17; 12,9; 13,54; 22,7 etc.). Ao citar a “Lei e os Profetas” e dizer que Jesus não vem abolir, mas cumprir (5,17), Mateus ressalta a fidelidade de Jesus à Aliança de Deus com Israel. Ele retrata Jesus com traços judaicos, como livre seguidor e aperfeiçoador da lei e costumes judeus. Jesus supera o ensinamento dos rabinos.
Com esses rápidos traços, podemos aprofundar ainda mais o Evangelho de Mateus, que neste ano nos é sugerido para  nos alimentarmos mais e melhor com a Palavra de Deus. As sugestões da CNBB com os temas dos encontros bíblicos para este mês e o resumo do evangelho com o texto base nos ajudarão mais ainda a entrar nessa Palavra importante, luz em nosso caminho.
Que nossas comunidades, grupos, círculos bíblicos, pastorais, pequenas comunidades aproveitem para vivenciar com a lectio divina este belo texto. Como nos tem falado o Papa Francisco: levemos no bolso ou na bolsa um texto do evangelho para ler e meditar nos diversos momentos livres do nosso dia. E com os aplicativos de hoje, ficou muito mais fácil ter no nosso celular o texto bíblico para refletir.
Que a Palavra seja luz em nossos caminhos e nos conduza a ser discípulos missionários para fazer discípulos ao ir pelas ruas e praças ensinando o que Jesus nos revelou.
Orani João, Cardeal Tempesta, O.Cist. - Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ
 

Nosso santo uisque continua na Escócia e a Escócia no Reino Unido

Escócia decide pelo 'não' à independência

Andrei Netto, CORRESPONDENTE / PARIS - O Estado de S. Paulo
Resultado oficial saiu na madrugada desta sexta-feira, 19, quando urnas indicaram 55% a 45%; premiê britânico diz que cumprirá promessa de transferência de poderes para Edimburgo, mas quer esperar resultados das eleições O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://internacional.estadao.com.br/noticias/europa,escocia-decide-pelo-nao-a-independencia,1562744geragerais da Grã-Bretanha em 2015. O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://internacional.estadao.com.br/noticias/europa,escocia-decide-pelo-nao-a-independencia,1562744O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://internacional.estadao.com.br/noticias/europa,escocia-decide-pelo-nao-a-independencia,1562744O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://internacional.estadao.com.br/noticias/europa,escocia-decide-pelo-nao-a-independencia,1562744O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://internacional.estadao.com.br/noticias/europa,escocia-decide-pelo-nao-a-independencia,1562744O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://internacional.estadao.com.br/noticias/europa,escocia-decide-pelo-nao-a-independencia,1562744O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://internacional.estadao.com.br/noticias/europa,escocia-decide-pelo-nao-a-independencia,1562744O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://internacional.estadao.com.br/noticias/europa,escocia-decide-pelo-nao-a-independencia,1562744O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://internacional.estadao.com.br/noticias/europa,escocia-decide-pelo-nao-a-independencia,1562744O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://internacional.estadao.com.br/noticias/europa,escocia-decide-pelo-nao-a-independencia,1562744http://internacional.estadao.com.br/noticias/europa,escocia-decide-pelo-nao-a-independencia,1562744
 Em um dia histórico na trajetória milenar da Escócia, 55,3% dos eleitores decidiram pela vitória do "não " à independência em relação à Grã-Bretanha, contra 44,7% pela secessão. O resultado foi anunciado nesta madrugada, pouco antes das 5h50, horário local - 1h50 no Brasil -, quando a apuração dos 3,6 milhões de votos chegou a 80%. Em pubs e praças públicas de Edimburgo e Glasgow, festa e decepção dividiram os escoceses, encerrando dois anos de disputa.
Ao todo, a campanha Better Together, liderada pelo ex-ministro de Finanças trabalhista Alistair Darling, com o apoio dos três maiores partidos britânicos, alcançou 2.001.926 votos, contra 1.617.989 votos para a Yes Scotland, campanha liderada por Alex Salmond, primeiro-ministro escocês e líder do Partido Nacional (SNP). O resultado foi atingido com uma participação recorde desde 1950: 84,5% dos eleitores inscritos nas listas eleitorais foram às urnas, dado que confirmou a mobilização popular em torno da autonomia em relação à Grã-Bretanha.
Tão logo a vitória sobre o não foi informada, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, publicou uma mensagem nas redes sociais felicitando o primeiro-ministro da Escócia, Alex Salmond, pela campanha e confirmando que apresentará um plano de reforma constitucional para transferir mais poderes para Edimburgo, cumprindo a promessa que fizera antes do pleito é que pode sido decisiva sobre o eleitorado.
Mas, na primeira hora da manhã, Cameron fez um pronunciamento oficial sobre o tema, condicionando a entrega dos novos poderes à Escócia ao resultado das eleições parlamentares da Grã-Bretanha programadas para 2015. "Nós ouvimos a voz da Escócia e agora milhões de vozes da Inglaterra devem ser ouvidas", argumentou.
O premier ainda deu a entender que pode exigir em troca dos novos poderes o fim do direito a voto dos parlamentares da Escócia em Westminster, o parlamento britânico, em Londres. Essa contrapartida tende a causar imensa controvérsia política, porque dos 40 deputados escoceses, 39 apoiam o Partido Trabalhista (Labours). Na prática, ao realizar as reformas constitucionais Cameron abalaria seu maior rival, o líder trabalhista Ed Miliband, que, pesquisas indicam, é o favorito para a chefia de governo no próximo ano. Miliband deve se pronunciar até o início da tarde de hoje em Glasgow, maior cidade escocesa, onde o "sim" à independência venceu com 53% dos votos.
Outra controvérsia - que indica que a crise política na Grã-Bretanha está longe do fim e ainda pode causar até mesmo a queda de Cameron, pela insatisfação de seus correligionários conservadores - foi a declaração pós-plebiscito feita pelo líder radical de direita Nigel Farage, do Partido pela Independência do Reino Unido (UKIP), que prega o rompimento entre a Grã-Bretanha e a União Europeia. Farage afirmou que não concorda e não se comprometerá em transmitir mais poderes para Edimburgo. "O fato de que três líderes partidários fizeram acordos em lugar de milhões de eleitores britânicos não significa nada", disparou. "Por que eu deveria aceitar um acordo feito com a Escócia em momento de pânico do primeiro-ministro?"
De lado dos independentistas, o resultado do plebiscito não pode ser considerado uma grande derrota. Durante os dois anos de campanha, a Yes Scotland esteve sempre atrás na preferência, e apenas há 10 dias uma sondagem indicou sua liderança. Alex Salmond cobrou de Cameron a transferência de novos poderes para Edimburgo, disse que aceita o resultado e que a Grã-Bretanha deve continuar a caminhar "como uma única nação". Mas, fiel às diretrizes do SNP, deu a entender que a luta pela independência da Escócia viveu ontem apenas mais uma etapa de avanço reiniciado nos anos 1950, sem descartar que um novo referendo seja convocado no futuro. "É importante afirmar que nosso referendo foi processo acordado e consentido e a Escócia decidiu em sua maioria não se tornar um país independente neste momento", afirmou, exortando a seguir: "Eu aceito o veredicto do povo e apelo a todos da Escócia que aceitem o veredicto democrático".

Quem conta um conto aumenta um ponto

 No segundo turno, candidatas do PSB e PT estão tecnicamente empatadas, com 46% das intenções de voto para Marina e 44% para Dilma

 As intenções de voto da presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, oscilaram de 36% para 37%, de acordo com pesquisa do Datafolha divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo na madrugada desta sexta-feira, 19. Segundo o levantamento, Marina Silva (PSB) caiu de 33% para 30% e Aécio Neves (PSDB) oscilou de 15% para 17%, na comparação com a pesquisa anterior, divulgada no último dia 10.
Os candidatos Pastor Everaldo (PSC), Luciana Genro (PSOL) e Eduardo Jorge (PV) aparecem com 1% cada. Não atingiram 1% das intenções de voto os candidatos José Maria (PSTU), Rui Costa Pimenta (PCO), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB) e Mauro Iasi (PCB). Votos em branco e nulos se mantiveram em 6% e indecisos também ficaram estáveis em 7%.
O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,dilma-oscila-de-36-para-37-marina-tem-30-e-aecio-17-aponta-datafolha,1562742
O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,dilma-oscila-de-36-para-37-marina-tem-30-e-aecio-17-aponta-datafolha,1562742

Cachimbando



Pra variar, hoje Juazeiro do Norte amanheceu debaixo de uma boa neblina banhando toda a cidade e amenizando o calor forte dos últimos dias. A serra do horto, onde fica o monumento do Padim Ciço, está "cachimbando". Foto e registro de Roberto Bulhões, do pessoal do blog no Cariri cearense.

Um tunel, de que falo faz anos, resolveria melhor o problema do transito na Praça Portugal.


Queda de liminar repercute na Câmara
A decisão do desembargador Luiz Gerardo de Pontes Brígido, presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), de suspender, na última quarta-feira (17), a liminar que impedia a Prefeitura de Fortaleza de realizar obras na Praça Portugal, no bairro Aldeota, repercutiu na Câmara Municipal de Fortaleza (CMFort) e fomentou o debate entre os parlamentares. As intervenções estavam paralisadas desde junho, por força de uma Ação Civil Pública encaminhada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE) à Justiça, pedindo o tombamento da Praça, no dia 29 de maio.
O vereador Ronivaldo Maia (PT) manifestou-se contra a decisão, e relembrou que já havia entrado com uma liminar na Justiça, para que a discussão passasse, primeiramente, pela Câmara Municipal. “A Câmara, com o princípio da Lei Orgânica, autorizou”, disse, criticando que, apesar do juiz ter derrubado a liminar, as intervenções já passam por uma compreensão já materializada. “O binário já está implantado. É uma importante intervenção viária para o trânsito naquela região e, para ser sincero, continua tendo problemas de engarrafamento. Não é na Praça, mas depois e antes dela”, afirmou.
O vereador João Alfredo (Psol), que também havia entrado em abril com o pedido de estudos para tombamento da praça em formato de rotatória, declarou que mesmo com todo o respeito que nutre pelo desembargador Gerardo Brígido, discorda do mérito da decisão. “O desembargador é um dos magistrados mais sérios que conheço, mas no meu entender, ele errou em derrubar a liminar alegando que a liminar concedida pelo juiz de primeiro grau, estava acarretando inegável prejuízo à população, por impedir que a Prefeitura realize uma imensurável obra para os fortalezenses”, disse o vereador.
“Destruir a Praça Portugal é abrir precedentes para que outras áreas do nosso patrimônio sejam derrubados. Não se valoriza nada nessa cidade. Espero que o Ministério Público recorra dessa decisão”, concluiu o vereador.
A FAVOR
Já o vereador Adail Júnior (PV) defendeu o projeto, e parabenizou a decisão. “Eu continuo tendo a certeza de que eu estou certo. Não tem como eu deixar de parabenizar o presidente do Tribunal de Justiça do Ceará”, disse, dando conta de que Luiz Gerardo de Pontes Brígido, “deixou bem claro que essa decisão cabe ao Legislativo e ao Executivo”.
PRAÇA PORTUGAL
A intervenção na Praça Portugal pertence ao Plano de Ação Imediata de Trânsito e Transporte de Fortaleza (Paitt), de autoria do Município, que prevê a transformação da rotatória para cruzamento, com o objetivo de desafogar o tráfego das avenidas Dom Luís e Desembargador Moreira. As quatro praças terão, juntas, 10,2 mil metros quadrados, um espaço 35% maior que a área atual. O projeto, segundo o Município, apresentará  ganhos de velocidade e melhor fluidez no trânsito.

Bicicletando


Prefeitura inaugura ciclofaixa de lazer

Com o objetivo de movimentar a cidade aos domingos, incentivando   o uso de bicicletas, a cultura , o esporte e a convivência urbana, a Prefeitura de Fortaleza implanta neste domingo (21/09) a Ciclofaixa de Lazer que  ligará a ciclovia da Washington Soares ao Passeio Público, com três pontos de apoio: Anfiteatro do Parque do Cocó, Aterro da Praia de Iracema e Passeio Público.
A iniciativa, que faz parte do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt), contempla um trajeto que inclui alguns dos pontos tradicionais e turísticos da cidade como a Avenida Beira Mar, Praia de Iracema, Centro Dragão do Mar, Mercado Central, Catedral de Fortaleza, Forte de Nossa Senhora da Assunção e o Passeio Público.
A ciclofaixa de lazer é uma faixa isolada para bicicletas .Outras capitais já aderiram à iniciativa, como Florianópolis, Recife, São Paulo e Salvador. Segundo técnicos do PAITT, a cidade de Fortaleza oferece condições muito favoráveis para o uso da bicicleta, pois tem área geográfica com terreno pouco acidentado e já conta com 87Km de estrutura cicloviária.
O trajeto da Ciclofaixa de Lazer a ser implantado neste domingo terá aproximadamente 10Km de extensão. O horário de funcionamento da ciclofaixa será de 7h às 13h e será organizada pela Prefeitura como um projeto piloto.  A cada sete metros, haverá um cone, dedicando uma das faixas das ruas aos ciclistas.  Em todo o percurso, a ciclofaixa é mão dupla (tem dois sentidos) e poderá ser acessada em qualquer ponto da rota.
Um esquema especial de mobilidade com a participação de vários órgãos de trânsito e transporte foi planejado para garantir a segurança dos ciclistas durante a inauguração da ciclofaixa de lazer. No total, serão 115 pessoas envolvidas na operação, sendo  agentes da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC),  orientadores de tráfego do Via Livre,  fiscais da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor),  da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).
A operação de trânsito será iniciada à meia-noite, com ações que vão coibir o estacionamento ao longo do trecho do percurso e distribuição de cones nas vias. A partir de 7 horas, os operadores atuarão em postos fixos nos principais cruzamentos, efetuando o controle de tráfego e garantindo o respeito à ciclofaixa. Os agentes permanecerão no local até o final do evento, cujo término está previsto para as 13 horas.
Equipes do SAMU também darão apoio e ficarão concentradas ao longo do percurso. A segurança será garantida por policiais militares e guardas municipais.
Atrações culturais
Além da beleza natural e do patrimônio público que fica ao longo do trajeto, estão previstas também atrações culturais.  Nesta primeira edição, o Circo de Todas as Artes irá animar por meio de uma parceria com a Associação dos Proprietários Artistas, Escolas de Circo do Ceará (APAECE) e da Secretaria de Cultura de Fortaleza.  Os artistas estarão em seis pontos da ciclofaixa de lazer, promovendo diversas atividades.

No primeiro ponto, na Avenida Padre Antonio Tomás, esquina com Rua Andrade Furtado, estarão os Malabaristas da APAECE, a Banda Marcial ACAS, com seu estilo DrumCorps musical, e a Cia Verdade Cênica. O segundo ponto, localizado na Praça Portugal, terá como destaque a Cia. Bate Palmas, com atividades musicais e de arte-educação. A terceira parada acontece na Avenida Beira-Mar, em frente ao número 2800, com a Banda de Forró da Praça.
O quarto ponto será nas proximidades da estátua de Iracema, no Aterrinho da Praia de Iracema, que recebe Silvia Moura e Grupo Fuzuê, no espetáculo “A Cadeirinha e Eu”. O quinto ponto será montado nas imediações da Caixa Cultural e receberá o Mágico Ice Rick Tatoo. Fechando o percurso, ao chegar no Passeio Público, os ciclistas poderão curtir apresentações do Maracatu Vozes da Africa, da Cia Verdade Cênica e do Grupo Fuzuê, com suas técnicas de acrobacia de solo e música ao vivo com rabeca, bandolim, sanfona e pandeiro.
A Ciclofaixa de Lazer é uma realização da Prefeitura Municipal de Fortaleza, por meio da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, em parceria com a Secretarias de Cultura, Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos, Autarquia Municipal de Trânsito (AMC), Secretaria Municipal de Saúde; da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor); Secretaria Regional do Centro; Secretaria Regional II. A iniciativa também conta com apoio do Detran-CE e da Secretaria de Segurança Pública do Estado.
Percurso:
Parque do Cocó, Av. Sebastião Abreu, Av. Pe. Antônio Tomás, Av. Virgílio Távora, Av. Dom Luís, Av. Desembargador Moreira, Av. Beira-Mar, Av. Almirante Barroso, Av. Alberto Nepomuceno, Rua João Moreira e Passeio Público.

DA REDAÇÃO DO ESTADO ONLINE
eduardo@oestadoce.com.br

É pouco,mas tem alguem tentando preservar a memória de Fortaleza


Ação do MPCE pede preservação do prédio
Mais um capítulo desenrolado em torno do Náutico Atlético Cearense (NAC). O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) ajuizou na quarta-feira, 17, uma ação civil pública (ACP) contra o NAC e a Prefeitura de Fortaleza. Na ação, assinada pelo promotor Raimundo Batista, o MPCE solicita que a Justiça proíba qualquer intervenção na estrutura física do prédio que abriga o clube, suspendendo todo e qualquer trabalho de alteração da estrutura, caso já tenha iniciado.
Em relação à Prefeitura, o MPCE pede que seja determinada pelo Judiciário a proibição de autorizar, através da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), obras de intervenção no imóvel que impliquem demolição, destruição ou mutilação do equipamento, de forma a não expedir alvará de construção para qualquer obra que ali se pretenda executar.
SURPRESA
Presidente do Conselho Deliberativo do NAC, Meton César Vasconcelos, reagiu com surpresa ao ser informado pela reportagem de O Estado sobre a ação civil pública ajuizada pelo MPCE. Segundo ele, desde a decisão do desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE) Durval Aires Filho, em agosto de 2014, que extinguiu o processo sobre as reformas na sede do Náutico, alegando que o Decreto Municipal 13.038/2012, determinando o tombamento do clube, impedia qualquer intervenção, que a situação do prédio é a mesma, sem previsão para obras. O clube entrou com recurso para que seja determinada a área de tombamento do lugar. Sobre a ação do Ministério Público, Vasconcelos avisa que, até ontem, o Náutico não havia sido informado.
De acordo com o Ministério Público, o equipamento foi oficialmente tombado pelo Município, conforme o Decreto nº 13.038, de dezembro de 2012. O documento, destaca a promotoria, sinaliza que a proteção recai sobre todo o bem e, não apenas parcialmente.
No entendimento do MPCE diversos dispositivos legais versam sobre a proteção do patrimônio histórico-cultural como sendo competência do poder público. O órgão cita como exemplos o Estatuto da Cidade (Lei 10.257/2001), a Lei Orgânica do Município de Fortaleza e a própria Constituição Federal.
LIMINAR
Em novembro de 2013, o juiz Roberto Viana Diniz de Freitas, da 8ª Vara da Fazenda Pública, concedeu liminar que suspendia qualquer intervenção na estrutura física do Náutico. Como argumento, o juiz alegou o tombamento do prédio, protegido, portanto, por um “regime jurídico especial de propriedade”. A ação foi movida por sócios do clube contrários ao arrendamento do prédio proposto pelo Consórcio Novo Náutico. As obras de intervenção estavam previstas para 2015.
O clube entrou com recurso, solicitando a derrubada da liminar. Após alguns adiamentos do TJCE, o desembargador Durval Aires Filho extinguiu o processo, alegando que o decreto de tombamento do prédio retirava a razão do processo. Reconhecido o valor histórico e cultural do prédio, o mesmo estaria, portanto, resguardado de intervenções e descaracterizações.
SAIBA MAIS
• Em abril de 2013, o Consórcio Novo Náutico, formado pelas empresas PB Construções, Base Incorporação & Construção, Bichucher e BR Trends, Lend Lease, Creta e Machado Meyer, propôs o arrendamento de, aproximadamente, 7 mil m2 dos 20 mil m2 do NAC para a construção de shopping, hotel, torres comerciais e escritórios. Na ocasião, a diretoria do clube assegurou que a fachada histórica do prédio seria conservada. A justificativa para o arrendamento era a situação financeira do Náutico, que corria risco de ir a leilão por causa de dívidas.
 

Capa do jornal O Estado(CE)



Coluna do blog



Comissão de Criação de Novos municípios
entrega mapas e documentos a Neto Nunes
Coordenador do Projeto de Mapas e Divisas do Ceará, o deputado Neto Nunes recebeu da Comissão de Criação de Novos Municípios da Assembleia do Ceará, os memorais descritivos, mapas de divisas e acordo entre municípios, de Macrorregiões de Planejamento do Ceará, correspondente a quatro das oito regiões administrativas do Estado.  Foram entregues a Neto Nunes as documentações correspondentes a Litoral Leste/Jaguaribe (20 municípios), Cariri/Centro Sul (42 municípios) Baturité (13 municípios e 15 municípios da Região Metropolitana de Fortaleza. Na oportunidade foi informado ao deputado a apuração dos dados finais do Sertão Central e dos Inhamuns. Com dados trabalhados pelo Ipece  e IBGE, a Comissão municiou o deputado a fazer a entrega dessa documentação à Presidência da Assembleia que encaminha, por seu turno, para a Comissão de Constituição e Justiça que depois de analisar os dados, poderá credenciar a mesa diretora da Casa a por a votação dos novos limites de municípios cearenses ainda este ano. Baseada nesse processo de georeferenciamento, a Comissão anuncia que, sem prejuízo de quaisquer municípios, alguns serão beneficiados com aumento de arrecadação, como é o caso de Barreira, na região Metropolitana de Fortaleza, que teria, após a aprovação do novo documento, um acréscimo imediato de até R$160 mil reais/mês. Segundo Neto Nunes, a entrega  da documentação deverá ser formalmente entregue à Assembleia na sessão da próxima terça feira, dia 23. Na Assembleia, cuidam do assunto Luiz Farias, Luiz Carlos Mourão Maia e Arnaldo Lemos. Antes que alguém se credencie a republicar isso aqui e ir tentar laçar o boi, é bom avisar que Neto Nunes não é candidato à reeleição.

A frase: “Tucanos fora. Aecinho não será Marina num segundo turno sem ele. Nem Zé Serra, a quem a Xamã deu as costas naquele segundo turno presidencial”. Aposta de um observador da cena.


Rabequeiros de Gilmar e Souza(Nota da foto)
Em busca de sonoridades perdidas, os pesquisadores Gilmar de Carvalho e Francisco Sousa percorreram o sertão cearense para desenvolver um projeto que registrasse uma musicalidade há muito escondida: as rabecas do Ceará. O Rabecas da Tradição-performance e luteria reúne mais de 150 rabequeiros de 50 municípios do interior do do estado. Gilmar e Francisco documentaram essa tradição popular através das histórias de vida dos tocadores de rabeca. O projeto é um dos seis vencedores da 27ª edição do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Era perigo Piter!
Parlamentares envolvidos no escândalo da Petrobras estão muito preocupados com as quebras de sigilo do doleiro Alberto Youssef.

Escondidinho
A Polícia Federal identificou pagamentos de passagens aéreas para dezenas de mulheres. E os gays?

Amantes? Quem disse?
Os grampos telefônicos indicam que elas eram amantes de deputados e senadores e tinham suas despesas bancadas pelo doleiro.

Cena carioca
Todos os limites foram ultrapassados: assaltaram o cardeal-arcebispo do Rio, d. Orani Tempesta, perto de sua casa. E não foi por desconhecimento: d. Orani estava com as vestes de cardeal.

Limparam todos
Com ele, foram assaltados o fotógrafo oficial da Arquidiocese, um seminarista e o motorista. Os três bandidos que assaltaram o carro reconheceram o cardeal; um deles pediu desculpas, mas continuou a ameaçá-lo com a arma.

Deus castiga?
Roubaram o cordão, o crucifixo, a caneta, o celular, uma réplica do anel que d. Orani recebeu do papa Francisco, a batina do seminarista, o paletó e a mochila do motorista e a câmera.

Agora, as coisas estranhas:
1 - Logo depois do assalto, os objetos roubados (exceto a câmera) foram recuperados. Aquilo que raramente acontece quando um cidadão comum é assaltado aconteceu, por coincidência quando o roubo atingiu uma personalidade.

Aleluia
2 - Destaque-se a eficiência da Polícia, que conseguiu encontrar, recuperar - e devolver! - os objetos roubados, numa cidade do tamanho do Rio, mesmo sem ter conseguido prender os assaltantes. Louve-se seu belo trabalho de busca.

Final esquisito
E só se descobrirá por que os bandidos insistiram no assalto, para em seguida abandonar os objetos roubados, caso sejam presos. Mas ainda não o foram.

Já aqui...
A bandidagem levou tudo de dois vereadores na Beira Mar. Danado é que nem anunciaram o assalto; já chegaram batendo e chamando todo mundo de vagabundo.